POLÍCIA PRENDE 11º SUSPEITO

Cardoso Pescador disse que "ficou feliz" com a prisão, pois estava sofrendo ameaça de morte

Cardoso Pescador disse que "ficou feliz" com a prisão, pois estava sofrendo ameaça de morte

A polícia civil, sob o comando do delegado Moisés Damasceno, prendeu no início da manhã deste domingo (23), mais um suspeito de envolvimento no assassinato do ex-deputado Maurício Cotrim. É o pescador José Cardoso dos Santos, de 54 anos, conhecido como Cardoso Pescador, que foi capturado em uma casa no bairro do Salobrinho, Ilhéus.

O pescador confessou ter participado do homicídio, cometido no ano de 2007, em Itamaraju. Ele contou à polícia que dirigiu um carro usado no crime e disse que ficou feliz por ter sido encontrado pelos agentes policiais. “Melhor eu preso do que morto… Estavam querendo me apagar”, revelou o preso.

Na sexta-feira, a polícia apresentou outros dez suspeitos de participação no assassinato do ex-deputado. Segundo as investigações, a morte foi encomendada por quatro irmãos ciganos, os Dantas Meira: Jorge, Vivaldo, José Robson e Jairo.

COM INFORMAÇÕES DO BLOG XILINDRÓ WEB