WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom sao joao unime shopping jequitiba


setembro 2009
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

editorias


:: 23/set/2009 . 23:14

ERA D’OXUM… AGORA É DO PSB

Ao que parece, os partidos políticos entraram em uma safra de captação de celebridades. Depois que o PV filiou a cantora Carla Visi e o PRB ganhou a adesão do pugilista aposentado Acelino Popó de Freitas (pré-candidato a deputado federal), o PSB baiano anuncia a contratação (ops, filiação…) do cantor e compositor Gerônimo.

O monarca Gerônimo (ele foi Rei Momo no último Carnaval) formaliza a entrada no PSB em um evento marcado para esta sexta-feira (25), a partir das 18h30min, no Hotel da Bahia (Campo Grande).

A partir da oficialização, o músico estará num time que já tem outras figuras  pouco ambientadas no meio político. Ontem, no Rio de Janeiro, o “escalado” pelo PSB foi o baixinho  Romário, que já chegou mandando a bola para fora do estádio. Ao assinar a ficha, disse que estava muito feliz por ingressar no… “PSDB”!

Para descontrair, confira um momento de Gerônimo… Não como político, mas como rei:

RECEITA PARA GANHAR A ELEIÇÃO

Diogo Pacheco faz uma adaptação belíssima de Comício em Beco Estreito, de Jessier Quirino. Vale a pena conferir até o fim. É garantia certeira de muito riso.

SENA COBRA HOMENAGEM A MANOEL LEAL

Sena exige homenagem ao jornalista Leal.

Sena exige homenagem ao jornalista Leal.

Luís Sena, ex-vereador de Itabuna, toca num ponto que passa despercebido para muitos. Ligado aos movimentos sociais e hoje na vice-presidência do PCdoB local, ele cobra do governo municipal que coloque a placa oficial com a denominação da praça Manoel Leal (antiga Getúlio Vargas), no centro.

Sena foi autor da lei que modificou o nome da praça, em homenagem ao jornalista assassinado no dia 14 de janeiro de 1998. “Está na hora do prefeito Azevedo mostrar que é diferente”, cobra.

E o ex-vereador lembra do atual momento em que organismos internacionais e o estado reconhecem as falhas dos órgãos de segurança pública na garantia à vida e à  liberdade de expressão na Bahia.

Sena explica que o ex-prefeito Fernando Gomes fez questão de descumprir a lei municipal. “A Câmara de Vereadores aprovou e o prefeito não sancionou. O legislativo teve que promulgá-lo para que se tornasse lei. A colocação da placa oficial por parte do governo, mostraria que Azevedo é diferente do antecessor”, explica.

WAGNER E A DIVISÃO DO PRÉ-SAL: MAIS PARA QUEM TEM MENOS

Wagner defende critérios sociais para a divisão do pré-sal

Wagner defende critérios sociais para a divisão do pré-sal

O governador Jaques Wagner participou hoje à tarde do início dos debates no Seminário Pré-Sal e o Futuro do Brasil. Além do baiano, os governadores Eduardo Campos (PE) e Paulo Hartung (ES), participaram do painel “Distribuição dos Dividendos do Pré-sal”, que integra a roda de palestras do seminário.

Refutando qualquer tentativa de ideologizar o debate da partilha do pré-sal, Wagner se colocou contra o atual modelo de partilha dos royalties e condenou a distribuição equitativa da riqueza. A proposta dele é vincular a distribuição ao índice populacional de cada estado e inversamente ao respectivo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Para justificar sua proposta, citou como exemplo as conseqüências danosas do desenvolvimento concentrado do país, voltado para as regiões sul e sudeste do Brasil. “Manter a distribuição de royalties da forma atual significa perpetuar um modelo de desenvolvimento que gera desigualdades regionais”.

EDSON DUARTE VOTA CONTRA O PORTO DE ILHÉUS

Do Bahia Notícias

A Câmara Federal aprovou na noite de ontem a Medida Provisória 462/09, que acrescenta o Porto de Ilhéus ao do Plano Nacional de Viação, possibilitando mais investimentos. Da Bahia, só quem votou contra a proposta foi Edson Duarte, do PV, alegando questões ambientais e necessidade de estudos de impacto ecológico. A MP uniu governo e oposição. Encaminharam favoravelmente à votação os deputados José Carlos Aleluia (DEM), Jutahy Júnior (PSDB), Geraldo Simões (PT), Colbert Martins (PMDB) e Lídice da Mata (PSB). O Porto Sul é importante para o escoamento de toda a produção de soja, tanto do Centro-Oeste quanto do Oeste da Bahia.

INDÚSTRIAS MOAGEIRAS CONCEDEM REAJUSTE DE 6%

Os trabalhadores das indústrias de alimentação tanto pressionaram que, enfim, conseguiram dobrar as empresas e obtiveram reajuste salarial num momento em que as multinacionais instaladas no sul da Bahia falavam em corte de benefícios e demissões. As negociações começaram em junho.

Segundo informa o Sindicato dos Trabalhadores em Indústrias de Alimentação de Ilhéus, Itabuna e Uruçuca (Sindicacau), os trabalhadores da Delfi Cacau Brasil, em Itabuna, tiveram reajuste salarial de 6%, tíquete-alimentação de R$ 387, e Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de R$ 2.600. A Cargill acenou também com 6%, tíquete de R$ 380,00 e PLR equivalente a 1,4 salário.

O percentual de 6% também foi concedido aos trabalhadores da Barry Callebaut e da ADM Joanes, com tíquete de R$ 380,00. A Barry concedeu R$ 1,3 mil de participação nos lucros e a Joanes, o equivalente ao salário do trabalhador.

O presidente do Sindicacau, Luiz Fernandes, disse, por meio de sua assessoria, que a campanha salarial foi a mais difícil dos últimos tempos, mas a pressão dos trabalhadores resultou em reajuste que as empresas não admitiam conceder logo no início das negociações.

MORRE PROFESSOR VÍTIMA DE ATENTADO EM PORTO

Álvaro foi vítima de emboscada em Porto Seguro.

Álvaro foi vítima de emboscada em Porto Seguro.

Vítima de uma emboscada na última quinta-feira, o presidente do Sindicato dos Professores de Porto Seguro/APLB-Sindicato, Álvaro Henrique Santos, 28 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu nesta tarde, no Hospital São Rafael, em Salvador. O professor foi baleado na cabeça. Transferido para o hospital da capital baiana, Álvaro foi submetido a uma cirurgia para extração de um projétil alojado na cabeça.

Na quinta-feira à noite, quatro homens armados invadiram o sítio da mãe de Álvaro, na localidade conhecida como Roça do Povo. Os bandidos mantiveram reféns a mãe e o irmão do sindicalista e os obrigaram a ligar para Álvaro Henrique. Ele chegou ao local, acompanhado do amigo Elisney Pereira, 31, que acabou morto pelos bandidos.

A morte de Elisney, que teve o corpo sepultado na sexta-feira, fez com que cerca de 200 professores protestassem contra a morte do colega. Eles estavam em intensa campanha salarial em Porto Seguro. Quase uma semana depois do crime, ainda não foram encontrados suspeitos das duas mortes.

O delegado Renato Fernandes havia descartado a hipótese de assalto e afirmou que o crime se tratava de um atentado. A emboscada tem clara conotação política. Professores afirmam que esta foi a primeira vez que a categoria conseguiu, de fato, se organizar. Aí, aconteceu a tragédia. Com informações do Correio e foto do Radar 64.

VEREADORES CRIAM BLOCO PARA PRESSIONAR AZEVEDO

Ruy, Gerson e Solon criam bloco independente na Câmara.

Ruy, Gerson e Solon criam bloco independente na Câmara.

Três vereadores que integravam a bancada governista decidiram formar o que eles chamam de bloco independente na Câmara Municipal.

Solon Pinheiro (PSDB), Ruy Machado (PRP) e Gerson Nascimento (PV) dizem que existem hoje as bancadas de oposição e a governista. O trio, que fazia parte da base do prefeito Capitão Azevedo (DEM), decidiu unir forças.

Segundo o tucano Solon Pinheiro, a união é para que tenham mais força para, segundo ele, “cobrar mais do governo”.

Dos três, o que havia já assumido posição de independência em relação ao governo foi o médico Gerson Nascimento (PV).

Por telefone, o Pimenta conversou com o vereador Solon Pinheiro, que explicou o conceito de independência do bloco.

Já está mais do que claro que o bloco independente que já existe é de oposição ao governo municipal. Verdadeiramente independente é esse bloco que eu, Ruy e Gerson estamos criado.
Mas este bloco é independente em relação a quem?
Ao governo.
E como vocês estão sendo tratados?
Está do mesmo jeito do início. A gente encontra algumas dificuldades. Política é soma, união. Vamos unir forças para poder cobrar mais do governo.
E quais seria essas dificuldades?
É de relacionamento com o governo, relação política mesmo.
Mas essas dificuldades vêm de onde, do prefeito ou de secretários?
A dificuldade é em relação ao cumprimento de acordos.

Por que vocês decidiram criar mais um bloco independente?

Já está mais do que claro que o bloco independente que já existe é, na verdade, de oposição ao governo municipal. Verdadeiramente independente é esse bloco que eu, Ruy e Gerson estamos criando.

Mas este bloco é independente em relação a quem?

Ao governo.

Vocês não estão sendo bem tratados pelo Executivo?

Está do mesmo jeito do início. A gente encontra algumas dificuldades. Política é soma, união. Vamos unir forças para poder cobrar mais do governo.

E quais seriam essas dificuldades?

É de relacionamento com o governo, relação política mesmo.

E estes entraves partem de onde, do prefeito, de secretários ou de todo o governo?

A dificuldade é em relação ao cumprimento de acordos.

Que tipo de acordo?

São acordos individuais, cada um tem o seu. Eu, por exemplo, tenho cobrado benfeitorias em minha base política e não tenho obtido respostas. A gente se une para poder cobrar mais. O grupo pode ter mais um vereador.

Quem?

Ainda é cedo para falar, mas estamos conversando.

PDT BAIANO TOMOU ‘BIOTÔNICO’

Se é verdade que o governador Jaques Wagner gosta de aliado fortalecido, parece que a dose de ‘biotônico’ receitada ao PDT foi das melhores. Após o ingresso do partido de Brizola nas hostes governistas, a legenda aumentará a sua bancada na Assembleia Legislativa baiana com o ingresso de quatro novos deputados.

Os nomes são o do presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, João Bonfim, Emério Resedá e o do itabunense Paulo Câmera. A filiação do quarteto tem data e hora marcadas. Será no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador, no próximo dia 30, às 18h30min. Com as novas filiações, o partido sai de dois para seis deputados na Assembleia.

João Bonfim foi eleito pelo DEM, mas estava sem partido desde o ano passado. Câmera sai do PTB, Nilo era do PSDB, assim como Emério Resedá. Aliás, Resedá é outro nome oriundo do DEM, de onde saiu logo em janeiro e antes de assumir o seu terceiro mandato no parlamento estadual.

PROFESSORES DECIDEM NÃO FAZER GREVE CONTRA ENTURMAÇÃO

Uma assembleia realizada em Salvador na manhã de hoje decidiu pela não realização de uma greve contra a enturmação nas escolas da rede estadual – junção de turmas para alcançar um número desejável de alunos por sala de aula.

Oficialmente, a Associação dos Professores Licenciados da Bahia (APLB), afirma que a categoria vai manter a mobilização, enquanto aguarda o julgamento de um mandado de segurança contra o sistema de enturmação.

A recusa da categoria pode ser explicada com a proximidade do final do ano letivo. Uma greve agora, levaria a conclusão desse ano para 2010.

A APLB está incentivando a realização de reuniões nas escolas para explicação aos alunos, pais de alunos e trabalhadores em educação sobre a enturmação e que o agrupamento de turmas é ruim para a educação.

Em Itabuna está prevista uma assembléia para a tarde de hoje, no auditório da API, na praça Jornalista Manuel Leal.

‘GANGUE DO MERCADO’ AINDA ESTÁ LIVRE

O vídeo que revela a atuação de uma gangue que furta bolsas de clientes em supermercados de Itabuna tem mais de 1.300 exibições em menos de três dias no ar.

Apesar do sucesso no site de vídeos Youtube, a polícia ainda não conseguiu prender ninguém da gangue, integrada por um trio de mulheres que aproveita descuido de clientes para praticar o furto.

Uma das vítimas deu queixa na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, em Itabuna, no último dia 10. O supermercado onde ocorreu o furto liberou as imagens para a vítima, que as apresentou à Polícia Civil. Por enquanto, nada.

As três ladras são jovens, aparentando entre 25 e pouco mais de 30 anos e aparecem logo nos primeiros segundos do vídeo abaixo (ou acesse direto no Youtube clicando aqui). Elas fingem estar comprando alguns produtos enquanto escolhem a vítima. Depois do furto, elas fugiram num Fiat Uno, placa de Canavieiras.

LICITAÇÃO DE R$ 5 MILHÕES É VICIADA, DIZ RADIALISTA

Aliado do governo de Capitão Azevedo, o radialista Val Cabral denunciou há pouco que a licitação de R$ 5 milhões para a construção de 239 casas na comunidade da Bananeira, em Itabuna, estaria mais do que viciada. Ele afirmou que duas das construtoras que disputam a obra ofereceram R$ 240 mil a seis outras concorrentes para fazer combinação de preços.

Caso as empreiteiras aceitassem a negociata, cada uma levaria R$ 40 mil. O radialista não afirma se alguma das seis empresas acietou a proposta. Na prática, as seis concorrentes apresentariam propostas superiores às da “Terta Ltda” e “Solobrax Ltda”.

A denúncia acaba de ser feita, ao vivo, no programa que o radialista apresenta, diariamente, na rádio Difusora, de propriedade do ex-prefeito Fernando Gomes. Val Cabral, que é dirigente do PV em Itabuna, disse que está levando todos os documentos da negociata para apresentar ao prefeito Capitão Azevedo.

Os recursos para a construção das casas da Bananeira são oriundos do Governo Federal, através do Ministério das Cidades. Resta, agora, apuração da denúncia.


CENSO 2010: IBGE OFERECE 58 VAGAS EM ILHÉUS E ITABUNA

Contratações de aprovados serão feitas em janeiro e março de 2010.

Contratações de aprovados serão feitas em janeiro e março de 2010.

Com salário que varia de R$ 760,00 a R$ 1,6 mil, o IBGE abriu período de inscrições para selecionar agentes que atuarão no Censo 2010 em todo o Brasil. São 2.309 destinadas à Bahia e 58 delas para os municípios de Ilhéus e Itabuna, no sul do estado.

De acordo com o edital, o período de inscrições vai até o dia 6 de outubro. As provas estão previstas para 6 de dezembro. Os locais de prova serão informados até o dia 23 de novembro (confira edital completo).

Das vagas disponíveis em Itabuna, num total de 30, 23 são para agente censitário supervisor (ACS), 3 para agente censitário municipal (ACM), 3 para agente censitário de informática (ACI) e uma vaga para agente censitário regional.

Em Ilhéus, são 28 vagas, sendo 24 para agente supervisor (ACS), 3 para agente municipal (ACM) e uma para agente de informática (ACI). Nos dois municípios existem vagas para deficientes, sendo 3 em Itabuna e 2 em Ilhéus.

Para se inscrever, o candidato precisa ter mais de 18 anos e ensino médio completo. A inscrição pode ser feita pela internet ((http://www.cesgranrio.org.br) ou em postos em cada um dos municípios. A taxa varia de R$ 18,00 a R$ 30,00.

Todos os cargos exigem ensino médio completo, e ter, pelo menos, 18 anos de idade. Em todo o país, serão mais de 33 mil vagas. Para todas as funções, a jornada de trabalho será de 40 horas semanais.

Confira período de contratação e salário:

Agente Censitário Regional – Janeiro/2010 – R$ 1.600,00
Agente Censitário Administrativo- Março/2010 – R$ 760,00
Agente Censitário Municipal – Março/2010 – R$ 1.150,00
Agente Censitário Supervisor – Março/2010 – R$ 900,00
Agente Censitário de Informática – Março/2010 – R$ 900,00

Abaixo, o número total de vagas em alguns municípios baianos

Coaraci – 4 vagas // Eunápolis – 11 vagas // Feira de Santana – 73 vagas // Floresta Azul – 3 vagas // Gandu – 8 vagas // Gongogi- 2 vagas // Ibicaraí – 4 vagas // Ipiaú – 8 vagas // Itacaré – 4 vagas // Itajuípe – 6 vagas // Itamaraju – 10 vagas // Itapetinga – 10 vagas // Jequié – 19 vagas // Lauro de Freitas – 21 vagas // Porto Seguro – 16 vagas // Ubatã – 4 vagas // Ubaitaba – 4 vagas // Una – 4 vagas // Uruçuca – 6 vagas

GUARDAS DE TRÂNSITO MULTAM VIATURAS DA POLÍCIA

Carlos Lima denuncia multas apoliciais civis (foto: reprodução Xilindró Web)

Carlos Lima denuncia multas apoliciais civis (foto: reprodução Xilindró Web)

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc), denuncia o que poderia ser classificado como absurdo: os guardas municipais de trânsito de Salvador estão multando os carros da polícia que avançam sinais em perseguições a bandidos.

Segundo o presidente do Sindpoc, Carlos Lima, há 90 dias essa vem sendo a rotina nas unidades policiais de Salvador e região metropolitana. “Cada delegacia recebeu uma média de 50 multas nos últimos três meses”.

O pior é que essas multas são direcionadas aos policiais. “São eles que estão recebendo notificações da Superintendência de Trânsito e Transportes de Salvador (Transalvador) para se responsabilizar pelo pagamento das multas”.

A luta do sindicato agora é fazer com que, pelo menos, as notificações sejam direcionadas à Secretaria de Segurança Pública (SSP). Os policiais são orientados a não pagar nem assinar nenhuma notificação enviada pelo órgão municipal. O código de trânsito brasileiro não excetua nenhum tipo de veículo. Todo condutor que cometer infração será autuado.

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito, caso o policial ou bombeiro comprove que estava em situação de urgência ou emergência, a multa poderá ser cancelada. As informações são do Correio.

PEIXE MORRE PELA BOCA

O secretário de Agricultura, Roberto Muniz (PP), pode não ser vingativo, mas sabe aquela história do peixe? Pois é. Moacir Smith Lima, ex-comandante da Biofábrica de Cacau, também morreu pela boca.

E a história remonta a 7 de junho, Dia Internacional do Cacau. O ex-diretor-geral Biofábrica disse a plenos pulmões que não iria recepcionar o seu chefe na vinda do secretário ao sul da Bahia porque não reconhecia Roberto Muniz como titular da Pasta da Agricultura.

A história chegou aos ouvidos de Muniz, que foi bem recepcionado pelo produtor Henrique Almeida e até visitou a fazenda do presidente da Associação dos Produtores de Cacau (APC). Visitou e gostou tanto da receptividade que rejeitou um belo hotel e preferiu por lá dormir.

Daí em diante, Almeida conquistou a simpatia de Muniz, que tratou de flambar – fritura é pouco – o geraldista Moacir Lima. Junte-se a isso o fato de Moacir ser uma indicação do deputado federal Geraldo Simões, que defendeu o plano de conceder maiores descontos a pequenos e médios produtores de cacau nas renegociações das dívidas da lavoura.

Os grandes produtores não gostaram. Travaram as renegociações do PAC do Cacau, se uniram (e aí tem até empresa multinacional envolvida). Com força e convencimentos, deram ontem o golpe de misericórdia em Moacir. A parte contada em post abaixo junta-se a esta.

Moacir pagou por ser técnico num ambiente eminentemente político. Aliás, nas articulações para a sua queda, ele teve contra si até aquele ex-dirigente a quem tratou com demasiado carinho quando assumiu a Biofábrica. Isso, apesar de conhecer a fundo todos os armários da instituição.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia