WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2009
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

editorias





itao




O EXEMPLO DE DONA ENEDINA

Dona Enedina, 100 anos, aprende a ler e escrever ao lado do filho, Lourival, 61.

Dona Enedina, 100 anos, aprende a ler e escrever ao lado do filho, Lourival, 61.

Aos 100 anos, dona Enedina Pereira da Silva tem muita história para contar. A mais nova delas é o seu encontro com as letras. Ela é uma das milhares de pessoas beneficiadas Bahia afora pelo programa Todos pela Alfabetização (Topa), um programa criado em 2007 pelo governo estadual para combater o analfabetismo.

Dona Enedina é de Ilhéus e, na própria sala, estuda ao lado do filho, Lourival Rodrigues, 61 anos. Hoje, a aposentada e centenária Enedina conversou com o governador Jaques Wagner (“o doutor Jaques Wagner”) e teve festa para os cem anos. A comemoração foi encerrada há pouco, na creche do bairro Teotônio Vilela, em Ilhéus.

Dona Enedina é um exemplo de que não há idade para aprender.

Confira um pouco mais da história da alfabetizanda no www.jornalbahiaonline.com.br.

5 respostas para “O EXEMPLO DE DONA ENEDINA”

  • Sérgio Oliveira says:

    Enquanto muitos jovens não querem nada, vão para o mundo do crime, essa senhora dá esse exemplo, …!!!

    Que seja seguido, …!!!

    Só tenho a parabenizar, …!!!

  • Victor Costa says:

    O “doutor Jaques Wagner” está mudando a vida de pessoas humildes como essa senhora que querem aprender algo de útil na vida. Dificilmente isso aconteceria nos tempos do coronelismo carlista.

  • Sérgio Oliveira says:

    O exemplo é dado por parte das pessoas, não de governo, ou Zé Mané, …!!!

    Até nisso querem colocar política no meio, …!!!

    Falta de respeito, …!!!

  • EITTAAAAAAAAA says:

    CERTO… ELA VAI ARRANJAR UM EMPREGO LÁ EM SUA EMPRESA,ISSO É BALELA!!!

  • Leidiqueiti says:

    95% dos jovens da escola pública, vão para a escola comentar contravenções que fazem ou veem os outros fazerem. É difícil dar aula. Outro dia, um jovem professor de Química preparou uma aula para o sábado letivo no 2º ano, em data-show e ficou na saudade. A turma resolveu boicotar a aula e pronto!

    “Coisa de adolescente” dirão os permissivos. E o IDEB da escola pública, ó,ó… Coitados de nós, quando formos administrados por essa turma. O bulying agora não é somente entre os “meninos”, mas dirigido ao professor, também, ao lado de ameaças veladas e explícitas. SEJA UM PROFESSOR!

Deixe seu comentário








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia