WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

unesul bahia

uniftc






fevereiro 2010
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

editorias


:: 10/fev/2010 . 23:05

SAINDO DO PAPEL

Finalmente vão começar as reformas das escolas da rede estadual em Itabuna. Na manhã dessa quinta-feira, às 9 horas, um café da manhã no auditório da Direc-7 vai marcar a assinatura dos contratos com as empresas que ganharam as licitações para as obras.

Algumas das unidades que sofrerão intervenções terão mais que simples reformas, como é o caso do Colégio General Osório, no Conceição. “Vamos fazer mudanças estruturais. Hoje o General Osório não tem, sequer, uma cara de escola. Precisamos garantir maior conforto para o aluno e também para os professores”, afirma a diretora da Direc, Miralva Moitinho.

Para se ter uma ideia, diz a diretora, o General Osório tem um laboratório de informática que não funciona por falta de local para instalar os computadores.

A dirigente diz ainda que o ideal seria ter começado as reformas antes, mas como não foi possível, as escolas vão adaptar seu funcionamento à necessidade das obras. “Algumas não poderão ter aulas, mas outras talvez não sejam afetadas. Tudo vai depender da necessidade de cada unidade”.

TRENZINHO PARA AS ALAGOAS

A PMI Tour está de vento em popa. Um ‘galera’ está a caminho das Alagoas para descansar(?) nesses dias de folia momesca.

Uma merecida trégua para os bravos servidores que se viram diariamente  na administração de crises cada vez mais constantes no governo que mal completou um ano.

Quem pode, pode.

CAPITÃO SEM PULSO

Doutor Roberto de Souza: "depressão administrativa"

Depois de diagnosticar um estado de “depressão administrativa” no governo itabunense, o vereador Roberto de Souza credita a “doença” à falta de comando do prefeito Capitão Azevedo, “que foi eleito com mais de 52 mil votos e não tem pulso para governar”, deixando o comando nas mãos do advogado Carlos Burgos.

Roberto fez a crítica ao dar como fatura liquidada a exoneração do secretário de Educação, Gustavo Lisboa. E, opina, não se pode atribuir a Burgos a “apatia” do governo. Quem foi eleito para governar – e decidir – foi o prefeito, observa.

Para apimentar ainda mais a coisa, o vereador e dublê de radialista diz ter informações de que, além de Lisboa, outros dois secretários estariam de malas arrumadas pra cascar fora, insatisfeitos com a  (falta de) condução do governo e o poder crescente de Carlos Burgos, o titular da Fazenda municipal.

A TODO VAPOR

Mototáxi PMI não dá trégua - Foto: Arquivo (mas atual que só)

Esse blogueiro foi surpreendido hoje pela manhã, no Centro Administrativo Firmino Alves, com o insistente assédio de um mototaxista oferecendo uma corrida.

Não é demais lembrar que, se houve em Itabuna uma perseguição implacável aos mototaxistas, essa foi exercida pelo então diretor da 5ª Ciretran e depois secretário de Transporte e Trânsito, Capitão PM José Nilton Azevedo.

O poder transforma, realmente. Que bom. Fossem outras épocas, a central PMI não existiria nem em sonho. Até porque, eram épocas de pesadelo para a categoria.

AMIGO DO PORQUINHO

Entulhos atraem ratos e baratas e exalam odor insuportável.

Moradores da rua União Operária, no Pontalzinho (Itabuna), reclamam que o bendito dono do imóvel aí acima achou de fazer uma limpeza no quintal e escolheu a calçada pra depositar os entulhos, atraindo insetos e, ainda por cima, provocando forte odor.

A montanha está ali há mais de uma semana. A casa está vazia, o que talvez explique o desleixo e ‘nem te ligo’ do proprietário. O sujeito se defende. Afirma que contratou o serviço de limpeza e foi “golpeado” pelo contratado, que deixou tudo pela metade…

TRAIÇÃO NO PALÁCIO PARANAGUÁ: ALCIDES NÃO SABIA!

O encontro de Newton Lima com o ministro Geddel Vieira Lima foi uma surpresa para o articulador político do governo ilheense.

Nesta tarde, o vereador Alcides Kruschewsky abriu a boca. Disse ao repórter Maurício Maron, do Bahia Online (confira aqui), que passou os últimos dias em Salvador e participava de evento do PSB, para o qual Newton foi convidado e “refugou” alegando falta de espaço em sua agenda. E qual não foi sua surpresa ao saber do encontro do prefeito com o ministro Geddel.

Colocado pelo prefeito na situação de marido traído (só não foi o último a saber do encontro porque o Pimenta revelou a escapadinha de Newton ainda na segunda-feira), Alcides fuzilou: “imagina a situação. Se for para ser marionete nesta história, isso não dá pra mim”.

É a casa de Madame Sufia

TERMINA REBELIÃO EM SERRINHA

Lucas Esteves | Bahia Notícias

Após dois dias de tensão extrema, a rebelião que ocorria no Presídio de Serrinha, na região nordeste da Bahia, foi encerrada agora há pouco. Segundo informações dos policiais que negociavam o fim do movimento, os presos se entregaram ao Batalhão de Choque após não conseguirem concretizar as transferências de diversos presos de volta para Salvador. Até o momento, apenas uma morte de detento foi confirmada.

APAIXONADO POR GEDDEL, NEWTON DIZ QUE “FICA” COM WAGNER

Newton, o confuso, "fica" com Wagner.

O prefeito Newton Lima, através de sua assessoria de comunicação, quis desfazer confusão simbólica gerada pela sua visita ao QG dos peemedebistas baianos, na última segunda-feira, 8 (conforme revelou o Pimenta).

Newton reclama de Geddel por conta do atraso na liberação das verbas emergenciais para combate aos estragos causados pelas chuvas de novembro. O valor total da verba, diz, seria R$ 22 milhões. “Até agora os cofres municipais ainda não receberam qualquer tipo de recurso para iniciar estas obras”. Teria sido retaliação de Geddel, Newton?

Por fim, a nota da prefeitura diz que Newton considera a aliança com o PT e o governador Jaques Wagner “irreversível”. Para tentar desfazer qualquer tipo de desconfiança sobre a sua opção eleitoral, ele sapeca: – “Estou e vou ficar com Wagner”.

Esperamos que a primeira-dama do Estado, Fátima Mendonça, encare isso apenas como um “ficar” apenas no plano político…

PSICOLOGIAS DISTINTAS PARA LEVANTAR O ITABUNA

O presidente do Itabuna Esporte Clube, Ricardo Xavier, estava avexado hoje pela manhã. Queria chegar ao local do treinamento do elenco, o Itabunão, o mais rápido possível para ter ‘aquela’ conversa com o plantel. Hoje seria o primeiro encontro depois d vexame de Madre Deus, no domingo.

Xavier foi contido pelo deputado federal Félix Mendonça, ‘padrinho’ do contrato de patrocínio da construtora MRM com o Azulino. “Ricardo, eu quero ter uma conversa com os jogadores. Às vezes, só a bronca não ajuda”, argumentou Mendonça, com um ar de vovô bondoso.

Não restou ao presidente outra opção. “Tá bom, deputado. O senhor fala. Mas depois que o senhor for embora eu vou ter uma conversinha com eles. Vou complementar o que o senhor disser”.

Ou seja, os jogadores devem estar, nesse momento, com as orelhas queimando. O problema (para eles) é que o nesse caso inverteu-se a ordem dos fatores: primeiro, assoprou-se, para depois morder com gosto.

Vumbora, Itabuna!

PROJETO DA BARRAGEM DO COLÔNIA FICA PRONTO ATÉ MARÇO, DIZ FLORENCE

Florence: projeto de barragem pronto em março.

O secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Afonso Florence, afirmou ao Pimenta que o projeto de construção da barragem no rio Colônia, fundamental para resolver a falta d´água em Itabuna, estará pronto até o final de março (“pode ser até antes”).

De acordo com Florence, o projeto está sendo tocado por engenheiros especialistas da própria Sedur. Após a sua conclusão, o governo estadual abre concorrência para a escolha da empresa que construirá a barragem.

A obra está orçada em R$ 70 milhões, parte do dinheiro assegurado pelo estado e a outra pelo governo federal, e foi prometida pelo governador Jaques Wagner em sua última visita a Itabuna, em dezembro.

Florence esteve nesta quarta-feira, 10, em Canavieiras, para entrega de unidades habitacionais do programa Casa da Gente. O secretário concedeu entrevista ao blog e fala sobre ações do governo no sul da Bahia e a possibilidade do estado assumir o abastecimento de água em Itabuna, via Embasa, empresa de saneamento da qual é presidente do Conselho de Administração.

A entrevista você confere ainda hoje.

ITABUNA TEM NOVO (E FORTE) PATROCINADOR

Parece que o empresariado compreendeu que o projeto do Itabuna Esporte Clube é mesmo para curto, médio e longo prazos. O azulino acaba de fechar uma importante patrocínio com a construtora MRM, que vai garantir dinheiro já e também possibilidades maravilhosas para o futuro.

As conversas estavam em andamento já há algum tempo, e nem a derrota de domingo, contra o Madre de Deus, esmoreceu a direção da MRM – leia-se Félix Mendonça Júnior.

Por enquanto, o contrato é de cinco meses, mas existem propostas para a construção de um centro de treinamento para o Itabuna – eis o objetivo de médio prazo, o que garantiria a viabilização do projeto de formação e revelação de jogadores – esse seria o objetivo para depois do CT.

“Confiamos no Itabuna, queremos colaborar com seu crescimento, mas sabemos que a empresa também será muito beneficiada. O campeonato baiano é um produto explorado pela televisão, o que vai nos colocar em evidência como marca na Bahia e no Brasil”, afirma o presidente da MRM, Félix Mendonça Jr, que se declara mais um azulino roxo.

ESQUECERAM DO LIXO

Eleição chegando, secretário saindo, a cidade alagando… E ninguém mais lembra da Marquise. Só para refrescar a memória do cidadão-contribuinte: no final do ano passado, o secretário da Administração, Gilson Nascimento, afirmou que demitiria 65 garis para conseguir com a empresa de limpeza urbana uma redução no valor do contrato.

Os garis foram demitidos, e não se tem notícia de que o valor tenha caído – pelo menos isso não foi divulgado. Quem entende do assunto, diz que sem esses garis na jogada (coitados, sequer sabem que foram moeda de troca, que talvez nem tenha sido honrada), o valor pago pela prefeitura não deveria passar de R$ 900 mil/mês. “E ainda seria caro”, diz o especialista.

Todos lembram que a prefeitura prometeu formar sua equipe de limpeza de canteiros, poda de árvores e limpeza de bueiros. Só que essa ‘equipe’ é composta apenas por 13 homens, que não deram conta do recado e a cidade enfrentou vários alagamentos por bueiros entupidos durante as chuvas da semana passada.

Que o digam os moradores  do Pontalzinho, Fátima e São Caetano, entre outros.

EFEITO DOMINÓ?

Nuvens negras e carregadas pairam sobre a Prefeitura de Itabuna. Há pouco, quem foi visto esbravejando e dizendo que deixaria o governo foi o secretário de Saúde, Antônio Vieira. A saúde é um dos setores mais criticados na atual gestão.

Vieira, aliás, pode deixar a Secretaria, mas não tem como propriamente desligar-se do governo, já que é vice-prefeito.

AZEVEDO NEM AÍ

Chefe de gabinete dialoga com professores da porta pra fora (Foto Fábio Roberto).

Os mais de 150 professores da rede municipal deixaram o centro administrativo Firmino Alves sem conseguir falar com o prefeito Capitão Azevedo.

Os educadores fizeram protesto na prefeitura exigindo a permanência do secretário de Educação de Itabuna, Gustavo Lisboa, demissionário após uma série de retaliações partidas da Secretaria da Fazenda e consentidas pelo prefeito Azevedo.

Os educadores ouviram “uma palavrinhas” do chefe de Gabinete, Ivan Krebs, e foram enxotados por seguranças do prefeito de Itabuna. O protesto começou por volta das 9h e durou mais de ruas horas (confira post abaixo).

Ontem à noite, Azevedo e Gustavo conversaram, mas ninguém sabe o que foi decidido por ambos nem se o secretário continua no cargo. Lisboa responde pela Educação desde janeiro de 2005 e foi mantido no cargo após a posse de Azevedo pela qualidade do trabalho.

Professores se aglomeraram no pátio do centro administrativo.

HBLEM E DPT BATEM CABEÇA

Uma confusão entre o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna está causando constrangimento  a  famílias de pacientes.

Na madrugada desta quarta-feira, 10, o aposentado José Bevenuto dos Santos, 72 anos, morreu no Hblem. Sem qualquer motivo plausível, o médico de plantão, Romel  Pires, negou-se a expedir a declaração de óbito, alegando que esta deveria ser emitida pelo DPT.

Um parente de José Bevenuto foi até o DPT e obteve a informação de que, no caso dele – que foi de morte não-violenta – a declaração de óbito deveria ser feita pelo hospital. Volta o parente para o Hblem, naturalmente revoltado com a situação, enquanto o corpo do aposentado já se encontrava no velório.

A pendenga continuou até por volta de 11 horas, quando o médico José Henrique de Carvalho decidiu emitir a declaração de óbito.

MÉDICO SE DEFENDE

Às 16h16min – O médico Rommel Pires diz que não emitiu o atestado de óbito porque o paciente apresentava uma cirurgia anterior de aneurisma (dilatação) da aorta abdominal e deu entrada no Hblem com “dor abdominal difusa”. No entanto, o quadro do paciente teria evoluído para “distensão abdominal abrupta, palidez intensa e parada cardio-respiratória”.

Para o médico, o problema deve ter acontecido devido à ruptura do aneurisma no abdome. “Como não dispomos de legista na unidade hospitalar, encaminhei o paciente para o DPT, para esclarecer a causa do óbito,que foi um óbito não-violento, mas de origem desconhecida”.

Ainda segundo Rommel, o quadro requeria avaliação de um médico legista. “Desta forma, fica claro que minha intenção não era atrapalhar a familia, mas esclarecer um óbito”.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia