WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





julho 2010
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias





itao




PROVA DE CONCURSO DA UESC PODE SER ANULADA

Vagas eram para analista
e técnico universitário

Ninguém na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) se pronuncia sobre a possibilidade de cancelamento do concurso para contratação de analista e técnico universitário. As provas foram aplicadas no dia 6 de junho e o resultado estava previsto para sair, no máximo, no dia 30 daquele mês, mas até agora não foi divulgado.

No dia 22 de junho, a Uesc instaurou processo administrativo para investigar as irregularidades do concurso e a responsabilidade da empresa contratada para realizar o concurso público, a Concepção Consultoria Técnica Especializada Ltda.

O processo não foi concluído dentro do prazo e a comissão instalada para investigar a empresa recebeu mais 30 dias para apresentar relatório sobre o caso. Conforme denunciou o Pimenta, a Concepção foi contratada pelo governo estadual a 16 dias da aplicação das provas do concurso (relembre aqui). A empresa fez o “serviço” a R$ 193.365,00.

E qual foi o deslize da Concepção? A empresa apresentou provas com questões retiradas integralmente da internet, como o site Wikipédia, além de outras mal-elaboradas. No dia do concurso, os malotes com as provas também estavam violados, de acordo com candidatos.

Pelo atraso, as investigações e as provas polêmicas, o caminho será – talvez – o cancelamento. Ou alguém vai levar a sério um concurso que tantas dores de cabeça rendeu à Uesc?

11 respostas para “PROVA DE CONCURSO DA UESC PODE SER ANULADA”

  • ab says:

    Esse concurso foi uma fraude.

  • Analista 001 says:

    Que isso sirva de lição para a UESC aprender a não contratar empresas meia-boca. Sem dúvida, os maiores prejudicados foram os candidatos, que pagaram 40 ou 80 reais (a depender do cargo) para fazer uma prova e correm o risco de terem jogado dinheiro fora em caso de anulação do certame. Só espero que, se as provas realmente forem canceladas, a universidade se mobilize rapidamente pra organizar outra prova.

  • Carol says:

    Queria agradecer ao Seu Pimenta por atender ao meu pedido e levar mais uma vez ao conhecimento das pessoas o que esta acontecendo quanto a este Concurso da UESC.
    Uma grande falta de respeito com os candidatos que se inscreveramn, afinal até agora nenhuma medida definitiva foi tomada.

  • O CRÍTICO says:

    Só em nossa região que acontece coisas como essas que ocorreram no Concurso da Uesc, visto que, nas outras acontecem também, como foi noticiado em rede nacional, a diferença é que as instituições para dar a credibilidade necessária a elas mesmas, junto a sua população concurseira ou não, ANULAM LOGO! Sem precisar de tempo para fazer charminho, diante do que foi público e notório, ou seja, lacres violados etc.
    Enfim, a Uesc já deveria há tempo ter contratado outra empresa séria, e na altura do campeonato já ter divulgado o resultado. Mais ainda é tempo disso acontecer, maior erro é dizer que tudo foi normal, porque não foi mesmo!!!

  • concurseiro says:

    TEM QUE SER MESMO ANULADA, POIS TODO O CONTEXTO DA PROVA FOI FEITO PARA UMA CRIANCA DE NIVEL FUNDAMENTAL.

  • José Everaldo de O. Neto (Estagiário da Defensoria) says:

    As Defensoras Públicas Dra. Cristiane da S. Barreto Nogueira e Dra. Maria Silva O. S. Tavares (Defensoria Pública do Estado da Bahia – 3ª Regional de Ilhéus), após diversas manifestações de pessoas que fizeram o concurso, encaminharam recomendação ao Reitor da UESC para anulação do citado concurso.
    A reitoria em resposta manifestou-se favorável à anulação.
    A ação da Defensoria nesta empreitada demonstra o trabalho competente que a Instituição está fazendo diante dos diversos problemas enfrentados na região.

  • Rafael says:

    Quem é o(a) responsável por concursos e seleções da UESC ? Porque isso é de uma incompetência.

  • Candidato a Analista says:

    Peço licença ao Pimenta na Muqueca p/ postar sob anonimato por temer represálias.

    Espero que essa confusão sirva de lição para a UESC aprender a NUNCA MAIS contratar uma empresa meia-boca. Tivesse a instituição chamado a Consultec (exatamente como faz para promover o vestibular), nada disso estaria acontencendo neste momento. Francamente, quem fez esse concurso e tava dependendo dele p/ conseguir um emprego o + rápido possível vai ter de tentar outros certames p não depender da demora de definição de uma universidade que se diz aberta à comunidade, mas se fecha como se fosse uma sociedade secreta.

  • ana cristina says:

    Parabéns ao Pimenta por mais uma vez está levantando esta questão. Infelizmente, é realmente vergonhoso a UESC não ter se manifestado até hoje sobre o assunto.

  • Kbuloso says:

    Isso não é novidade né. Quem acreditou que algo feito de modo tão complicado começando pelas inscrições seria válido? Tudo dificultado, tudo confuso como a consciência desse reitor. Vejam que a UESC não tem mais manifestações e nem reivindicações, isso se deve aos membros da “antiga esquerda” agora direita fazerem parte da administração da entidade.
    Realmente será que estar tudo as mil maravilhas para o funcionalismo da casa?
    Lembro-me da dificuldade que a antiga reitora René Albagli tinha com esses manifestantes agora diretores.
    Invalidem já esse concurso!!!

  • Fernando says:

    Isso não vai ficar assim… Paguei R$ 80,00 + Valor do SEDEX + o tempo que gastei na porcaria daquela fila no Banco do Brasil + a semana que perdi estudando o conteúdo de conhecimentos específicos + o sábado que passei em casa revisando assuntos + deslocamento numa manhã de domingo até a UESC (e olha que escolhi fazer a prova em Itabuna)… Se fizer outro concurso vou querer o reembolso do SEDEX e despesas com transporte, se cancelar o concurso não vou querer apenas os R$ 80,00 de volta, não vou mesmo!!

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia