Placa adulterada: 9 virou 3 (Foto Costa Filho)

Um motociclista acabou preso pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) ao trafegar pela BR-415 sem carteira de habilitação e, pior, com placa adulterada. Roberto Coutinho Santos foi detido e encaminhado para o Complexo Policial de Itabuna. Ele pilotava uma Yamaha YBR 125, quando foi abordado pelos soldados Costa e Valdir, no posto da PRE no bairro Nova Itabuna.

A placa verdadeira da moto é JRY-3934, mas a numeração foi raspada e o 9 virou 3, transformanda em JRY-3334. Levado para o Complexo Policial, Roberto Coutinho disse que havia comprado a moto em setembro de um vizinho. A Polícia Civil investigará quem cometeu o crime. A moto será periciada.

Coutinho ficou detido.

Se comprovado que foi o próprio Roberto Coutinho quem adulterou a placa da moto, ele responderá ao crime que prevê pena de três a seis anos de prisão. Coutinho ainda responderá pela prática de direção perigosa (condução sem estar habilitado).

Coutinho “caiu” no dia no dia em que a Polícia Rodoviária Estadual e a PM intensificaram a fiscalização nas saídas de Itabuna e principais pontos da cidade, na chamada Operação Nazireu. Na segunda-feira, 6, duas moto foram roubadas na cidade. Uma foi recuperada. Informações do repórter Costa Filho, da Rádio Jornal.