WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










janeiro 2011
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

editorias






:: 25/jan/2011 . 22:02

BURGOS QUER A SECRETARIA DE ASSUNTOS GOVERNAMENTAIS

Carlos Burgos (aqui em campanha eleitoral, de bandeira em punho) faz de tudo para se equilibrar no governo

Procede a informação publicada no blog Políticos do Sul da Bahia de que o secretário da Fazenda de Itabuna, Carlos Burgos, pode ir para a pasta de Assuntos Governamentais e Comunicação. Segundo o PIMENTA apurou, o ato de exoneração de Burgos está preparado desde a semana passada, mas ele e o prefeito José Nilton Azevedo ainda conversam sobre o “day after”.

Azevedo pretende nomear Geraldo Pedrassoli, atual presidente da Fundação Marimbeta, para o comando da Fazenda. O prefeito, no entanto, não quer (ou não pode) desprezar Burgos e ofereceu a ele inicialmente a Procuradoria Jurídica, cargo que o secretário recusou, porque sua nomeação significaria a exoneração da atual procuradora, Juliana, sua própria filha.

Mas Burgos, que antes afirmava que sairia da prefeitura “diretamente para seu escritório de advocacia”, parece querer prolongar sua permanência na vida pública. Tanto que pediu a Azevedo a Secretaria de Assuntos Governamentais e Comunicação, e o prefeito está bastante inclinado a ceder.

Um conselheiro, entretanto, sugeriu a Azevedo que só atenda parte do pedido. A ideia, como antecipou o já citado Políticos, é de fato promover uma reformulação na pasta, retirando de sua esfera de controle a área da Comunicação. Burgos, assim, ficaria somente com a Secretaria de Assuntos Governamentais, responsável, entre outras coisas, pela relação do governo com instituições da sociedade civil e articulação política.

Resta saber se a Comunicação será incorporada a outra secretaria ou se ela mesma vira uma secretaria independente. Esta última hipótese é menos provável, já que a atual tendência da gestão municipal é a de reduzir o número de cargos do primeiro escalão.

O atual secretário de Assuntos Governamentais e Comunicação é o jornalista Ramiro Aquino, que também responde pela chefia do cerimonial do governo.

O GOLPE DO GARRAFÃO

Pouquíssimos consumidores têm o hábito de conferir a validade dos garrafões de água mineral, que agora não podem mais ser utilizados após três anos da data de fabricação. Esta se encontra gravada no fundo dos recipientes, mas quase ninguém olha e, em consequência, muitos ficam no prejuízo.

Ocorre que existem comerciantes inescrupulosos que continuam vendendo água em garrafas vencidas, embora saibam que o cliente não poderá trocá-las depois. Para quem compra o produto em estabelecimentos diversos, fica difícil saber depois quem lhe passou a perna.

Em Olivença, estância hidromineral ilheense, há um comerciante que exagera. Ele não só recusa as garrafas vencidas, como exige que o recipiente do freguês seja tão novo quanto o dele. Ou seja, só troca sua garrafa 2010 por outra do mesmo ano. Se for mais velha, mesmo estando dentro da validade, não tem jogo.

Claro que a prática desse comerciante é abusiva e não deve ser aceita pelo consumidor.

FLAMENGO CAMPEÃO DA COPINHA

A garotada do Flamengo se deu melhor na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, disputada na manhã desta terça-feira, 25, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo. O adversário do rubro-negro foi o Bahia.

O tricolor baiano jogou melhor em grande parte do primeiro tempo, mas quem fez o gol foi o time do Rio. Logo aos sete minutos, após cobrança de escanteio de Adryan, o capitão Frauches chutou forte e acertou o ângulo do goleiro Renan.

O Bahia empatou aos 36 minutos, em cobrança de pênalti convertida pelo jogador Rafael, e iniciou uma reação. Mas o Flamengo acabou vencendo com um gol aos 21 minutos do segundo tempo, também em uma penalidade. Quem assinalou foi Negueba.

Nada menos que 92 equipes participaram da Copa São Paulo.

POLÍCIA RECAPTURA 13 DOS 15 FUGITIVOS DE EUNÁPOLIS

A polícia civil já recapturou 13 dos 15 homens que fugiram da cadeia pública de Eunápolis, na madrugada de ontem (24). Leandro Dias Silva resistiu e acabou morto ao trocar tiros com a polícia. Apenas Weslei Alves Filho ainda curte a “liberdade”. De acordo com o delegado regional Evy Paternostro, todos respondem por assaltos e roubos cometidos no município.

CLASSIPIMENTA

Vários leitores já estão enviando seus anúncios para o Classipimenta e em breve eles estarão publicados na página que promete ser o maior centro de negócios da internet no interior da Bahia. Por enquanto, o site se encontra em fase de testes, mas os reclames podem ser encaminhados normalmente para o email classipimenta@pimentanamuqueca.com.br.

Aguarde as novidades!

POLÍCIA PRENDE ACUSADO DE MATAR CRIANÇA DE 2 ANOS

Francisco Costa Ferreira, 50, foi preso no final da noite desta segunda (24), na zona rural de Uruçuca, no sul da Bahia. Ele é acusado de espancar até a morte uma criança de 2 anos, filha de Clemilda Araújo dos Santos, com quem Francisco se relacionava há dois anos.

Riquelme Santos morreu no caminho para o Hospital Geral Luiz Viana Filho, em Ilhéus. O irmão, de 5 anos,  também foi espancado e levou um corte em um dos pés. Sidnei nega que tenha tentado matar as crianças, como afirma Clemilda. Ela teria fugido em busca de socorro na vizinhança e já viu um cenário monstruoso quando retornou. Francisco Ferreira ou Sidnei está preso em Ilhéus.

CRISE NA COSTA DO MARFIM ELEVA COTAÇÃO DO CACAU

A decisão do presidente eleito da Costa do Marfim de suspender por 30 dias as exportações de cacau do país fez os contratos futuros da commodity dispararem ontem nas bolsas internacionais. Em mais um pregão sob a influência da crise política no país africano, os papéis para maio subiram US$ 109 por tonelada na bolsa de Nova York, para US$ 3.282. Em Londres, o mesmo vencimento também teve forte valorização (47 libras) e fechou a 2.161 libras por tonelada.

O clima político conturbado na Costa do Marfim fez com que os preços do cacau iniciassem uma sequência de altas no fim do 2010. Desde o início de dezembro, as cotações subiram 19%, segundo o Valor Data, sendo que a curva tornou-se mais aguda em janeiro, no pós-eleição de uma das mais acirradas disputas políticas do país.

No mercado brasileiro, os preços também reagiram fortemente, de uma média de R$ 82,66 na sexta-feira para R$ 85,33 ontem na região de Ilhéus e Itabuna, na Bahia.

De acordo com agências internacionais, o presidente Alassane Ouattara, que foi reconhecido internacionalmente como eleito, enviou ontem uma carta aos principais exportadores do país banindo os embarques de cacau e café até 23 de fevereiro. Leia mais no Valor.

UMA BRIGA QUE NÃO LEVA A NADA

Ricardo Ribeiro | ricardoribeiro@pimentanamuqueca.com.br

Itabuna recebeu há relativamente pouco tempo uma nova leva de juízes, que despertou esperança na população e principalmente nos chamados operadores do direito. Quem se acostumou – ou melhor, se resignou – a uma justiça lenta (a mais qualificada injustiça, disse Rui), esperou por melhoras. Não eram apenas novos magistrados, mas sim juízes novos, no sentido da juventude, dos quais se almejava ideias e posturas igualmente rejuvenescidas.

Fala-se que houve avanços no campo da celeridade, não obstante tenha ocorrido, sobretudo no caso da 4ª Vara Cível, onde o titular é o juiz Valdir Viana, um retrocesso em matéria de respeito aos advogados. Certo que o direito abrange o processo e este tem seus procedimentos e formalidades, mas não devem chegar ao ponto de tolher o exercício de quem atua nas lides forenses.

Canhestrices, como não despachar com advogado a menos que este se apresente de terno e gravata e impedir a retirada de processos do cartório, são atitudes que não contribuem para uma convivênccia harmoniosa entre o judiciário e os profissionais da advocacia. Além de tudo, acusam desprestígio e um inaceitável desrespeito.

O que ocorre em Itabuna, onde o presidente da OAB acusa um juiz de tê-lo recebido aos xingamentos e de arma na cintura, é algo que conduz a um retrocesso sem precedentes. Talvez nem nos tempos dos coronéis do cacau se tenha visto algo tão bizarro entre um magistrado e um advogado, profissionais treinados para manejar com a palavra, a temperança e o argumento.

O conflito, longe de ser resolvido, tende a se acirrar agora que a OAB se propõe a produzir uma moção de repúdio e entregá-la, em mãos, aos juízes Valdir Viana e Cláudia Panetta (esta da Vara do Júri e também acusada de não ter os advogados em muito boa conta). O repúdio, assim manifestado, certamente irá potencializar antipatias, mas é fato que a Ordem não pode ficar inerte.

Não obstante, é preciso que os juízes aos quais a OAB e a sociedade apontam o dedo tenham o direito de se defender, apresentando sua versão para os acontecimentos recentes. É necessário que eles exponham justificativas para as restrições que têm adotado nos cartórios e que tanto clamor vem causando entre os advogados. O Poder Judiciário, responsável por julgar os conflitos alheios, normalmente não é muito afeito a dar satisfações, mas tudo sempre precisa ter alguma explicação. Das sentenças às atitudes.

Ricardo Ribeiro é um dos blogueiros do Pimenta na Muqueca e editor do Política Etc.

DESCASO DA PREFEITURA COLOCA VIDAS EM RISCO

Ferrugem detonou estrutura da ponte.

Os produtores rurais da região do Serrado e Ribeirão Seco não sabem a quem recorrer para que seja consertada a ponte de acesso às duas localidades. A ferrugem detonou a estrutura da ponte e somente veículos de grande porte conseguem transitar sem riscos de acidente fatal.

João Edvaldo Lima, porta-voz do grupo de produtores e moradores do Serrado e de Ribeirão Seco, diz que já procurou a prefeitura e mostrou a situação delicada da ponte e os riscos de acidente. Tábuas são afixadas na tentativa de facilitar o tráfego, mas não resistem porque a estrutura da ponte, de tão carcomida, cede por não suportar o peso dos veículos.

O caso foi levado ao secretário de Desenvolvimento Urbano, Fernando Vita. Edvaldo lembra que várias solicitações foram feitas à secretaria. “É um verdadeiro descaso para com os produtores e moradores da região. Nada foi feito na estrada nem na ponte”, reclama Edvaldo.

Vita e Azevedo, os insensíveis, fecham olhos para a grita dos produtores e moradores.

DOIS ANOS DEPOIS, ASSASSINO DE RAYLUCIENE AINDA ESTÁ LIVRE

Sonho de Rayluciene era ter um filho.

O assassinato da professora Rayluciene Pereira de Castro Nery completa dois anos nesta terça-feira (25) sem que a Justiça consiga punir o autor do crime. A primeira audiência do caso foi realizada somente em agosto passado.

As investigações da polícia apontam o tecnólogo Everaldo Marques Souza, 30, como principal acusado do assassinato da professora. Everaldo era esposo de Rayluciene.

A professora foi assassinada no dia 25 de janeiro de 2009 na própria residência, no Alto Mirante, em Itabuna. A vítima levou um tiro na boca.

Rayluciene lecionava em escolas da rede municipal em Ilhéus e do Estado e estava grávida de quatro meses. O sonho da educadora era ter um filho.

A polícia considera Everaldo Marques Souza o principal acusado do crime, pois ele disse em depoimento que havia saído e encontrou a esposa morta quando chegou.

Um detalhe, porém, chamou a atenção da polícia: a casa estava fechada. Para um estranho entrar, teria que arrombar a porta. A perícia, no entanto, não constatou nenhum sinal de arrombamento, o que complicou a vida de Everaldo.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia