WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

unesul bahia

uniftc






março 2011
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias


:: 11/mar/2011 . 21:45

FOTO PREMIADA, REALIDADE INALTERADA

 

No meio do lixo, a brincadeira traduz o sonho de uma vida diferente (foto Duda Lessa)

O fotógrafo Duda Lessa recebeu o prêmio especial do júri do concurso “Os Olhares da Cidade”, promovido pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania. A imagem que valeu o reconhecimento ao fotógrafo foi captada em meados de 2009, na comunidade da Bananeira.

Duda passava pelo local, uma das favelas mais pobres de Itabuna, quando avistou uma criança brincando com os restos de um computador e uma velha TV jogados no lixo. A cena comove e evidencia o fosso social existente entre os que vivem em relativo conforto e os que não têm nada.

A propósito, o primeiro veículo a publicar a foto foi o PIMENTA e, à época, a imagem fez gente se mexer na Secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação do Governo da Bahia.

A ilheense Rúbia Carvalho, então diretora de Inovação, conseguiu inserir a comunidade da Bananeira em um projeto de inclusão digital. Mas as caixas de computadores enviadas para Itabuna ficaram retidas na Prefeitura e acabaram sendo devolvidas, porque o governo municipal não providenciou a instalação das máquinas.

É absurdo, mas foi o que aconteceu e este blog acompanhou tudo de perto. A própria Rúbia Carvalho está aí para dar testemunho do fato vergonhoso.

Ficam os parabéns do blog ao fotógrafo e as lástimas para a inoperância e insensibilidade do governo local.

PESCADOR É ARRASTADO PELO CACHOEIRA

O pescador Elias Gonçalves Reis, de 57 anos, foi arrastado pela correnteza do Rio Cachoeira, que teve seu nível elevado nesta sexta-feira, 11, em consequência das chuvas. Segundo informações, Elias procurava o melhor ponto para jogar sua tarrafa, quando acabou perdendo o equilíbrio e foi levado.

Há pouco, uma equipe do Corpo de Bombeiros tentava resgatar o pescador, que estava ilhado num ponto situado nas imediações da churrascaria Los Pampas.

Um aspecto que chama a atenção é a coloração escura e o mau-cheiro das águas do Cachoeira. Em alguns pontos de Itabuna, como na Avenida Francisco Benício, próximo à estação elevatória da Emasa, o odor chega a ser insuportável.

BAHIA PESCA FARÁ ENGORDA DE BIJUPIRÁS NA BAÍA DE TODOS OS SANTOS

Isaac Albagli diz que projeto é pioneiro

A Bahia pretende se tornar pioneira na criação do peixe da espécie bijupirá em cativeiro. Esse projeto, que tem a capacidade de produzir até um milhão de bijupirás por ano – segundo informações da Seagri – acaba de receber licença do IMA (Instituto do Meio Ambiente da Bahia) para a instalação de tanques-rede na Baía de Todos os Santos.

Os dois tanques-rede, cada um com 1.100 metros cúbicos, serão instalados nas proximidades da Ilha dos Frades. Será a primeira experiência da Bahia Pesca com a engorda dos alevinos da espécie em mar aberto.

A experiência terá não apenas importância econômica, uma vez que o bijupirá é altamente valorizado, mas também valor científico. De acordo com o presidente da Bahia Pesca, Isaac Albagli, não existem no Brasil informações confiáveis sobre a criação de bijupirás em cativeiro. “Vamos preencher essa lacuna”, afirma o presidente.

“MÁ-COMPANHIA” GERA EXONERAÇÃO EM ITAPÉ

O prefeito de Itapé, Jackson Rezende, e o ex-gestor do município, Pedro Jackson Brandão (Pedrão), já foram aliados, mas hoje vivem em pé de guerra. Rezende foi eleito com o apoio de Pedrão, mas desde que tomou posse não dá colher de chá ao padrinho.

A situação entre os dois políticos da cidade vizinha a Itabuna é tão feia, que o secretário da Agricultura do município, José Niella Filho, acaba de ser exonerado por uma razão bem curiosa. Um dos filhos de Niella foi visto em companhia de Pedrão, o que deixou Rezende bastante insatisfeito.

Nem o fato de estar se recuperando de uma cirurgia cardíaca poupou o agora ex-secretário da famigerada “tábua de graxa”.

MAGELA RECONHECE VOTO CONTRA A PLENA

Magela reconhece voto contra Itabuna.

O secretário Geraldo Magela reconheceu, em nota ao PIMENTA, que realmente votou contra a gestão plena da Saúde, em 2008. Naquele ano, a prefeitura de Itabuna perdeu o comando dos recursos da média e alta complexidade, até hoje em mãos do governo baiano, devido a desvios milionários e sucateamento da rede de saúde.

Naquele ano, Magela era secretário de Saúde de Teixeira de Freitas. Hoje, ele explica que a sua decisão foi tomada devido à “desorganização e outros fatores negativos, com fartas denúncias na imprensa, Conselho Municipal da Saúde e Comissão Intersetorial Bipartite (CIB), fatos esses que até hoje podem ser constatados”.

Magela diz que a gestão plena deveria retornar num prazo de seis meses, “tempo suficiente para a solução dos problemas”. Ele defende a volta da autonomia, “pois mais de dois anos já se passaram”. Ele nega que tenha visitado o Hospital de Base enquanto era secretário de Saúde de Teixeira de Freitas, em 2008.

Nos bastidores, o retorno da gestão plena da saúde para o município é tido como crucial para salvar as contas não só da saúde, como de toda a prefeitura. Um entrave para que a plena retorne é que até hoje o prefeito Capitão Azevedo (DEM) não reestruturou a rede básica nem revogou a lei que tirou a autonomia da Secretaria de Saúde para planejar e gerir os recursos da Pasta.

O ADVOGADO E A PESCARIA DA DESFORRA

Marival Guedes | marivalguedes@yahoo.com.br

O anfitrião se distraiu e só retornou ao entardecer. Quando abriu a marmita, encontrou apenas os ossos da penosa.

O advogado e político Raimundo Lima (19/12/1908-20/11/1987), que foi presidente da câmara e prefeito de Itabuna, gostava de pescar. Num domingo, convidou alguns amigos para seu sítio na Lagoa Encantada, Ilhéus. Cada um levou a própria marmita. Raimundo Lima preparou galinha caipira ao molho pardo. Ao meio-dia, os amigos interromperam a pescaria e foram comer.

O anfitrião se distraiu e só retornou ao entardecer. Quando abriu a marmita, encontrou apenas os ossos da penosa. Os visitantes riram, o “velho comuna” nada disse. Enfrentou as gozações, a fome e a vontade de comer com decência e serenidade.

Dias depois, convidou o grupo para a mesma programação e novamente levou a marmita com galinha caipira ao molho pardo. Foi pescar e só retornou no final da tarde. Tomou mais uma “branquinha” e abriu a marmita. Nova sacanagem, só havia os ossos.

Raimundo Lima encarou o grupo e perguntou gritando: “quem comeu o meu urubu? Quem foi o filho da égua que comeu o meu urubu?”. Berrava, encenando como se tivesse no Tribunal do Júri, onde se destacava pelo brilhantismo.

Os amigos não levaram a sério. Então ele foi ao quintal, cavou a terra e retirou os “documentos de prova”: na mão direita, as penas, na esquerda. a cabeça do bicho, exibida como se fosse um troféu.

Os companheiros ficaram perplexos, estáticos por alguns segundos. Quando conseguiram se locomover, correram ao sanitário pra “chamar raul”. O anfitrião gargalhava e tossia.

Durante algum tempo a turma deixou de cumprimentar o “cozinheiro”. Mas depois concluíram que não deveriam perder tão boa companhia.

Marival Guedes é jornalista e escreve no PIMENTA às sextas.

CONCURSO TEM 18.056 INSCRITOS EM ILHÉUS

Palácio Paranaguá, centro administrativo de Ilhéus.

As provas do concurso público da prefeitura de Ilhéus serão aplicadas no próximo dia 20 e o município divulgou nesta sexta (11) o número de inscritos e a concorrência do certame. São 548 vagas e 18.056 inscritos. Os salários variam de R$ 549,39 a R$ 1.813,82.

Os cargos em disputam são os de nutricionista, engenheiros agrônomo e ambiental, geógrafo, professor de educação infantil, de ciências e de matemática, agentes de trânsito e administrativo, salva-vidas, porteiro, merendeiro, auxiliar de serviços gerais, vigilante e motorista (categoria D).

3.533 candidatos se inscreveram para agente administrativo na zona urbana, que oferece 29 vagas. É o de maior concorrência do concurso: são 121,83 candidatos por vaga. O cargo de professor nível 1, para a zona rural, apresentou a menor concorrência: seis candidatos disputam oito vagas (0,73).

Confira a concorrência completa aqui

ITABUNA COPIA CONQUISTA E TERÁ PACTO PELA VIDA

A implantação do programa Pacto pela Vida em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, resultou na redução de 42,1% do número de homicídios nos dois primeiros meses de 2011. Enquanto em janeiro e fevereiro de 2010 a cidade havia registrado 38 assassinatos, neste ano foram 22 (confira aqui). A redução é atribuída ao programa que desenvolve ações integradas de segurança pública em articulação com a sociedade para prevenir e combater a criminalidade.

É essa experiência exitosa de Conquista que será trazida para Itabuna, de acordo com o delegado regional Moisés Damasceno. Ele concedeu entrevista ao repórter Oziel Aragão, da rádio Difusora, e assegurou que o Pacto pela Vida será implantado no município ainda neste semestre pelo governador Jaques Wagner.

Damasceno lembrou o número assustador de homicídios registrados no feriadão de carnaval em Itabuna, quando 10 pessoas foram assassinadas no município.

O coordenador atribui a maior parte das mortes à guerra do tráfico no município, principalmente na região do São Lourenço, Novo Horizonte, Santo Antônio e Santa Inês. Com informações do Política Etc.

DESCASO DO BANCO DO BRASIL EM ITACARÉ

O carnaval é uma das épocas do ano em que os comerciantes das localidades que realizam a folia mais faturam, certo? Não para o gerente do Banco do Brasil em Itacaré. Entre domingo e quarta-feira os caixas eletrônicos ficaram sem um centavo.

Quem não teve outra opção para pagar as compras foi obrigado a se deslocar até Ilhéus ou outras cidades da região. Mas muitos turistas deixaram Itacaré sem fazer compras e reclamando do descaso do banco.

O prejuízo maior foi para os vendedores ambulantes e os estabelecimentos que não tinham máquina de cartão de crédito. A estimativa da Polícia Militar é de que Itacaré recebeu cerca de 50 mil pessoas entre sexta e terça-feira de carnaval. Leia mais n´A Região Online

ATOR FÁBIO LAGO VISITA ILHÉUS

Nazal entrega "Minha Ilhéus" a Fábio Lago (foto Clodoaldo Ribeiro)

O ator Fábio Lago se encontra em sua cidade natal, Ilhéus, onde pretende conhecer de perto os projetos do Complexo Intermodal Porto Sul e do Terminal da Bamin, e iniciar um projeto relacionado ao meio ambiente na zona norte.

Na visita à Terra da Gabriela, Lago encontrou-se com o fotógrafo, memorialista e chefe de gabinete do governo ilheense, José Nazal, de quem é amigo de longa data.

Nazal aproveitou para presentear o ator com a última edição do livro Minha Ilhéus, que traz informações e fotos históricas da cidade. O artista se emocionou com o presente.

A HISTÓRIA DOS CASADOS I…RESPONSÁVEIS

O jornalista Robério Menezes, do blog Sport News, descobriu uma relíquia exibida no último dia 4, sexta de carnaval, no Canal Futura. O trabalho é uma produção da TV Uesc. Vale a pena conferir o vídeo que conta a história do bloco Casados I…Responsáveis, de Martinelli, Eduardo Anunciação e Nilton Jega-Preta. Clique no play:



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia