WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










abril 2011
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias






:: 13/abr/2011 . 23:48

CAMACHO SALVA O BAHIA

Um jogador rubro-negro de origem salvou o Bahia na estreia nas oitavas de final da Copa do Brasil. O time perdia para o Atlético Paranaense até os 39 minutos do segundo tempo, quando Camacho “pegou na veia”, de fora da área, e empatou a partida em 1 a 1, no estádio de Pituaçu, em Salvador. Camacho surgiu nas divisões de bases do Flamengo. O rubro-negro carioca cedeu o atleta até o final do ano, por empréstimo.

O placar em Pituaçu foi aberto aos 44 minutos do primeiro tempo com o equatoriano Guerrón. Ele recebeu pela direita e tocou no cantinho do goleiro Omar. O Bahia precisa vencer o próximo jogo para avançar às quartas de final. O time também seguirá na competição caso empate por qualquer placar a partir de 2 a 2.

00h11min – O Bahia deve anunciar nesta quinta (14) o nome de Renê Simões como novo treinador tricolor. O nome de Renê foi vazado pela cantora Cláudia Leite, que é amiga do técnico e anunciou a suposta escolha pelo Twitter.

ROSEMBERG AMPLIA BASE

Marcos Dantas, Rosemberg e a primeira-dama Fabiana Dantas: aliança fechada (Foto Marcos de Souza).

Itajuípe, no sul da Bahia, era símbolo da resistência do pouco que restava de oposição ao governo Wagner em todo o estado. Era. Hoje, o prefeito Marcos Dantas (PP) selou uma aliança política com o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) e inicia processo de aproximação definitiva com o governo petista.

Dantas mantinha fidelidade ao carlismo, mas perdeu uma das suas sustentações políticas em Salvador, o ex-deputado estadual Heraldo Rocha (DEM), e o federal Cláudio Cajado também está mais próximo do grupo de Wagner. Na eleição passada, o governador reeleito obteve 60,3% dos votos em Itajuípe.

A aliança política foi costurada pela dupla Marcos de Souza (Marcos Japu) e Marcelo Dantas. Marcos e Marcelo deram sustentação à campanha de Rosemberg em Itajuípe e Uruçuca, respectivamente. Marcelo é irmão do prefeito itajuipense. Os dois articuladores foram atraídos para a campanha pelo marqueteiro Gilvan Rodrigues.

Marcos Dantas aposta na aliança para garantir obras para o município, já pensando em 2012, quando deverá indicar a atual vice, Graciela Dantas (PP), ou secretário municipal Sérgio Vieira, “Sérgio Gordo”.

CONSELHEIRO DE SAÚDE DIZ QUE EX-SECRETÁRIA ENGANOU PROMOTORIA

Marleide é acusada de enganar o MP (Foto Jornal Bahia Online).

O Conselho Municipal de Saúde de Ilhéus deliberou, por 11 votos a 3, pelo rompimento do contrato do município com a Fundação Estatal Saúde da Família (Fesf). A decisão aconteceu durante reunião ocorrida ontem (12), no auditório do antigo SESP.

 

A Fesf foi criada pela secretário de Saúde do Estado, Jorge Solla, para facilitar a formação de equipes do Programa Saúde da Família (PSF). Os municípios reclamam das dificuldades para atrair profissionais da área, devido aos altos salários normalmente pagos, principalmente aos médicos.

A fundação contrata pela CLT, livrando as prefeituras dos encargos trabalhistas e da constante fiscalização do ministério público, que não admite o ingresso de servidores sem o crivo dos concursos.

Ilhéus aderiu à Fesf em 2009. Entre abril de 2009 a  dezembro de 2010 foram repassados à instituição, cerca de um milhão e cinquenta e dois mil reais. O dinheiro veio do Ministério da Saúde para essa finalidade.

A Fesf contratou apenas 9 profissionais (4 médicos, 3 enfermeiros e 2 dentistas) para quatro unidades do PSF (Salobrinho, Iguape, Conquista e Sambaituba). Conselheiros suspeitam que os salários dos 9 profissionais estejam sendo pagos pela secretaria de saúde, apesar do repasse feito pelo município (mais de 1 milhão).

Durante a reunião, onde foi aprovado o fim do vínculo com a Fesf, a ex-secretária de saúde, foi acusada de ter firmado o contrato com a fundação sem o conhecimento do Conselho Municipal de Saúde. Marco Lessa, vice-presidente do CMSI, acusou Marleide de ter enganado o Ministério Público Estadual, ao garantir à promotoria que os conselheiros aprovaram o contrato.

Confira mais no Blog do Gusmão

IRMÃO DE AZEVEDO MORRE EM ITABUNA

Faleceu há pouco no Hospital São Lucas, em Itabuna, o empresário João Azevedo Leal, 55, que atuava no ramo de auto-escola e era irmão do prefeito José Nilton Azevedo.

João, que lutava contra um câncer, será sepultado nesta quinta-feira, 14, em horário ainda a ser comunicado pela família. O prefeito se encontra em Brasília e desmarcou compromissos para voltar imediatamente a Itabuna.

O corpo do empresário está sendo velado no SAF, ao lado do cemitério do Campo Santo.

O CACAU BEM NA FITA

O professor Fernando Homem de Mello, especialista em Economia Agrícola, do Departamento de Economia da FEA-USP, concluiu que a safra agrícola em curso está produzindo “um substancial aumento da renda agrícola em 2011”.

“Deveremos ter para oito produtos o expressivo aumento de 31,5% em seus preços FOB (em reais)” – registra em texto que sairá dentro de duas semanas no boletim “BIF”, da Fundação de Pesquisas Econômicas da USP (Fipe).

Estes oito produtos são: café, suco de laranja, algodão, açúcar, cacau, soja, trigo e milho.

O professor Homem de Mello também se apoia nos levantamentos do professor José Garcia Gasques, que indicam: “esses oito produtos representaram 74% do valor bruto total dos principais produtos brasileiros em 2010”.

Celso Ming, n´O Estadão.

TIRIRICA DEU O EXEMPLO

Elio Gaspari | O Globo

Tiririca candidatou-se a deputado dizendo que “pior do que está, não fica”. Enganou-se. Graças a ele, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-SP), deu-se conta de que não devia ir à Espanha às custas do dinheiro da Viúva para assistir ao jogo do Real Madri contra o Barcelona, neste sábado.

Na segunda-feira, o palhaço anunciou que devolveria os R$ 971 que cobrou à Câmara pela sua hospedagem no Porto d”Aldeia Resort, em Fortaleza. Até então, Marco Maia achava natural que o dinheiro público patrocinasse seu passeio. Ontem, mudou de ideia e pagará as despesas. Parabéns.

O genial jornalista americano Henry Mencken ensinou que “consciência é a voz interior que nos avisa que alguém pode estar olhando”. Foi a influência da consciência coletiva sobre as consciências individuais que estimulou a atitude imediata de Tiririca e um pouco tardia de Maia.

O presidente da Câmara informou que decidiu custear sua viagem para “acabar com qualquer dúvida” em torno do episódio. Não ficaria “dúvida” alguma. Ele queria ver um jogo de futebol, acompanhado de dois colegas (Romário de Souza Faria e Eduardo Gomes) e dois assessores, conseguiu um convite do parlamento espanhol para visitar a instituição e estaria tudo acertado se a iniciativa não tivesse caído na boca do povo. Muito simples, o doutor queria viajar às custas da Viúva e decidiu fazer o que farão todos os outros espectadores do jogo: pagará pela própria diversão. Acreditar que ele não percebeu a diferença entre pagar a viagem com dinheiro do seu bolso ou com o da bolsa da Viúva seria duvidar de sua inteligência.

Marco Maia entrou na vida pública pela porta do sindicalismo metalúrgico. À primeira vista, representa uma geração de jovens idealistas que ralaram na oposição até a vitória de Lula, em 2002. Nem tanto. O doutor começou sua militância partidária em 1985. Oito anos depois, o PT conquistou a prefeitura de Porto Alegre, na qual se manteve até 2001. Desde 1993, ele passou apenas um ano longe do poder municipal, estadual ou federal.

Na Câmara, Maia celebrizou-se ao isentar a Agência Nacional de Aviação Civil de qualquer responsabilidade na crise do apagão aéreo de 2010. Reincidiu na fama quando enfiou numa Medida Provisória um cascalho que prorrogava os contratos dos pontos de comércio instalados nos aeroportos nacionais. (O contrabando foi vetado pela presidente Dilma Rousseff.) A conexão do deputado com a aerocracia pode ser percebida também na sua iniciativa de incluir no orçamento da Viúva uma dotação de R$230 mil para a Abetar, entidade que defende os interesses das empresas de transporte aéreo regional.

Por mais que o PT goste de se apresentar como campeão das causas dos fracos e dos oprimidos, seu comissariado mostra que assimilou, exerce e gratifica-se com os piores maus costumes dos poderosos. A doutrina do mensalão (“fizemos os que todos fazem”) contaminou a retórica dos comissários adicionando-lhe um incontrolável ingrediente de cinismo. Se todos fazem o que fazem, eles investiram-se no direito de fazer o que bem entendem. Às vezes, dá bolo.

Coluna publicada originalmente n´O Globo.

DERRAME DE CHEQUES ROUBADOS

O comércio sul-baiano voltou a sofrer com o derrame de cheques roubados. Muitas empresas aceitam cheques no pagamento de produtos ou serviços sem fazer a devida consulta.

Estelionatários têm usado como principais vítimas pequenas empresas, que não costumam ser associadas a sistemas de proteção ao crédito. Somente na hora da compensação é que as vítimas descobrem que, na verdade, trata-se de cheque roubado.

Aí já é tarde.

A VERDADE DÓI

Ricardo Ribeiro | ricardoribeiro@pimentanamuqueca.com.br

As cadeias deveriam servir para ressocializar e, se a realidade tivesse alguma consideração pelas leis, os egressos do sistema penal seriam sujeitos melhores do que no momento em que se tornaram clientes das penitenciárias. Mas o costume é ver os ex-detentos voltarem a cometer crimes, visto que a maioria dos presídios funciona como um depósito de seres humanos, onde se deixa de lado esta condição e o tratamento é o que seria bem indicado a bestas-feras.

Se cumprissem sua função, as prisões poderiam ser importantes na vida de muitas pessoas que, pelos descaminhos da vida, vieram a cometer algum delito. Para elas, a pena serviria de fato como um momento de refletir e se arrepender, de aprender uma profissão, de sentir falta da família e reconhecer o seu valor.

Como menosprezam o papel de recuperar, as cadeias se tornaram lugares malditos, reservados aos que são vistos como “párias” da sociedade, os indesejáveis, os excluídos. É nas celas que estes são simplesmente separados do mundo, não para se ressocializar, mas para livrar os demais de sua presença.

É só pesquisar em um bairro periférico para ver quantas famílias têm pelo menos um de seus membros encarcerado. Na periferia, isso é até normal, fala-se com naturalidade sobre o assunto, alguns lamentam, mas quase ninguém se constrange. Infelizmente, a miséria também provoca esse conformismo com o infortúnio, mas a sensibilidade é maior entre os clientes eventuais e esporádicos da Casa de Dete (um dos apelidos da Casa de Detenção).

Não é à toa o rebu que se deu quando um professor de Direito em Itabuna ilustrou sua aula com exemplo infeliz, no qual citou, inadvertidamente, a estada do pai de uma aluna, hoje vereador, em uma das celas do Complexo Penitenciário de Bangu, isto em passado já longínquo. O professor não sabia que o político era pai de sua pupila e se viu numa saia justa daquelas, as coisas esquentaram e já se fala que o vereador opera para que o autor da menção desonrosa perca o emprego na faculdade.

À filha, melhor seria admitir o vetusto deslize paterno e afirmar com toda altivez que o genitor já pagou o que devia à sociedade e hoje é um cidadão recuperado, que cumpre seus deveres e está plenamente reintegrado à sociedade. Mas a jovem, sabe-se lá por que, preferiu atacar o professor, que pode não ter sido feliz no exemplo, mas também não faltou com a verdade. E esta pode até doer, mas não vale nada quando fica escondida.

 

Ricardo Ribeiro é um dos blogueiros do Pimenta e também escreve no Política Et Cetera.

AZEVEDO E A MÁQUINA DE FATURAR

O contribuinte itabunense tem só até o próximo dia 20 para pagar o IPTU com desconto de 15% ou em cota única. Mesmo no caso de parcelamento, a primeira vence também no dia 20.

E se for pagar em cota única depois do dia 20, a vítima tem de recorrer ao setor de Tributos da prefeitura. A sede de faturar provocou chiadeira de dezenas de contribuintes.

TROCA DE COMANDO NA POLÍCIA RODOVIÁRIA, HOJE

Valci Serpa passa ao major Lucas Miguez Palma o comando da 2ª Companhia Independente da Polícia Rodoviária (CIPR), em solenidade que acontecerá no estacionamento da Câmara de Vereadores de Itabuna, na Beira-Rio, às 16h. Serpa atuou por seis anos na CIPR e assumiu, já nesta manhã de quarta, a Companhia Independente da Polícia Militar em Itapetinga.

Ainda hoje, militares divulgaram uma carta reconhecendo o trabalho do militar nos seis anos à frente da companhia da Polícia Rodoviária, que abrange 88 cidades do sul, extremo-sul e sudoeste da Bahia.

A carta lembra os 30 cursos de aperfeiçoamento do profissional e a Medalha de Mérito Marechal Argôlo. “Com a sua riquíssima bagagem profissional, aperfeiçoou as ações policiais com implementações de suma importância para a segurança nas rodovias”, destaca a missiva assinada pelo major Brasil e policiais da companhia.

Dentre as medidas, estão a interiorização da polícia rodoviária, com a criação de postos de fiscalização de trânsito em Canavieiras, Jequié, Itacaré, Serra Grande, Prado, Itagibá, Arraial D´Ajuda, além de aumentar o efetivo de 180 para 300 policiais.

Outro ganho foi a implantação, em 2006, do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), capacitação da tropa e aquisição de equipamentos. Serpa, destacam os militares, tem o “sorriso estampado em sua face”, é “exemplar, companheiro, justo, solidário, profissional”. Os militares também lembram que, pelo histórico, Serpa será promovido a tenente-coronel logo. Nos bastidores, a informação é de que a promoção sai até junho.

JUSTIÇA DETERMINA MANUTENÇÃO DE ADVOGADO NOS QUADROS DA OAB

O advogado Sânzio Peixoto obteve, na Justiça Federal, o direito de permanecer inscrito nos quadros da OAB. Sua inscrição havia sido cancelada por determinação do presidente da subseção estadual da Ordem, Saul Quadros.

O presidente entendeu que havia incompatibilidade entre o exercício da advocacia e do cargo de coordenador do Núcleo de Direitos Humanos e Penas Alternativas da Secretaria Estadual de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. Por essa razão, excluiu Peixoto.

O fato ocorreu em meados de fevereiro, poucos dias após o advogado ter um desentendimento com a juíza da Vara do Júri e Execuções Penais de Itabuna, Cláudia Panetta. Na ocasião, Sânzio Peixoto foi defendido pelo presidente da OAB em Itabuna, Andirlei Nascimento.

O presidente local da Ordem também condena a postura da subseção baiana. Segundo ele, o papel da OAB é o de dar apoio institucional e somente punir o advogado quando este deixe de cumprir os seus deveres éticos e profissionais. “Ao que consta, não é o que aconteceu com o advogado Sânzio Peixoto”, argumenta Nascimento.

Peixoto diz que o Estatuto da Advocacia aponta os casos em que a ocupação de determinados cargos é incompatível com o exercício da profissão. Ele argumenta que a prova de que ele não infringia o Estatuto é que vários outros coordenadores do Núcleo de Direitos Humanos são advogados. O próximo substituto de Peixoto no cargo, Ilo Rocha Gomes, militaria na profissão.

EUNÁPOLIS: ALUNO É FLAGRADO COM REVÓLVER EM ESCOLA

Do G1:

Um aluno de 17 anos foi flagrado, na tarde de terça-feira (12), portando arma de fogo na Escola Municipal Anésia Guimarães, no bairro de Pequi, em Eunápolis, a 668 km de Salvador, região sul do estado. De acordo com a polícia local, a arma era calibre 32 e estava sem munição.

O delegado Marivaldo Felipe afirmou que os professores comunicaram a situação à polícia após denúncia de colegas de classe.

Marivaldo Felipe informa que já foi aberto um Termo de Ocorrência Circunstanciado por porte ilegal e que o adolescente foi liberado e encaminhado para a casa dos avós, com quem vive.

OFICIAIS DA PM MORREM EM ACIDENTE; FILHO DE RADIALISTA SOBREVIVE

O capitão Guilherme Eleutério da Silva, 34, e o tenente Everton da Silva Rabelo, 29, morreram em um acidente nesta manhã, no quilômetro 150 da Linha Verde (BA-099). Os policiais militares estavam em um Siena Vermelho, placas JMR-1424, quando um dos pneus estourou e o carro capotou. Eles se deslocavam para o município de Conde, onde ocorreria troca de comando da unidade da corporação.

Os tenentes Valter Barbosa de Souza Júnior, Carla Souza de Oliveira e Luciano Belazzi de Oliveira também estavam no Siena e saíram feridos. Os três estão internados no Hospital do Conde e não correm risco de morte. Um dos oficiais feridos no acidente, Valter Júnior, é itabunense e filho do radialista Valter Barbosa.

POLÍCIA PRENDE HOMEM QUE ABUSAVA DE MENOR

Patrulheiros do posto da Polícia Rodoviária Federal em Camacan, prenderam ontem (dia 12) o motorista Antônio Pires da Rocha, 34, flagrado enquanto cometida abuso sexual contra uma adolescente de 12 anos. A prisão ocorreu numa estrada vicinal que dá acesso à localidade de “Bisco”.

Segundo a PRF, a menor declarou que receberia R$ 5,00 pela prática de sexo com o motorista. Ambos foram conduzidos para a sede da 6ª Coordenadoria de Polícia, em Itabuna.

De janeiro até ontem, a PRF apreendeu 19 menores que eram vítimas de crimes nas rodovias federais baianas. Durante todo o ano de 2010, o número de apreensões chegou a 86.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia