WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










maio 2011
D S T Q Q S S
« abr   jun »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias





itao




DELEGADO BARRA REPORTAGEM DE JORNAL

O jornal Agora, de Itabuna, dedicou uma página nesta quarta-feira, 18, para denunciar suposta censura promovida contra a publicação por determinação do delegado regional Moisés Damasceno. Segundo nota do Agora, a delegada Katiana Amorim comunicou ontem a um repórter do diário que nenhuma informação das delegacias especializadas seria repassada ao jornal. A ordem teria partido do coordenador.

O motivo do boicote seria uma matéria na qual o Agora denunciou o número de crimes sem solução no município. “Ao todo, esse ano já registrou, pelas contas oficiais, mais de 60 homicídios. Desses, menos de 10 tiveram solução policial”, aponta o diário.

O jornal acusa a polícia itabunense de privilegiar “determinados veículos, em detrimento do amplo direito à informação”.

9 respostas para “DELEGADO BARRA REPORTAGEM DE JORNAL”

  • EILTON says:

    ALGUEM LÊ ESSE JORNAL? PERDEU MORAL QUANDO FOI POR MUITOS ANOS CHAMADO DE “DIÁRIO DOS GOMES”!

  • consciencia pura says:

    O jornal não paga a profissionais serios para trabalhar fica a mercê de estagiarios depois reclama que não tem acesso as informações policiais. Porque sera que o reporter de policia do orgão saiu hein ? É facil viu senhor Adervan criticar a policia andando de carro importado com gente duvidosa e esquecendo de pagar os funcionarios .

  • Moisés Nunes Damasceno says:

    Não fui procurado pelo Jornal Agora, nem pelo Pimenta na Moqueca para comentar esse assunto. Aproveito o espaço, no entanto, para esclarecer que negar informações sobre a estatística, ou censurar a imprensa não faz parte da conduta da Polícia Civil de Itabuna. Tenho certeza de que o trabalho realizado nestes três anos à frente desta 6ª COORPIN/ITABUNA fala por si. A forma e os meios empregados nas investigações estão mais do quê cristalinos. Os vários Inquéritos policiais que resultaram na prisão de tantas pessoas envolvidas com o crimes diversos já estão na justiça em fase processual e não são embasados em meras denúncias anônimas, mas em ações de inteligência. Quanto ao número de homicídios, houve uma redução de 19,44%, em relação ao mesmo período do ano passado. O certo é que agressões gratuitas podem favorecer à criminalidade, já que desvia a atenção e o foco das ações policiais. Mas estamos atentos a essa possibilidade, por isso, não iremos nos desconcentrar do nosso objetivo principal, que é combater a criminalidade dentro da nossa atribuição, que é fazer Polícia Judiciária.

  • Jonas Saulo says:

    Está correta a atitude do Delegado. Explico: É vergonhoso ter que divulgar a inapetência, a incompetência, o descaso etc. Peçam para que a Delegada Sione Porto divulgue quantos a delegacia dela já desvendou? Gosta muito é de pose!

  • Cristhyan says:

    O senhor deveria combater a criminalidade também no âmbito da sua coorporação.
    É só quebrar os sigilos telefônicos e bancários de seus agentes.
    Corte na própria carne Dr. Moisés, com isso, o senhor realmente dará uma resposta aos anseios da sociedade e adquirirá credibilidade.
    Quanto á matéria no Jornal “Agora”, vale salientar que os veículos de comunicação de nossa cidade só tem acesso as informações quando estas sejam de interesse de Dr. Moisés, ou seja, só pode publicar e divulgar o que ele quiser ou corre o risco de ficar igual ao sobredito Jornal.
    Acorda Adervan e faz o que o hômi manda, ou vai ter que dedicar o jornal inteiro aos abusos cometidos pelo Coordenador.

  • claudio says:

    Caro Jonas,

    Dra. Sione Porto está acima destas picuinhas. Podemos afirmar ser uma delegada séria, competente e culta. Sione não precisa estar aparecendo para mostrar quem ela é. Seus inquéritos são imparciais e de boa investigação. Quantos a imprensa censurada, me abstenho de comentar. Contudo, ambos estão certos: Dr. Damasceno pela vontade e abnegação de acertar e o Jornal Agora por querer levar aos seus leitores a situação violenta de nossa cidade. Contudo, o que precisa é uma boa conversa.

  • CIDADÃO says:

    Estou na privada, vá comprar um jornal Agora pra me limpar, rápido! kaka

  • Repórter atento says:

    TEM DELEGADO QUE PENSA QUE SE APEGAR A SITE DE PORTA DE CADEIA É GRANDE COISA. ABRE O OLHO, DAMASCENO.
    ALGUMAS ‘OTORIDADES’ QUE PASSARAM POR AQUI QUE TIVERAM ESSE COMPORTAMENTO JÁ ESTÃO LONGE. OUTRO NÃO SAÍRAM DE ONDE SEMPRE ESTIVERAM.
    SUAS COSTAS JÁ NÃO ESTÃO TÃO LARGAS COMO ANTES.
    ABRA O SEU OLHO!

  • Pedra says:

    Esse Jornaleco Agora nem lido é mais, pois só atende interesses pessoais desse tal Adervan. Manda esse procurar trabalho ao invés de ficar falando merda. Parabéns ao trabalho da Delegada Katiana e do Delegado Moisés.

Deixe seu comentário








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia