WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





junho 2011
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

editorias





itao roupa nova prefeitura de ilheus


DEFICIENTES VISUAIS FAZEM PROTESTO POR GRATUIDADE EM ÔNIBUS INTERMUNICIPAIS

Ana, Jamile e Ione: protesto na porta de ônibus (Foto Pimenta).

Três deficientes visuais ficaram por mais de três horas retidas em um ônibus da linha Itabuna-Buerarema, hoje, após reivindicar e não obter gratuidade da Rota Transportes para a viagem. Ana Lúcia da Hora, Jamile Pimentel e Ione Pereira dizem que uma lei federal asseguraria a gratuidade. A lei, porém, ainda não foi regulamentada.

A confusão começou às 14h30min, no ponto da CNPC, no centro de Itabuna, quando o motorista negou-se a seguir viagem sem que Ana Lúcia, Jamile e Ione pagasse.   Os demais passageiros seguiram em outro ônibus.

Uma viatura e cinco policiais militares foram acionados pelas deficientes, mas a solução veio três horas depois, após longa conversa entre polícia e advogados dos deficientes e da Rota Transportes. Uma reunião para discutir a gratuidade foi agendada para a próxima segunda (13).

Deficientes e advogados negociam solução (Foto Pimenta).

Deficientes visuais reuniram-se com representantes da empresa na última terça (7), mas a Rota teria optado por manter a cobrança de tarifa até a Justiça analisar a questão.

Ana Lúcia alega que a linha entre Itabuna e Ilhéus, de 18 quilômetros, tem características similares às semiurbanas (tarifa única e catraca), o que motivou a manifestação pela gratuidade. “A empresa não tem nenhum compromisso social”, revoltou-se.

Segundo os advogados Tarso Soares e Poliana Costa, da Rota Transportes, nem a legislação nacional nem a estadual  preveem gratuidade aos deficientes visuais em linhas intermunicipais. “Eles (deficientes) têm uma associação, representatividade forte em Buerarema que já tentou convencê-los de que não há essa gratuidade”, observou Tarso Soares.

Já anoitecia quando as deficientes partiram (gratuitamente) para Buerarema (Foto Pimenta).

9 respostas para “DEFICIENTES VISUAIS FAZEM PROTESTO POR GRATUIDADE EM ÔNIBUS INTERMUNICIPAIS”

  • eu says:

    Vamos amigos à luta pelos seus direitos!!!!Muita força.

  • EILTON says:

    OS “CEGOS VÃO A LUTA PELOS DIREITOS, MAS OS QUE “ENCHERGAM” NÃO SABEM O QUE FAZER!

  • @Junekaa says:

    Êita mulheres arretadas! Estão de parabéns. E nós que enxergamos, vemos as merdas acontecendo e continuamos parados e calados.

  • Déby says:

    É lamentável que situações como essa sejam ainda vividas por pessoas com deficiencia diante de um país que é segnatário na Convenção da Suíça onde discutiu-se sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência em março de 2010.
    Essa luta com a Rota já se arrasta por um tempo, acho que seus diretores deveriam preocupar-se com outras situações de descaso para com os passageiros e não em negar o direito conferido aos deficientes, pois acho que até um leigo entende que os onibus das linhas ItabunaXBuerarema, ItabunaXIlhéus e ItabunaXItajuípe são semi urbanos, em sistema de coletivo com tarifa única, portanto não há o que discutir. Então, vamos a luta pessoal, pois neste país direito constituído só se cumpre assim.

  • Regina Florêncio says:

    Que exemplo de luta pelos direitos humanos ! Lembrei do velho Saramago e a cegueira moral dos que não enxergam nem a si mesmos nem a ninguém.
    Parabéns, mesmo.
    A inescrupulosa Rota que fere na prática direitos constitucionais vem agora apelar para o legalismo.
    Cadê a discussão sobre o monopólio dos transportes na Bahia ?

  • Risomar Lima says:

    Será Que A Direção Da ROTA Não Enxerga Isso???

    deixeopovotrabalharisomar@gmail.com

  • Kiko says:

    O que a Rota tem é muita propaganda, social que é bom, nada!

    Esse monopólio nunca acaba é muito dinheiro que anda rolando no bolso de muita gente!

  • ograpiuna says:

    Ana guerreira. Cega, pedagoga, psicologa e mulher retada de talento.

  • Em braille says:

    Além do monopolio caros eleitores não podemos esquecer que um dos proprietários da Rota é o ilustre deputado Ronaldo Carletto, que é mais um dos que querem inviabilizar a regulamentação desta lei, mais não é nenhuma surpresa no cenário político brasileiro, nossos parlamentares só se preocupam em o que favorecer o seu partimônio. Essa é mais uma vergonha deste Estado. Acorda povo, vamos apoiar essa causa, pois as barreira atitudinais são bem piores que as arquitetônicas.

Deixe seu comentário

unisa






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia