WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom sao joao unime shopping jequitiba


junho 2011
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

editorias


:: 13/jun/2011 . 20:00

MORRE GERMANO MENEGHEL, DO OLODUM

O músico do Olodum, Germano Meneghel, 49, dono de sucessos como Avisa lá, Vem, meu amor e Alegrial geral, foi encontrado morto em casa, em Salvador, nesta manhã de segunda-feira (13). A causa da morte ainda é desconhecida.

De acordo com o radialista Dino Rocha, Meneghel sofria de pressão alta e já havia se sentido mal no domingo (12). O músico deixa uma neta, duas filhas e a esposa, Angélica Araújo.

Abaixo, foto de uma das últimas apresentações de Germano Meneghel em Ilhéus. A fotografia é do acervo de Dino e foi tirada na gravação do DVD do Mini-Congo.

ASSALTO LEVA IGREJA A SUSPENDER VIGÍLIA

Os fiéis católicos não realizaram a tradicional Vigília de Pentecostes na Catedral de São José, no último sábado (11), devido à falta de segurança. A vigília ocorria sempre na véspera do Dia de Pentecostes, das 18h até a meia-noite.

A decisão foi tomada pela Juventude Missionária e movimentos da Catedral de São José depois do assalto ocorrido na manhã de sexta-feira, 10, quando bandidos invadiram a catedral itabunense em um táxi.

Os bandidos roubaram fiéis e uma funcionária da igreja, levando aparelhos eletrônicos e R$ 200,00 em espécie. O Dia de Pentecostes, explica Erivaldo Bonfim, assessor da Diocese, é quando cristãos relembram a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos, no 50º dia depois da Páscoa.

SIMULAÇÃO TESTA SOCORRO EM ACIDENTES DE TRÂNSITO

"Vítimas" e "parentes" em simulação de acidente nesta tarde (Foto Pimenta)

Uma simulação de socorro em acidente de trânsito atraiu as atenções de centenas de pessoas que passavam pelas imediações da praça José Bastos e avenida Amélia Amado, no centro de Itabuna, hoje à tarde. A atividade envolveu alunos e professores dos cursos de nutrição e de fisioterapia da FTC, além de profissionais do Corpo de Bombeiros e Samu 192.

A simulação começou às 15h23min e testou a habilidade dos alunos em primeiros socorros e serviu como treinamento para as equipes de profissionais do Corpo de Bombeiros e do Samu 192.

Bombeiros e socorristas do Samu avaliam "paciente" na simulação (Foto Pimenta).

A atividade comprovou a eficiência do sistema de socorro em Itabuna (Samu 192 e Corpo de Bombeiros) e a qualidade dos profissionais habilitados em primeiros socorros, além de colocar em prática o conteúdo passado aos alunos em sala de aula, na avaliação do professor Sérgio Augusto Farias. “Os alunos tiveram a oportunidade de aplicar a teoria numa simulação muito próxima do real”, observou.

Sérgio Augusto é sargento do Corpo de Bombeiros e enfatiza que o atendimento em primeiros socorros pode ser feito por qualquer pessoa, bastando conhecimento básico para a ação de resgate.

Priscila e Sérgio avaliam simulação (Foto Pimenta).

Na avaliação da coordenadora do curso de Fisioterapia da FTC, Priscila Moutinho, a simulação foi o mais próximo possível do real, com a presença de “familiares” e do corre-corre em situação de socorro a 20 vítimas. A simulação era de acidente com dois carros de passeio e uma moto em área urbana.

A maquiagem dos alunos tão próxima de situações de lesões e fraturas expostas impressionou de crianças a pessoas mais experientes. “Estou trêmulo. Até de perto, parece de verdade”, disse Seu Jonas Souza, 70 anos.

O sargento Moreira da Cruz, do Corpo de Bombeiros, disse que a simulação serve como treinamento para os homens da corporação. “Quanto mais se aprende, o atendimento é mais eficaz”. A simulação permitiu ao Corpo de Bombeiros e ao Samu 192 também avaliar o tempo de socorro às “vítimas” da simulação.

SIMULAÇÃO: "Vítimas" aguardam socorro do Samu e Corpo de Bombeiros(Foto Pimenta).

E VAI ROLAR A BOLA…

Ricardo Ribeiro | [email protected]

 

Ainda tem muita gente que se estremece com a possibilidade de o Brasil pagar um mico de dimensões planetárias, caso não consiga se arrumar para a Copa de 2014. Sem infraestrutura adequada, com aeroportos capengas e capacidade hoteleira insuficiente, além de gargalos consideráveis nas cidades sujas e congestionadas, o país tem de fato uma tarefa hercúlea diante de si.

Para complicar, existe no Brasil a famigerada, endêmica e sistemática corrupção, que consome grande parte dos recursos destinados às obras públicas. Não é à toa que surgiu aqui a velha anedota do político que, em toda inauguração de obra, levava um terço (não o católico, mas a fatia da roubalheira mesmo). É de rir pra não chorar.

Aos que não dormem com medo do vexame, recomenda-se tranquilidade, pois a Fifa está ao lado do Brasil para não deixar o negócio desandar. Nesta segunda-feira, 13, a Folha de São Paulo divulgou que a entidade máxima do futebol tem feito lobby em favor de empresas com as quais mantém prósperas relações. A Fifa defende que as pessoas jurídicas amigas sejam contratadas pelas cidades-sede, independentemente da chatice dos processos licitatórios.

Nos governos locais, há quem reclame, assim como deve ter uns espertos morrendo de raiva por haver deparado com outros sujeitos ainda mais ladinos. Mas é bem possível – bastante, aliás – que a Fifa e os políticos tupiniquins acabem encontrando um ponto de equilíbrio em seus tantos interesses. Podem, dessa forma, juntar “a fome com a vontade de comer”, como é tão comum nas “tramamóias” dessa terra de gente sabida.

A Fifa, cujas safadezas são conhecidas há muito tempo (quem puder, leia o livro Como eles roubaram o jogo, de David Yalllop), talvez encontre na burocracia brasileira uma parceira perfeita. Assim, a Copa tem tudo para ser um sucesso. Senão de organização, pelo menos de renda.

Ricardo Ribeiro é um dos blogueiros do PIMENTA.

ROUBADO E ESPANCADO NA PORTA DE CASA

Os comerciantes de Uruçuca estão preocupados com a recrudescimento da violência no município sulbaiano. Cortado por duas rodovias (BR-101 e BA-262) e com policiamente deficiente,  o município registrou novo assalto ontem à noite.

Dois homens, encapuzados, roubaram o dono de um posto de combustível da cidade. Waldson Santos foi rendido e espancado pela dupla, que fugiu numa moto Honda CG 125.

A cidade perdeu agências bancárias e ficou temporariamente com a agência dos Correios fechada por causa dos constantes assaltos. Comerciantes prometem fazer manifestação para cobrar mais policiamento para Uruçuca.

VÍTIMA POSTOU VÍDEO DIAS ANTES DE ACIDENTE

Exatamente cinco dias antes de morrer, o músico Thiago Santos Ferreira postou um vídeo em que aparece tocando a música The dance of eternity, da banda Dream Theater. Thiago morreu no acidente ocorrido no início da tarde de ontem (12), na BR-101, em Ubaitaba, no sul da Bahia. O VW Golf em que o músico viajava colidiu com um ônibus e ficou totalmente destruído, matando também os outros três ocupantes do carro de passeio. Confira o vídeo descoberto por um leitor, amigo de Thiago.

CONFIRA MATÉRIAS SOBRE O ACIDENTE

BANCOS, LUCROS E NEGLIGÊNCIA

Luís Sena | [email protected]

Os investimentos em segurança são mínimos. Até a colocação das portas giratórias tem sido alvo de extinção por parte da Febraban/Fenaban, representações dos bancos no Brasil.

Virou mania, tornou-se praxe, fato comum. Todos os dias somos informados que uma agência  bancária foi assaltada, bancário ou cliente levado como refém, saidinhas bancárias e a nova modalidade: explosão dos  caixas eletrônicos.

O setor mais lucrativo da economia nacional, os bancos , acostumados e sempre assegurados da garantia dos lucros, através dos altos juros e da exorbitantes cobrança de taxas. Nadam  de braçadas na omissão em  qualificar e aperfeiçoar um plano estratégico e eficiente nos bancos, que garantam  principalmente aos bancários e clientes, as mínimas condições de segurança.

Os banqueiros colocam seus departamentos jurídicos afiados para derrubar qualquer iniciativa legislativa , tanto estadual como municipal, que tentem nortear a defesa dos clientes, seja na segurança ou até mesmo no tempo de atendimento , lembrando aí  as leis que deteminam 20 minutos como tempo regulador de atendimento nas agencias bancárias.

Os investimentos em segurança são mínimos. Até a colocação das portas giratórias tem sido alvo de extinção por parte da Febraban/Fenaban, representações dos bancos no Brasil.

A insegurança no meio bancário toma corpo, também, nas pequenas cidades, alvo das quadrilhas, que verificam  o diminuto contingente policial e seus  desatualizados aparatos, para impor , aos clientes e bancários, suas ações de roubos, violência e terror.

O governo do estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública, precisa imediatamente  repensar formas de dotação dos seus efetivos e, ao mesmo tempo, ações de forma qualificada e estratégica no combate a estes crimes.

A sociedade civil deve estar organizada para cobrar, tanto dos banqueiros como do governo do Estado, ações que possam coibir e até a acabar com estes atos que no dia-dia tem carregado nosso cotidiano com tristezas, violência e terror. Não podemos aceitar a banalização da violência!!!

Luís Sena é professor, bancário e ex-vereador de Itabuna.

FAGNER FRATURA COSTELA EM ILHÉUS

Contundido, Fagner levou multidão à Concha Acústica em noite chuvosa (Foto Pimenta).

O cantor Fagner fraturou a costela ao cair da cama em Ilhéus. O acidente ocorreu antes do show do músico cearense na Concha Acústica na Terra de Gabriela. O cantor disse que estava dormindo quando caiu da cama, no hotel Jardim Atlântico, zona sul da cidade, sendo atendido numa clínica de ortopedia particular da cidade.

Apesar do susto e da dor, Fagner não decepcionou quem foi à concha e assistiu ao show debaixo de chuva insistente em pleno Sábado dos Namorados.

TUPINAMBÁS INTERDITAM BA-001

Índios da tribo tupinambá de Olivença fecharam nesta manhã a rodovia BA-001, na altura do condomínio Águas de Olivença. Os índios vivem na aldeia Itapoã e enfrentam problemas com a falta de manutenção da estrada que dá acesso ao local. Crianças da aldeia estão sem poder frequentar a escola, já que os ônibus não passam pela estrada vicinal.

A responsabilidade pela manutenção da via é do Derba, órgão do Governo do Estado. Os líderes do movimento afirmam que aguardam um representante do departamento  no trecho onde ocorre o potesto, exigindo o compromisso de que a estrada seja recuperada.

Cerca de 300 pessoas se encontram no local e há um grande engarrafamento nos dois sentidos da BA-001.

PARALISAÇÕES NA INDÚSTRIA MOAGEIRA

Os trabalhadores das indústrias moageiras e produtoras de derivados de cacau em Itabuna e Ilhéus iniciaram nesta segunda (13) campanha salarial com ameaça de paralisações. A campanha envolve as multinacionais Delfi Cacau, Barry Callebaut, ADM Joanes e Cargill.

As negociações começaram pela unidade da Delfi em Itabuna, hoje, e seguem com as diretorias da Joanes (dia 15), Barry Callebaut (17) e Cargill (21).

De acordo com o presidente do Sindicacau, Luiz Fernandes, os trabalhadores reivindicam reajuste de 13%, maior participação nos lucros e resultados e tíquete-alimentação no valor de R$ 600,00.

A HISTÓRIA DO CACHOEIRA: EM MÚSICA, POESIA E DOCUMENTÁRIO

A banda Manzuá coloca seu talento na empreitada (foto Felipe Thomaz)

Os músicos da banda itabunense Manzuá, juntamente com o Núcleo de Produções Artísticas, da Panorâmica Produções, estão a pleno vapor com um projeto que visa resgatar a história de Itabuna, enfatizando sua relação com o Rio Cachoeira.

A proposta inclui a transformação de 12 poemas de autores regionais em canções. Foram selecionados versos de Daniela Galdino, Ruy Póvoas, Cyro de Mattos, Iana Carolina e Lorenza Mucida, entre outros. As músicas serão gravadas em um CD. Além dele, será elaborado um documentário sobre o rio.

Esse projeto foi vencedor do edital 05/2009, da Secretaria de Cultura (Secult), Fundo de Cultura da Bahia e Fundação Cultural do Estado.

HBLEM SUSPENDERÁ ATENDIMENTO A PACTUADOS

Os médicos do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, de Itabuna, anunciaram uma paralisação de advertência, a partir desta quarta-feira, 15, pretendendo estendê-la até o dia 22 de junho.

Em comunicado feito à diretoria da instituição, os médicos afirmaram que, nesse período, não farão os atendimentos de média e alta complexidade aos pacientes encaminhados pelos municípios pactuados. Serão mantidos, no entanto, os serviços para casos de urgência e emergência, bem como o atendimento integral para a população de Itabuna.

Além da cidade onde está situado, o Hblem atende pacientes de cerca de 120 municípios baianos. Estes serão diretamente atingidos pela paralisação. Os médicos apontam insuficiência de recursos no hospital para atender a demanda de Itabuna e dos municípios pactuados.

O hospital sobrevive atualmente com um repasse mensal de R$ 1,5 milhão, realizado pela Secretaria da Saúde do Estado, mas pleiteia um aumento para R$ 2 milhões. Para complicar a situação, encontra-se vencido o primeiro termo aditivo de um contrato firmado entre prefeitura e estado no ano de 2009, e o município não assinou o segundo termo aditivo, que previa a ampliação de recursos, vinculada ao aumento da produção.

PROCEDIMENTOS – O segundo termo prevê ampliação do número de neurocirurgias para 90 por mês, com repasse de R$ 300 mil; 1.848 mamografias/mês, com repasses de R$ 83 mil; além do incremento da oferta de serviços, com a cota de cinco cirurgias bariátricas por mês (repasses de R$ 25 mil), e uma Organização para Busca de Órgãos e Tecidos (OPO), com custeio mensal de R$ 20 mil.

A Secretaria Municipal da Saúde entende que o segundo termo não atende as necessidades do hospital, por isso não assinou o documento. A não-assinatura deverá agravar os problemas de caixa do Hblem, já que – conforme ofício encaminhado ao secretário municipal da Saúde, Geraldo Magela, pelo superintendente de Gestão dos Sistemas de Regulação da Atenção à Saúde, Andrés Castro Alonso Filho – “a partir da competência de junho/2011, o pagamento do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães será realizado apenas em valores relativos aos serviços efetivamente prestados”.

No mesmo ofício, o superintendente acrescenta que “a situação poderá voltar a ser regularizada, com o retorno ao pagamento pelos valores definidos contratualmente, a partir do momento em que os referidos documentos voltarem a ter validade jurídica, ou seja, quando forem assinados por ambas as partes e devidamente divulgados por publicação no Diário Oficial do Estado”.

“BRUXO” DIZ QUE POLÍTICO QUER MANDAR INTEGRANTE DO CQC PARA O ALÉM



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia