WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










junho 2011
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

editorias





itao






NORA DE SÉRGIO CABRAL CONTINUA DESAPARECIDA

Quatro pessoas morreram após a queda de um helicóptero nas águas da praia de Ponta de Itapororoca, em Porto Seguro. Mariana Noleto, nora do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, era um dos passageiros e continua desaparecida.

Uma das vítimas, Fernanda Kfuri, 35 anos, chegou a ser resgatada com vida, mas morreu no hospital regional Luís Eduardo Magalhães. De acordo com informações da Polícia Civil, foram reconhecidos os corpos de Luca Kfuri de Magalhães Lins, 3 anos, e Gabriel Kfuri Gouveia, 2 anos. Jordana Kfuri Cavendish ainda está desaparecida.

A polícia confirmou também a morte de Norma Batista de Assunção de 49 anos, babá das crianças. Com informações do G1

3 respostas para “NORA DE SÉRGIO CABRAL CONTINUA DESAPARECIDA”

  • Grapiuna says:

    Gostaria de saber do blogger Pimenta se vai rolar cobertura amanhã na divulgação dos resultados da eleição de Presidente aqui do Bairro São Caetano ?

    A chapa 3 passou aqui com carreata, fogos e notei que Wenceslau estava junto com eles.

  • Antonio Filho says:

    Morreu nesta sexta-feira (17/06) em um acidente de helicóptero que transportava sete pessoas a bordo, Mariana Noleto, namorada de Marco Antonio Cabral, filho do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB). A aeronave caiu na praia de Ponta de Itapororoca, em Porto Seguro (BA).

    Segundo a Força Aérea Brasileira (FAB), apenas uma parte do helicóptero, que partia para Fazenda Jacumã, havia sido localizada às 23h30 e as buscas se concentravam no mar e próximo ao Rio Trancoso.

    Conforme a FAB, uma das passageiras, identificada apenas como Fernanda, 35 anos, foi encontrada com vida por um barco pesqueiro no final da noite de sexta-feira. Com fraturas múltiplas e em estado de choque, ela foi levada para o Hospital Luiz Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, para atendimento, foi operada e foi levada em estado grave para UTI (unidade de terapia intensiva). Não suportando os ferimentos morreu na manhã deste sábado (18/06). Outros três corpos foram encontrados e a equipe de resgate ainda procura os outros três desaparecidos.

    As buscas são feitas pelos bombeiros e Marinha e devem contar com apoio da Aeronáutica, que a partir da manhã deste sábado começa a investigar as causas do acidente. A bordo também estavam Jordana Kfouri, mulher do empresário Fernando Cavendish, e seu filho Lucas. Além deles, estavam na aeronave a babá da criança e o empresário Marcelo Almeida. O governador do Rio está em Porto Seguro com o filho auxiliando a FAB nas buscas.

    Governador Sérgio Cabral vai para Bahia

    O governador Sérgio Cabral informou no Twitter a morte de Mariana Noleto que era namora do seu filho Marco Antonio Cabral
    O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, foi à Bahia acompanhar as buscas pelas vítimas do acidente de helicóptero que matou Mariana Noleto, namorada do seu filho. A assessoria do governador afirmou que ele monitora as buscas de Porto Seguro, onde está hospedado.

    Mergulhadores do Corpo de Bombeiros atuam na área

    Mergulhadores estão trabalhando na operação, na tentativa de se encontrar os demais desaparecidos. Enquanto a Marinha segue realizando as buscas pelo mar, os bombeiros dão apoio na praia com viaturas.

    O tempo durante toda a semana em Porto Seguro esteve muito ruim, com chuvas, vento e um frio incomum para quem vive ou costuma visitar a região. No momento em que o helicóptero decolou do aeroporto de Porto Seguro em direção ao Jacumã Ocean Resort, onde aconteceria uma festa junina, não era diferente.

    O capitão da Marinha Jorge Cordeiro, responsável pelas operações na área, confirmou essas informações, dizendo que o tempo no momento do acidente e durante os trabalhos de busca e salvamento não era bom, com chuvas esporádicas, vento e mar agitado.

    Filho de Cabral escapou do acidente por não ter lugar no helicóptero

    O filho do governador Sérgio Cabral, Marco Antônio e um amigo, não embarcaram na aeronave porque a lotação estava completa. Não havendo lugar o piloto deveria fazer várias viagens para transportar todos os convidados. Eles iriam no voo seguinte, quando o helicóptero retornasse. A aeronave estava levando um grupo de amigos que passariam o fim de semana no condomínio, que tem uma praia particular.

    Polícia identifica vítimas do acidente

    Policiais civis de Porto Seguro divulgaram os nomes das sete pessoas que estavam no helicóptero e que já foram resgatadas: Fernanda Kfuri, de 35 anos, os sobrinhos dela, Gabriel Kfuri Gouveia, de 2 anos, e Luca Kfuri de Magalhães Lins, de 3 anos, a babá das crianças, Norma Batista de Assunção, de 49 anos.

    Além de Mariana, ainda estão desaparecidos o empresário Marcelo Almeida, que pilotava o helicóptero e Jordana Kfuri, irmã de Fernanda e mãe de Luca. Ela é mulher do empreiteiro Fernando Cavendish, dono da Delta Construções. Marcelo Almeida é o atual presidente do First Class Grounp e dono na Jacumã Ocean Resort.

  • Antonio Filho says:

    Após a confirmação do acidente, no Extremo Sul da Bahia, com o helicóptero que transportava pessoas próximas ao governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, o governador Jaques Wagner prestou sua solidariedade às famílias e ao gestor fluminense. Ainda na noite desta sexta-feira (17), o governador da Bahia ligou para Cabral e colocou a disposição dele todo o pessoal e equipamentos necessários para agilizar as buscas na região. “Neste momento de dor, toda minha solidariedade àqueles que perderam seus familiares e ao governador Sérgio Cabral. Tudo que podemos fazer para minimizar seus sofrimentos está sendo feito”, disse Wagner.

    O acidente aconteceu volta das 19 horas, na praia de Itapororoca, em Trancoso. Ao todo, sete pessoas estavam a bordo da aeronave. As buscas por sobreviventes tiveram início no mesmo dia e uma pessoa chegou a ser resgatada com vida, foi levada para o hospital Luis Eduardo Magalhães, mas não sobreviveu aos ferimentos.

    No local do acidente, estão trabalhando 20 homens do Corpo de Bombeiros, incluindo mergulhadores, e outros 10 policiais militares. Além disso, o Governo do Estado disponibilizou uma aeronave do Grupamento Aéreo da Polícia Militar para ajudar na busca por corpos.

    O Departamento de Polícia Técnica também está mobilizado para perícia. Dez profissionais, entre peritos médicos, criminais, técnicos e odontolegais, além de auxiliares de necropsia estão de plantão. Até o momento, 04 corpos já foram periciados, identificados e liberados.

    IMPRIMIR

    Postado em Bahia, Polícia, Política, Região |

Deixe seu comentário








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia