WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










julho 2011
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

editorias






:: 21/jul/2011 . 23:32

PARECER DA PROCURADORIA-GERAL DIZ QUE EXAME DA OAB “FERE A CONSTITUIÇÃO”

O subprocurador-geral da República Rodrigo Janot afirmou, em parecer divulgado nesta quinta-feira (21), que o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) viola o princípio constitucional do direito ao trabalho e à liberdade de exercer uma profissão.

A prova aplicada pela entidade é condição para que o bacharel em direito se torne advogado e atue na profissão.  A reportagem procurou o presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcanti, que está em recesso e não foi localizado. A reportagem também não conseguiu contato com o presidente interino.

“Não contém a Constituição mandamento explícito ou implícito de que uma profissão liberal, exercida em caráter privado, por mais relevante que seja, esteja sujeita a regime de ingresso por qualquer espécie de concurso público”, afirmou Janot no parecer.

A análise foi feita pelo subprocurador ao examinar o recurso ajuizado pelo bacharel em Direito João Antonio Volante, no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele contesta a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região que julgou legítima a aplicação da prova pela OAB. O caso será analisado pelo relator no STF, ministro Marco Aurélio Mello.

Para o representante do MPF, o exame da Ordem não garante que será feita a “seleção dos melhores advogados” e pode até ser entendido como reserva de mercado. Informações do G1.

BOA MÚSICA EM MORRO DE SÃO PAULO

Morro de São Paulo: de dia, as lindas praias são a melhor pedida; à noite, boa música no Festival da Primavera

A belíssima Morro de São Paulo, na Costa do Dendê, já anunciou as datas e a programação do segundo Festival da Primavera, evento que reúne grandes atrações da música brasileira. Estão previstas mais de 20 horas de shows gratuitos, com um total de 16 apresentações.

O Festival será realizado de 3 a 7 de setembro e a expectativa é de que 12 mil pessoas participem do evento a cada noite. Entre os nomes já confirmados, estão: Capital Inicial, Vanessa da Matta, Jau, Monique Kessous, Samba d’Ju, Rio Vermelho, Quarteto de Cinco e Pablo Dominguez

O FENÔMENO PÓSTUMO KELLY CYCLONE

Nunca antes na história deste estado uma jovem ligada ao tráfico de drogas teve tanto espaço na mídia como Kelly Salles da Silva, a Kelly Cyclone, de 23 anos, morta na madrugada de segunda (18), em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador.

O assassinato da “Patroa do Tráfico”, como ficou conhecida na capital baiana, é motivo de matérias que retratam a influência da jovem e a ousadia diante da polícia quando presa na “Festa do Pó”, em 2010.

O termo Kelly Cyclone é dos mais procurados na internet e as mídias tradicionais (rádio, tevê e jornal) descobriram o “filão” e concedem espaços generosos para tratar da morte e da vida de Cyclone, além das circunstâncias do crime ocorrido na segunda.

A preocupação é com os reflexos deste espaço para os que ficam e foram “rendidos” pelo tráfico. Estes, veem na “patroa” um exemplo. Pior, a ser seguido. Nas redes sociais, a moça coleciona milhares de seguidores, número que aumentou principalmente depois do assassinato.

E o fim de Kelly foi semelhante ao de milhares de traficantes e de quem se aventura (aventurou) neste “comércio”.

MULTADA, MÉDICA ATACA A POLÍCIA

Uma médica itabunense quase acaba detida ao ser multada por dirigir falando ao celular. Joane Pamelly Ribeiro Nunes de Sousa passava em frente ao posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) quando foi flagrada pelos patrulheiros.

A profissional atua no Samu 192 de Itabuna e tentou escapar da multa dizendo que estava fazendo atendimento de emergência – não sem lembrar que se o paciente morresse, os policiais seriam responsabilizados. A desculpa não colou.

A médica, nervosa, disparou em tom irônico contra a PM:

– A polícia tá maravilhosa, é uma corrupção maravilhosa.

A HISTÓRIA DO JOGADOR MILIONÁRIO

Serginho joga ao lado de Romário, no ataque.

“Eu era milionário. Tinha dinheiro demais. Já peguei carro de dar uma volta, não gostar e vender. Nisso eu perdia 80 mil, 100 mil reais. Imagine a pessoa que teve tudo na vida e chegar um momento em que não tem nem o que comer. Aí eu me perguntava: o que vou fazer da minha vida?”.

Essa é a história de um jogador que despontou para a fama após encarar muita poeira nos campos de futebol do Sul da Bahia e os zagueiros  nada gentis do Campeonato Intermunicipal, que reúne seleções de todo o estado. A fama foi meteórica para Serginho. Da Seleção de Coaraci para o Corinthians, um dos times mais populares do Brasil, sem escalas.

No Corinthians, gols de placa, inclusive um antológico de bicicleta contra o rival Palmeiras. Roubou a cena e decidiu um jogo contra o Flamengo de Sávio, Edmundo e Romário. Em cinco jogos pelo Corinthians, cinco gols. Um fenômeno,  cotado para a Seleção Brasileira. “Fiquei conhecido no Brasil todo. Em São Paulo, não conseguia sair na rua”, conta, entusiasmado e saudoso.

Os gols trouxeram a fama, dinheiro, mulheres, farras. Muitas farras.

O despreparo para a fama, o temperamento forte, a rebeldia abreviaram o idílio corintiano. Passou pelo Vasco, Botafogo e Internacional como um meteoro, onde deixou poucos gols e nenhuma saudade dos torcedores. “Eu não treinava, brigava com os treinadores, achava que eu era o bom”.

Artilheiro ele era, mas estava queimado para o futebol brasileiro, sem espaço nos grandes clubes. Ainda assim, tirou a sorte grande e foi jogar no Oriente Médio. Um sonho das arábias, que atingiu níveis celestiais quando ele marcou três gols na final da Copa da Ásia de 2001, dando um titulo inédito ao Al-Ittihad. Caiu nas graças do rei da Arábia Saudita, Fahed, para quem dinheiro jorrava literalmente do solo, em forma de petróleo.

Clique aqui e confira a reportagem completa no Blog do Thame.

A CENA DE SEMPRE

Na foto acima, pedestre se espreme na calçada enquanto lavador de carros dá uma mãozinha à loja de perfumaria e cosméticos ao tentar desobstruir a boca de lobo. Lojistas e comerciários reclamam da falta de manutenção dos bueiros. Basta uma chuva “fraquinha” e o cruzamento da rua Adolfo Maron e com a Ruffo Galvão vira piscinão. Para colaborar, ainda existem os “porquinhos” que lançam de embalagens plásticas a papéis em via pública.

AS JURAS DE AMOR ENTRE AZEVEDO E O DEM

Azevedo ao lado de ACM Neto: juras de amor.

A cúpula do DEM mudou o tratamento dispensado ao prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo. Em vez de ameaças, diplomacia. Pragmáticos, José Carlos Aleluia e ACM Neto miraram as últimas pesquisas feitas em Tabocas e trataram de segurar o único prefeito democrata em cidades de grande porte. O outro, Tarcízio Pimenta (Feira de Santana), deixou a legenda mês passado e se picou para o PDT.

Agora, a cúpula estadual do partido fala em apoio incondicional à reeleição de Azevedo. Nas bandas do centro administrativo Firmino Alves, o discurso de Azevedo é de que disputará a reeleição pelo DEM mesmo. E os “meninos” do DEM veem o prefeito Pula-Pula como “candidato natural”.

O clima desanuviou de vez desde o último sábado, quando o partido realizou convenção em Itabuna e o neto do ex-senador ACM derramou-se em elogios ao prefeito, que retribuiu com juras de amor ao deputado e ao DEM.

REUNIÃO NO CASTÁLIA

A Associação de Moradores do bairro Castália, em Itabuna, promove reunião nesta sexta-feira, 22, a partir das 19h30min, na sede do Centro Espírito Casa de Guará (Rua Major Dórea, 86). Estarão presentes representantes da Polícia Militar e o secretário  municipal do Desenvolvimento Urbano, José Alencar.

De acordo com o presidente da Associação, Helder Dantas, serão discutidas no encontro questões relacionadas à segurança e sobre projetos de urbanização para o bairro.

TEODORICO DE VOLTA A ILHÉUS

Após uma participação consagrada na Mosta Latino-Americana de Teatro, em São Paulo, a sátira “Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito” retorna a Ilhéus. A peça será apresentada nesta sexta-feira, 22, a partir das 20 horas, na Casa dos Artistas.

“Teodorico” conta a história do atrapalhado e corrupto prefeito da cidade fictícia de Ilha Bela, revelando as tramoias e a consequente revolta popular que tirou o gestor do poder. Tudo isso de forma bem humorada e com um saboroso texto inspirado na literatura de cordel.

Os ingressos podem ser adquiridos no local, a R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia).

A VIA-CRÚCIS DOS DEMITIDOS DA BIOFÁBRICA

Almeida: deu zignal em ex-funcionários (Foto Pimenta).

Ex-funcionários do Instituto Biofábrica de Cacau, no sul da Bahia, penam há quatro meses para receber os direitos trabalhistas após serem demitidos pelo diretor-geral e presidente da Associação de Produtores de Cacau (APC), Henrique Almeida.

O dirigente pediu aos ex-funcionários “uns dias” para agilizar o pagamento da rescisão. O tempo passou e os demitidos descobriram que estavam sendo enganados. A estratégia era apenas para “ganhar tempo”. As vítimas pressionaram novamente e Almeida e subordinados teriam dado testa: – Querem receber, deem queixa [na Justiça Trabalhista].

Os pais de família reclamam do atendimento desrespeitoso e dizem que ainda não puderam nem mesmo receber o seguro-desemprego. De acordo com os pais de família, a direção da Biofábrica teria justificado as demissões com uma necessidade diante do “estouro da folha”. Os demitidos têm, na média, seis anos de trabalho.

LEITOR MANDA AZEVEDO “RESPEITAR O POVO”

A enquete do PIMENTA, que perguntou qual o melhor nome para o programa do prefeito de Itabuna no rádio, apurou que para 57% de nossos leitores o institucional deveria ser batizado com um sonoro “Respeita o povo, Azevedo”. Exatamente 1440 pessoas opinaram e 814 delas cobraram maior consideração do alcaide (confira).

Atrás, com 23% das preferências, ficou a sugestão “Acorda, Azevedo”, seguida de “Fala, demolidor” (referência à destruição do antigo prédio do Colégio Divina Providência e da Sala Zélia Lessa). Este nome seria o melhor para 12% dos que responderam à enquete.

O simpático e inofensivo “Bom Dia, Azevedo” foi escolhido por 8% dos leitores.

NOVA ENQUETE – Você já pode opinar em uma nova enquete do PIMENTA. O blog quer saber o que você pensa sobre a crise do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, cenário de um “cabo-de-guerra” entre os governos do estado e do município.

Quem está com a razão nessa briga? Clique aí ao lado e expresse o que você pensa a respeito.

PROTESTO CONTRA O DNIT NA BR-101

Nesta manhã, ocorreu outro bloqueio no trecho sulbaiano da BR-101. Produtores do Assentamento Terra Vista e moradores do município de Arataca fazem manifestação no trevo de acesso à cidade, chamada “Curva do Óleo”. Trata-se de protesto contra o alto índice de acidentes no trecho da rodovia.

Há exatos dois meses, quatro integrantes do MST e uma professora catarinense morreram numa colisão de um Fiat Pálio e um caminhão no local (relembre aqui). Os manifestantes cobram do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) melhor sinalização e obras que garantam segurança a quem trafega pelo trecho.

VELA DE SETE DIAS

O prefeito de Ubatã, Agilson Muniz, retornou ao cargo ontem à tarde, reconduzido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA).

Logo depois da solenidade e vendo o sol se pôr, o comunista bateu perna em direção à prefeitura com velas acesas. Não era pagamento de promessa nem cena de novela do bom baiano Dias Gomes, mas uma “direta” no adversário Edson Neves (DEM).

Neves ficou 405 dias no comando do município e deixou a prefeitura sem energia elétrica por sete dias devido a um calote de R$ 130 mil na Coelba.

MANIFESTANTES COBRAM CONCLUSÃO DA BA-654

Obras na BA-654 estão paralisadas há quase um ano.

Um protesto bloqueia há mais de três horas a BR-101, trecho de Ubaitaba, sul da Bahia. Os manifestantes exigem do governo baiano a retomada das obras de asfaltamento da BA-654.

A rodovia possui 40 quilômetros de extensão e liga a BR-101 à BA-001, conhecida como estrada Taboquinhas-Itacaré. O Derba iniciou a terraplenagem da rodovia em 2009, mas paralisou as obras no ano passado.

A BA-654 une a região onde residem cerca de 20 mil pessoas nos municípios de Itacaré, Uruçuca, Aurelino Leal e Maraú. Além de escoar a produção agrícola, a rodovia também é acesso para alguns dos pontos turísticos mais belos da Costa do Cacau.

Entre as paisagens, estão a Cachoeira de Tijuípe, entre Uruçuca e Itacaré, e o distrito de Taboquinhas, em Itacaré, localidade onde o Rio de Contas oferece a terceira melhor corredeira do mundo para a prática de rafting.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia