WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


agosto 2011
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias


:: 6/ago/2011 . 22:50

EM ITABUNA, JUSTIÇA PEDE SOCORRO

Itabuna é mesmo uma cidade de “conformados”. Há quatro anos o ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Benito Figueiredo, lançou a pedra fundamental do novo fórum de Justiça, na região do São Caetano.

A obra até agora não saiu e o fórum antigo não dá conta da atual demanda. Duas das varas de Justiça (as da Família) funcionam em um endereço particular no bairro Góes Calmon e a Vara da Infância e Adolescência encontra-se estabelecida há mais de anos nas Nações Unidas. E com aluguel caríssimo.

Enquanto isso, advogados, juízes e a comunidade só assistem à banda passar.

Fórum, antigo, não dá conta da demanda (Foto Pimenta).

DATAFOLHA: DILMA IMUNE À CRISE?

Dilma: avaliação estável.

A última pesquisa Datafolha, divulgada neste sábado (6), mostra que a avaliação do governo Dilma Rousseff mantém-se estável. Das 5.254 pessoas ouvidas, 48% aprovaram a gestão, oscilação de um ponto em relação a junho (49%).

A aprovação mantém-se estável embora o governo tenha sido sacudido por várias denúncias de corrupção e três ministros terem caído nos últimos meses (Antônio Palocci, Alfredo Nascimento e Nelson Jobim).

A pesquisa também aferiu que 39% consideram a gestão regular. Para 11%, é péssima. Ainda de acordo com o levantamento que tem margem de erro de dois pontos percentuais, 3% não souberam avaliar o governo da primeira presidente brasileira.

TENTATIVA DE ASSASSINATO NA INÁCIO TOSTA

Enquanto almoçavam, diversos clientes de um restaurante na avenida Inácio Tosta Filho, no centro de Itabuna, ficaram aterrorizados com as cenas de violência neste sábado (6). Dois rivais do traficante Ailton de Jesus, conhecido como Tantã, passavam pela avenida quando o notaram no estabelecimento. A dupla estacionou o veículo mais adiante e retornou para executá-lo.

Dois policiais que se encontravam no restaurante atiraram contra os bandidos, que revidaram e conseguiram fugir. O traficante foi levado para o Hospital de Base de Itabuna em estado grave. Os tiros atingiram a cabeça de Tantã. A sequência de tiros atingiu cinco carros estacionados próximos ao restaurante Espaço 2.

Atualizado às 21h40min

ENFIM, VITÓRIA!

Do Correio

Acabou o jejum no Vitória. Depois de quatro derrotas seguidas na Série B, o Leão do estreante técnico Vágner Benazzi venceu o Salgueiro por 2 a 0, no estádio Ademir Cunha, e fez as pazes com o triunfo. O time foi pressionado na maior parte do jogo, mas conseguiu marcar com Neto Baiano e Marquinhos, este último com um golaço, e melhora sua posição na tabela da Série B.

Com o resultado, o Vitória chega aos 20 pontos e assume a 11ª colocação na Segundona, a quatro pontos de distância do G-4. O Salgueiro permanece na vice-lanterna, com 13. O time baiano volta a campo para enfrentar o Americana, próxima sexta-feira (12), no Barradão. No sábado, o Salgueiro visita o Bragantino, no Nabi Abi Chedid. Os dois jogos são válidos pela 16ª rodada da Série B.

DIVALDO FRANCO NO ICEI

O médium e orador espírita Divaldo Franco é o palestrante do seminário “Transição Planetária, neste domingo, às 9h, no auditório do Instituto de Cultura Espírita de Itabuna (Icei), vizinho ao colégio Ciomf, no Santo Antônio.

A inscrição no seminário custa R$ 35,00, taxa que inclui o livro-tema do seminário. Mais informações sobre o evento pode ser obtida pelos telefones (73) 3212-1829 ou 9983-3249.

JUSTIÇA PROÍBE EMPRESAS DE ÔNIBUS DE LIMITAR PASSE LIVRE A DEFICIENTES

As empresas de ônibus em Itabuna foram proibidas pela justiça de impor limite diário ao uso de passe livre por parte dos deficientes físicos. A liminar foi concedida pelo titular da 2ª Vara dos Feitos de Relação de Consumo, Cível, Comercial e Fazenda Pública, Gustavo Pequeno, em ação movida pela Defensoria Pública do Estado, OAB-Itabuna e Ministério Público Estadual.

Na decisão, o magistrado impõe multa diária de um salário mínimo às empresas São Miguel e Expresso Rio Cachoeira caso descumpram a determinação. O presidente da OAB-Itabuna, Andirlei Nascimento, disse ao PIMENTA que a liminar representa o restabelecimento do direito de ir e vir e vitória das pessoas com deficiência.

A justiça também proibiu as empresas e a Associação das Empresas de Transporte Urbano de Itabuna (AETU) de “interferir na análise dos documentos de habilitação ao beneficio da gratuidade, respeitando a competência exclusiva da
Secretaria de Desenvolvimento Social”. Também nesse caso, o judiciário impõe multa diária de um salário mínimo se houver descumprimento da medida.

FUGA NA CADEIA DE ALMADINA

Nove presos fugiram da cadeia pública de Almadina, no sul da Bahia, nesta madrugada de sábado. Os fugitivos serraram as grades da cela e do teto do pátio, por onde fugiram. Apenas um carcereiro estava na cadeia e disse não ter percebido a movimentação dos “homens-aranha”.

Na cela onde foi registrada a fuga, um preso não quis a “liberdade forçada” e preferiu ficar na cadeia. Dos nove fugitivos, apenas um havia sido recapturado até o final desta manhã de sábado.

DANÇOU, PLAYBOY

José Carlos Fiuza, de 32 anos, saiu de Belmonte para aprontar em Canavieiras. Início da noite, Fiuza, o dono do alheio, foi para a avenida ACM e tentou assaltar uma senhora, roubando-lhe a bolsa. Dançou. A multidão conseguiu detê-lo e entregar à polícia. Fiuza está preso e ficará um bom tempo enjaulado. De acordo com a polícia civil, ele acumulava várias passagens pelo xilindró da cidade natal, Belmonte.

GEDDEL, GERALDO E DAVIDSON

Marco Wense

O PMDB não vai apoiar em Azevedo e, muito menos, Geraldo.

O assunto mais enigmático da sucessão do prefeito Azevedo é, sem dúvida, o que envolve o PCdoB, PMDB e o PT, com Davidson Magalhães, Geddel Vieira Lima e Geraldo Simões.

Cito Davidson, deixando de lado Luís Sena e Wenceslau Júnior, também prefeituráveis pela legenda comunista, porque é o nome da preferência não só de Geddel como de Lúcio Vieira, presidente estadual do PMDB.

Não sei a opinião do médico Renato Costa sobre os três pré-candidatos do PCdoB. A impressão que fica é que Renato, que preside o diretório local, evita falar sobre a “disputa”.

A possibilidade do PMDB apoiar o vereador Wenceslau é muito pequena. Em relação a Sena, é quase nula.  Os senistas, obviamente os mais lúcidos, sabem que não existe sequer resquício de esperança.

Davidson é considerado o mais preparado. O que pode deslanchar durante a campanha. Sobre Sena, pesa o fato de ter sido o vice da petista Juçara Feitosa na última sucessão municipal.

Difícil mesmo é o peemedebismo se coligar com o PT, com o ex-ministro Geddel de mãos dadas com Geraldo Simões, tendo as companhias dos ex-prefeitos Ubaldo Dantas e Fernando Gomes.

Na bela festa de aniversário de 30 anos do jornal Agora, Geddel disse ao jornalista Paulo Lima que o PMDB não vai apoiar “nem Azevedo e, muito menos, Geraldo Simões”.

Em termos percentuais, diria que uma coligação PCdoB-PMDB, com Davidson Magalhães encabeçando a chapa, tem 50% para acontecer. Uma candidatura própria com Ubaldo Dantas, 30%. Com o vereador Wenceslau ou Sena, 15%.

Como o processo é político, e os próprios políticos costumam dizer que na política tudo é possível, os 5% restantes ficam por conta de um palanque com Geddel, Geraldo Simões, Renato Costa, Ubaldo Dantas e Fernando Gomes.

Os apupos, em decorrência da estranha e inusitada aliança, serão inevitáveis. Desta vez, Geddel pode ficar tranquilo: as vaias serão democraticamente distribuídas.

A VEZ DOS MÚSICOS

Kocó é pré-candidato.

A candidatura a vereador do conhecidíssimo Kokó do Lordão, pelo Partido dos Trabalhadores, pode incentivar a entrada de outros músicos na política.

O mesmo aconteceu com os militares. Temos hoje, democraticamente eleitos, uma enxurrada deles na vida pública: Capitão Azevedo (prefeito de Itabuna) e o coronel Santana (deputado estadual) são dois exemplos do sul da Bahia.

Sem falar no ex-deputado Capitão Fábio Santana e no major Serpa, convidado a se filiar no PSB para ser o candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Geraldo Simões (PT).

A previsão de votos para Kokó é de mais de dois mil. Como o PT caminha para eleger dois vereadores, o ceplaqueano Emanoel Acilino pode sobrar. A outra vaga seria de Vane do Renascer (reeleição).

Marco Wense é articulista da Contudo.

SECRETÁRIO EXPLICA

Em contato com o PIMENTA, o secretário do Esporte de Itabuna, José Alcântara Pelegrini, explica que a promessa de doação de troféus aos vencedores da 17ª Copa Itabuna de Futebol de Base será cumprida. Segundo o responsável pela gestão das ações da Prefeitura na área do esporte, o que houve no episódio descrito na nota abaixo foi um problema de comunicação.

“O prefeito de fato se comprometeu a doar os troféus, mas na hora de protocolar a solicitação na Prefeitura, o organizador da competição se dirigiu até o gabinete e não à nossa Secretaria, o que ele deveria ter feito”, esclarece Alcântara. Ele lembra que “o gabinete do prefeito tem mil e uma demandas e é por isso que existem as secretarias”.

O secretário informou que, após ler a nota do PIMENTA, tentou fazer contato com o desportista José Roberto Santos, o Zuzi, que promove a Copa Itabuna de Futebol de Base, mas a ligação não foi completada. “O fato é que se a solicitação tivesse sido encaminhada à Secretaria de Esporte, já teria sido atendida há muito tempo”, defende-se o secretário.

Os troféus para os participantes do torneio nas categorias pré-mirim e mirim foram comprados pelos pais dos pequenos boleiros.  Para as demais categorias, Alcântara promete “chegar junto”.

SE NÃO É PRA CUMPRIR, PRA QUE PROMETE?

Graças ao prefeito de Itabuna, Sr. José Nilton Azevedo, crianças e adolescentes que participam de um torneio de futebol em Itabuna já estão aprendendo que é difícil e perigoso acreditar em político.

No final de fevereiro, Azevedo expôs sua figura no Caic (Centro de Atenção Integral à Criança), onde é realizada a 17ª Copa Itabuna de Futebol de Base. Após entregar algumas bolas, o prefeito prometeu todo apoio à competição, comprometendo-se inclusive a doar toda a premiação aos participantes nas categorias pré-mirim (11 anos), mirim (12 a 13), infantil (14 a 15) e juvenil (16 a 17).

Feita a promessa, a frustração veio logo em seguida. O organizador da copa, José Roberto Santos, o Zuzi, afirma ter ido diversas vezes ao gabinete de Azevedo na Prefeitura, onde nunca conseguiu ser atendido. Na última ocasião, a secretária do prefeito avisou-lhe o que já era previsto: seria bem difícil conseguir a premiação.

Para não decepcionar os pequenos atletas, os pais é que tiveram de se virar, adquirindo as premiações para as categorias pré-mirim e mirim, cujas finais acontecem neste fim de semana. Já para as categorias infantil e juvenil, ainda não houve solução. “Como acreditei nas palavras do prefeito, deixei de procurar apoio em outros lugares”, afirma Zuzi, o enganado.

Com ações desse tipo, Azevedo é forte candidato a receber o troféu de prefeito bola-murcha.

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia