WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2011
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias





itao




QUEM TEM CULPA NO “CARTÓRIO”?

Olímpio (direita) diz que Jabes é culpado pelos precatórios

Em entrevista concedida ao PIMENTA, o ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, afirmou ter deixado o governo municipal, no final de 2004, com o caixa em plenas condições de honrar as dívidas com os precatórios judiciais. Segundo JR, estava tudo negociado com os credores e as dívidas que se avolumaram posteriormente seriam culpa do descontrole dos dois prefeitos que vieram depois: Valderico Reis e Newton Lima.

Neste fim de semana, quem falou sobre o assunto foi o também ex-prefeito Antônio Olímpio. Em entrevista publicada no jornal Agora e reproduzida no site Cia da Notícia, AO atribui a responsabilidade pela avalanche de precatórios exatamente a Jabes e ao já falecido ex-prefeito João Lírio.

Segundo AO, os dois “ex” assumiram débitos além da conta e sempre optaram pela contratação de pequenas empreiteiras, que não faziam jus aos débitos trabalhistas com INSS e FGTS. O resultado teria sido que o município, na condição de solidariamente responsável por tais obrigações, acabou ficando com o “pepino”.

AO, que hoje está na presidência da Fundação Universidade Livre do Mar e da Mata (Maramata) e, portanto, dentro do governo Newton Lima, foi a única voz do governo a defender o prefeito do ataque jabista.

12 respostas para “QUEM TEM CULPA NO “CARTÓRIO”?”

  • PEDRO PAULO says:

    OS DOIS SÃO CULPADOS DAS POLÍTICAS DESASTRADAS QUE VEM SE ALTERNANDO NA PREFEITURA DE ILHÉUS.JABES,AO, VALDERICO E NEWTON.
    GESTORES MEDÍOCRES,FAZEM A POLÍTICA DO É DANDO QUE SE RECEBE,TRANSFORMARAM A PREFEITURA NUM BALCÃO DE NEGÓCIOS BENEFICIANDO OS AMIGOS E OS APADRINHADOS QUEBRADOS.
    JABES ANDA DIZENDO QUE SE ELEITO, VAI DAR UMA VASSOURADA, É BOM ELE PASSAR A VASSOURA NO PRÓPRIO CORPO COM UM BALDE DE ÓLEO DE PERÓBA, NELE E NOS AMIGOS QUE SE LOCUPLETAM NOS CARGOS PÚBLICOS.
    QUANTO A AO DEVE SAIR DE FININHO, SÓ ESTÁ NA MARAMATA DANDO AULA DE CULINÁRIA PORQUE O FILHO PRESSIONA O PREFEITO PARA MANTÊ-LO NO CARGO.
    NÓS ILHEENSES TEMOS QUE NOS LIVRAR DESSE ENCOSTOS URGENTE. VAMOS PENSAR BEM NA HORA DE VOTAR EM 2012.

  • Dr. Rombudo says:

    Segundo a Sócio Estatística, o governo de A.O. não foi tão gatinho assim.
    http://www.socio-estatistica.com.br/balanco.htm

  • hans killer says:

    Muito bem colocado as duas entrevistas, so assim temos condiçoes de avaliar os dois politicos. Agora estou aguardando a replica de JR.

  • nete says:

    SO NO GOVERNO DE NEWTON BONECA PINOQUIO TEVE VEZ. QUEM PODE DIZER A VERDADE É LARANJEIRA(PROCURADOR DO MUNICIPIO,NA EPOCA). NO MAIS É CONVERSA DE PESCADOR……

  • Santo do pau oco says:

    Todo mundo agora é santo, como o povo tem mente curta, basta lembar como foi que ficou a nossa cidade na úlitma gestão do senhor Jabes Ribeiro. Como dizia meu pai santo do pau oco.

  • Foi no governo de AO, que os precatórios comecaram a explodir na PMI de Ilhéus.AO demitiu funcionários que tinha estabilidade de emprego gerando com essas demissões ações na Justiça do Trabalho e indenizações milionárias.No segundo governo de Jabes Ribeiro, a divída com os precatórios a PMI não tinha condições de honrar os pagamentos.O jurídico da PMI, advogado Dr.Djalma Eutímio(falecido) conseguiu na justiça no trabalho reduzir a divída trabalhista em mais de 50% em parcelas que o município pudesse honrar os pagamentos dos precatórios.JR a frente do Executivo, honrou e cumpriu os pagamentos dos precatórios, INSS,FGTS,PIS,empréstimos bancários,esteve em dia com os pagamentos até deixar o governo em 2005, quando assumiu Valderico Reis, que cassado o mandato assume o vice Newton Lima, que deixou de honrar os pagamentos e parcelas dos precatórios.Hoje o municipio encontra-se inadiplente junto a União, deixando de receber verbas que bem poderia aliviar a situação financeira do municipio.A verdade tem que ser dita, AO,Valderico,Newton Lima, são os verdadeiros responsável pela grande divída dos precátorios,pela inadiplência do Municipio.O próximo prefeito eleito em 2012, vai ter que renociar as divídas, deixadas da herança dos ex-prefeitos AO,Valderico, Newton Lima.
    AO, Jabes teve erros e acertos em seus Três mandatos a frente do governo municipal, acertou mais que errou e pelos erros ele assume o que lhe couber, só não vai assumir os erros deixados por outros governos.Cada uma que pegue sua rodilha coloque na cabeça e carregue o pote.

  • Eu Sei... says:

    Olha! eu tenho precatório em Ilhéus, o meu é exatamente de 1996 eles surgiram por 2 motivos: 1º – Perseguição politica de alguns prefeitos com seus servidores por acharem que alguns deles estariam lhe prejudicando, então reduziam salarios, tiravam vantagens, etc… 2 º – Por não aplicarem percentuais de reajustes aprovados no Plano de Cargos e Salarios por João Lyrio. O meu foi com AO e se enquadra no 2 º caso, mas Jabes é culpado por que não firmou acordo com os credores que lhe procuraram a época lhe propondo acordos com descontos de até 50% dos creditos, tendo o saldo parcelado em contra-cheque, o mesmo regeitou o acordo de imediato porque até então (naquela época), ninguem jamais tinha recebido um precatorio então ele tomou a decisão, olha ai o resultado…Agora outros novos precatorios surgem também por desrespeito as leis trabalhistas (CLT) além dos velhos motivos que iniciam essa postagem, então vcs decidem que é, ou quem são os culpados…

  • José Vidal says:

    Um ditado popular resume esta questão:

    ‘UM TORTO FALANDO DOS ALEIJADOS”.

    José Vidal

  • Victor Ramalho says:

    AO é mesmo um cara de pau. Todos sabem, e os documentos comprovam, que os precatórios foram formados no desgoverno de Antonio Olímpio, que deixou quase que a totalidade de ações corressem à revelia. Jabes teve um enorme trabalho em negociar com a Justiça, e até o último dia do seu mandato as contas estavam em dia. Valderico e Newton dessarumaram tudo, e por isso a cidade está nesse caos.

  • Ilheense says:

    Pimenta:

    Eu estou começando a ficar com medo.
    Antonio Olimpio está escrevendo artigos para o R2CPRES, deu entrevista a BLOG, anda sorridente pelas ruas de Ilhéus.

    Será que vai ser candidadto a Prefeito outra vez.

    Era só o que faltava. Já pensou uma disputa entre Jabes e Antonio Olimpio nas próximas eleições.

    Será que Ilhéus merece isto?

    Ilhéense

  • Ricardo Seixas says:

    O ser humano é de qualquer modo digno de pena. Olhando a cara desses micróbios, sanguessugas, me entristeço com a falta de pespectiva eleitoral.

    Esses homens fazem parte de uma escória que se aproveita de todos os vícios que o nosso sistema político criou, e acrescentam ao repertório a desonestidade e incompetência

  • Servidor Público says:

    Seu Pimenta,
    Desculpe-me, mas eu tenho que falar. Eu não sou eleitor de nenhum dos dois, embora já tenha votado em ambos. São os dois caras de pau. Todos dois fizeram bem e muito mau à cidade de Ilhéus. A questão aqui é para ver quem é o pior, e, com certesa o pior é o Jabes. Como disse um comentário acima, o povo parece que tem memória curta, este Jabes Ribeiro foi o que mais danificou as finanças da prefeitura.
    No governo de João Lyrio era a turma do Jabes quem comandava, ou não se lembram disso? Deixaram os cofres arrasados, no ano de 1992 a cidade estava o caus, lixo espalhados por toda a cidade, muitas invasões em áreas de risco e à manguezais, a prefeitura devendo a empreiteiros e fornecedores além de dever também aos funcionários. Quem não se lembra da campanha milionária que o prefeito João Lyrio fez para eleger Jabes Ribeiro a deputado federal em 1990? Pois é!
    Também não quero defender AO que teve um governo desastroso, de perseguições e outras coisas, porém, devo dizer-lhe que a arrecadação do município baixou drasticamente nesse período. Para se ter uma idéia, no ano de 1996 a média da arrecadação da prefeitura era de mais ou menos dois milhões e trezentos mil reais quando tinha uma folha de pagamento de um milhão e novecentos mil reais. Essa baixa na arrecadação foi geral para quase todas as prefeituras do Brasil, inclusive em Itabuna, Salvador e tantas outras mais por aí a fora que ficaram devendo vários meses de salários aos funcionários.
    Jabes reassumiu em 1997 com muita dificuldade, é verdade. Mas no mesmo ano de 97 ele fez uma promoção de desconto 50% no IPTU que arrecadou muito dinheiro onde gastou boa parte no carnaval e ainda no final deste mesmo ano o governo de FHC criou o Fundef que passou a assumir a folha da educação aproximada em um milhão de reais. O ano de 1998 começou muito bem para as prefeituras, principalmente para a prefeitura de Ilhéus que criou também a Tipi (tacha de iluminação pública). Daí para frente a receita só subiu e os funcionários colocando a prefeitura na justiça, pois, mesmo a prefeitura podendo pagar os salários atrasados não pagavam e nem promovia os funcionários no Plano de Cargos e Salários. E os funcionários colocando na justiça. Como AO não pode fazer o dever de casa e Jabes não quis fazer embora estivesse em condições, a justiça o fez. Quem paga o pato é quem está agora na administração e o povo em geral. Eu mesmo recebi a cinco anos atrás dois meses de salários atrasados de 1996 pela justiça. Recebi quinze vezes mais acima do que me deviam. Tenho vários colegas que estão ganhando entre quatro e seis mil reais, quando deveriam estar ganhando dois mil e quietos. E assim a folha vai subindo cada dia mais porque a justiça está fazendo justiça.
    Olha seu Pimenta são tantas coisas que eu não me esqueci, que se fosse colocar tudo aqui de AO e Jabes, seriam várias páginas…

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia