WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
academia vip


jamile_yamaha

sintesi17

agosto 2011
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias


:: 12/ago/2011 . 22:57

LEÃO DÁ CHOCOLATE NO AMERICANA

O Vitória obteve o segundo triunfo consecutivo na Série B, há pouco, diante do Americana-SP, em jogo disputado em Salvador. O time abriu o placar logo no início do jogo, permitiu o empate por duas vezes, mas fechou a conta em 5 a 2. Um chocolate.

Fábio Santos abriu o placar no Barradão, aos 6 minutos, quando recebeu livre na entrada da área, e fuzilou. Nem deu para comemorar. Aos 10 minutos, Charles empatou.

Léo Fortunato aproveitou sobra de bola e mandou para o fundo da rede: 2 a 1. Magal empatou a partida aos 7min do segundo tempo.  O desempate do Vitória veio aos 14 minutos em cobrança de pênalti, com Lúcio Flávio, que saiu de campo aplaudido pela torcida.

Já no finalzinho do jogo, o rubro-negro fez mais dois gols. Aos 46, Neto Coruja mandou para a área e Marquinhos fez 4 a 2. O último gol foi marcado por Geraldo, que recebeu bola de Marquinhos em belo toque de letra. 5 a 2. Confira os gols:

O rubro-negro baiano subiu para a sexta colocação com o resultado obtido hoje, provisoriamente. O Vitória voltará a campo na próxima terça, às 19h30min, contra o Criciúma, em Santa Catarina. O Americana, em casa, enfrentará o Sport.

MAIS UMA MULHER NA DISPUTA PELA REITORIA

Depois da vice-reitora Adélia Pinheiro, mais uma mulher se dispõe a entrar na disputa pela reitoria da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Nesta sexta-feira, 12, um grupo de professores se reuniu com o objetivo de discutir uma proposta que contemple “melhoria do ensino, descentralização e desburocratização da gestão, fortalecimento da pesquisa e ações de extensão mais próximas das demandas regionais”.

Esse grupo se contrapõe ao atual comando da Uesc e deve apresentar o nome da professora Mayana Brandão para reitora.

A eleição está programada para o final de novembro.

CONFERÊNCIA APROVA ESTADUALIZAÇÃO DO HOSPITAL DE BASE

Moções de repúdio contra Santana e vereador
também foram aprovadas na plenária

Conferência reuniu autoridades e centenas de pessoas (Foto Divulgação).

Os participantes da conferência municipal da Saúde aprovaram, por ampla maioria, a proposta de estadualização do Hospital de Base de Itabuna e moções de repúdio contra o vereador Raimundo Pólvora (PPS) e o deputado estadual Coronel Santana (PTN).

A conferência foi encerrada há pouco e contou com a participação de aproximadamente 900 pessoas dos vários setores da saúde, desde usuários a trabalhadores, prestadores de serviço e governo municipal.

A proposta de estadualização foi aprovada por contraste, mas tendo a anuência de aproximadamente 80% dos conferencistas. Em resumo, significa que o município está autorizado a repassar para o governo do Estado a gestão do Hospital de Base de Itabuna.

A conferência também escolheu 16 delegados de Itabuna para a edição estadual, que ocorrerá ao final de setembro, em Salvador. As propostas aqui aprovadas serão levadas para a capital baiana.

MOÇÕES DE REPÚDIO

Os conferencistas repudiaram o uso político das cotas de exames as quais o município tem direito. Grande parte da cota, segundo os participantes da conferência – e isso consta em ata, é destinada para o vereador Raimundo Pólvora (PPS).

Ele, além de destiná-las aos seus eleitores, ainda possui uma alta funcionária dentro do setor de regulação, chamada de Márcia Beleza. O exame que falta ao cidadão comum, sobra para o vereador fazer política. O secretário de Saúde, Geraldo Magela, tentou demover os conferencistas, mas não teve jeito.

Outra moção de repúdio foi contra o deputado estadual Coronel Santana, que sugeriu a dissolução do Conselho Municipal de Saúde. E aqui, uma observação: de um público de 900 pessoas, apenas três foram contra a moção. Santana passou a trabalhar contra o conselho desde a nomeação da irmã, Gylnai Santana, como presidente da entidade mantenedora do Hospital de Base de Itabuna. A conferência foi promovida pela Secretaria de Saúde de Itabuna e o Conselho Municipal de Saúde.

DENÚNCIA-BOMBA VIROU “TRAQUE”

Outra derrota do deputado estadual Coronel Santana foi a tentativa de uso político do repasse de R$ 8,7 milhões da Sesab ao hospital de olhos Rui Cunha (Day Horc). Conferencistas lembram que o contrato não é relativo apenas a Itabuna, mas ao estado. O hospital de olhos possui unidades em Itabuna, Salvador e Eunápolis, além de ter sido vencedor de licitação para realizar exames e cirurgias no programa Saúde em Movimento, de abrangência estadual.

Aparentemente, o tiro de Santana saiu pela culatra quando quis induzir o povo a acreditar que o valor se referia a atendimentos feitos em Itabuna.

PR ADERE AO GOVERNO AZEVEDO

O PR do vereador Roberto de Souza finalmente acertou a entrada na base de apoio ao governo do prefeito Capitão Azevedo. O partido acumulará, pelo menos, o comando da articulação política e a presidência da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC). Roberto de Souza deve continuar na Câmara, mas terá direito a indicar cargos de segundo e terceiro escalões, de acordo com a negociação que vem desde maio último. E já por conta destas negociações, o presidente da FICC, Cyro de Mattos, teve a cabeça “degolada” por Azevedo.

SANTANA ACUSA CLÍNICA DE RECEBER BOLADA

Em meio às discussões travadas nesta sexta-feira, 12, na audiência pública da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa em Itabuna, coube ao deputado estadual Gilberto Santana (PTN) detonar a esperada “bomba”.

De acordo Santana, os recursos que faltam ao Hospital de Base, Cemepi e Maternidade Ester Gomes, sobram no hospital de olhos Day Horc, do médico Rui Cunha. O deputado informou que, num período de 68 dias, a clínica oftalmológica recebeu R$ 8,7 milhões do SUS.

Além de classificar o valor como exorbitante, Santana foi pra cima do Conselho Municipal de Saúde. Segundo ele, o órgão tem sido omisso com na fiscalização dos repasses do SUS em Itabuna.

MULHER SUSPEITA DE MATAR A PRÓPRIA SOGRA

Ela havia ameaçado matar algum parente do marido, caso ele não voltasse para casa

A polícia de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, prendeu nesta sexta-feira, 12, Dine Rocha Santos, conhecida como “Sil”, de 42 anos. Ela é supeita de assassinar a golpes de faca a própria sogra, Ana Geralda Matos Souza, de 66.

O titular da segunda Delegacia Territorial, Neuberto Costa, conta que a suspeita fora abandonada pelo marido e ficou revoltada com a situação. Como forma de vingança, “Sil” passou a ameaçar tirar a vida de algum parente de seu companheiro, caso ele não retornasse para casa.

O homem não voltou e, no dia 20 de junho, Ana Geralda foi brutalmente assassinada quando se encontrava sozinha em casa. Segundo a polícia, foi a nora quem cometeu o crime e, logo depois, fugiu para uma fazenda na zona rural de Vitória da Conquista.

A suspeita foi presa hoje em consequência do cumprimento de um mandado de prisão expedido pela justiça. Dine Rocha Santos, a “Sil”, foi levada para o presídio Nilton Gonçalves e será processada por homicídio qualificado. Caso seja condenada, poderá pegar até 30 anos.

ILHEENSE NA COPA BRASIL DE TAEKWONDO

O ilheense Guilherme Sampaio Santos, de 20 anos, representará a cidade sul-baiana na Copa Brasil de Taekwondo, que será disputada neste fim de semana, em Fortaleza (CE). A competição reúne os principais nomes do país nessa arte marcial.

Guilherme desponta como revelação do Taekwondo no país. Em julho, ele terminou na terceira colocação no campeonato brasileiro da modalidade, que foi disputado em Rondônia. O atleta lutou dentro da categoria sub-21.

ESCÂNDALO: AZEVEDO DECRETA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA POR CAUSA “DAS FORTES CHUVAS”

Do Agora na Rede

Itabuna está sob decreto de Situação de Emergência. O prefeito Capitão Azevedo justificou a medida afirmando que esta foi provocada “por enxurradas e inundações bruscas”. Está lá, no decreto 9.470, de 08 de agosto de 2011. O prazo da situação de emergência é de 90 (noventa) dias, prorrogável por mais 90 (noventa) dias, caso se faça necessário.

O problema é a chuva. Aliás, a falta de chuva. Não se tem notícias de chuvas torrenciais nesse mês. Aliás, no sábado (6), a região enfrentou um dia típico de inverno. Chuva fina, durante todo o dia. Nada tão torrencial que motivasse um decreto de Situação de Emergência.

Esse decreto cheira, na verdade, a manobra para conseguir uma folga no orçamento, já que dá direito a celebrar convênios, fazer compras sem licitação e pegar dinheiro no Ministério da Integração Nacional e outros órgãos do Estado e da União.

A prática não é inédita, mas sempre funciona.

Confira o “decreto-trambique” aqui

TRIBUNAL CONCEDE LIBERDADE A COLBERT

Do G1

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região concedeu nesta sexta-feira (12) habeas corpus ao secretário nacional de Programas e Desenvolvimento do Turismo e ex-deputado pelo PMDB, Colbert Martins.

Colbert foi um dos 36 presos pela Polícia Federal na Operação Voucher, que investiga desvio de verbas com o suposto envolvimento de servidores e integrantes da cúpula do Ministério do Turismo, além de entidades privadas que firmaram convênios com o ministério. Ele foi preso em São Paulo e transferido para superintendência da PF em Macapá (AP), onde a investigação é sediada.

A defesa de Colbert Martins ingressou com pedido de liberade nesta quarta-feira (10). Nesta terça, a Operação Voucher da Polícia Federal prendeu 36 pessoas em Brasília, São Paulo e Macapá, suspeitas de desvio de recursos no Ministério do Turismo. Após a prisão, ele foi transferido para o Amapá, onde prestou depoimento e permanece detido.

O advogado de Martins, Thiago Machado, afirmou que a decisão do TRF-1 será encaminhada ao juiz responsável pelo caso, em Macapá, que vai expedir o alvará de soltura. A defesa ainda não tem estimativa de quanto tempo deve levar esse processo até que o secretário seja libertado.

DEM PERDE MAIS UM PREFEITO

O DEM sofreu mais uma baixa na Bahia. A prefeita de Camacan, Ângela Castro, arrumou malas e bagagens e desembarcará no PP, levada pelo deputado federal Luiz Argôlo. Ângela chegou à prefeitura de Camacan não apenas pelo DEM, como ainda contou com o apoio do ex-governador Paulo Souto.

Sinalizando a mudança, a prefeita participa do Congresso Nacional do PP, que reúne a alta cúpula progressista na capital baiana. Uma das últimas baixas do DEM na Bahia foi o prefeito de Feira de Santana, Tarcízio Pimenta. Outras perdas para os democratas são esperadas até o final de setembro, quando acaba o prazo para filiação ou troca de legendas para aqueles que pretendem disputar cargo eletivo em 2012.

NADA MAIS QUE OBA-OBA

Pelo teor das discussões travadas na manhã desta sexta-feira, 12, em Itabuna, na audiência da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, a cidade está muito longe de encontrar uma solução para os problemas na gestão do SUS. Como esperado, ficou evidente que o embate político, focado nas eleições do próximo ano, supera a noção de urgência que a demanda exige. Uma claque, contratada – ao que parece – pela prefeitura, sabotava as discussões toda vez que alguém se posicionava pela estadualização do Hospital de Base de Itabuna ou fazia críticas à gestão da atenção básica.

O certo é que cada vez mais há um distanciamento entre os polos que poderiam resolver a questão do Hospital de Base e da gestão da Saúde em Itabuna, cada um querendo manter ou retomar o seu naco de poder e gestão sobre a grana do SUS. Vergonhoso!

DURVAL, ALELUIA E A CPI

Marco Wense

Ninguém, aí incluindo o próprio Aleluia, ousava desafiar as ordens do chefe ACM.

O senador João Durval, eleito pelo PDT do saudoso Leonel Brizola, não pode ser crucificado pelo fato de ter retirado sua assinatura do requerimento de criação da CPI dos Transportes.

Se a presidente Dilma Rousseff estivesse tratando com desdém os sucessivos escândalos que tomam conta da República, o recuo de Durval seria imperdoável.

A maior autoridade do país está sendo implacável com os abutres do dinheiro público. Não é à toa que a aprovação ao governo tem 50% de ótimo e bom.

A impunidade, sem dúvida o maior câncer da administração pública, não pode ser alimentada pelo pretexto da governabilidade, pelo medo de perder a maioria parlamentar nas duas Casas do Congresso Nacional.

Ao fazer o jogo da oposição, o ex-governador da Bahia foi politicamente ingênuo. Qualquer oposicionismo, seja do PT, PSDB ou outra legenda, é adepto do quanto pior, melhor.

O estranho da história, até certo ponto hilariante, é José Carlos Aleluia, presidente estadual do Democratas (DEM), ficar indignado com o “servilismo” do senador Durval.

Aleluia esquece dos tempos do “manda quem pode, obedece quem tem juízo”, quando o carlismo dominava a política da Bahia na base do mandonismo e do chicote.

Aleluia sabe que o “servilismo” e a subserviência foram marcas registradas do carlismo. Ninguém, aí incluindo o próprio Aleluia, ousava desafiar as ordens do chefe ACM.

O destempero emocional de ACM com os subordinados, como bem disse o jornalista Samuel Celestino, “ia do desrespeito total e público ao tratamento às vezes carinhoso que não supria os ataques pessoais, invadindo o campo familiar do auxiliar ou até do aliado”.

No então governo FHC, os governistas do PFL, hoje democratas, se recusaram a assinar o pedido de instalação de uma CPI para apurar as denúncias de corrupção nas privatizações.

Depois, no mesmo governo tucano, estourou outro escândalo envolvendo a PEC da Reeleição, que terminou permitindo o segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso. Nada de CPI.

Na época, os jornais, inclusive os grandes de São Paulo, falavam em R$ 200 mil para cada voto de deputado e senador a favor da Proposta de Emenda Constitucional, a famosa PEC da Reeleição.

O discurso da moralidade da coisa pública, quando protagonizado por políticos que no passado eram contra a qualquer Comissão Parlamentar de Inquérito, não tem consistência e, muito menos, credibilidade.

PS – Ironicamente, o deputado Rubens Bueno, do PPS do Paraná, foi o que melhor definiu as sucessivas denúncias de corrupção no governo Dilma: “Parece saco de caranguejo. Você puxa um e vem outro grudado”.

O VICE DE AZEVEDO

O nome do candidato a vice na chapa encabeçada pelo prefeito Azevedo, que legitimamente busca sua reeleição, já faz parte das conversas entre os democratas (DEM).

O PMDB é o plano A não só do azevismo como do geraldismo. As duas correntes estão de olho no tempo da legenda no horário eleitoral destinado aos partidos políticos.

O PT tem outra preocupação: afastar qualquer possibilidade de coligação do PMDB com o PCdoB. A opinião de que os comunistas só terão candidatura própria com o apoio do PMDB é unânime entre os petistas.

O plano B do DEM é o PSDB do deputado estadual Augusto Castro. O jornalista José Adervan, presidente do diretório municipal, é o nome mais cotado do tucanato.

Falhando os planos A e B, vem o C com Marilene Duarte, a Leninha da Auto-Escola Regional, até agora a mais ilustre filiada do MSP (Movimento dos Sem Partidos).

CHUVA: AEROPORTO DE ILHÉUS ESTÁ FECHADO

O Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus está fechado nesta sexta-feira, 12, devido à chuva que cai desde o início da manhã. De acordo com a Infraero, uma frente fria provocou a suspensão das atividades por tempo indeterminado. Nenhum avião decolou nem pousou no aeroporto durante esta manhã.

A Infraero informou que três voos não puderam pousar em Ilhéus e foram encaminhados para Salvador. Alguns passageiros que esperavam para embarcar no Aeroporto Jorge Amado foram encaminhados para hotéis da cidade.

O aeroporto chegou a ser aberto por volta das 11h50, mas voltou a fechar ao meio-dia. Não há previsão para que o funcionamento volte ao normal.

Informações da TV Santa Cruz

CORRUPÇÃO NO TRANSPORTE ESCOLAR EM ILHÉUS: NEWTON DIZ QUE INICIOU INVESTIGAÇÕES

O prefeito de Ilhéus, Newton Lima, assina nota em que afirma ter tomado a iniciativa de investigar supostas irregularidades envolvendo a contratação de serviço de transporte escolar. O caso é cabeludo e está na mira do Ministério Público, que entrou com uma ação civil pública contra uma armação que provocou o desvio de R$ 336 mil dos cofres do município (leia aqui).

O próprio Newton, que agora se arvora de investigador, é apontado como um dos envolvidos no esquema. Os outros seriam o ex-secretário da Educação, Sebastião Maciel, e os empresários Sérgio Teles (ST Transportes) e Jameson de Souza, e a empresa GR Construções e Terraplenagem.

Na tentativa de sair das cordas, o prefeito alega que ele mesmo mandou apurar o mal-feito por meio da portaria 032/2011. Esta designou, no dia 15 de julho, uma “Comissão de Inquérito Administrativo para apuração das irregularidades”.

Pelo que corre na cidade, a empresa ST Transportes tem fortes ligações com o vereador Jailson Nascimento, apesar de oficialmente pertencer a Sérgio Teles de Oliveira.

MORRERAM AO TENTAR LIGAÇÃO DE CELULAR

Do Correio:

Um casal morreu eletrocutado na tarde de quinta-feira,11, na comunidade de Santa Maria Eterna, no município de Belmonte, no sul da Bahia. Elizabete Bispo dos Santos, 30 anos, e Diego Medina Silva, 22, teriam morrido após tentar fazer com que o aparelho celular ficasse com sinal através de uma antena de televisão, de acordo com informações da polícia.

Segundo agente da delegacia da cidade, a prática é comum na região. Moradores usam antenas externas para conseguirem comunicação via telefone móvel, devido a distância das estações de rádio, que interfere na qualidade do sinal dos celulares.

Elizabete estava com o celular na mão, enquanto o marido tentava melhorar o sinal. Um dos bastões da antena acabou pegando em um fio de alta tensão. Diego teve uma descarga elétrica e morreu. A esposa dele, que segurava o aparelho conectado ao cabo da antena, também recebeu o choque e não resistiu. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML).

CEPLAQUEANOS SE ARTICULAM PARA QUE PROJETOS SEJAM VOTADOS LOGO

Representantes dos servidores da Ceplac estiveram nesta quinta-feira (11) em audiência com o líder do Governo na Câmara, Cândido Vacarezza, acompanhados pelo deputado Geraldo Simões. O grupo foi discutir com o líder o encaminhamento do projeto de lei a tramitar no Congresso Nacional que trata da correção das distorções salariais dos servidores do órgão federal e da proposta de revitalização do órgão.

Cândido Vacarezza afirmou que após o encaminhamento do projeto de lei pelo executivo envidará esforços para que “a tramitação do mesmo se dê no menor espaço de tempo possível”, por reconhecer que é um pleito justo.

O grupo se reuniu mais cedo com o secretário de Relações do Trabalho, do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva, junto com o deputado Josias Gomes. Duvanier disse que o projeto está entre as prioridades da pasta.

Na foto abaixo, aparecem da esquerda para a direita Brasilino Correa, representante dos ceplaqueanos do Pará; Silvio Roberto, diretor de imprensa do Sintsef; Cândido Vacarezza, líder do Governo; Geraldo Simões, deputado federal; e Carlos Calazans, representante dos ceplaqueanos da Bahia.

BATE-BOCA NA UTI

A via-crúcis da saúde pública em Itabuna terá mais um capítulo nesta sexta-feira, 12, quando os deputados da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa estarão na cidade para participar de uma audiência pública. Até o momento, o foco político tem prevalecido no debate, mas aqui não estamos nos referindo à política em seu melhor sentido, que é o de  almejar e trabalhar pelo bem da coletividade.

Ultrapassa as raias da irresponsabilidade um nível de discussão em que representantes de Estado e Município só faltam calçar luvas de boxe, enquanto nas unidades de saúde faltam outras luvas, esparadrapo, gaze e equipamentos essenciais. Ao mesmo tempo em que figuras investidas na posição de autoridades trocam farpas, seres humanos morrem num Hospital de Base em precárias condições de funcionamento.

Certa vez, ocorreu um acidente grave com funcionários de uma poderosa multinacional e logo veio a artilharia contra a empresa, acusada de ser a responsável pelo fato ocorrido. Diante da pressão, um executivo da companhia afirmou que aquele não era o momento de se discutir culpa, mas sim de atender e suprir as necessidades das pessoas atingidas.

Em Itabuna, faz-se exatamente o contrário. A opção aqui tem sido politizar da maneira mais vergonhosa, mesquinha e cruel possível uma questão em que o socorro às “pessoas atingidas” se faz urgente. Não achamos que as responsabilidades devam ser ignoradas, muito pelo contrário. Contudo, não é aceitável permitir o sofrimento diante de mortes que poderiam ser evitadas, caso o hospital funcionasse em condições decentes.

Resolvido o primeiro problema, que é atender às necessidades dos seres humanos, as autoridades têm sim que discutir o melhor modelo para a gestão do hospital, investigar desvios e ilícitos, e punir criminosos que se locupletam em uma estrutura feita para salvar vidas. Nesse ponto, as instituições podem e devem cumprir o seu papel, o que inclui o Ministério Público, que tem permanecido num espantoso afastamento e mutismo, quando a saúde pública em Itabuna beira a calamidade.

Nesta sexta, os deputados estaduais discutem o assunto em Itabuna. Um deles, o Coronel Gilberto Santana, indicou há pouco a irmã para o Hospital de Base, no que até o momento se resume sua contribuição. Ele e os demais podem fazer algo mais ou o que se verá nesta audiência vai ser apenas mais do mesmo, as velhas trocas de acusações, poses para jornal, releases que nada dizem e nenhuma solução?

Os pacientes esperam para ver… Nem todos, é verdade. Muitos morrerão antes.

alba



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia