WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
beergarden


jamile_yamaha

sintesi17

agosto 2011
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias


:: 20/ago/2011 . 21:01

AH, SIM!!!

Leitor do PIMENTA ficou atônito com as notícias que pipocam nos últimos dias no campo político em Itabuna. Interessou-se, especialmente, pela hsitória da união entre o vereador Roberto de Souza (PR) e o prefeito Capitão Azevedo (DEM), adversários ferrenhos nos dois primeiros anos de Governo Azevedo. Souza reúne farta munição capaz de detonar a gestão do alcaide. Por isso, o espanto. “Gostaria de entender melhor essa história e, apenas por curiosidade, fui ao “Pai dos Burros”, mais precisamente ao iDicionário Aulete”, afirma “Bocão”.

E para desvendar melhor a história, o astuto leitor quis entender melhor o significado da palavra corrupção e diz ter ficado surpreso com o que descobriu com a ajuda do velho Caldas Aulete:

– Digitei a palavra CORRUPÇÃO. Fiquei surpreso com a definição: “Ato ou efeito de subornar, vender e comprar vantagens, desviar recursos, fraudar, furtar em benefício próprio e em prejuízo do Estado ou do bem público; ALICIAÇÃO”. Agora entendi.

Esse Bocão…

GERALDO EXPLICARÁ (OU NÃO!) ALIANÇA COM FG

O deputado federal Geraldo Simões (PT) terá reunião com os colegas do diretório municipal neste domingo. Na pauta, dentre outros assuntos, explicará sua aliança com o ex-prefeito e ex-inimigo Fernando Gomes.

Geraldo, pelo que foi adiantado ao PIMENTA, irá negar a aliança política com Fernando. Dirá que apenas conversa com o ex-inimigo para que o estado não perca – de vez – a área e o investimento de R$ 3 milhões já feito na construção do Centro de Convenções e Teatro Municipal. Fernando deixa claro que, a qualquer momento, toma o terreno de volta se a obra completar os cinco anos paralisada.

Ainda na reunião, o comandante da nau petista itabunense terá de trabalhar pela reconciliação do professor Denelísio Nobre com a diretora da Direc  7, Miralva Moitinho. Antigo aliado da dirigente, Denelísio rompeu com Miralva por discordar dos métodos da presidente do PT.

Outro problema é que a professora meteu bola nas costas do companheiro de longas jornadas e vai investir pesado na candidatura do filho, Edmundo Moitinho, a uma vaga na Câmara. Ou seja, Denelísio, também pré-candidato a vereador,  sentiu-se traído.

E ROBERTO “FICOU”

Um linguarudo de plantão conta que o vereador itabunense Roberto de Souza andava impaciente com as negociações para ancorar de vez no porto governista. No meio das tratativas, ameaçava desistir, por achar inexpressivos os cargos que lhe eram oferecidos.

Segundo a fonte dessa história, Azevedo, para segurar o vereador, dizia sempre: “fique, Roberto, fique!”.

Foi nessa que Roberto ouviu o verbo, mas entendeu o cargo. E acabou indicando a esposa, Sandra de Souza, para a presidência da FICC (Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania).

A mulher ficou na FICC e o vereador ficou na base…

VITÓRIA CAI PARA 11º LUGAR

Do Correio

Virada no placar e apenas dois minutos para o fim. Era o Leão se reecontrando com o resultado positivo. Era… Nos minutos finais da partida contra o São Caetano, neste sábado (20), em Bragança Paulista, o Vitória cedeu o empate para os donos da casa, terminou a partida com o placar marcando 2 a 2 e volta para Salvador com apenas um ponto, depois de duas partidas fora de casa. Neto Baiano e Marquinhos marcaram para o time da Toca e Ricardo Xavier e Luciano Mandi fizeram pelo Azulão.

O Vitória termina a 18ª rodada uma posição abaixo da anterior. Com 24 pontos, o time ocupa a 11ª posição e está a quatro pontos do G-4. O São Caetano segue na zona de rebaixamento, com 20 pontos e a 18ª posição na tabela. Finalizando o primeiro turno, o Rubro-negro recebe o Asa no próximo sábado (27), no Barradão. O Azulão visita o Criciúma. Confira os gols, abaixo:

AZEVEDO GASTA EM MULTAS E JUROS O QUE PODERIA INVESTIR EM OBRAS

Fábio Lima pede instauração de inquérito civil público contra prefeito de Itabuna

O prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, vive se queixando da falta de recursos para administrar a cidade. Mas isso não faz com que a gestão municipal distribua com racionalidade os seus parcos recursos…

O problema aqui não está apenas no inchaço da folha com apadrinhados políticos, licitações superfaturadas e utilização de recursos públicos para fins privados (como no famoso desvio de materiais de construção do canteiro de obras da Prefeitura para uma construção particular na Ponta da Tulha).

Além de todas essas situações, chama atenção que o município tenha gastado, desde 2009, o valor de R$ 2.885.603,42 com o pagamento de juros e multas, o que decorre exclusivamente da inadimplência do governo. Bastaria honrar seus compromissos em dia para não ter que torrar essa fortuna de uma maneira absurda.

A derrama de dinheiro público levou o assessor parlamentar Fábio Carvalho Lima a oferecer representação contra o prefeito ao Ministério Público. No documento, Lima relaciona decisões anteriores do Tribunal de Contas dos Municípios, que condenam gestores por exorbitar no pagamento de juros e multas.

Em um Termo de Ocorrência, o conselheiro Paolo Marconi classificou a despesa decorrente da impontualidade como “prática danosa, que expõe a falta de planejamento administrativo e financeiro, e desacredita o ente público perante a comunidade, podendo inclusive configurar delito tipificado na legislação penal”.

Lima estranha a ausência de recursos para áreas essenciais, quando se gasta quantias significativas com juros e multas. “Dinheiro para pagar quase R$ 3 milhões de juros e multas ao INSS a Prefeitura tem, mas para manter os serviços de saúde pública, não”, observa.

Na representação, o assessor parlamentar sugere a instauração de inquérito civil público e apuração dos fatos nas esferas administrativa, civil e criminal.

AS IMAGENS DA SEMANA

O “CARA-DE-PAU”: Estelionatário aplica golpe em idosa de 87 anos.


A APOSTA NO FUTURO:
Finalmente o sul da Bahia terá universidade federal

O “MANO MENEZES” QUE DEU CERTO

Ney Franco, técnico da seleção Sub-20.

Ney Franco, a quem indicou para comandar o time sub-20, é uma exceção na lista de fracassos recentes das seleções administradas pela CBF –o Brasil não disputou nenhuma final dos últimos Mundiais de todas as categorias, tanto no masculino quanto no feminino.

Com Franco no comando, o Brasil decide hoje, às 22h, o Mundial da categoria, na Colômbia, contra Portugal. O Brasil, que perdeu a final da edição de 2009 para Gana, busca o pentacampeonato.

O eleito de Mano, que já havia tido sucesso antes em times grandes, como o Flamengo, foge do perfil de outros treinadores das categorias de base das seleções da CBF, quase todos iniciantes na profissão ou sem experiência com profissionais.

A atual equipe sub-20 está invicta no Mundial, com quatro vitórias, dois empates, 15 gols marcados e três sofridos. A final terá transmissão ao vivo pela Band, Sportv e Esporte Interativo. Com informações da Folha.

AS “PESQUISAS” E OS PREFEITURÁVEIS

Marco Wense

Ninguém duvida que a primeira posição seja do PT, com o deputado Geraldo Simões ou Juçara Feitosa.

O disse-me-disse das pesquisas de intenção de voto, cada vez mais intenso na medida em que o ano eleitoral (2012) se aproxima, vai continuar.

Os boateiros de plantão, de todas as agremiações partidárias, a maioria remunerada pelos respectivos pré-candidatos a prefeito de Itabuna, não perdem tempo.

Todo fim de semana, começando na sexta-feira, tem, no mínimo, quatro pesquisas sobre a sucessão municipal: fulano na frente, beltrano logo atrás, cicrano em terceiro e deltrano como último colocado.

Não há nenhum problema com o fulano. Ninguém duvida que a primeira posição seja do PT, com o deputado Geraldo Simões ou Juçara Feitosa.

Outro ponto inquestionável é a diferença entre fulano e beltrano. Quando fulano é Geraldo Simões, beltrano fica mais distante. Quando é Juçara Feitosa, o segundo colocado fica mais perto.

O pessoal do prefeito Azevedo espalha que o chefe do Executivo é o beltrano. Discordando dos azevistas, a turma de Fernando Gomes diz que a segunda colocação é do ex-alcaide.

Os meninos do PCdoB, agora com o reforço do ex-petista e ex-geraldista Carlinhos Cardoso, apostam que um deles – Sena, Wenceslau ou Davidson Magalhães – é o beltrano.

Marilene Duarte (a Leninha da Autoescola), o vereador Claudevane Leite (o Vane do Renascer) e Roberto Barbosa (o Roberto Minas Aço) seriam os “deltranos” da sucessão municipal. Os últimos da fila.

Somente uma pesquisa séria, registrada na justiça eleitoral, realizada por uma empresa de reconhecida credibilidade, pode acabar com o disse-me-disse inerente ao processo político.

Marco Wense é articulista da Contudo.

TROCA-TROCA NA POLÍTICA ILHEENSE

As nuvens da política estão se movimentando como nunca neste mês de agosto, a pouco mais de 30 dias para a filiação de quem pretende ser candidato nas próximas eleições. Algumas mudanças prometem “dar o que falar”…

Dono de uma das maiores audiências do rádio regional, Gil Gomes pretende colocar o nome à prova na sucessão do prefeito Newton Lima. Gil pertenceu durante anos ao grupo jabista, do qual está se desligando para filiar-se ao PSDB, após um convite que partiu do deputado estadual Augusto Castro.

A ida do radialista para o QG tucano é praticamente uma recomendação para que o vice-prefeito Mário Alexandre se retire o quanto antes do partido. A avaliação é de que Marão sempre ficou em cima do muro, seguindo a lição materna de acender vela para todos os santos (no sentido figurado, é claro, porque a família é evangélica). Por ser mais liso que quiabo ensaboado, o vice-prefeito tornou-se persona non grata até mesmo para os tradicionais muristas tucanos.

Outro que muda de partido nos próximos dias é o incansável Cacá Colchões. Atualmente no PR, com as bênçãos do ex-senador César Borges, Cacá muda para o PMDB com promessa de apoio firme de Geddel Vieira Lima. Borges, que apoiou a candidatura do quase ex-republicano a deputado estadual no ano passado, não está gostando nada dessa movimentação.

O troca-troca atingirá também o PT, de onde o suplente de vereador Rafael Benevides partirá em busca de sombra no PP de Jabes Ribeiro. Para os observadores do cenário político ilheense, isso significa que Cezar Benevides, o popular Cezar Cão, pai de Rafael e coordenador do serviço de limpeza pública de Ilhéus, volta a fazer parte do grupo jabista.

Assistindo a tanto sassarico, o ilheense fica com a certeza de que essa política é realmente um negócio “do cão”.

alba



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia