WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


agosto 2011
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias


:: 29/ago/2011 . 22:55

NOTA DE AGRADECIMENTO

A família de Ottoni José da Silva, ainda sensibilizada com o seu falecimento, ocorrido no último dia 22, vem a público agradecer a todas as manifestações de carinho e de conforto expressadas pessoalmente ou por meio de telegramas, cartas, telefonemas e outras manifestações.

Externa a sua mais profunda gratidão à equipe que o assistiu durante a enfermidade, à dedicação de médicos, enfermeiros, profissionais de saúde de todas as áreas envolvidas, à Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, à Maçonaria, ao Lions Clube, aos inúmeros amigos e personalidades da sociedade grapiúna.

Não podemos esquecer da gentileza e do extremado carinho com que Ottoni foi tratado pelos seus companheiros da imprensa através de generosos espaços dedicados a ele nos veículos de comunicação e aos tantos companheiros que se ocuparam desses espaços para cultuar a figura desse nosso ente querido.

Muito obrigada a Itabuna, muito obrigada aos amigos de todas as partes. As manifestações recebidas nos sensibilizam e confortam.

Eva Barreto Silva e família

DRAGON – O CASAMENTO DO SÉCULO

BARIÁTRICA: PREFEITURA TAMBÉM DEU CALOTE

A prefeitura de Itabuna bem que tentou tirar o corpinho de banda (relembre aqui), mas os médicos responsáveis pela realização de cirurgia bariátrica pelo SUS confirmaram à TV Santa Cruz que não apenas a Sesab, mas o município também deu calote.

Desde julho foram realizadas 28 cirurgias bariátricas, mas nenhuma foi honrada pela Sesab. Nem a prefeitura pagou pelos procedimentos do pré e pós-operatório.

A Sesab nega ter havido calote e diz que o pagamento pelas cirurgias (aproximadamente R$ 140 mil) está previsto para acontecer entre 10 e 15 de setembro. Já a prefeitura, somente pagará após concluir licitação voltada ao pré e pós-operatório.

As vítimas de obesidade mórbida planejam protestar contra o tratamento da prefeitura e Sesab na próxima semana, durante o Desfile do 7 de Setembro.

COM FERNANDO, NÃO!

A propósito da polêmica união Geraldo Simões-Fernando Gomes, a pré-candidata Juçara Feitosa avisou ao marido e a colegas de partido que não há possibilidade de aliança com o ex-prefeito de Itabuna e antigo inimigo político.

Geraldo Simões botou panos quentes na história porque não quer melar, agora, seus negócios (políticos!) com o ex-inimigo.

QUE ESCULHAMBAÇÃO É ESSA?

Segundo o blog “O Tabuleiro”, a Prefeitura de Ilhéus continua submetendo servidores a dificuldades e constrangimentos devido à apropriação indébita de valores que deveriam ser utilizados para cobrir descontos de empréstimos consignados. Outro hábito recorrente da Secretaria de Finanças do governo seria ainda o de não repassar o dinheiro abatido pela utilização do cartão de compras “Vale Mais”.

Tanto no caso dos consignados quanto no do cartão de compras, a Prefeitura é acusada de reter ilegalmente valores que são descontados dos contracheques dos funcionários.

O secretário Jorge Bahia foi procurado pelo blog para explicar essa situação, mas a reportagem não o localizou.

CORRETOR É EXECUTADO NO CENTRO DE ITABUNA

Dois homens numa moto assassinaram o corretor Juliano Marques, por volta das 15h30min, em um posto de combustível na avenida Inácio Tosta Filho, centro de Itabuna. Pelo menos cinco tiros foram deflagrados contra a vítima, dois deles na cabeça.

Uma ambulância do Samu 192 chegou ao local, mas o corretor já estava morto. A polícia não descarta que a execução esteja ligada ao comércio de carros roubados e “pokemons”.

TERCEIRA RODADA DO INTERBAIRROS

 

Quarenta e nove gols foram assinalados nas 13 partidas válidas pela terceira rodada do Campeonato Interbairros de Futebol de Itabuna. Os jogos aconteceram neste domingo, em sete bairros da cidade.

Os resultados da rodada foram: Jardim Vitória 1 x 2 Novo Jaçanã, Daniel Gomes 2 x 0 Novo Fonseca, Pedro Jerônimo 0 x 1 Fonseca, Vale do Sol 0 x 0 Zizo, Vila Zara 0 x 3 Pontalzinho, São Pedro 2 x 0 Conceição, Nova Califórnia 2 x 2 Parque Boa Vista, João Soares 4 x 1 Fátima, Santa Inês 9 x 1 Alto da Boa Vista, Antique 1 x 4 Califórnia, Corbiniano Freire 3 x 1 Emanoel Leão e São Lourenço 6 x 2 Novo Horizonte.

ÍNDIO ASSASSINADO EM ITAMARAJU

Do G1:

Um índio da tribo pataxó foi assassinado na noite de domingo (28), em um bar próximo à aldeia Trevo, do Parque Nacional Monte Pascoal, em Itamaraju, sul da Bahia. De acordo com a polícia, Ubaldo Ferreira da Conceição, de 28 anos, foi degolado a golpes de facão quando estava com os amigos. A polícia investiga o motivo do crime e diz que o nome do suspeito deve ser divulgado na tarde desta segunda-feira (29). Durante a manhã, cerca de 100 índios se reuniram em frente à delegacia para cobrar justiça.

BUZU ILEGAL IMPUGNOU CANDIDATURA NA ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR

Um ônibus que realizava o transporte de eleitores foi apreendido neste domingo, 28, quando ocorreu a eleição do Conselho Tutelar de Itabuna. Segundo a polícia, o veículo estava a serviço da candidata Sandra Rejane, que concorria com o número 248. A ação policial foi requisitada pelas promotoras Renata Barros e Renata Caldas Lazarani.

Dentro do veículo foram encontrados santinhos com o nome e número da candidata. Passageiros foram ouvidos pela polícia e confirmaram que iriam votar em Sandra Rejane.

QUAL O PROBLEMA DA POLÍTICA?

Valéria Ettinger | lelaettinger@hotmail.com

 

Os nossos políticos, ao serem alçados à condição de representantes, esquecem-se de que são procuradores de interesse alheio.

 

Meu primo Luiz Tinoco escreveu a seguinte frase no facebook: “o problema dos que não gostam de política, é que são governados pelos que gostam”. Mas Luizinho, será que o povo sabe o que é política?

Política no seu sentido lato é a busca do consenso como meio para viver harmonicamente em coletividade. Então, exercitamos a política em todos os segmentos de nossas vidas, por sermos seres sociais. E somos os responsáveis pela máquina que promove o consenso, tanto na condição de representantes quanto na de representados, que é o exercício pleno da democracia. Assim, política só existe no regime democrático.

Todavia, a sociedade aprendeu que a política foi feita para os políticos e só a eles foi dado a obrigação de exercê-la. Mas os nossos políticos, ao serem alçados à condição de representantes, esquecem-se de que são procuradores de interesse alheio e passam a utilizar a política para a realização de interesse próprio, bem como para a manutenção no poder. O distanciamento dos cidadãos da esfera pública fortalece a monopolização da política e os desmandos decorrentes dos acessos que ela proporciona.

A partir daí começa o jogo do vale tudo. Nada é proibido para manter-se invicto. Como alianças de supostos inimigos, benefícios, honras e dignidades aos mais fortes, promessas futuras e acessos facilitados. E o jogo da política deixa de ser a busca pela harmonia coletiva para transformar-se no melhor caminho para ter poder.

É triste saber que a política se transformou no meio mais sórdido do homem exercer o seu egoísmo e sua ambição, enquanto os destinatários da política ficam alijados dos seus direitos e impedidos de serem de fato os verdadeiros titulares do poder. O mais triste é ler a conclusão a que chegou o arquiteto Oscar Niemeyer: “Projetar Brasília para os políticos que vocês colocaram lá, foi como criar um lindo vaso de flores para vocês usarem como penico. Hoje eu vejo, tristemente, que Brasília nunca deveria ter sido projetada em forma de Avião e sim de Camburão…” Só discordo de uma coisa: o pronome deveria ser nós e não vocês, caro mestre.

Valéria Ettinger é professora universitária.

SIMÕES FILHO LEVA 3º MASTER DE HANDEBOL

Simões Filho (de verde) e Olímpicos recebem troféus pelo título e vice-campeonato (Foto Pimenta).

Simões Filho foi campeão do terceiro Torneio Master de Handebol de Itabuna, ontem, ao bater o Olímpicos, de Salvador, por 23 a 22. Disputada na Vila Olímpica, a competição reuniu ainda equipes de Itabuna, no masculino e feminino, e representante de Ibicaraí.

Itabuna, representado por atletas da seleção local, ficou com a terceira colocação ao vencer Ibicaraí, mas perder para os times finalistas. Os jogos ocorreram no sábado e no domingo e atraíram velhos e novos adeptos de um dos esportes de quadra mais praticados no Brasil.

Júvia, a homenageada, fala de quase 40 anos de handebol no sul da Bahia (Foto Pimenta).

A edição do Master deste ano prestou homenagem à professora Júvia Dantas, considerada a precursora do handebol no sul da Bahia e idealizadora da competição que atrai as melhores equipes masters da Bahia a Itabuna.

Júvia ficou emocionada com o sucesso do evento e a reunião de alunos das décadas de 80 e 90 para homenageá-la.

Eliana Santos, da coordenação do evento, ressaltou o nível da competição e que ideia pioneira servirá de referência no estado. “A partir do master de Itabuna, o primeiro da Bahia, a ideia começa a ser disseminada e Salvador também promoverá competição nesta categoria”, afirma. O torneio na capital baiana será realizado em 2012.

A edição deste ano teve o apoio do PIMENTA, Costha Fera, Grill a Kilo,Granja Cantagalo, Laticínios Boa Hora, Pro-recargas, Itapac, Digital News, Agora, Diário Bahia, TV Santa Cruz, TV Cabrália, Padaria Le&Gi, Panificadora Alternativa e Secretaria Municipal de Esporte. Clique no leia mais e confira lances da competição.

:: LEIA MAIS »

NO BRASIL, APENAS 8% DOS PRESOS VÃO À ESCOLA

Do Estadão

SÃO PAULO – Desde junho, os presos brasileiros têm direito a reduzir um dia da sua pena a cada três dias dedicados ao estudo. O objetivo é ajudar os detentos a conseguir emprego quando forem soltos e diminuir a reincidência, mas a medida corre risco de não sair do papel. Dos cerca de 500 mil presos no Brasil, apenas 8% estudam, segundo pesquisa inédita obtida pelo estadão.com.br. A demanda por ensino é muito maior – 64% dos presos não completaram o ensino fundamental – mas faltam recursos para levar as salas de aula para dentro dos presídios. Quem ganha com isso, segundo especialistas, é a escola do crime.

Leia mais

QUADRO DE RICARDO GOMES É GRAVE, MAS ESTÁVEL

Do G1

Pouco mais de oito horas após o término da cirurgia emergencial pela qual foi submetido, o quadro de Ricardo Gomes permanece o mesmo. O estado do técnico do Vasco é grave, mas estável. Ele segue internado em coma induzido na UTI do Hospital Pasteur, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e respira com auxílio de aparelhos. Ricardo está sendo reavaliado pela equipe médica para que se tenha uma posição mais concreta e sejam definidos os próximos passos.

PIMENTINHAS

Câmara de Vereadores fraquinha essa de Itabuna. Aliás, é até desperdício de vocábulo dizer o que todo mundo já sabe, mas tomem isso por um desabafo que este blogueiro não conseguiu conter. Não comparem a um flato inadvertido, com o perdão dos mais sensíveis, mas é que uma coisa puxa a outra e os assuntos parecem ter a mesma natureza… Se é que vocês me entendem…

Vemos aqui desta tribuna um legislativo apagado, amorfo, insosso, mas não inodoro… Porque cheira mal! E o cloro do vereador Clovis Loiola não ajuda a tornar o ambiente mais asséptico, até porque ele já proclamou que na Câmara falta cloro.

Também faltam trabalho, sensatez, correção e aquele negócio chato, mas importante, chamado liturgia do cargo. Nas sessões, alguns se comportam como se estivesse em casa (da Mãe Joana), no boteco, na feira… Tudo menos em uma Câmara Municipal, onde se esbanja dinheiro do povo para manter uma estrutura de produção quase nula. Aliás, caso recebessem pela produtividade legislativa, os vereadores teriam que arranjar urgentemente outro meio de vida.

A produção pela qual a maioria dos “edis” se notabiliza está no campo do fisiologismo. Aquele tão abertamente assumido pelo vereador Raimundo Pólvora, ao admitir certa vez que teria sido colocado de castigo pelo prefeito, porque se comportara mal em uma votação, mas logo seria reabilitado e teria seus cargos de volta. Confissão gravada, caso alguém possa duvidar…

Na relação do toma lá, dá cá, o vereador Roberto de Souza teve recentemente o passe adquirido por uma FICC, e o tucano Solon Pinheiro também espera algum cabide para “ficar”… Falam até em uma expectativa que ojovem tem de emplacar sua consorte no cargo de procuradora do município, o que materializa o novo grande projeto da vereança itabunense: “Rec orra ao erário e faça a patroa feliz”.
Tudo em nome da harmonia no lar.

 

***

 

Como diria aquele colunista social, causou frisson a montagem em que aparecem Geraldo Simões e Fernando Cuma como noivos, além de Azevedo como padrinho ou papagaio de pirata. Não tanto pela insinuação do casamento eleitoral, de fato cogitado nos encontros das alcovas políticas…

O que causou burburinho mesmo, sobretudo nas hostes cumistas, foi a opção do autor da montagem de escolher seu líder como a feliz noiva, de véu e grinalda. Eles veem na aparente brincadeira uma insinuação de que o velho Cuma estaria rumando para uma parceria Itaparica, na qual ele levará… a pior.

Dizem que foi essa interpretação esdrúxula, anterior à montagem, que levou “a noiva” a dar um salto mortal e partir com uma voadora no peito aberto e descamisado do repórti que lhe perguntou sobre o tal casamento.

 

***

 

Lá das bandas de Trípoli, onde a mais antiga ditadura africana acaba de ser apeada do poder, um leitor do PIMENTA indica o paradeiro do secretário de Desenvolvimento Urbano de Ilhéus, Carlos Al-Freitas.

Confiram o relato sobre a participação do intrépido ilheense em mais um capítulo da “Primavera Árabe”:

Segundo alguns “brimos” lá dos desertos líbios, o Carlinhos foi visto desesperado, todo descabelado e sem cafie ou tharbuk, nas ruas de Trípoli próximas ao Palácio.

Pelo que se sabe, Carlinhos procurava Muhaammad Al-Gaddahfi, de quem é amigo chegado. Do ditador, ele esperava obter apoio irrestrito para permanecer à frente da Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Ilhéus. Pediu também uma vacina polivalente que o imunize e proteja contra as investidas dos “colegas” secretários, do babalorixá Pai Cidão, dos servidores públicos, do Cafu, do pessoal da limpeza urbana, dos prestadores de serviços, dos terceirizados, dos comerciantes do centro e dos bairros, dos fornecedores, dos moradores dos bairros e dos vereadores…
A lista completa se encontra acessível na Biblioteca Pública, no Colégio General Osório (há risco de desabamento, por isso levem capacetes e luvas).

 

***

 

Está indócil o tal “caminhão de japonês” que transporta as pré-candidaturas não-jabistas ao Palácio Paranaguá. Em toda reunião, como a do PSB na última quinta-feira, a japonesada parte pra cima de Jabes Ribeiro com espírito de samurai, de modo que o cenário eleitoral em Ilhéus vai ficando mesmo com jeito de tatame de jiu-jítsu.

Por enquanto, Jabes Ribeiro tem margem confortável na preferência do eleitorado, mas não escolheu bem a indumentária para a luta com os japas. Afinal, saia justa e salto agulha de 12 centímetros não têm nada a ver com artes marciais… Nem eleitorais!

 

***

 

Tá servido de mais PIMENTA? Clique aqui.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia