WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










outubro 2011
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

editorias






:: out/2011

DISPONÍVEL!

O secretário de Saúde de Itabuna, Geraldo Magela, sonda o mercado. Quer deixar o cargo o quanto antes. E foi com essa intenção que, há dez dias, conversou pessoalmente com o secretário estadual Jorge Solla. Quis saber do médico se este lhe arranjaria uma colocação no estado ou entre prefeituras aliadas. O máximo que este blog pode dizer é que a resposta não o encorajou a deixar o governo Azevedo.

Magela foi lembrado dos equívocos na gestão municipal, quando esqueceu o passado – e o presente – e colocou o estado como responsável por tudo de mal que acontece à saúde de Itabuna. Tá certo que cumpria o script político de Azevedo e do deputado estadual Augusto Castro, mas, avaliou o procurado, “não precisava chegar a tanto”.

GLOBO ESTUDA PROCESSAR AGRESSORES DA REPÓRTER MONALISA PERRONE

Silvana Chaves, do Comunique-se:

A Central Globo de Comunicação afirmou que estuda maneiras para punir os responsáveis pela agressão à jornalista Monalisa Perrone, ocorrida na edição desta segunda-feira (31), do ‘Jornal Hoje’. “Trata-se de pessoas cujo propósito é aparecer. Não é a primeira vez. Como houve agressão, a TV Globo estuda que medidas legais tomar”, diz a nota da emissora.

A repórter estava em um link, em frente ao hospital Sírio Libanês, no Itaim Bibi, zona sul da capital paulista, quando foi empurrada propositalmente por rapazes do blog Merd TV (confira o vídeo). Quando foi atacada, a jornalista falava a respeito do ex-presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, que voltou ao hospital para realizar uma sessão de quimioterapia para tratar de um câncer na laringe.

Leia mais

WAGNER QUER ATRAIR INDÚSTRIA NAVAL

O governador da Bahia, Jaques Wagner, viajou neste domingo, 30, para Cingapura, no sudeste da Ásia, com o objetivo de  visitar os maiores estaleiros do mundo. Segundo sua assessoria, Wagner pretende mostrar o interesse do governo baiano em atrair a indústria naval para o Estado.

“É um país que tem tradição muito grande nessa área e, como estamos trabalhando para trazer estaleiros para o Estado, vou reforçar o convite para que os empresários de lá se interessem em participar desse grande empreendimento que, seguramente, chegará à Bahia”, declarou o governador antes de partir para a Ásia.

Clique abaixo para ouvir trecho do programa de rádio Conversa com o Governador,  em que a missão a Cingapura é abordada. O programa é produzido pela Secom/BA.

SAI O TÉCNICO, ENTRA O POLÍTICO

Maynart (de terno) abraça Zózimo na posse - foto Águido Ferreira

Mudança de estilo na superintendência regional da Ceplac. Ao assumir o cargo nesta segunda-feira,31, o administrador de empresas Juvenal Maynart, peemedebista e afilhado de Geddel Vieira Lima, afirmou que utilizará sua experiência na área da política com o objetivo de conseguir avanços para a instituição. Maynart substitui o fiscal federal agropecuário e pesquisador, Antônio Zózimo de Matos Costa, um quadro eminentemente técnico.

“Quero firmar compromisso com o Cenex, o Cepec e os funcionários da Ceplac
de continuar lutando pela instituição no campo político de onde sou oriundo”, disse o novo superintendente.

A entrada de Maynart na Ceplac sugere articulações políticas que deverão ter repercussões em 2012. Ainda se especula outra importante mudança no comando do órgão federal, com a possível nomeação do médico e também peemedebista Renato Costa para o lugar de Jay Wallace Mota na direção-geral.

GRUPO TIRA REPÓRTER DA GLOBO DO AR

A repórter Monalisa Perrone entrava ao vivo no Jornal Hoje, da Globo, quando integrantes do grupo Merd TV aprontaram mais uma, surpreendendo repórter, apresentadores e telespectadores. Perrone começava a dar informações sobre o primeiro dia de tratamento de saúde do ex-presidente Lula, vítima de câncer na garganta. A cena aconteceu na porta do hospital Sírio-Libanês. Confira o vídeo:

AZEVEDO PÕE A CULPA NO ESTADO POR LIDERANÇA NACIONAL EM MORTALIDADE INFANTIL

Azevedo: culpa do estado.

O prefeito Capitão Azevedo (DEM) e o secretário de Saúde de Itabuna, Geraldo Magela, culparam o governo baiano por Itabuna obter o título de campeão nacional de mortalidade infantil para municípios acima de 200 mil habitantes. Em 2009, o município do sul da Bahia atingiu índice de 29,4 mortos a cada grupo de mil nascidos vivos (um dos mais altos da década passada).

O prefeito diz que a perda da gestão plena da saúde, em novembro de 2008, gerou “uma série de problemas devido à redução das verbas, que chega a R$ 2 milhões por mês”. Já o secretário Geraldo Magela afirma que “houve redução na oferta de procedimentos e exames em função da falta de condições para custeá-los”.

O município perdeu a gestão das verbas por causa de um rombo de aproximadamente R$ 9,5 milhões e não-pagamento aos credores, principalmente clínicas e hospitais, no último ano da gestão do ex-prefeito Fernando Gomes.

Apesar do prefeito e secretário culparem o estado, o pré-natal depende da atenção básica, de responsabilidade do município. No “contra-ataque” do governo municipal à matéria de Veja (confira clicando aqui), o secretário Magela cita que solicitou ao Estado 20 leitos pediátricos e 40 de UTI neonatal. Magela também ressalta a dificuldade financeira vivida pela maternidade Esther Gomes (Mãe Pobre).

Quanto ao vice-campeonato em homicídios, Azevedo vê a questão da segurança pública apenas como caso de polícia. “A segurança está desaparelhada, sem recursos humanos e materiais para atender à população”, disse.



CEPLAC LEILOARÁ VEÍCULOS E MÁQUINAS

Quase 30 carros leves e utilitários vão a leilão na Ceplac (Foto Águido Ferreira).

A Ceplac anunciou leilão de 31 carros leves e utilitários, micro-ônibus e caminhões munk e baú, além de oito lotes de materiais de escritório, num total de 1.752 itens. O leilão ocorrerá no dia 18, às 10 horas, no armazém 3 da superintendência, no quilômetro 22 da rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415).

Confira o edital aqui

De acordo com a assessoria de comunicação da Ceplac, os interessados poderão vistoriar os itens entre quinta (3) e a véspera do arremate, dia 17. O horário para vistoria será das 8h30min às 11h e das 13h30min às 16h, bastando a apresentação de documento de identidade.


ACM NETO RUMO AO PMDB

 

Da coluna Radar (Veja):

ACM Neto está negociando com Geddel Vieira Lima o seu ingresso no PMDB. As conversas andam céleres, mas Neto só dará bye-bye ao DEM depois de deixar a liderança do partido, no início de 2012. Não quer perder a visibilidade que o cargo lhe confere.

UMA VERGONHA PARA ITABUNA: MUNICÍPIO É CAMPEÃO EM MORTALIDADE INFANTIL E 2º EM HOMICÍDIOS

Itabuna aparece como campeã em mortalidade infantil (clique na foto para ampliar).

A edição desta semana da revista Veja não doura a pílula. Com base em estatísticas oficiais, traça um panorama dos municípios brasileiros acima de 200 mil habitantes. Nele, Itabuna faz feio. Muito feio! O município é apontado como o campeão de mortalidade infantil e o vice-campeão em homicídios.

O raio-x contempla áreas como saúde, educação, tecnologia, urbanismo, renda, turismo, saneamento e criminalidade. Neste mesmo panorama traçado pela revista, há exemplos na Bahia de como fazer: Camaçari é a vice-líder nacional em geração de empregos. Mas também existem municípios com educação básica muito ruins (Vitória da Conquista é 1º e Feira de Santana, 3º).

Gráfico mostra vice-liderança em homicídios no País.

Itabuna, na área materno-infantil, é comparada pela revista a uma cidade medieval. A revista lembra que o município sulbaiano não possui leito de UTI público e os disponíveis (sete) estão na rede privada. A maternidade Esther Gomes é apontada como insalubre:

– Os retratos dos partos realizados na maternidade Esther Gomes (Mãe Pobre) parecem ter saído das obscuras xilogravuras do artista suíço Jost Amman, da Idade Média. Tais condições podem ter causado a morte de Maria Lohane, ocorrida algumas horas depois de ter nascido, por asfixia. Sua mãe, Maria Regina de Oliveira, não se conforme em não contar com um hospital devidamente equipado para emergências.

O município, lembra a publicação da editora Abril, “tem a maior taxa de mortalidade infantil entre as 106 cidades pesquisadas. Foram 29,4 mortes em cada 1.000 nascidos”. E lembra que, embora precária, Itabuna recebe pacientes de 121 municípios próximos. No crime, a cidade apareceu com taxa de 113,8 mortes por 100 mil habitantes, batida apenas por Marabá (PA), com 125. Vitória da Conquista é a segunda neste item.

CAMELÔ AMEAÇA FAZER GREVE DE FOME

Parahyba diz que vai protestar contra o governo Azevedo

A Prefeitura de Itabuna retirou os mais de 70 camelôs que atuavam em um trecho da Avenida Amélia Amado, com promessa de realojá-los em boxes de primeira qualidade no Centro Comercial. O compromisso era de entregar o novo equipamento na semana passada e o último prazo se encerrou neste domingo, 30.

Nesta segunda-feira, 31, o presidente da Associação dos Vendedores Ambulantes de Itabuna (Avai), Antônio Carlos Parahyba, entrou em contato com  secretário da Indústria e Comércio de Itabuna, Carlos Leahy, para cobrar a entrega dos boxes. Segundo ele, diante da cobrança, o secretário simplesmente desligou o telefone.

Parahyba afirma que a Prefeitura tem se recusado a conversar com a categoria e demoliu os boxes da Amélia Amado, para dar prosseguimento às obras de drenagem do canal, de forma açodada. “As unidades do Centro Comercial ainda não estão prontas e hoje temos 76 pais e mães de família sem trabalhar”, acusa.

O representante dos camelôs diz que se prenderá a correntes na Avenida Cinquentenário e fará greve de fome, caso os novos boxes não sejam entregues até a próxima segunda-feira, 7.

AJUDA “NATURAL”

Segundo fonte ouvida pelo PIMENTA durante a audiência pública do Porto Sul, a oposição do empresário Guilherme Leal, da Natura, ao empreendimento, não se deve somente ao interesse em investimentos na área do turismo em área próxima ao planejado terminal portuário.

A fonte nos disse que a ira de Leal aumentou depois que o fotógrafo Ed Ferreira sobrevoou a mansão dele em Serra Grande e registrou imagens que sugeriam agressão ao meio ambiente. O fato teve repercussão nacional e arranhou a imagem da Natura.

Uma reportagem publicada pelo jornal Valor, na sexta-feira, 28, apontou Leal como suposto financiador da campanha contrária ao Porto Sul.

A ajuda inclui também um “suporte técnico”. Perguntas formuladas por alguns opositores do projeto, durante a audiência, teriam sido elaboradas por empresa a soldo de Guilherme Leal.

VEM AÍ O BAFÔMETRO A DISTÂNCIA

A Lei Seca, sancionada há três anos pelo então presidente Lula, tem um problema que dificulta a punição dos bebuns que pegam o volante e colocam a vida alheia (além da própria, naturalmente) em risco. É que o princípio constitucional de que ninguém é obrigado a fazer prova contra si mesmo era invocado por motoristas para se safar do teste do bafômetro e do exame de sangue, que verificam o nível de álcool no organismo.

Agora, um projeto de lei em tramitação no Congresso promete dificultar a vida dos “pés-de-cana”. Entre as medidas propostas, está a de aumentar a pena nos crimes de trânsito e para quem dirigir bêbado próximo a escolas e hospitais.

Mas a novidade que promete assombrar os manguaceiros é o etilômetro que capta o bafo do elemento a distância. Segundo reportagem publicada nesta segunda-feira, 31, pelo jornal Correio Braziliense, o equipamento, que está em fase de testes, tem o formato de um bastão, no qual uma lâmpada (led) indica pela cor o estado de alcoolemia da pessoa.

A proposta em tramitação altera o artigo 306 do Código de Trânsito e deixa de exigir como prova a concentração de álcool por litro de sangue. Vídeos e fotos do motorista embriagado, além de garrafas e latas de bebidas alcoólicas recolhidas no interior do veículo, servirão para enquadrar o irresponsável.

O relator da matéria é o deputado federal Geraldo Simões (PT), que considera o projeto um avanço, “porque acaba com a sensação de impunidade nos acidentes de trânsito”.

GRANDES MANOBRAS NO RADICAL SURF

Marcelo Alves faturou o título na categoria Pro/AM

Num belo domingo de sol, a praia do Jardim Atlântico, zona sul de Ilhéus, foi agitada pelo Radical Surf Treino, evento esportivo que reuniu 40 surfistas de várias categorias e teve a presença do vice-líder do Circuito Brasileiro Profissional, Bruno Galini, que atuou como juiz da prova. Silvana Lima, outro destaque no esporte, também prestigiou a competição, organizada pela Associação Ilheense de Bodyboarding e Associação Ilheense de Surf.

Na categoria Pro/AM, os melhores foram, respectivamente, Marcelo Alves, Iago Silva, Léo Andrade e Marcelo de Jesus. Na Júnior, quem faturou o Radical Surf foi Ígor Morais, à frente de Mateus Rodrigo, Herbert Vieira e Wallace Júnior.

Clique aqui e veja  resultado completo, incluindo outras categorias que participaram do torneio.

DESCUIDO COM A VIZINHANÇA

A rua fica nos fundos da Prefeitura

Não se sabe porque a Prefeitura de Itabuna mantém a Rua Marcolina, no Banco Raso, eternamente esburacada. Haveria a intenção de transformá-la em uma pista de rally? O objetivo seria mostrar que o governo não privilegia os mais próximos? Ou é para ter ali, bem perto, um exemplo da situação de quase toda a cidade?

A maioria acha que é simplesmente descaso mesmo.

A AUDIÊNCIA QUE EU VI

Álvaro Degas, do Blog do Degas

 

O Porto é, em si, muito pouco. Mas é melhor que nada. E nada é o que restará a Ilhéus sem ele. Assim fica fácil escolher.

 

Estive ontem na audiência do Porto Sul. Mais por curiosidade, pois nunca havia comparecido pessoalmente a uma, do que por qualquer outro motivo. Ali conheci e cumprimentei Rui Rocha, de quem tive uma excelente impressão pessoal, e vi de longe a militância de Socorro Mendonça, minha primeira interlocutora a respeito do Complexo Intermodal, por quem mantenho respeito e apreço.

Também encontrei colegas da UESC. Um deles, professor da História que conheci na greve, manifestou-me seu descontentamento com o projeto. Com o Porto, com as empresas, com todos. É que ele é um marxista em tempo integral, enquanto eu sou um marxista de ocasião. Às vezes nem marxista sou, e em outras trucidaria o capitalismo e os capitalistas. Para ele o Porto não deveria ser levado adiante porque é um projeto de interesse Capitalista. Para mim isto não está em discussão. É um projeto Capitalista, e os interesses do Capital são muito claros. E, como sempre, egoístas. Mas não consigo esquecer que os contrários ao projeto também estão a serviço de interesses Capitalistas. Sobre isso falo mais abaixo.

Antes, um outro colega havia ponderado que o projeto que os Governos Federal e Estadual trouxe para Ilhéus não é o ideal. Isto é outra evidência. Principalmente depois que se castrou o Complexo, já que ninguém nem se lembra mais do Aeroporto Internacional, é evidente que o investimento trazido poderia ser melhor do que o Porto. O Porto é, em si, muito pouco. Mas é melhor que nada. E nada é o que restará a Ilhéus sem ele. Assim fica fácil escolher.

A audiência em si teve muita torcida organizada de parte a parte. Camisetas, cartazes, vaias e aplausos, gritos de ordem. Os contrários ficaram, em sua maioria, no centro do plenário, de pé nos corredores entre os assentos. Organizados, ocuparam rápido os locais de melhor visibilidade e fizeram muito barulho para aparecerem na mídia. Porém, inegavelmente a imensa maioria dentro do Centro de Convenções era de favoráveis. E fora também. Segundo alguns, o percentual de aceitação do projeto chega a 92% da população do Sul da Bahia.

A presença da Rede Globo, gerando manchete em nível nacional, pelas competentes laudas de José Raimundo, também não foi nenhuma surpresa. Há relatos de que ele já estivera em contato com diversos opositores do projeto, antecipando as fontes de seu interesse. A Rede Globo é francamente partidária nesta questão, e despreza quaisquer princípios da ética jornalística em suas matérias a respeito do Porto. Como já fizera na época das usinas de Jirau e Santo Antônio, em Rondônia, e Belo Monte, no Pará.

A História, aliás, revela a emissora por si só. É a mesma Globo que manipulou as eleições em 2006, que conduziu uma reportagem inconfessável e decidiu as eleições em 1989 contra Lula. A Globo que omitiu o famoso comício das Diretas Já. A Globo, apenas. Como sempre, sabotando os interesses do Brasil. As matérias da emissora nos seus jornais nunca dão às opiniões favoráveis ao Porto o mesmo espaço que se dá aos contrários. Sempre encerram as matérias dando a palavra final aos que se opõem ao Porto. E, nesta última (vejam no Blog de Gusmão), a emissora simplesmente falta com a verdade, afirmando que havia “um grupo” de pessoas apoiando o Porto. O “grupo”, que sugere uma pequena fatia da população para quem assiste a matéria, é na verdade a imensa maioria da população do Sul da Bahia. Uma informação incontestável que a emissora omitiu e fez crer em contrário.

O fato simples que todos precisam ter em mente, portanto, é que a emissora da família Marinho será um entrave ao processo. Atrapalharão tanto quanto conseguirem, por meios e motivos inconfessáveis. Será assim, simplesmente.

:: LEIA MAIS »






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia