WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










novembro 2011
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

editorias






:: 23/nov/2011 . 22:42

DIREITO DA UESC RECEBE O SELO OAB

O curso de Direito da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) está entre os 90 em todo o Brasil que receberam o selo de recomendação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A relação dos cursos foi divulgada nesta quarta (23) pelo presidente da instituição, Ophir Cavalcante, durante evento nacional realizado no Paraná.

Na Bahia, outros cinco cursos obtiveram o Selo OAB: Universidade Católica (Ucsal), Universidade Estadual da Bahia (Uneb), campus Juazeiro, Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e Universidade Federal da Bahia (Ufba), campus Salvador.

A seleção da OAB utilizou como fonte o rendimento dos alunos de mais de 1.200 cursos de Direito no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e nos três últimos exames nacionais da entidade. Na fase final, 104 obtiveram nota igual ou superior a cinco, mas 14 foram descartados por critérios da instituição. Sobraram os 90 melhores. A Uesc recebe o selo pela primeira vez.

CONFIRA LISTA DOS 90 CURSOS RECOMENDADOS

SÓ 2 COMARCAS SULBAIANAS REATIVADAS

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) analisou ação dos municípios contra a extinção de cinquenta comarcas. Os desembargadores analisaram o pleito e decidiram pela reativação de apenas seis, dentre elas as de Maraú e Santa Luzia, no sulbaiano. O tribunal manteve a decisão de extinguir comarcas como as de Barro Preto e Itagimirim.

PMN VAI PARA A BASE DE NEWTON LIMA

Massarollo: possível destino é a Secretaria do Turismo (foto JBO)

Os articuladores políticos do Palácio Paranaguá atraíram o PMN para a base do prefeito Newton Lima. Em Ilhéus, é dado como certa a ida do presidente da executiva municipal da sigla, Carlos Massarollo, para o secretariado municipal.

A informação foi publicada nesta quarta-feira, 23, pelo Jornal Bahia Online, mas o site não informou qual será a pasta ocupada por Massarollo. Uma fonte adianta que o destino do presidente do PMN será a Secretaria de Turismo, onde ele deverá substituir Paulo Moreira.

A mudança somente será confirmada após uma conversa do prefeito com Moreira. No palácio, ainda há o receio de que os empresários do setor não reajam bem à nomeação de um “estranho no ninho” para o Turismo.

TUCANO DEFENDE VETO À PUBLICIDADE DE CIGARRO

O deputado federal Jutahy Magalhães Júnior (PSDB) defenderá o veto da presidente Dilma Rousseff à publicidade do cigarro em eventos culturais e esportivos. Esse tipo de propaganda foi aprovado nesta terça-feira, 22, pelo Senado, por 31 votos a 18.

Relator da lei que proibiu a publicidade de cigarro em todos os ambientes públicos no Brasil, Jutahy afirmou que o posicionamento do Senado é um retrocesso. Ele fez um apelo às “consciências livres, honestas deste Brasil para que a presidente Dilma vete essa modificação tão danosa à população brasileira”.

EMENDA ASSEGURA R$ 23 MILHÕES PARA BARRAGEM

Geraldo: Emenda de R$ 22 milhões para barragem.

O deputado federal Geraldo Simões (PT) conseguiu destinar entre as emendas da bancada baiana no Orçamento Geral da União (OGU) R$ 23 milhões para a construção da barragem no rio Colônia, em Itapé. A obra é considerada fundamental para resolver o déficit na captação de água em Itabuna, que sairá de 900 para até 1,5 mil litros por segundo.

O parlamentar diz que contou com apoios supra-partidários para assegurar a emenda ao orçamento 2012. “A emenda foi inserida graças ao decisivo apoio dos parlamentares Lídice da Mata, Walter Pinheiro, Luiz Alberto, Emiliano José, Joseph Bandeira, Walmir Assunção, Felix Jr., ACM Neto, Zé Nunes, Amauri Teixeira e Roberto Brito”.

A barragem auxiliará também no controle das cheias dos rios Colônia e Cachoeira. Para o parlamentar, outro ponto importante é que a construção da barragem e aumento do volume de água captada em Itabuna contribuirá para atrair investimentos privados para o município.

PROVOCAÇÃO FLUMINENSE NO FACEBOOK…

Os torcedores do Fluminense, puxados por uma turma liderada pelo advogado Marcos Alpoim, não veem a hora do time conquistar a primeira Libertadores. A equipe cumpre uma sina na principal competição das Américas: nada, nada e morre na praia. No máximo, um vice em 2008. Mas espera-se que em 2012 tudo seja diferente e que a provocação no Facebook se transforme em título. Tudo regado a “pão líquido”. Por enquanto, a vítima da vez é a nação flamenguista. Zoia só!

OFICIAL DA PM PROVOCA ACIDENTE E NÃO PRESTA SOCORRO ÀS VÍTIMAS

Carro das vítimas capotou após colisão, mas tenente fugiu.

Um tenente lotado na Companhia Independente de Polícia da Mata Atlântica, antiga Caema, provocou acidente no quilômetro 520 da BR-101 nesta quarta-feira (23) e é acusado de omitir socorro às vítimas. Ainda não identificado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), o tenente vinha do extremo-sul baiano e invadiu a pista contrária numa curva próximo ao posto fiscal de Buerarema.

O carro da marca Renault, dirigido pelo tenente, acabou batendo na lateral e na traseira de outro carro, modelo sedan da JAC, dirigido pelo empresário Élio Júnior. O JAC foi arremessando para fora da pista. “Estava na minha mão, tirei pro acostamento para evitar a colisão, mas foi impossível”, relata o empresário. O carro foi atingido, rodopiou e capotou no outro acostamento, tal a violência do choque.

O empresário relata que o tenente fugiu sem prestar socorro. Com o auxílio do carona, José Hélio dos Santos, que saiu ileso, ele conseguiu sair do carro após o capotamento e conseguir entrar em outro veículo e perseguir o tenente. “Ele passou por uma blitz e, segundo uma policial, teria alegado que o amassado no veículo dele teria ocorrido há vários dias”.

Elio chegava ao local da blitz quando o oficial da PM conseguiu se desvencilhar dos policiais e, quilômetros depois, colocar o Renault no 15º Batalhão da PM, no bairro Jaçanã. Um oficial do batalhão em Itabuna informou ao empresário que o tenente havia se apresentado ao posto da PRF em Itabuna.

A corrida do empresário para tentar identificar e responsabilizar o policial militar teve fim quando começou a sentir fortes dores e acabou internado no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna.

JULIANA PAES INTERPRETARÁ “GABRIELA”

Juliana Paes será a nova Gabriela.

A Rede Globo confirmou nesta tarde de quarta (23) que a atriz Juliana Paes será a protagonista do remake de Gabriela, novela exibida pela emissora na década de 70, baseada no romance homônimo do escritor itabunense Jorge Amado.

De acordo com a Central Globo de Comunicação (CGCom), Gabriela será exibida no mesmo horário de O Astro, veiculada até o mês passado na faixa das 23h. A adaptação será escrita por Walcyr Carrasco.

Walcyr esteve em Ilhéus no início deste mês para conhecer a cidade e visitou alguns dos pontos históricos retratados no romance de Jorge Amado. E aproveitou para escrever sobre as impressões que teve ao visitar a cidade sulbaiana (relembre aqui).

PRESIDENTE DA COOTEBA REBATE DENÚNCIA

Aldenes diz que contratos têm respaldo legal

Em seu blog pessoal, o presidente da Cooperativa de Trabalho do Estado da Bahia (Cooteba), Aldenes Meira, defende-se das acusações de que obteve favores junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário. No fim de semana, o jornal O Globo publicou matéria em que acusa a Cooteba de ter sido beneficiada em convênios que somam R$ 3,7 milhões, realizados junto ao MDA. A reportagem destacou que os contratos foram firmados com dispensa de licitação e lembra que o presidente da cooperativa foi cabo eleitoral do ministro Afonso Florence, quando este se candidatou a deputado federal no ano passado.

Segundo a “nota de esclarecimento” publicada por Meira, os R$ 3,7 milhões dos três convênios serão liberados em 11 parcelas num período de 17 meses e ainda não houve nenhum pagamento. “A primeira parcela ainda não foi paga, pois os trabalhos começaram em outubro e o contrato prevê pagamento após o serviço realizado e fiscalizado pelo MDA, o que não foi feito até o momento”, diz a nota.

O presidente da Cooteba também afirma que o contrato com o MDA “é fruto de uma chamada pública, calçada pela lei que regula a assistência técnica, onde várias entidades participaram”.

Clique aqui para ler a nota na íntegra.

NOVO FIASCO

A Marcha contra a Corrupção em Ilhéus, que peca pela falta de representatividade de quem a lidera, enfrentou novo vexame nas ruas da cidade.

Na primeira tentativa, no dia 9, menos de meia dúzia de gatos pingados atendeu ao chamado. Na de hoje, houve maior movimento, porém a maioria dos presentes era formada pelos integrantes de uma fanfarra. Tirando estes, outra meia dúzia de valorosos manifestantes.

Não faltam razões para a marcha, mas está evidente que o movimento em Ilhéus precisa de maior credibilidade.

ATRASO DE SALÁRIOS

Professores da FTC de Itabuna voltam a se queixar do “pesadelo de fim de ano”, fenôneno que atinge aquela instituição de ensino quase sempre no período de outubro a dezembro e que se traduz em atraso de salários, angústia e dívidas acumuladas de quem trabalha o mês inteiro e não vê a suada contrapartida. 

O transtorno se deu no ano passado e volta a ocorrer agora, quando novembro já se encontra nos estertores e os docentes ainda não receberam o salário de outubro. Professores que se queixaram do problema ao PIMENTA afirmam que a impontualidade da FTC se deve basicamente a dois problemas: falta de planejamento e gestão.

RENOVAÇÃO COM MUDANÇA NA UESC

 

Um esclarecimento:

O PIMENTA abriu espaço para a publicação de artigos dos dois candidatos à Reitoria da Uesc, que deveriam sair simultaneamente, nesta terça-feira, 21. Devido a problemas de comunicação com a candidatura inscrita na chapa 2 (Valter Silva e Mayana Brandão), esta acabou não tendo o texto postado no blog no prazo agendado.

A princípio, não haveria nova oportunidade para publicação, mas como ficou comprovado que o atraso no envio do material não foi decorrente de culpa dos candidatos da chapa 2, mas sim de falha na comunicação do prazo, o blog abre essa exceção, fazendo questão de explicar o problema aos seus leitores, à comunidade acadêmica e aos integrantes da chapa 1 na disputa pela Reitoria da universidade.

 

Valter Silva e Mayana Brandão

 

Esta candidatura compromete-se principalmente com a melhoria objetiva nas condições de infraestrutura e convivência.

 

Nesses tempos de intensas MUDANÇAS, globalização e civilização do conhecimento não podemos ficar alheios, distantes e/ou indiferentes à situação vivida pela UESC em sua história recente. Pelo contrário, temos que reconhecer seus êxitos, fruto do empenho de valorosos professores, funcionários e estudantes e enfrentar de “cabeça erguida” seus problemas e desafios, construindo UMA NOVA GESTÃO, fundada no VALOR HUMANO, TRANSPARÊNCIA, DEMOCRACIA INSTITUCIONAL, RESPEITO e JUSTIÇA MERITOCRÁTICA.

Pensando assim, um grupo de docentes, servidores e estudantes independentes, após muitas reflexões e discussões sobre a grandeza da Instituição e do contexto que lhe está posto, apresenta um projeto de mudança, defendido pelo professor VALTER SILVA, candidato a Reitor, e pela professora MAYANA BRANDÃO, candidata a Vice-reitora.

Essa proposta foi elaborada coletivamente, fruto de experiências acumuladas e que vêm amadurecendo através da interação com a comunidade acadêmica durante o processo eleitoral.

Além da proposta de mudança na forma de gestão, esta candidatura compromete-se principalmente com a melhoria objetiva nas condições de infraestrutura e convivência, implantando Posto de Saúde, Creche, Residência Universitária, melhoria e ampliação das condições de funcionamento do Restaurante Universitário, construção de passarelas, bem como, priorizar a reforma e ampliação da Biblioteca e laboratórios. Outra demanda a ser imediatamente atendida, refere-se à contratação de docentes para turmas sem aulas nos cursos de Graduação e garantia de gabinetes estruturados para atender às demandas dos docentes.

Essa nova Administração também investirá na abertura do dialogo permanente com a sociedade regional, debatendo temas ligados a diversificação econômica, as demandas sociais, educacionais, ambientais, culturais e da qualidade de vida.

O propósito desta candidatura é disseminar a cultura da participação democrática, da liberdade de ação, da negociação responsável, com coragem necessária para enfrentar os desafios, compartilhar objetivos audaciosos e buscar alternativas inovadoras.

Acreditamos que chegou à hora da MUDANÇA, portanto, contamos com o apoio de todos para tornar a UESC, de fato, uma Instituição de excelência no ensino de graduação e pós-graduação, na pesquisa e produção científica em todas as suas áreas, apoiando as políticas de inovação e fortalecendo sua extensão. São estas as aspirações que defendemos e, junto com nossas propostas, colocaremos ao juízo de todos na eleição para Reitor e Vice-Reitora.

Nosso compromisso é, acima de tudo, com a melhoria das condições de trabalho, valorização dos servidores e professores, com uma política efetiva de permanência estudantil, inserção e diálogo com a sociedade, na busca do desenvolvimento regional.

Valter Silva é candidato a reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Mayana Brandão é candidata a vice-reitora.

AMÉLIA AMADO “TRAVOU”

A prefeitura deve pensar numa alternativa de tráfego à avenida Amélia Amado, enquanto não conclui a obra de cobertura do canal Lava-Pés. A foto acima foi clicada às 10h30min da manhã desta quarta e o cenário era este: avenida travada. O caos é ainda maior na faixa das 12h e das 18h, momentos de pico, pois trata-se de um dos principais corredores urbanos. Como a previsão mais otimista de conclusão da obra é fevereiro do próximo ano, seria bom a prefeitura se mexer.

NEGROMONTE (AINDA) É O PRÓXIMO DA MÁQUINA DE MOER MINISTROS

Carta Capital: ainda cabe... Negromonte.

Embora parte da bancada baiana do PP e o próprio ministro das Cidades, Mário Negromonte, tenham afirmando que a crise interna foi controlada e não haveria mais ameaça de “degola”, o ministro foi destaque em algumas das principais publicações do país. E sempre apontando como o próximo a cair.

A Istoé até traz o ex-presidente do Banco Central, Henrique Meireles (PSD), como substituto de Negromonte na pasta das Cidades. A Época, das Organizações Globo, traz mais uma enrolada envolvendo dinheiro público e Negromonte.

Já a revista CartaCapital desta semana diz que, depois de Carlos Luppi (Trabalho), Negromonte é o próximo da linha de tiro. A publicação critica que, após as demissões, as denúncias de corrupção nesta ou naquela pasta somem do noticiário – como exemplos os casos de Orlando Filho no Esporte, Wagner Rossi na Agricultura e Pedro Novais no Turismo.

Por fim, a Carta Capital aconselha ao pepista “pernambuco-baiano”: é melhor colocar o cavanhaque de molho.

JUIZ DE ITABUNA APLICA O “PRINCÍPIO DO ARMENGUE”

EXCLUSIVO

Um despacho do juiz da 4ª Vara Cível de Itabuna, Waldir Viana Ribeiro Júnior, revela indignação com a falta de estrutura da justiça no Estado. Num processo em que uma senhora exige indenização por danos supostamente causados em uma cirurgia, o magistrado observou que a parte não teria recursos para arcar com os honorários da perícia médica, os quais deveriam, por lei, ficar por conta do Estado.

Segundo o juiz, a produção da prova pericial é necessária no caso, “a fim de que profissional habilitado possa examinar a documentação médica encartada, bem como a própria pessoa da autora, a fim de estabelecer se foram ou não adotados os procedimentos e protocolos cabíveis no atendimento”.

Apesar da obrigação do poder público de cobrir a despesa da perícia quando a parte não tem condições, Viana observou no despacho que “diferentemente do que ocorre noutras unidades federativas mais avançadas, o Estado da Bahia não possui órgão com atribuição para perícias quando se tratarem de partes economicamente hipossuficientes (pobres)”.

Com a intenção de suprir a falta de estrutura da justiça para assegurar o direito da parte, o juiz recorreu ao Conselho Regional de Medicina (CRM) e referiu-se ao tal princípio do armengue.

“Diante do impasse, aplicando-se o velho princípio do armengue  que vigora no processo civil baiano, determino a remessa de cópia integral dos autos ao Presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia, solicitando-se a gentileza de indicar profissional que aceite servir como perito judicial sem adiantamento de honorários, que poderão, ou não, ser pagos futuramente a depender do resultado do processo”.

Está aí mais uma para a lista de precedentes desta Bahia de Otávio Mangabeira…

TECNOART

O Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Álvaro Melo Vieira, de Ilhéus, apresenta nesta quinta-feira, 24, no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, o projeto “Tecnoart: por um profissional de qualidade”. O evento será realizado das 8h às 17h30min, com várias palestras e oficinas. Na segunda-feira, 28, haverá reapresentação do projeto, das 14 às 22 horas, no Teatro Municipal de Ilhéus.

Segundo os organizadores, o Tecnoart tem como objetivo preparar os alunos para alcançar o sucesso profissional com qualidade e por meio da ação em grupo. Entre os temas a serem abordados, estão modelos de organização da gestão, como o 5 S, e parâmetros de qualidade, a exemplo das certificações ISO 9.000, 14.000 e 16.000.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia