WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


março 2012
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias

itao ftc

DEFICIENTES PROMOVEM “ENTERRO” DE RONALDO CARLETTO

Deficientes visuais fazem o cortejo fúnebre do parlamentar (Foto Pimenta).

Os portadores de deficiência visual promoveram manifestação inusitada na área externa do Centro de Cultura Adonias Filho, onde ocorre a sessão da Assembleia Itinerante. Eles caminham de um lado para o outro com um caixão em “enterro” simbólico do deputado estadual Ronaldo Carletto (PP).

Dono do Grupo Brasileiro e detentor do monopólio das linhas de ônibus intermunicipais no sul, sudoeste e extremo-sul da Bahia, Carletto tem obstruído de diversas formas a votação da lei que concede passe livre a portadores de deficiência e acompanhante. O parlamentar quer que o governo baiano subsidie em, pelo menos, 5% os gastos com a gratuidade.

Os deficientes não perdoaram.

4 respostas para “DEFICIENTES PROMOVEM “ENTERRO” DE RONALDO CARLETTO”

  • Sérgio Oliveira disse:

    Burro do jeito que é, só está rico, pois se trata de um eterno monopólio, …!!!

    Uma empresa como a ROTA, que serve muito mal onde ela opera, sempre em regime de monopólio, tem que ser enterrada, assim como o dono também, …!!!

    Em qualquer outra cidade (Porto Alegre, Salvador, Rio, Belo Horizonte, Curitiva, São Paulo, e por aí vai, algumas delas onde o aeroporto fica situado em outro município, inclusive) há ônibus executivos passando na frente do aeroporto, ligando a pontos importantes das cidades, …, mas em Ilhéus e Itabuna, os ônibus executivos, que ligam Itabuna a Olivença não passam nem no Shopping, aqui em Itabuna, muito menos na porta do aeroporto, em Ilhéus, …, passando apenas na orla do pontal, …!!!

    O resultado é que les perdem, diariamente, um público que poderia ser cativo deles, …!!!

    Ao invés de pagar +/- entre R$5,00 a R$10,00, as pessoas têm que desembolsar cerca de R$90,00 (só a ida ou a volta) por um taxi, ou têm que ocupar algum familiar, algum parente, para levá-los ao aeroporto, ou mesmo colocar a mala na cabeça e sair da orla do pontal até o aeroporto, seja embaixo de chuva ou de um sol escaldante, …!!!

    Com isso tanto o Shopping quanto as lojasnas imediações do aeroporto deixam de faturar, pois as pessoas já gastaram uma fortuna se deslocando de taxi, por exemplo, …!!!

    Só aqui – no quinto dos infernos – mesmo para tal coisa ocorrer, …!!!

    Sinceramente, como é BURRO o tal do dono da ROTA, apesar de muito rico, …!!!

  • bekos disse:

    Os carletoss estao se lixando p/ esse povo ai. sao bilionarios nem ai p esses cegos,

  • leidikeiti disse:

    Cadê a Responsabilidade Social? Se bem que com a passagem gratuita para deficiente visual, até Ruy porquinho ia querer viajar em leito, sem precisar comprovar renda. É assim nesse quinto dos infernos, todo mundo queria a inclusão social. Aí o governo democratizou a Educação, dando uniforme, livros de boa qualidade, lanche, bolsa família, ambiente escolar humanizado, professores politizados e tantas facilidades, mas isso só contribui para a expansão do tráfico de drogas.

    Muitos vão para a escola afrontar professores, interditar o colega ávido pelo saber, quebrar equipamentos, fazer baderna e outros tantos males que só dificultam a educação. Em nenhum país civilizado impera o desrespeito como aqui. Não demora muito os bandidos fecharem as escolas, quem viver, verá. Eles já mandam nos lugares, abusam de todas as formas, fazem tiroteio a qualquer hora do dia e ninguém liga. As mães não podem levar seus filhos pequenos na escola, com medo. Resultado da licença que dão aos bandidos para agirem como quiserem.

    Quem são os políticos corrptos? Uma amostragem mínima do caráter de muitos eleitores. Aqui é pior do que em todos os lugres. Ouçam a voz da desembargadora Eliana Calmom…

    Continuem votando no CARletto, que está nem aí para servir à população. Já viram algum projeto dele?

  • Angela disse:

    TERMO CORRETO: pessoa com deficiência.
    No Brasil, tornou-se bastante popular,acentuadamente entre 1986 e 1996, o uso do termo portador de deficiência (e suas flexões no feminino e no plural).
    Pessoas com deficiência vêm ponderando que elas não portam deficiência; que a deficiência que elas têm não é como coisas que às vezes portamos e às vezes não portamos (por exemplo, um documento de identidade, um guarda-chuva).
    O termo preferido passou a ser pessoa com deficiência. Aprovados após debate mundial, os termos “pessoa com deficiência” e “pessoas com deficiência” são utilizados no texto da Convenção Direitos da Pessoas com Deficiência – CDPD.
    Alguem pode dizer mas no ordenamento juridico consta portador, e daí? tem tantos termos arcaicos e em desuso… que ainda prevalecem em leis!?
    Angela

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia