Criança quebrou o braço após ter sido empurrada de um barranco pelo pai

José Roberto Santana, de 51 anos, foi preso em Itabuna e responderá a inquérito por maus-tratos e lesões corporais gravíssimas. As vítimas do monstro eram seus próprios filhos – um menino e cinco meninas – com idades entre 6 e 14 anos.

De acordo com o repórter Oziel Aragão, do Agora na Rede, José Roberto espancava frequentemente as crianças, que eram obrigadas a ficar de joelhos enquanto levavam tapas no rosto. A prisão se deu após o suspeito jogar a menina L., de apenas oito anos, do alto de um barranco. A criança sofreu fratura no braço esquerdo e lesões por todo o corpo.

Uma vizinha do monstro confirmou à polícia que os menores eram vítimas de agressões cotidianas. A polícia não autorizou a divulgação do local onde os fatos ocorriam, alegando necessidade de proteger as crianças. O Conselho Tutelar encaminhou ofício ao Ministério Público, solicitando que elas sejam abrigadas em uma casa de passagem.