WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba



bahiagas





abril 2012
D S T Q Q S S
« mar   maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: 5/abr/2012 . 22:34

SECRETÁRIOS ESTADUAIS DEIXAM GOVERNO PARA DISPUTAR PREFEITURAS

Os secretários estaduais Carlos Martins (Fazenda) e Carlos Brasileiro (Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza) deixaram os respectivos cargos nesta quinta, 5. Os dois secretários são petistas e vão disputar as prefeituras de Candeias (Martins) e Senhor do Bonfim (Brasileiro).

O ato de exoneração dos dois secretários estaduais será publicado na edição desta sexta, 6, do Diário Oficial do Estado, conforme anúncio do próprio governo. Interinamente, os chefes de gabinete das duas pastam assumem os postos vagos. Carlos Alberto Batista na Fazenda e Mara Moraes no Desenvolvimento Social.

BAHIA LIDERA ASSASSINATOS CONTRA HOMOSSEXUAIS

O número de assassinatos de homossexuais no Brasil atingiu o ápice em 2011, chegando a 266, segundo o GGB (Grupo Gay da Bahia), que acompanha os casos desde a década de 1970.

Houve crescimento pelo sexto ano consecutivo e, de acordo com a entidade, 2012 deve registrar novo recorde. Isso porque, nos três primeiros meses deste ano, já houve 106 assassinatos.

Os dados divulgados pelo GGB se baseiam em notícias sobre os crimes veiculadas em jornais e na Internet.

Para o antropólogo Luiz Mott, fundador da entidade, o número real de mortes deve ser maior. Mott criticou o governo federal por não criar um banco de dados específico sobre crimes contra gays. “Esse banco de dados estava previsto desde o Plano Nacional de Direitos Humanos 2, de 2002. Nem Lula nem Dilma cumpriram essa obrigação”, disse.

De acordo com o relatório, a maior parte dos assassinatos foi contra gays (60%), seguido de travestis (37%) e lésbicas (3%).

Os Estados com mais mortes foram Bahia (28), Pernambuco (25) e São Paulo (24).

Em 2010, 260 homossexuais foram mortos. As estatísticas começaram a subir a partir de 2006, quando foram registrados 112 assassinatos. Informações do portal Uol.

ITABUNA REDUZ TAXA DE MORTALIDADE

Números da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), divulgados nesta quinta-feira, 5, pelo jornal Diário Bahia, apontam redução da taxa de mortalidade infantil em Itabuna. Na comparação com os dados de 2009, a queda é de quase 35%.

Há três anos, o índice de mortalidade em Itabuna era de 29,4. Essa taxa foi divulgada em outubro do ano passado pela revista Veja, que colocou Itabuna como a cidade com a maior mortalidade infantil do País. Mas as estatísticas de 2011 fecharam em um índice de 19,3, compatível com a média nacional.

A Secretaria Municipal da Saúde atribui a queda da mortalidade à melhoria dos programas de pré-natal nas unidades básicas de saúde.

DECLARAÇÃO ANUAL DO SIMPLES

Todas as microempresas e empresas de pequeno porte que optaram pelo Simples Nacional de julho de 2007 até 2011 têm de apresentar o programa da Declaração Anual do Simples. O prazo termina no próximo dia 16.

A declaração é utilizada pela Receita Federal para coleta das informações econômicas e tributárias de todas as microempresas e empresas de pequeno porte, que optaram pelo benefício do Simples Nacional

SANGUE NOVO NA SUDIC

Maurício Viana conhece de perto as demandas do Distrito Industrial

Mudança na Gerência Regional da Sudic em Ilhéus. Nesta quinta-feira, 5, o Diário Oficial do Estado publicou a exoneração, a pedido, de Ednilton Oliveira Ferreira, e a nomeação de Maurício Landi Viana.

Indicado pela deputada estadual Ângela Sousa (PSD), Viana é um administrador que conhece de perto os problemas e demandas do Distrito Industrial de Ilhéus, onde atua há alguns anos em empresas do Polo de Informática. Por não ser um “estranho no ninho” e pelo conhecimento acumulado, além de ser reconhecido  pela ousadia como empreendedor, o novo gerente tem tudo para desempenhar um excelente papel na Sudic.

Ao pinçar um nome de perfil técnico, ao invés de meramente político, a deputada ganha pontos com o segmento empresarial. Acertou em cheio.

JORGINHO, DA PORTUGUESA, COTADO PARA SUBSTITUIR CEREZO NO VITÓRIA

Os gritos do torcedor – “Fora Cerezo” – após o empate em 1 x 1 com o Vitória da Conquista, no Barradão, ecoaram na diretoria do Esporte Clube Vitória, que dispensou o treinador nesta quinta-feira, 5. O anúncio da demissão do técnico foi feito pelo do diretor executivo de futebol do rubro-negro baiano, Raimundo Queiroz.

Além de não conseguir montar um time competitivo no Campeonato Baiano, mais um empate, dentro da casa do rubro-negro, foi a gota d’água para o desligamento de Toninho Cerezo e do seu auxiliar técnico Ricardo Antonio, também demitido pelo clube.

O Leão venceu apenas uma, diante do Itabuna, por 2 a 0, das quatro últimas partidas que disputou. Enquanto dirigiu o time, Cerezo apresentou um cartel de 22 jogos, sendo 20 pelo Campeonato Baiano e dois pela Copa do Brasil, com 11 triunfos, oito empates e três derrotas. O rubro-negro tem 37 pontos na classificação do Baianão.

Jorginho, atual técnico da Portuguesa, campeã da Série B do Brasileiro, ano passado, está sendo apontado para substituir Toninho Cerezo. Até que haja definição, o comando interino da equipe é o assistente técnico Ricardo Silva.

MINISTROS VISITAM OBRAS DA FIOL

Miriam Belchior e Paulo Sérgio Passos vão verificar andamento das obras

O governo Dilma pretende dar mais uma demonstração de que as obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), incluídas no PAC, são uma prioridade. Neste domingo, 8, dois ministros desembarcam em Ilhéus e partem no dia seguinte para Jequié, onde visitarão um dos canteiros de obras da ferrovia, que ligará a cidade de Figueirópolis (TO) a Ilhéus (BA).

Os ministros que estarão em Jequié são Miriam Belchior (Planejamento) e Paulo Sérgio Passos (Transportes). Este, baiano de Ubaitaba.

A comitiva também terá a presença do governador Jaques Wagner e da deputada estadual Ivana Bastos (PSD), que presidente a Comissão Especial da Fiol na Assembleia Legislativa.

Quem também participa é o presidente da empresa Bahia Mineração (Bamin), José Viveiros, que tem grande interesse na celeridade das obras. A Bamin será a principal cliente da ferrovia, pela qual pretende escoar sua produção de minério de ferro de Caetité até Ilhéus. Nesta cidade, a empresa aguarda licença do Ibama para construir um Terminal de Uso Privativo, integrado ao Porto Sul.

FESTIVAL DO CHOCOLATE É LANÇADO EM ILHÉUS

Lessa apresenta projeto do festival (Fotos Anna Lee).

O projeto da quarta edição do Festival Internacional do Chocolate da Bahia, que será realizado de 28 de junho a 2 de julho, em Ilhéus, foi apresentado pelo publicitário Marco Lessa a autoridades e convidados no Espaço Bataclan, ontem, 4.

Lessa divulgou algumas das atrações confirmadas para o festival, como a cantora Vanessa da Mata e as escritoras Heloisa L. Bernardes e Heloisa Bacellar, autoras dos livros Chique é ser saudável e Chocolate todo dia, respectivamente.

Neste ano, a expectativa é de público superior a 30 mil visitantes no Centro de Convenções de Ilhéus nos cinco dias do evento. O festival também reunirá uma lista de personalidades já confirmadas, a exemplo da francesa Chloe Doutre-Roussel, a Madame Chocolat, considerada a maior especialista em chocolates finos do mundo.

O Festival Internacional do Chocolate conta na sua programação com a Feira do Chocolate, Jornada do Chocolate, Cacau para sempre, Cacautec, Preserva cacau e Chocoday. Cada um dos eventos se destina à exposição em estandes de cacau e produtos de pequenas fábricas de chocolates finos, cooperativas, fornecedores de equipamentos e matéria prima, workshops, palestras, cursos, rodadas de negócios e oficinas.

Diana Sodré, Erika Cotrim, Lorenna Carvalho e Carol Araújo, da M21, agência que toca o festival.

COMEÇA A CONTAR DE SÁBADO PRAZO DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO

Termina sábado, 7, o prazo para que secretários estaduais e municipais ou magistrados e defensores públicos que pretendam concorrer a vereador nas eleições de outubro deixem os cargos. A legislação eleitoral determina que os detentores desses cargos tenham que deixar suas funções seis meses antes das eleições.

Já os que forem candidatos a prefeito que detêm cargos públicos terão até 7 de junho – quatro meses antes das eleições – para deixá-los. Quem descumprir os prazos estabelecidos na Lei nº 64/90, estará automaticamente fora da disputa nas eleições de 2012.

De acordo com o calendário eleitoral elaborado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os prazos para desincompatibilização que devem ser obedecidos pelos candidatos variam, em regra, de três a seis meses.

:: LEIA MAIS »

ASSALTANTE É PRESO ARMADO NO “BURACO DA GIA”

Assaltante Anderson Silva Santos foi preso, armado, no Buraco da Gia.

O assaltante Anderson Silva dos Santos, 28, foi preso nesta manhã de quinta, 5, na rua São João, na localidade conhecida como Buraco da Gia (bairro Zizo), em Itabuna. Durante a abordagem feita por guarnição do Ronda nos Bairros, policiais militares apreenderam máquina fotográfica e três celulares roubados por Anderson, que estava armado com revólver calibre 32 com duas munições.

Os policiais receberam diversas denúncias contra Anderson, que age principalmente na região dos bairros Conceição e São Caetano. Nos celulares e máquina fotográfica, os policiais conferiram diversas fotos de vítimas do assaltante.

Anderson foi preso e conduzido ao Complexo Policial de Itabuna. Policiais que participaram da abordagem solicitam que as vítimas se dirijam imediatamente ao Complexo Policial para fazer o reconhecimento de Anderson.

Reforço A polícia está reforçando as ações de repressão a roubo nesta véspera de Sexta-Feira da Paixão e de Páscoa, conforme o comando do 15º Batalhão da PM. Aumentaram também as abordagens a pessoas, carros e motos neste período.

EDUARDO SALLES PROVOCA REBU AO DEFENDER TRANSFORMAÇÃO DA CEPLAC EM EMBRAPA CACAU

Salles defende transformação da Ceplac em Embrapa Cacau.

O secretário estadual de Agricultura, Eduardo Salles, provocou um rebu no agronegócio cacau ao defender o fim da Ceplac e a transformação do órgão em Instituto Embrapa Cacau. A proposta do engenheiro agrônomo foi apresentada ao diretor-geral da Ceplac, Jay Wallace Mota, numa conversa reservada. O teor foi confirmado pelo próprio Salles em nota enviada às redações na tentativa de rebater conteúdo do diálogo publicado pelo Políticos do Sul da Bahia e O Trombone.

O secretário, por meio da sua assessoria, disse que, no momento da conversa com Jay Wallace, externava ali um “pensamento pessoal, como engenheiro agrônomo e não como secretário, até mesmo porque nunca tratou deste assunto com o governador”. Apesar de largamente defendida por setores do agronegócio, a transformação da Ceplac em Embrapa Cacau é ideia polêmica. Clique no “leia mais”, abaixo, e confira o teor da nota enviada pela assessoria da Seagri.

:: LEIA MAIS »

DRAGON – OS I…RESPONSÁVEIS

LUANA RODRIGUES ASSUME ASCOM DA CEPLAC

A jornalista Luana Rodrigues, ex-editora do Jornal Agora, de Itabuna, foi nomeada a nova assessora de comunicação social da superintendência baiana da Comissão Executiva da Lavoura Cacaueira (Ceplac). A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União.

Luana substituirá o jornalista Luiz Conceição, que deixou o cargo no início de março, após quatro anos à frente da assessoria e na qual desenvolveu trabalho que imprimiu nova dinâmica à comunicação regional da Ceplac.

DOR DE CABEÇA

O feriadão da Semana Santa trouxe uma preocupação a mais para as polícias militar e civil: neste ano, 78 internos do Conjunto Penal de Itabuna foram beneficiados com o “Saidão Temporário”. Avaliados como “de bom comportamento”, os internos saem hoje e devem retornar ao presídio na próxima segunda, 9. Passando daí, são considerados foragidos.

E, agora, o porquê da dor de cabeça policial: muitos dos internos deixam o presídio com a missão de “eliminar rivais” – ou, do contrário, são eliminados. Pior: a polícia não recebeu reforço para dar conta dos meninos em liberdade.

ASSENTADOS DA REFORMA AGRÁRIA RECEBERÃO “BOLSA VERDE”

Cerca de 550 famílias de agricultores de assentamentos de reforma agrária, no Território Litoral Sul, devem ser beneficiadas com o Programa Bolsa Verde desenvolvido pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), órgão do Governo do Estado. A partir de segunda-feira, 9, as assinaturas dos termos de adesão começam a ser recolhidas pelos extensionistas.

As 537 famílias que vivem em 39 assentamentos e na Reserva Extrativista de Canavieiras (Resex), receberão o benefício de R$ 300,00, por trimestre, a partir do mês de junho. Um mutirão para visitar todos os contemplados será feito pelos núcleos de Assessoria Técnica, Social e Ambiental (Ates), dos escritórios locais da EBDA de Ilhéus, Itabuna, Ubaitaba e Camacan.

O Bolsa Verde integra o Plano Brasil sem Miséria, do governo Dilma. O objetivo é aliar preservação ambiental à melhoria das condições de vida e elevação de renda desses grupos sociais. Para receber o benefício, a família deve estar inscrita no Cadastro Único de programas sociais do governo federal, possuir renda familiar per capita de até R$ 70,00 e ter o compromisso de desenvolvimento de atividades ambientais e uso sustentável dos recursos naturais.

A duração do Programa Bolsa Verde é de dois anos, totalizando R$ 2,4 mil por família beneficiada. Mas, existe a possibilidade de renovação do benefício.

UM DOCE PARA O PPS

A entrega da Secretaria da Saúde de Ilhéus a Ronaldo Lavigne, irmão do ex-deputado federal Roland Lavigne, amplia o espaço do PPS no governo Newton Lima e pode servir para segurar o partido no processo sucessório.

Com uma pré-candidatura ainda sem muito eco junto ao eleitor (a da vereadora Carmelita), fica patente que a intenção do governo é não perder o aliado. O PPS já detinha o controle da Secretaria do Meio Ambiente (Harildon Ferreira) e da Fundação Universidade Livre do Mar e da Mata (com Antônio Olímpio). Nas demais, quem domina o é o PT.

O secretário de Segurança, Transportes e Trânsito, Marcelo Barreto, foi indicação do PMN, mas hoje não tem vínculo com a legenda. É um sobrevivente.

CACAUICULTOR ENTRA NO SELETO MERCADO DE OVOS DE PÁSCOA

Ovos comercializados pela Bahia Superior.

A Região Cacaueira baiana por quase dois séculos e meio se caracterizou pela produção e venda de amêndoas de cacau para mercados interno e internacional. A realidade começa a mudar com o produtor de cacau ingressando no seleto mercado de ovos de Páscoa e chocolates finos.

Um exemplo vem de Itamarati, distrito de Ibirapitanga, a 351 quilômetros de Salvador. O produtor Geraldo Farias, que há 30 anos produzia cacau e amêndoas in natura, na Fazenda Boa Vista Recreio, montou fábrica na propriedade da família e começou a produzir, há pouco mais de dois anos, chocolates finos, semelhantes aos suíços.

A Bahia Superior produz chocolates com até 70% de teor de cacau. Para agradar a todos os gostos, são fabricados também chocolates ao leite, mais adocicados, contendo 40% de teor de cacau e já conquistou prêmios nacionais e internacionais.

EM RESPEITO A GONZAGÃO

Empresário fala sobre a programação da Expofenita, que acontece de 16 a 23 de setembro

O Festival Nacional de Música Forrozeira é a aposta do empresário Josias Miguel para fazer a Expofenita 2012 “bombar”. Nesta quarta-feira, 4, no coquetel em que apresentou as novidades da exposição deste ano, Miguel deu ênfase ao festival, que concederá ao vencedor o prêmio de R$ 30 mil.

Exigências para disputar essa babinha: o artista ou banda não pode ter contrato com gravadora e o ritmo da música tem que ser xote, baião ou arrasta-pé. Ou seja, nada de forró eletrônico, forró-lambada, “forrocha” ou qualquer outra variação.

“Seria um sacrilégio permitir essas deturpações do forró justamente em 2012, quando comemoraríamos o centenário de Luiz Gonzaga, o rei do baião”, justifica-se Josias.

“A INTERNET É UM FAROESTE MODERNO”

Criador do Blog de Redação, considerado um dos dez melhores dessa modalidade no Brasil, o professor itabunense Gustavo Atallah Haun acredita que a escola deve compreender e conviver com a nova realidade trazida pela internet. “Aproveitar o que se tem e acrescentar o novo” – é o que ele prega nessa entrevista concedida ao PIMENTA, na qual o professor fala também sobre sua experiência na blogosfera e o que pensa sobre os blogs da região. Um bate-papo bem interessante, que você confere nas linhas abaixo:

 

PIMENTA – De onde surgiu essa ideia de criar um blog sobre redação?

Gustavo Haun – Olha, eu tinha uma sensação, como articulista diletante de jornal escrito, de não ter respaldo, de ter pouco retorno dos leitores. Sentia-me como um pregador no deserto. São mais de duas centenas e meia de textos publicados no Diário de Ilhéus, alguns no Jornal Agora e no Diário Bahia. Um número considerável para um amador. Mas havia esse vazio. Com a experiência de publicar alguns artigos aqui no Pimenta na Muqueca, que sempre me abriu as portas, vi que o resultado era imediato. Então, tive uma sacada com a disciplina que ministro aula: que tal postar tudo o que escrevi, a minha experiência de 11 anos de sala de aula e tal? Daí surgiu, despretensiosamente, o blog.

PIMENTA – Seus alunos acessam o blog? O que eles acham?

GH – Meus queridos alunos são sujeitos privilegiados que nasceram com essa ferramenta, para mim pedagógica, para eles de mero entretenimento. Eles acessam e vão me dando dicas: faça assim, faça assado… Mas a maioria que frequenta o blog é de cursinhos para concurso, pré-vestibulares e pré-Enem, tem uma busca mais objetiva, pois evito textos engraçadinhos, rasteiros, só para fisgar alunos. A minha meta é o bom conteúdo, prezo por isso. Evito que se torne um consultório gramatical ou redacional, algo assim.

PIMENTA – Legal quando você chama seu blog de “pedacinho de chão virtual”. Como você se sente nesse terreno relativamente novo e ao mesmo tempo já tão complexo e abrangente, que é a internet?

GH – Um peixe fora da água tentando se aprumar. É um mar de informações, ondas de opiniões, de doideras de todos os lados, respaldados ou não. Não sei como as gerações futuras farão para filtrar tudo isso… Liberdade demais, talvez, pode levar ao caos, não sei. A internet é um faroeste moderno, terra de ninguém, e de todos ao mesmo tempo. Mas depois da sacada inicial e de assistir ao belíssimo filme Escritores da Liberdade (2007) vi que era possível fazer o link com o que pretendia.

 

A sala de aula pode ser uma coisa muito, muito chata, insuportável até, quando a relação lá existente é baseada em interesse de nota ou em pura obrigação.

 

 

PIMENTA – Em um artigo postado no seu blog, você afirma que a escola perdeu a antiga condição de templo sagrado e único do saber. Já que as evidências indicam que esse é um processo irreversível, o que a escola precisa fazer para conviver com a nova realidade?

GH – Se adaptar aos tempos modernos, meu caro. O homem é moldável, a educação tem que entrar nesse balaio de gato, afinal, ela é o resultado de homens e de práticas. Frases como a de Rosely Sayão, tão famosas no meio educativo, como “Não há Educação sem repressão”, felizmente ou infelizmente, estão absolutamente fora de moda. A parada do momento agora é incluir, é aproveitar o que se tem e acrescentar o novo. A internet pode, e deve, ser usada com esse fim, tendo o cuidado com o caos que falei acima, não cair em um liquidificador cultural louco e sem nexo.

PIMENTA – Quais são as dores e as delícias de ser professor?

GH – Poxa, já escrevi vários textos sobre isso… A sala de aula pode ser uma coisa muito, muito chata, insuportável até, quando a relação lá existente é baseada em interesse de nota ou em pura obrigação. Então, pode ter sentido Paulo Mendes Campos afirmar que “aprender é uma mutilação”. Porém, há os gozos, há os momentos em que tudo vale a pena e que penso que escolhi o caminho certo. Por exemplo, recentemente postei um texto nota dez de uma aluna do segundo ano do Ensino Médio. Nessas horas, bate um orgulho de ser professor, apesar de que a pessoa que escreve é quem tem o mérito total do que escreveu. Eu só oriento, mostro caminhos, possibilidades. O escrevente é quem resolve, com o seu mundo, com suas leituras prévias, com a sua linguagem. Desculpem o lugar comum, mas a expressão que poderia sintetizar tudo isso que estou falando é “padecer no paraíso”.

PIMENTA – Falando de blog, o que você acha da blogosfera regional? Você acha que os blogs da terrinha cumprem um papel importante? O que lhes falta?

GH – Eu sou frequentador assíduo dos blogs grapiúnas, alguns inclusive estão linkados no meu. Gosto de muitos, mas sinto falta de blogs culturais na nossa região: os nossos artistas ainda não descobriram esse portal interessante e essa força incrível que é a internet. Alguns blogs jornalísticos – que não acesso – exploram a desgraça alheia; outros viraram palanque de figurinhas políticas carimbadas. Sei que a imparcialidade da imprensa é uma utopia, mas acho que deve ser perseguida, em nome da ética, da boa informação. Penso que os blogs, muitos discípulos do nosso Pimenta, cumprem, hoje, quem sabe, o papel que o jornalismo escrito não vem cumprindo em nossa cidade e região.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia