WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










abril 2012
D S T Q Q S S
« mar   maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: 11/abr/2012 . 23:43

O PROBLEMA DO LIXO

Ricardo Ribeiro | ricardo.ribeiro10@gmail.com

Trata-se de uma preocupação nacional e um problema que em Itabuna se acentuou nos últimos 30 anos, sem que até hoje ninguém tenha dado solução adequada.

 

Chega em bom momento a Itabuna a equipe de reportagem do Jornal Nacional para uma matéria sobre a destinação do lixo. Esse é de fato um problema grave no município, assim como na imensa maioria das cidades brasileiras, e que precisa ser enfrentado e resolvido com urgência máxima. Uma verdade que não pode ser escondida é que, quando o assunto é o destino incorreto dos resíduos, Itabuna não está só.

Há pouco tempo, o jornal A Tarde estampou foto das mais dantescas em sua primeira página, mostrando uma “estrada de lixo” na vizinha cidade de Ibicaraí. Diante da lente do excelente fotógrafo Luiz Tito, estendia-se um tapete multicolorido e certamente de odor indescritível, daqueles que são bem apreciados pelos ratos e urubus. Em vez de um aterro sanitário, o detrito apodrece na estrada e na beira do rio Colônia, para onde escorre o chorume assassino. O Colônia, como se sabe, deságua no nosso sofrido Cachoeira.

Ilhéus, também aqui do lado, é outro exemplo de má destinação dos resíduos sólidos. Onde deveria haver um aterro sanitário, compartilhado com a cidade de Uruçuca, existe um lixão onde catadores disputam o lixo com os urubus. Segundo consta, a falta de manutenção do acesso às glebas onde os detritos deveriam ser lançados e aterrados fez com que, ao longo do tempo, o material fosse despejado de qualquer jeito e em qualquer parte, inviabilizando totalmente o aterro. A Conder, num projeto em parceria com o município, procura resolver a situação, mas essa história já dura mais de cinco anos.

A reportagem do JN no ar certamente jogará luzes sobre a situação e, no caso de Itabuna, fará com que as autoridades acelerem as providências mais do que necessárias. A boa notícia é que os primeiros passos já foram dados, com medidas que estão enquadradas na Política Nacional de Saneamento.

Segundo o diretor de Projetos da Secretaria de Planejamento de Itabuna, Miguel Augusto Batista, há mais de dois anos o município está num processo em que pleiteia a utilização de recursos federais no desenvolvimento do Plano Municipal de Saneamento. E este plano tem como vertentes o lixo, o abastecimento de água, a coleta e tratamento de esgoto e o sistema de drenagem. A elaboração conta com o acompanhamento do Conselho Municipal do Meio Ambiente e de técnicos, como o próprio Batista e o professor Anderson Alves, especialista respeitado na área ambiental. Alves afirma que Itabuna está construindo um marco legal para o setor.

A previsão é de que o Plano Municipal de Saneamento esteja pronto até junho de 2013 e é bom lembrar que a Lei de Resíduos Sólidos determina que todos os lixões do país sejam transformados em aterros sanitários até 2014. Trata-se, como se vê, de uma preocupação nacional e um problema que em Itabuna se acentuou nos últimos 30 anos, sem que até hoje ninguém tenha dado solução adequada.

Cobrar providências para resolver essa questão é extremamente necessário, mas é preciso estar atento para o provável uso político-eleitoral que a matéria do JN irá acarretar, com direito a discursos demagógicos daqueles que, em ano de eleição, apresentam-se como detentores de receitas milagrosas para todos os males. Tal uso denunciará evidente e barato oportunismo, principalmente se os dedos que apontarem estiverem sujos…

Ricardo Ribeiro é advogado e um dos blogueiros do PIMENTA.

RUY E AZEVEDO NO ESCURINHO DA CÂMARA

O prefeito Capitão Azevedo (DEM) e o presidente da Câmara de Vereadores, Ruy Machado (PRP), conversaram longamente na manhã desta quarta, 11. A conversa se deu no gabinete de Ruy Machado.

Parte da conversa vazou para os pobres mortais. No calor infernal do prédio do Legislativo – que estava sem água e energia elétrica -, o prefeito pediu aquela forcinha de Ruy na aprovação das contas de 2009.

E completou a lista: também quer que o presidente dê um empurrãozinho para complicar a vida do ex-prefeito Geraldo Simões, cujas contas de 2002 ainda serão analisadas pelos vereadores.

Ruy ouviu o prefeito atentamente e ficou de fechar a conversa nesta quinta, 12, possivelmente fora de Itabuna.

FALSA DILMA APRONTA NO TWITTER

Um perfil falso (ou “fake”) da presidente Dilma Rousseff faz sucesso no Twitter por brincar com o estilo da petista e seu famoso mau-humor.

A página da falsa Dilma no microblog apresenta assim a presidente (ou presidenta, como queiram): “Sou linda, sou presidenta, sou Dilma”. E vai logo chutando a canela: “Sou uma sátira, se você não sabe o que é sátira, pega o número na fila do Bolsa Escola”.

Em um de seus posts, “Dilma” informa que “se fosse para ser simpática, seria guia turística na Disney e não Presidenta da República”.

O perfil tem um bom número de seguidores: 32.945 até o momento em que esta nota era redigida. Entre os que acompanham a brincadeira, está o ex-presidente do PT e da Petrobras, José Eduardo Dutra.

ESTADO DIZ QUE JÁ PAGA O PISO AOS PROFESSORES LICENCIADOS

Em Itabuna, impasse levou os professores da rede municipal a deflagrar greve por tempo indeterminado. Ontem, houve protestos no centro da cidade

A Secretaria da Educação da Bahia divulgou nota nesta quarta-feira, 11, na qual afirma que o piso nacional do magistério já é cumprido no Estado desde 2009. Mas ressalta que esse cumprimento se limita, por enquanto, aos profissionais licenciados, integrantes da carreira do magistério estadual.

Com relação aos professores com nível médio de ensino, que seriam 5.210 no total e ainda recebem abaixo do piso, a correção está prevista em projeto de lei enviado na tarde de hoje à Assembleia Legislativa.

Em Itabuna, onde os professores deflagraram greve reivindicando um reajuste de 22,22% para toda a categoria, o secretário municipal da Educação, Gustavo Lisboa, também afirmou que o piso nacional já é cumprido. O município ofereceu o percentual de 22,22 apenas para os profissionais do nível I, ficando os demais com 15% escalonados.

A categoria não aceitou e Lisboa alega que, em função da lei eleitoral, é possível que não dê mais para conceder além da reposição das perdas com a inflação do período, o que dá aproximadamente 6,5%.

O Sindicato do Magistério Público Municipal (Simpi) anunciou que tentará garantir o reajuste pela via judicial.

LIXÃO DE ITABUNA NO JORNAL NACIONAL

Itabuna volta a ser objeto de matéria em rede nacional. E, novamente, de forma negativa. Amanhã, equipe de reportagem do Jornal Nacional, da Rede Globo, desembarca no município para mostrar como o município descarta resíduos sólidos no quadro JN no Ar.

Reportagem de hoje revelou que o brasileiro produziu quase 62 milhões de toneladas de lixo em 2011. Itabuna será o contraponto de Itu, cidade paulista que é exemplo brasileiro em política de destinação de resíduos. Já o município sul-baiano, conta apenas com um “lixão”.

Apesar de Itabuna possuir aeroporto, o jatinho do JN no AR deverá pousar na vizinha Ilhéus. Isso, porque a prefeitura utiliza a pista do Tertuliano Guedes de Pinho para descartar entulhos retirados do canal Lava-Pés (Amélia Amado) e construção de moradias.

A EDUCAÇÃO E A RESPONSABILIDADE FISCAL

A luta por mais recursos para a educação está na crista da onda e expõe diferenças inclusive entre aliados  no plano federal. Opiniões divergentes sobre a matéria foram manifestadas ontem (10), em reunião no Ministério da Fazenda, onde estavam presentes representantes de entidades como a CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação) e Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior).

De um lado da mesa, a deputada federal Alice Portugal (PCdoB) apresentou sua defesa pela destinação de 10% do PIB para o setor. Do outro lado, o ministro Guido Mantega bateu pé firme nos 8,1% do PIB, afirmando ser necessário “compatibilizar responsabilidade educacional com responsabilidade fiscal”.

A comunista saiu do gabinete dizendo que a recepção foi muito gentil, mas não agradou. Para Alice, é preciso “manter a mobilização das ruas pelos 10% do PIB”.

ADAB QUER ANTECIPAR CAMPANHA CONTRA AFTOSA

A Adab (Agência de Defesa Agropecuária da Bahia) solicitou ao Ministério da Agricultura a antecipação da campanha contra a febre aftosa no Estado. A intenção é iniciar a vacinação do rebanho a partir da próxima segunda-feira, 16.

De acordo com o pedido encaminhado ao Ministério, a justificativa para antecipação é a estiagem que atinge grande parte da Bahia e prejudica a pecuária. “Essa estratégia vai atender todos os criadores, principalmente o pequeno produtor, que sofre com os efeitos da seca”, argumenta o secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles.

Dos 417 municípios baianos, 198 se encontram em estado de emergência em em função da seca. Cerca de 160 mil propriedades rurais são diretamente afetadas pela seca prolongada. A falta de chuvas é ameaça para 5 milhões de bovinos e bubalinos. O Estado tem um total de 11 milhões de cabeças.

MUNICÍPIOS DISCUTEM CADEIA PRODUTIVA DA GRAVIOLA EM IPIAÚ

Secretários de Agricultura de 15 municípios da região de Ipiaú vão se reunir nesta quinta-feira, 12, às 9 horas, no Consórcio Intermunicipal Vale do Rio das Contas, em preparação para o I Simpósio Baiano de Graviola programado para o dia 26. A cadeia produtiva da fruticultura está em expansão naquela região e gera receitas anuais de aproximadamente R$ 60 milhões.

O encontro contará com a participação de extensionistas da Ceplac e representantes do Sebrae, Adab e EBDA. Também já confirmaram presença secretários de Aiquara, Apuarema, Barra do Rocha, Dário Meira, Gongogi, Ibirataia, Ipiaú, Itagi, Itagibá, Itamari, Jequié, Jitaúna, Nova Ibiá, Ubatã e Ubaitaba, de acordo com Vilson Santos, do Núcleo Regional da Ceplac.

Previsto para o auditório do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, em Ipiaú, o I Simpósio Baiano da Graviola visa discutir aspectos relativos ao agronegócio, congregar profissionais ligados à cadeia produtiva e estimular empresários agroindustriais, agricultores, pesquisadores, extensionistas, agentes de assistência técnica e extensão rural.

HOMENAGEM A ORLANDO CARDOSO

O curso de Jornalismo da Faculdade Unime Itabuna promoverá mesa-redonda nesta quinta, 12, às 19h, no auditório do campus II da instituição. A programação lembrará o Dia do Jornalista (7 de Abril).

Com o tema “Profissão: Jornalista”, a mesa-redonda apresentará experiências em televisão do cinegrafista Marcos Roberto, produtora Roberta Macedo, repórter Camila Oliveira, editora e repórter Adana Matos, apresentador César Soares e de Rinara Luz, gerente de jornalismo da TV Santa Cruz, afiliada da Rede Globo em Itabuna.

O evento será encerrado com homenagem a Orlando Cardoso, um dos principais – e dos mais respeitados – radialistas da Bahia. Orlando apresenta o Panorama 640 na Rádio Difusora há mais de 20 anos e acumula 51 anos de experiência profissional.

BEBER (COM MODERAÇÃO) PODE DEIXAR CÉREBRO “LIGADO”, DIZ PESQUISA

Pesquisa feita por psicólogos da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, afirma que beber álcool em quantidades moderadas pode deixar o cérebro mais “afiado” para lidar com atividades que requerem criatividade. O estudo foi feito com 40 homens de idades entre 21 e 30 anos recrutados de forma voluntária através do site Craigslist.

Metade deles foi alcoolizada até atingir concentração de álcool no sangue de 0,075, que é acima do permitido para motoristas na maioria dos Estados americanos. Os demais continuaram sóbrios durante o estudo. Em seguida, todos os 40 participantes foram submetidos a testes de Associações Remotas de Mednick (RAT, na sigla em inglês), que é uma forma simples e rápida usada por psicólogos para avaliar a solução de problemas criativos.

Os cientistas apresentam três palavras ao entrevistado – por exemplo, “mate”, “cadeira” e “bule”. O objetivo é encontrar uma palavra comum que possa ser associada a cada um destes termos, como a palavra “chá” (formando a palavra composta “chá-mate” e as expressões “chá de cadeira” e “bule de chá”).

Os participantes que estavam alcoolizados conseguiram acertar mais vezes as respostas, do que os sóbrios. O índice de acerto entre as pessoas que haviam bebido era de 58%, em comparação com 42% dos que não tinham ingerido álcool.

Além disso, eles apresentaram respostas de forma mais rápida (12s para os alcoolizados, em comparação com 15s dos sóbrios) e com maior incidência de “lampejos espontâneos”. Informações da BBC Brasil.

DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE NA BAHIA

Rui Costa

Uma das necessidades mais significativas do Brasil hoje é a construção de modernos vetores logísticos para o escoamento da produção – seja de commodities, seja de produtos com valor adicionado pelo processo de industrialização.

A logística é uma peça-chave para o desenvolvimento regional e para a integração de territórios, principalmente em Estados como a Bahia, cuja atividade econômica se concentra em poucos setores, em especial a indústria da transformação, que responde por cerca de 28% do PIB.

Em artigo publicado na Folha no último dia 28 [de março] (“Ameaça sobre o legado de Jorge Amado”), o ex-deputado federal Fábio Feldmann, hoje consultor, questiona os projetos da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e do Porto Sul.

Feldmann parte de uma premissa falsa: é impossível conciliar o “hub” logístico resultante da construção da ferrovia e do porto com o turismo sustentável.

Na visão do governo da Bahia, os investimentos em infraestrutura do Estado geram oportunidades de emprego e renda, melhorando os indicadores sociais e ambientais.

Em relação ao Porto Sul, alvo central do questionamento, Feldmann ignora o rigoroso detalhamento do diagnóstico ambiental, que resultou na construção de um modelo que mitiga os impactos da obra e estabelece uma série de compensações que tornarão o projeto uma referência para o país.

Tais estudos levaram inclusive o governo do Estado a alterar o sítio original do empreendimento, que o próprio Feldmann reconhece como “inegável avanço”.

Uma das prioridades do projeto é a preservação do bioma da Mata Atlântica, razão pela qual já compramos uma área de 1.700 hectares que formará uma espécie de cinturão “verde” em torno do porto.

Criaremos um mosaico de ativos ambientais, compreendendo unidades de conservação nas localidades da Lagoa Encantada e na nascente do rio Almada, formando um corredor ecológico e preservando o turismo e a biodiversidade.

A relevância estratégica do empreendimento é ainda maior quando pensamos no impacto que ele terá sobre os indicadores sociais e econômicos locais.

A região do litoral sul da Bahia ainda sente os efeitos negativos do declínio da lavoura cacaueira. A participação de Ilhéus e Itabuna na economia baiana caiu de 5,3%, em 1999, para 3,1%.

Como em toda crise econômica, o maior ônus recai sobre os mais pobres, o que provocou um grande êxodo rural, que se assentou em um cinturão de ocupação irregular nos arredores das duas cidades.

O risco e o dano ambiental são questões inerentes a esses assentamentos, principalmente em Ilhéus, onde 34,5% dos domicílios não têm acesso à rede de esgoto.

:: LEIA MAIS »

UBALDO ESTÁ BEM NA FITA

De um lado, Ubaldo quando prefeito. Do outro, um cabo eleitoral de peso

Pesquisa feita no comecinho de abril sobre o cenário eleitoral em Itabuna traz um dado interessante. Como não expressa necessariamente intenção de voto, será divulgado aqui.

O levantamento procurou apurar o peso que o apoio de ex-prefeitos teria na opinião do eleitor e o resultado apontou forte respaldo de Ubaldo Dantas, que governou o município de 1982 a 1988 (naquele período, o mandato foi mais longo para alinhar as eleições no interior e nas capitais).

Nada menos que 37% das pessoas consultadas disseram que o apoio de Ubaldo a determinado candidato influenciaria positivamente na decisão do voto. Os que disseram que o mesmo apoio diminuiria a disposição de votar somaram 18% e os que declaram tal apoio como indiferente foram 33%. Outros 12 % disseram não saber.

BAHIA FARÁ MUTIRÃO PARA JULGAR CASOS DE HOMICÍDIO

Diante do recrudescimento da violência, elevação de estatísticas e da sensação de impunidade, juízes de 25 comarcas do interior e da capital foram convocados pelo Tribunal de Justiça da Bahia para a Semana do Tribunal do Júri, de 21 a 25 de maio.

O objetivo é cumprir a meta 4 da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), de julgar as ações penais relativas a homicídio doloso, distribuídas até 31 de dezembro de 2007.

O gestor das metas da Enasp no estado é o juiz auxiliar da Corregedoria de Presídios, Moacyr Pitta Lima Filho, que se reuniu esta semana, no auditório do TJ-BA, com os juízes das comarcas e estabeleceu como primordial que cada uma das comarcas realize, no mínimo, cinco julgamentos durante o mutirão.

Os magistrados criminais de Brumado, Candeias, Entre Rios, Eunápolis, Feira de Santana, Gandu, Irecê, Itapetinga, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Paulo Afonso, Porto Seguro, Senhor do Bonfim, Serrinha, Simões Filho, Valença e Vitória da Conquista participaram da reunião em Salvador.

:: LEIA MAIS »

LACEN NÃO CONFIRMA MORTE POR DENGUE

Ao contrário das suspeitas geradas por exames clínicos, a morte da paciente C.C.S.F., de 47 anos, ocorrida no final de março em Itabuna, não foi causada por dengue hemorrágica. Essa hipótese foi eliminada após teste de sorologia realizado no Lacen (Laboratório Central da Bahia), segundo informação da Secretaria Municipal da Saúde.

A paciente, que morava no Parque Boa Vista, periferia de Itabuna, faleceu no dia 27 de março, após dar entrada em estado grave no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. C.C.S.F. tinha síndrome de Down e apresentava vários problemas de saúde, como hipertensão arterial e cardiopatia.

PROFESSORES DA REDE ESTADUAL TAMBÉM ENTRAM EM GREVE

As aulas na rede estadual de ensino serão suspensas a partir de amanhã, 12, com o início da greve dos professores. A decisão de paralisar as atividades por tempo indeterminado foi tomada hoje em assembleia realizada em Salvador. A rede conta com aproximadamente 2 milhões de alunos em toda a Bahia.

Os educadores exigem do governo o cumprimento do piso salarial nacional de R$ 1.451,00. O governo informou, por meio da assessoria, que o projeto de lei que equipara o salário ao piso nacional já foi enviada à Assembleia Legislativa Estadual, mas a categoria reclama que o reajuste será parcelado. A primeira parcela em novembro e a segunda em abril de 2013.

Em Itabuna, os professores estão em greve desde a segunda, 9. Eles exigem que o município conceda reajuste salarial linear de 22,22% para os três níveis do magistério municipal. Ontem, cerca de 200 professores fizeram caminhada de protesto da Câmara de Vereadores até a praça Adami, no centro da cidade.

PROPAGANDA ELEITORAL ANTECIPADA: MP ESTÁ NO ENCALÇO DE 47 “APRESSADINHOS”

Nada menos do que 47 supostos pré-candidatos a cargos eletivos em Itabuna estão na mira do Ministério Público Estadual (MPE),  com enquadramento no artigo36 da Lei nº 9.504/97 – que coíbe a propaganda eleitoral antecipada. De acordo com a promotora Cinthia Portela Lopes, que responde por essa área em Itabuna, Jussari e Itapé, não só o sujeito beneficiado pela divulgação responde pelo delito, mas também o proprietário do veículo flagrado com o anúncio (em geral, um autocolante) e também a gráfica que o imprimiu.

“Rotineiramente, temos feitoduas representações em juízo, sendo uma especificamente contra o suposto candidatoe outra requerendo diligência, para identificar o dono do veículo, junto à Ciretran, e o dono da gráfica”, esclarece a representante do MPE.

Além dos 47 processos em andamento no Juizado da 27ª seção eleitoral de Itabuna, tramitam no MPE, com a citada promotora, denúncias de propaganda eleitoral antecipada também em Itapé e Jussari, que reunidas as provas fotográficas, deverão ser apresentadas ao juiz Wilson Gomes de Souza Júnior.

Pelo menos um caso já foi julgado e resultou em condenação de um pré-candidato. Por meio de denúncia da promotora Cinthia Portela Lopes, o juiz Wilson Gomes de Souza Júnior multou o comerciante Gerson Berto Paulino (o Gerson da Parceria Calçados) em R$ 10  mil, por ser “apressadinho” e antecipar-se ao período legal da propaganda (relembre aqui).






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia