WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










abril 2012
D S T Q Q S S
« mar   maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: 29/abr/2012 . 21:37

ITABUNA: JUSTIÇA DETERMINA BLOQUEIO DE R$ 2,6 MILHÕES DE VEREADORES E ASSESSORES

A juíza substituta da 1ª Vara da Fazenda Pública de Itabuna, Rosineide Almeida de Andrade, ordenou aos bancos do Brasil e Bradesco, no prazo de 15 dias, cópias de todos os contratos de empréstimos consignados celebrados por força de convênio firmado com a Câmara Municipal de Itabuna, entre janeiro de 2009 a dezembro de 2011. A magistrada fixou em R$ 500 a multa diária aos bancos em caso de descumprimento de sua decisão.  

A decisão foi publicada na edição eletrônica do Diário da Justiça deste final de semana e tem o objetivo de assegurar o integral ressarcimento dos danos causados ao erário, limitando-a ao montante de R$ 2. 572.272,99. O valor refere-se ao patrimônio de cada um dos acusados. Também não descarta busca e apreensão dos documentos.

A medida atinge os contratos de servidores públicos concursados, comissionados, além de todos os vereadores do município, acompanhados de todos os documentos acostados aos referidos contratos, tais como contracheques, RG, CPF, autorização de vereador para a celebração do negócio jurídico, entre outros porventura exigidos pelas instituições financeiras.

AFASTAMENTO POR 90 DIAS

Na quinta-feira, 26, atendendo ao pedido do Ministério Público estadual, a magistrada havia determinado o afastamento temporário dos vereadores Clóvis Loiola (PSDC), Raimundo Pólvora (DEM), Ricardo Bacelar (PSC), Roberto de Souza (PR), Solon Pinheiro (DEM) e Wenceslau Júnior (PCdoB) do exercício do mandato pelo prazo de 90 dias.

O afastamento visa salvaguardar a instrução processual. Os vereadores, no entanto, continuarão recebendo seus vencimentos. Todos são acusados pelo suposto envolvimento com a Máfia do Consignado na Câmara Municipal.

INCÊNDIO DESTRÓI PADARIA NO PONTALZINHO

Um incêndio praticamente destruiu a padaria Quentinho e Crocante no bairro Pontalzinho, região central de Itabuna. As labaredas avançaram rápido sobre o estabelecimento e destruíram o teto e boa parte do material armazenado na padaria.

Homens do Corpo de Bombeiros tentavam combater as chamas. As causas do incêndio ainda não são conhecidas. Houve inquietação pois o fogo ameaçava avançar sobre a vizinhança com força. O Corpo de Bombeiros também não está contando com veículos e material adequado para combate a incêndios.

SOBRE O CINE TEATRO JORGE AMADO

Fernando Caldas

Mas que milhão pode comprar a liberdade? Nenhum! Vamos seguir sonhando verdores, se eles virão ou não, que importa ao sonhador?

Eu acreditei e ainda acredito que podemos reativar o antigo cine teatro Itabuna. Não acredito em governos, esse ou aquele, mas que um dia a consciência coletiva grapiúna supere as trevas. Em relação ao cine teatro, a FICC já havia conseguido apoio do Banco Santander, também já havia reservado um montante próprio e tinha marcado reuniões com grupos interessados, inclusive com a Vale (eles próprios nos telefonaram mostrando interesse), e já tinha um projeto arquitetônico em fase final.

Não sou político no sentido estrito. Sonho uma Itabuna digna, humanizada, ambientalmente equilibrada e que enfatize as artes, a educação. Como diz o outro, tendo uma harmonia possível, sem grandes utopias. Mas o tempo ainda é de trevas, de absoluta ignorância.

Nesse sentido, não vejo grandes diferenças entre os gestores de Itabuna e a maioria do seu povo. Bares prosperam em Itabuna, farmácias e casas mortuárias, nada mais. Itabuna é muito boa para a Ambev, mesmo quando Itabuna se desloca para o litoral, nos feriados prolongados.

Fui fundador do grupo GRAMA, da Fundação Pau Brasil, do Núcleo de Ciências Agrárias da UESC, do Núcleo de Cultura da Loja Rosacruz de Itabuna e também da FICC. Sou autor do Projeto de Artes para Crianças e Jovens, hoje chamado de PAB, do Projeto Multiarte Firmino Rocha, dos Projetos de Resgate Literário e Musical de Itabuna, dentre outros. Não me cansei ainda, não desisti.

Agora mesmo, estou ajudando a fundar a Associação Itabunense de Artistas. Tudo sempre a troncos e barrancos, batendo de frente com o imaginário itabunense, que não consegue abandonar seu ranço de coronelismo, sangue e analfabetismo. A grande questão é: há razão em ajudar os que não querem ser ajudados? Sim, há. Porque enquanto houver crianças torna-se necessário construir castelos de sonhos.

Orgulho-me muito de não ser de partido nenhum, de não precisar puxar saco de ninguém, de dizer o que penso. Não preciso de Azevedo, nem de Geraldo, nem de Fernando, nem de qualquer político. Porque Itabuna não tem outros donos, senão o seu povo – mesmo que esse povo ignore profundamente a força que tem. O preço que pago é ser pobre. Mas que milhão pode comprar a liberdade? Nenhum! Vamos seguir sonhando verdores, se eles virão ou não, que importa ao sonhador?

Fernando Caldas é diretor de projetos da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC).

EXTREMO-SUL MOBILIZADO PARA IMPLANTAR CAMPUS DA UFESBA

Enquanto os políticos e líderes empresariais, sindicais e educadores de Itabuna e Ilhéus pouco ou nada fazem para assegurar agilidade à implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), o Extremo-Sul dá exemplo. Na sexta-feira, 27, o secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, foi uma das autoridades estaduais que estiveram em Teixeira de Freitas participando do seminário que discutiu impactos da implantação dos cursos de saúde no campus da universidade embrionária naquele município.

No início do mês, foram anunciados cursos da área de saúde para o campus de Teixeira de Freitas. Os cursos pré-definidos são os de Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição, Psicologia, Farmácia, Bioquímica e Medicina.

No evento da última sexta-feira, o professor e ex-reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Naomar Monteiro Filho, que também é responsável pelo projeto político-pedagógico, apresentou o modelo acadêmico da implantação da Ufesba, que terá três campi: Teixeira de Freitas, com centro de formação em ciências da saúde; Porto Seguro, centro de ciências ambientais e ciências humanas; e Itabuna, reitoria e centro das engenharias e artes.

GOL NO FIM PÕE BAHIA NA DISPUTA DE TÍTULO

Foi no sufoco que o Bahia conseguiu classificação para disputar as finais do Estadual 2012 contra o arqui-inimigo Vitória. O gol salvador veio aos 44 minutos do segundo tempo da partida contra o Vitória da Conquista. Rafael Donato deixou o dele, de cabeça. 1 a 0. Era o placar que o time soteropolitano necessitava, após ter perdido por 1 a 0 no estádio Lomanto Júnior, domingo passado.

A decisão do título do Baianão 2012 será em duas partidas. A primeira será no dia 6 e a finalíssima no outro final de semana, dia 13. Dono de melhor campanha na fase de classificação, o Bahia terá a vantagem de jogar por dois empates para levar o título.

PREVISÃO DE CHUVA A PARTIR DO DIA 3

Após forte estiagem dos últimos 20 dias, que prejudicou pastagens nas bacias leiteiras de Itapé, Itaju do Colônia e região de Itapetinga, uma boa notícia para os produtores.

A previsão para o litoral sul-baiano é de chuva a partir de 3 de maio, o que deve diminuir o impacto das altas temperaturas. O mesmo acontecerá na região de Itapetinga, no sudoeste baiano.

UMA BELA HOMENAGEM ÀS MÃES

A homenagem tem como tema os jogos olímpicos de Londres 2012. Sugestão de Marcel Leal, d´A Região.

WAGNER E A GREVE DOS PROFESSORES

Parece que a greve dos professores da rede estadual ganhará contornos semelhantes ao do primeiro mandato do governador Jaques Wagner, caso a categoria não arrede pé. Do lado governamental, o mandatário baiano diz que não há “caixa” para atender o pedido dos professores. A proposta é de 22,22% de reajuste, mas parcelado – os profissionais rejeitam. A greve entrará na quarta semana. Veja o que afirmou Wagner, conforme publica o site Trombone.

“Não existe hipótese alguma de aumentar o piso dos professores para a porcentagem que eles exigem. Se for dado este aumento, será uma despesa de R$ 500 milhões por ano. O salário dos professores está entre os melhores do país. Deve haver bom senso, pois, tenho de cumprir com o limite fiscal que é imposto. Peço aos professores que retornem às aulas, para não acontecer tantos prejuízos aos alunos”.

Rola no Facebook. Serve pra 2012…

Um deputado está andando tranquilamente quando é atropelado e morre.

A alma dele chega ao Paraíso e dá de cara com São Pedro na entrada.

– Bem-vindo ao Paraíso! – diz São Pedro

– Antes que você entre, há um probleminha. Raramente vemos parlamentares por aqui, sabe, então não sabemos bem o que fazer com você.

– Não vejo problema, é só me deixar entrar – diz o antigo deputado.

– Eu bem que gostaria, mas tenho ordens superiores. Vamos fazer o seguinte: Você passa um dia no Inferno e um dia no Paraíso Aí, pode escolher onde quer passar a eternidade.

– Não precisa, já resolvi. Quero ficar no Paraíso – diz o deputado.

– Desculpe, mas temos as nossas regras.

Assim, São Pedro o acompanha até o elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno. A porta se abre e ele se vê no meio de um lindo campo de golfe. Ao fundo o clube onde estão todos os seus amigos e outros políticos com os quais havia trabalhado.

Todos muito felizes em traje social.

Ele é cumprimentado, abraçado e eles começam a falar sobre os bons tempos em que ficaram ricos às custas do povo.

Jogam uma partida descontraída e depois comem lagosta e caviar.

Quem também está presente é o diabo, um cara muito amigável que passa o tempo todo dançando e contando piadas.

Eles se divertem tanto que, antes que ele perceba, já é hora de ir embora.

Todos se despedem dele com abraços e acenam enquanto o elevador sobe.

Ele sobe, sobe, sobe e porta se abre outra vez. São Pedro está esperando por ele..

Agora é a vez de visitar o Paraíso.

Ele passa 24 horas junto a um grupo de almas contentes que andam de nuvem em nuvem, tocando harpas e cantando.

Tudo vai muito bem e, antes que ele perceba, o dia se acaba e São Pedro retorna.

– E aí? Você passou um dia no Inferno e um dia no Paraíso.

Agora escolha a sua casa eterna.

Ele pensa um minuto e responde:

– Olha, eu nunca pensei .. O Paraíso é muito bom, mas eu acho que vou ficar melhor no Inferno.

Então São Pedro o leva de volta ao elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno.

A porta abre e ele se vê no meio de um enorme terreno baldio cheio de lixo. Ele vê todos os amigos com as roupas rasgadas e sujas catando o entulho e colocando em sacos pretos.

O diabo vai ao seu encontro e passa o braço pelo ombro do deputado.

– Não estou entendendo – gagueja o deputado –  Ontem mesmo eu estive aqui e havia um campo de golfe, um clube, lagosta, caviar, e nós dançamos e nos divertimos o tempo todo. Agora só vejo esse fim de mundo cheio de lixo e meus amigos arrasados!!!

O diabo olha pra ele, sorri ironicamente e diz:

– Ontem estávamos em campanha.  Agora, já conseguimos o seu voto…

A DESPEDIDA DE VEVÉ CALAZANS E O JINGLE

Da Coluna Tempo Presente, d´A Tarde

Vevé Calazans morreu brigando na Justiça (a ação corre em segredo), ao lado do cantor Gerônimo, o parceiro, por uma indenização de R$ 500 mil pela autoria do jingle ACM meu amor (aquela que diz: A… A… ACM meu amor) tida como uma das mais bem-feitas peças já produzidas pelo marketing político.

Vevé disse ao amigo Chocolate da Bahia que o contrato original era para o jingle ser usado à vontade enquanto ACM estivesse vivo.

Queria o dinheiro para ajudar a bancar a luta que travava contra o câncer.

———-

Em tempo: Vevé faleceu ontem, no Hospital Jorge Valente, em Salvador, vítima de câncer no pulmão. Ele é autor de canções como É D´Oxum, em parceria com Gerônimo, Na Ilha Grande e Agradecer e abraçar.

VOCÊ CONHECE NECO?

Em Ilhéus, durante a posse da nova comissão provisória do PMDB, o prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo (DEM), recebeu pressão por causa da disputa territorial com o município vizinho. Como se sabe, Itabuna briga para ter direito de propriedade sobre a área onde estão os supermercados Atacadão e Makro, o que Ilhéus não aceita de jeito nenhum.

Durante o evento do PMDB, Azevedo foi interpelado por Jamesson Araújo, do Agravo, que chegou para o prefeito e disse: “Capitão, largue minha cidade em paz!”.

Na parede, o capitão respondeu bem ao seu modo, ou seja, eximindo-se de qualquer responsabilidade pelo quiproquó. Preferiu sair pela tangente e apontar o deputado Coronel Santana (PTN) como o semeador da discórdia.

Jamesson publicou o diálogo em sua página no Facebook.

E PRA ITABUNA, NÃO VAI NADA?

O secretário estadual de Planejamento, José Sérgio Gabrielli, anunciou edital para conclusão do teatro de Feira de Santana. Outros R$ 9 milhões serão investidos na conclusão do centro de convenções da Princesinha do Sertão, do qual o teatro fará parte. Enquanto isso, Itabuna, a desdentada do Sul da Bahia, aguarda a conclusão do seu centro de convenções.

Por aqui, faltam lideranças, vergonha…






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia