skip to Main Content
17 de fevereiro de 2020 | 01:48 am

WAGNER INAUGURA DPT E TERMINAL PESQUEIRO E ANUNCIA OBRAS NO SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Wagner inaugura obras e assina ordens de serviço em Ilhéus.

O governador Jaques Wagner, o ministro da Pesca, Marcelo Crivella, e o presidenta da Bahia Pesca, Isaac Albagli, inauguram nesta quinta, 29, às 17 horas, o Terminal Pesqueiro de Ilhéus. A obra custou aproximadamente R$ 10 milhões. O terminal funcionará no antigo porto do município sul-baiano, na região central do município.

Antes, às 16h30min, Wagner entregará em Ilhéus as novas instalações do Departamento de Polícia Técnica (DPT), que atenderá a outros nove municípios da região e desafogará a unidade de polícia técnica de Itabuna.

O governador ainda participará das homenagens ao centenário da Associação Comercial de Ilhéus, às 19h30min, com a presença do ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. O ministro fará palestra abordando a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e o Porto Sul e o impacto destas obras no desenvolvimento regional.

Ainda na visita ao Sul da Bahia, hoje, Wagner também assinará licitação para construir a nova ponte interligando o centro à zona sul ilheense, além da ordem para reconstrução da rodovia que liga a BR-415 ao município de Barro Preto. De acordo com o governo, o pacote de investimentos é de R$ 98 milhões.

Esta publicação possui 12 comentários
  1. Obra e verbas só para Ilhéus? Favorecimento político?

    Porque um hospital regional em Ilhéus se quem resolve é Itabuna? Favorecimento político?

    Confiram o montante de recurso do SUS para Ilhéus e confronte com o que Itabuna recebe. Depois vejam o que cada um resolve e atende. É um absurdo. Favorecimento político?

    Houve critério técnico ou favorecimento político?

  2. Vivemos na ditadura do pt………..o povo vai sofrendo…segundo pesquisa a Bahia é o Estado que tem mais assasinato no Brasil………isso é culpa de quem não investe no social….educação, segurança e saúde….

  3. Mas e a dragagem????
    Na baia do pontal nem tem entrado barco de pesca, estão todos ao lado do Yate Clube, onde tem profundidade para eles ficarem. Disseram que fizeram uma “DRAGAGEM” com um barquinho puxando uma bomba de sucção, sugando areia de um lado, e jogando 10 metros depois, sendo que a areia retornou ja no outro dia pro mesmo lugar. Ou seja, dragagem pra peixe “boi” durmir. Só queremos saber como vai ser pra entrar e atracar nossos barcos de pesca lá. Estão trazendo o ministro, o governador, e um bando de politicos pra inaugurar um Porto Pesqueiro que não vai funcionar se não tiver uma dragagem seria. E desafio ao Sr. Albagli a convencer que teve uma dragagem ali. E tambem quero saber se a Capitania aprovou a tal dragagem de mentirinha. Ha… tambem quero saber pra onde foi a verba da dragagem. Vai ser dificil convencer nós pescadores de que tá tudo certo. Pescador não é bobo não seu ALBAGRE.

  4. Marcelo,vc é um sem noção.vc é mais um bairrista que fica na birra quando a cidade vizinha recebe um benefício.pois fique sabendo que ilheús assim como Itabuna precisa ser mais bem tratada por parte do governo e Ilheus sofre com essa ponte que nunca sai,e os itabunenses tbm quando vem curti uma praia.agora Itabuna vai ganhar uma faculdade federal e nem por isso eu estou de birra achando que o governo so favorece Itabuna,pelo contrário,estou feliz.pare com esse pensamento mediocre e comemore pois ilhéus é uma cidade vizinha da sua e tanto ilheús como itabuna tende a ganhar com a ponte,dpt e duplicação da 415 e hospital regional.

  5. Ok, tudo bem, o carioca inaugurou 2 casas de cachorro públicas.
    Nova ponte não pode, pois não tem locação nem licença ambiental. Pura mentira. O acesso a Barro Preto é apenas obra de manutenção. Esta toda esburacada, uma vergonha. Tomara que não fique pior, como o Ferry Boat, onde a intervenção do governo do PT só fez piorar!!!

  6. Prezado Marcelo, deixe de dor de cotovelo, pois Itabuna já ganhou tantos recursos nos últimos anos e Ilhéus não pode ganhar nada, que ganância em! Agora deixe de reclamar e vá cobrar dos políticos locais e dos seus deputados como Geraldo Simões….

    Escobar

  7. PARABÉNS AO GOVERNADOR DO PT, PEGOU UMA BAHIA DE NORTE AO SUL DESTROÇADA NÃO SERA EM 4 OU 8 ANOS QUE ELE FARÁ ESTA NOVA BAHIA, A DUPLICAÇÃO VIRÁ E JÁ ESTA INICIADA A REFORMA , QUE NÃO É REFORMA É FAZER NOVA ESTRADA, POIS O CARLISMO DEIXOU AS ESTRADAS TODAS DETONADAS DE FERRADAS A ILHÉUS.

    GERALDO PT, MANDOU PRA SANTA CASA 2.5 (DOIS MILHÕES E QUIETOS).
    MANDOU 2 MILHÕES PARA CONSTRUÇÃO DO CAMPO DE BOLA PARA OS AMADORES. FUTUROS PROFISSIONAIS E ESPORTE É UM MEIO DE COMBATER AS DROGAS. , POREM O PREFEITO NÃO TEM INTERESSE EM AGILIZAR E ESTE DINHEIRO QUE ESTA NO BANCO PODERÁ VOLTAR PARA A UNIÃO SE O PREFEITO NÃO BUSCAR AGILIZAR , POREM TENHO QUASE CERTEZA SE DEPENDER DE AZEVEDO ESTE DINHEIRO VOLTA, ALEM DO MAIS QUE ELE NÃO PODERIA TIRAR UMA FATIA PARA ELE E SUA TROPA.

  8. Prezado Julio Santos
    A Autoridade Marítima (Comandante da Marinha), representada pela Delegacia da Capitania dos Portos em Ilhéus, não “aprova” nem “reprova” os resultados de dragagens. As Normas determinam que os projetos de obras sobre, sob e às margens das Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB) sejam submetidos a parecer da Autoridade Marítima (AM). Nesses casos, sob o ponto de vista da Segurança do Tráfego Aquaviário, da Salvaguarda da Vida Humana no Mar e em Hidrovias Interiores, e ainda, da Prevenção da Poluição Hídrica, as Capitanias e Delegacias podem dar um parecer favorável ou não a uma dragagem ou obra.

    No caso específico da dragagem da Baía do Pontal, a Bahiapesca teve o parecer favorável para executar o serviço, entretanto, a qualidade e a consecução dos objetivos da mesma não cabem à Autoridade Marítima. Após a conclusão da dragagem, a Bahiapesca deve mandar realizar um Levantamento Hidrográfico (LH)Categoria “A”, que vai determinar a nova profundidade do canal de acesso e da boca da barra. Os dados apurados nesse LH é que vai ser considerado pela Diretoria de Hidrografia e Navegação para atualização da Carta Náutica da localização. A Bahiapesca deverá ainda realizar Batimetrias periódicas para avaliar a profundidade ao longo do tempo e dos processos de assoreamento causados pelo Rio.

    Esse resultado do LH (batimetria) também servirá para que o Capitão dos Portos da Bahia estabeleça/recomende o calado máximo, que será baseado na profundidade da menor baixa-mar e deduzindo-se o nível de redução previsto para o tipo de fundo da Baía do Pontal e da entrada da Barra.

    É isso. Espero ter contribuído.

    Um grande abraço, bons ventos e mares de Almirante!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top