neone cordeiroA desembargadora Telma Brito, do Tribunal de Justiça da Bahia, determinou o retorno ao cargo da prefeita de Jussari, Neone Barboza, investigada, pelo Ministério Público estadual, por supostas irregularidades em licitações e por atraso de salário de funcionários.

Neone foi afastada do cargo por determinação da Justiça em Buerarema, que entendeu a medida como necessária, embora tenha autorizado busca e apreensão na prefeitura em novembro.

A desembargadora aceitou os argumentos do advogado de defesa da prefeita, Álvaro Ferreira. Telma Brito entendeu não ter havido provas suficientes que justificassem o afastamento de Neone do cargo e determinou a continuidade da ação civil pública, mas com a prefeita “com a caneta”. No período, o vice , Guimarães (PCdoB), assumiu a prefeitura. Hoje, os dois estão em campos opostos. Neone não conseguiu ser reeleita.