WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





fevereiro 2013
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  

editorias





itao

ITABUNA: DOIS HOMICÍDIOS EM “CARNAVAL” DE BAIRRO

Juliano Couto foi a primeira vítima no Carnaval do Conceição

Juliano Couto foi a primeira vítima no Carnaval do Conceição

No último dia de uma festa carnavalesca realizada no bairro da Conceição, o mais antigo de Itabuna, quem entrou na folia foi a violência. O evento, organizado pelo vereador Glaby Carvalho de Andrade, o Glebão (PV), terminou com dois homicídios, ambos cometidos neste domingo, 3.

A primeira vítima se chamava Juliano de Oliveira Couto, 24 anos, e tinha passagem pela polícia por roubo. Ele foi baleado por volta das 15 horas, quando se encontrava na porta de um bar, em frente ao Itabuna Esporte Clube. Os autores do homicídio foram dois homens que estavam em uma moto Honda CB 300.

De acordo com o site Portal Sul da Bahia, após o crime houve recomendações para que a festa fosse encerrada, o que não ocorreu. Mais tarde, às 22h40, bandidos fizeram disparos de pistola entre os foliões. Em seguida, perseguiram um homem que tentou fugir pela rua Ruy Penalva de Farias, mas acabou sendo morto a cerca de 100 metros da praça onde acontecia a festa.

O site informa que, algumas horas antes deste segundo homicídio, policiais militares haviam feito nova recomendação para que a festa terminasse, mas foram vaiados pelos foliões.

 

11 respostas para “ITABUNA: DOIS HOMICÍDIOS EM “CARNAVAL” DE BAIRRO”

  • Lomanto says:

    Fui com meus filhos e esposa na casa de minha irmã na Ruy Penalva neste domingo pela tarde. Da varanda observei dois indivíduos cheirando pó, (bem culturalmente), muita gente até mulheres urinando nas portas dos moradores,uma música…Um verdadeiro inferno para quem sempre morou no bairro.A prefeitura não pode ceder autorização para um tipo de evento que prejudica muitos e faz a alegria de poucos.

  • MENINO CONVERSADOR says:

    Glebão sei que você não deseja isso, porém não faça mais essas festas, sem policiamento, festa de carnaval tem que ter toda uma preparação policial os tempos são outros, não estamos mais nos tempos das marchinhas dos casados e do Maria Rosa, acabem com isso festa em Itabuna se chama Cãonarval.

    O povo da pedra maldita estão se matando e os inocentes podem sobrar!

  • azarão says:

    O novo prefeito já iniciou seu mandato bem! Injetando 80mil reais para a realização desse evento, além dos 300 mil reais na realização da lavagem do beco do fuxico. Deixando mais de 100 pais de família sem salário, com a cínica desculpa de que a prefeitura está sem dinheiro para efetivar os pagamentos atrasados do mês de dezembro e décimo terceiro (2012).O cinismo é tanto,que ainda fez a proposta indecente de dividir tais pagamentos em 16x!
    Mais uma vez, acredito que 46 mil eleitores, cidadões desinformados e ludibriados, serão decepciodos com o governante que escolheram. Coitada de Itabuna! Mais um sofrimento!

  • Rui says:

    Se fosse uma festa indoor o vereador estava lascado!Teria que indenizar as famílias das vítimas.Agora mesmo fazendo festa aberta , se não solicitou a aprovação da polícia militar pode ter algum tipo de responsabilidade.

  • Sérgio Oliveira says:

    Infelizmente o nosso povo não tem educação bastante e suficiente para participar de quaisquer tipos de concentração de pessoas, principalmente de festas, …!!!

    Imagina se o Prefeito resolvesse fazer um carnaval na cidade, como nos velhos tempns, …?!?!?!

    Por ano, Itabuna praticamente tem o mesmo número de vítimas da tragédia de Santa Maria, …!!!

    São muitos jovens perdendo as suas vidas, e não se consegue enxergar quaisquer providências, ações, por parte das autirodades, principalmente o governo estadual, …, responsável direto pela segurança pública, …!!!

    Chega ser uma espécie de canibalismo entre facções das quais os jovens fazem parte, …!!!

    Novamente eu repito: Itabuna não tem porto, nem aeroporto. A área do município é muito pequena. Fica muito fácil fiscalizar as entradas e saídas da cidade, em busca de bandidos, armas e drogas, …!!!

    Basta querer, para começar a fazer, …!!!

    O problema é saber se as autoridades constituídas realmente querem fazer algo, …!!!

  • maria clara says:

    A cidade continua sem governo. Um vereador populista faz a política da cachaça,pão e circo para agradar a massa acéfala do seu bairro e acaba em tragédia. Lamento pela pessoas de bem do bairro da Conceição. O Sr. Glebão deve explicações pela tragédia e o omisso do Sr. Vane cobrado por ter injetado dinheiro público nessa carnificina.

  • lindona says:

    Itabuna está morta,saúde não funciona , postos médicos fechados ,até o básico a vacinas para seus filhos está difícil,ai vem o vereador querer agradar o povo com festa ,não poderia ser diferente.

  • Moradora do bairro says:

    Ouvi os tiros que mataram Juliano próximo ao Largo do Eucalíptos. Onde algumas horas depois, o trio infernal de Glebão parou pra fazer a alegria do povão. Quase encontravam o corpo estendido no asfalto. Falta de respeito!

  • leidikeit says:

    “Como nos velhos tempos” as festas de rua, e de famílias não apresentavam os problemas de agora, fica fácil enxergar e sentir que a cultura da cidade regrediu aos tempos dos canibais, sem que ninguém na era das TICs se reuna, monte um movimento via internet e materialize a Paz na cidade. Em outros tempos as pessoas tinham vergonha de apresentar doenças morais, agora as pessoas estão se formando para defender a violência, e a desordem social. Isso é problema para as autoridades locais resolverem, o governo estadual não montou unidade avançada no Monte Cristo? O resultado é criança matando criança, fazendo parte de gangue, ali mesmo, na cara da polícia! Itabuna é cidade sem nada!!!

  • azarão says:

    Comandante Lemos! acorda nossa cidade esta um terror e o senhor nada faz…..

  • mitchel says:

    Não concordo com a opinião da Moradora do Bairro e também com o titulo desta reportagem.Na minha opinião os homicidios não tem nada haver com a festa, essa é uma situação de bandido matando bandido , quando o trio passou por lá o crime já tinha ocorrido há muito tempo é um exagero dizer que quase encontra o corpo lá. Tudo bem que houve alguns erros da organização, penso que eles não imaginavam a proporção de gente que iria se localizar na festa, poucos banheiros quimicos, deveria ter fechado a passagens de acesso, como é feito no carnaval com detectores de metal, mais policiamento , agora pegar o Glebão para Cristo ai já é demais! com uma violência já existente aqui em Itabuna e com o tráfico de drogas comandando, não acho que o Glebão é culpado.

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia