WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba



bahiagas





abril 2013
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

editorias






:: 26/abr/2013 . 16:13

JOVEM É ASSASSINADO EM ITABUNA

O adolescente Jefferson da Silva Santos, conhecido como “Ovão”, de 17 anos, foi executado a tiros na tarde desta sexta-feira (26), próximo ao Complexo Policial de Itabuna.

A vítima estava trabalhando numa construção situada em um local conhecido como “Invasão” do Jaçanã. Leia mais no Plantão Itabuna.

OPERÁRIOS TRABALHAVAM EM CONDIÇÕES SUBUMANAS EM OBRA NO IFBA DE ILHÉUS

Trabalhadores foram resgatados na quarta à noite em alojamento no Ifba (Divulgação).

Trabalhadores foram resgatados na quarta à noite em alojamento no Ifba (Divulgação).

Auditores do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e uma procuradora-geral do Trabalho resgataram cinco operários alojados em condições subumanas no Ifba de Ilhéus.

Conforme relatório, os operários foram encontrados em um barraco sem água potável, iluminação e ventilação adequada. Também eram obrigados a dormirem no chão e não possuíam local para “realizar, preparar e armazenar as refeições”.

Os trabalhadores, conforme os fiscais e a procuradora do Trabalho, estavam em um alojamento que “sequer tinha porta nos fundos e os trabalhadores dormiam em vigília, com receio da entrada de animais peçonhentos e de estranhos”.

O resgate ocorreu na quarta-feira à noite e foi divulgado pelos dois órgãos nesta sexta, 26. Os operários foram contratados para trabalhar na construção de um ginásio poliesportivo na instituição federal de ensino localizada no quilômetro 13 da rodovia Ilhéus-Itabuna.

Na fiscalização, os auditores Eferson Gomes, Julio Silveira, Ronaldo Trindade e Gerson Pina tiveram o suporte da procuradora do Trabalho Claudia Soares, do Ministério Público do Trabalho em Itabuna. Os cinco operários foram encaminhados à Gerência Regional do Trabalho e Emprego em Ilhéus.

Claudia Soares considerou “inconcebível que uma empresa  que participe de uma licitação pública desenvolva sua atividade econômica e execute uma obra pública em detrimento da dignidade do cidadão-trabalhador”. O PIMENTA entrou em contato com a assessoria do Ministério Público do Trabalho, mas o nome da construtora somente será fornecido após a notificação, prevista para até a próxima segunda, 29.

Encontrados em condições análogas a de trabalho escravo, os operários tiveram os contratos rescindidos indiretamente. A empresa, segundo a MPT, terá que indenizar cada trabalhador resgatado, “a título de dano moral individual”.

ITABUNA: PF INCINERA 40 QUILOS DE COCAÍNA

Cerca de 40 quilos de pasta base de cocaína serão incinerados nesta sexta-feira (26), em Itabuna, durante uma operação da Polícia Federal de Ilhéus com o apoio do Ministério Público e Polícias Civil e Militar. A droga foi apreendida nos últimos meses pela PF na cidade de Ilhéus. Ainda na mesma operação, também serão incineradas drogas apreendidas pelas Polícias Civil e Militar.

A Polícia Federal incinera nesta sexta, 26, aproximadamente 40 quilos de pasta base de cocaína apreendidos em operações no sul da Bahia. Na foto de Oziel Aragão/Plantão Itabuna, agentes da PF recolhem a droga, no Fórum Ruy Barbosa, em Itabuna.

MINISTÉRIO DA SAÚDE ABRE CONCURSO COM 265 VAGAS E R$ 6,7 MIL DE SALÁRIO

O Ministério da Saúde abriu nesta sexta, 26, o prazo de inscrição em concurso público para preencher 265 vagas. A remuneração varia de R$ 3.981,41 a R$ 6.722,34.

São oferecidas vagas para analista técnico administrativo I e II, bibliotecário, administrador, contador, engenheiro eletricista, engenheiro civil  e economista. Das 265 vagas, 13 são reservadas a pessoas com deficiência.

O prazo de inscrição vai até 17 de maio. A taxa é de R$ 80,00. As provas vão ser aplicadas nas capitais e em Brasília em 7 de julho. Clique aqui para conferir edital ou se inscrever.

 

ESCOLA DEBATE HISTÓRIA E CULTURA INDÍGENA

abril indígena curumimA Escola Curumim promove, nos dias 29 e 30, na Universidade Estadual deSanta Cruz (Uesc), um debate sobre a lei nº 11.645, que insere no currículo escolar o estudo da história e da cultura indígena.

O encontro, denominado “Abril Indígena – Seminário I”, será aberto às 19 horas da segunda-feira (29), com uma conferência da professora Maria Rosáriode Carvalho, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), tendo logo após a apresentação de dança sagrada dos indígenas, com a participação das diversas etnias.

Até o fim da tarde da terça-feira, 30, haverá participações de outros especialistas, como o antropólogo Hugo Prudente, também da UFBA, a professora Rosilene Tuxá, representando a Secretaria Estadual da Educação, e osprofessores Carlos José, Agnaldo Pataxó e Elbert Almeida.

De acordo com o professor Jorge Luiz Batista dos Santos, um dos coordenadores do Abril Indígena, “o evento reafirma, no mês em que se comemora o Dia do Índio, a necessidade de se entender essa cultura que integra a identidade étnica nacional, mas que costuma ser comemorada de forma folclórica”.

A inscrição custa R$ 30,00 para professor e R$ 15,00 para outros interessados. A taxa deve ser paga no Banco do Brasil, agência 3175-5, conta-corrente 9043-3.

UM PASSEIO ANIMAL

Ontem à tarde, este era o cenário numa das mais movimentadas avenidas de Itabuna. Cavalos “passeavam” tranquilamente pela Juracy Magalhães, Bairro de Fátima. Nesta semana, a direção do Centro de Controle de Zoonoses prometeu recolher animais em vias públicas, mas falta estrutura para atender às denúncias.

Cavalos em plena Juracy Magalhães ontem à tarde (Foto do Leitor).

Cavalos em plena Juracy Magalhães ontem à tarde (Foto do Leitor).

A HISTÓRIA E OS CONSELHOS DO CHEFE ARNOLD

arnold coelhoArnold Coelho é dos mais respeitados nomes do design gráfico na Bahia. Ao UniverCidade, o “Chefe, como é carinhosamente chamado pelos colegas, contou sua história e deu dicas profissionais para os que estão e, principalmente, para quem se lança no mercado.

O início: “Cresci rabiscando as paredes das casas que morava e logo meus irmãos perceberam que estava nascendo mais um desenhista na família. Quando digo mais um é porque na última contagem encontramos 14. Hoje, com certeza, o número aumentou. Tenho dois filhos que adoram desenhar. De tanto rabiscar as paredes e desenhar para os amigos, ganhei a primeira oportunidade em 1984 para trabalhar em um escritório de arquitetura do meu tio Alfredo Coelho”.

Clique aqui e confira a história e os conselhos do Chefe.

A UFESBA E A DUPLICAÇÃO DA ILHÉUS-ITABUNA

Wagner: terreno da Ufesba é com município (Foto Pimenta).

Wagner: terreno da Ufesba é com município (Foto Pimenta).

Questionado se entraria em ação para garantir a compra de terreno para a sede da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), o governador Jaques Wagner, na cerimônia da Bahiagás, na última quarta, em Ilhéus, logo observou que a aquisição é tarefa do município.

Coincidentemente, no mesmo dia, à tarde, o prefeito Claudevane Leite (Vane do Renascer) assinou edital de chamamento público para quem deseja doar ou vender terreno destinado à construção da universidade. Vane havia se reunido, horas antes, com o governador no aeroporto de Ilhéus, de onde correu para o 15º Batalhão da PM, em Itabuna, para inauguração da central de telecomunicações regional, o Cicom.

Ao PIMENTA, Wagner também comentou sobre o processo da duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415). Ele disse que não poderia falar em prazo, mas ressaltou o compromisso da presidente Dilma Rousseff em iniciar a obra assim que os trâmites burocráticos forem cumpridos. Mas assegurou que a nova pista será, por questões ambientais, construída na margem direita do Rio Cachoeira.

PF NO HOSPITAL DE BASE

Após quatro anos, a Polícia Federal (PF) decidiu aprofundar as investigações das últimas gestões do Hospital de Base de Itabuna. Agentes da PF estão nesta semana no hospital em busca de documentos para encerrar as investigações de desmandos do período de 2005 a 2009, segundo o site Políticos do Sul da Bahia.

1,3 MILHÃO PODEM TER TÍTULO ELEITORAL CANCELADO

Números divulgados hoje pela Justiça Eleitoral indicam que 1,3 milhão de eleitores podem ter o título cancelado por não justificarem os votos nas últimas três eleições. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apenas 8,5% dos eleitores faltosos procuraram os cartórios eleitorais para regularizar a situação.

O prazo final para justificar a ausência nas últimas três eleições terminou hoje (25). Segundo o TSE, 1,5 milhão de eleitores estavam com a situação pendente, mas apenas 128,9 mil procuraram a Justiça Eleitoral.

O cancelamento de títulos ocorrerá de 10 a 12 de maio e em 14 de maio serão divulgados os números consolidados e os nomes daqueles que deixarão de ter título porque não votaram, não justificaram a ausência nas três últimas eleições e não foram a um cartório eleitoral para regularizar sua situação dentro do prazo. Informações da Agência Brasil.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia