WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
unime secom bahia primeiro emprego shopping jequitiba


maio 2013
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias


:: 5/maio/2013 . 20:46

A FINAL DE (QUASE) SEMPRE

O Campeonato Baiano 2013 “ameaçava” terminar com uma final com dois times do interior – Juazeiro e Juazeirense. Não passou disso.

O Juazeiro ficou na estrada diante do Bahia. Já o Vitória, perdeu por 2 a 0 para a Juazeirense, hoje, porém garantiu lugar na final ao aplicar 4 a 0 no adversário na última quinta, 2, no Barradão.

E, mais uma vez, teremos a dupla BA-VI nas finais do Baianão. A primeira das duas partidas será no próximo domingo, 12, no Estádio Fonte Nova, quando o Bahia tentará o primeiro triunfo diante do arquirrival Vitória nos últimos dois anos. Em 2013, foram duas derrotas para o rubro-negro (5 a 1 e 2 a 1).

REAÇÃO SINTOMÁTICA

O secretário de Saúde de Itabuna, Renan Araujo, comenta as críticas recebidas pelos novos investimentos e falhas no Hospital de Base de Itabuna (para entendê-lo melhor, clique aqui).

renan araujo2Renan Araujo | [email protected]

Sintomática essa reação forte ocorrida por ocasião da entrega dos ventiladores pulmonares no Hospital de Base. Reação de ódio dos que não tiveram competência para realizar.

Quando assumimos, em janeiro, o hospital contava com apenas 3 ventiladores. As familias tinham que alugar aparelhos se quisessem manter os parentes vivos. Alguns aparelhos estavam quebrados e Paulo Bicalho providenciou consertar. Hoje temos seis leitos de UTI funcionando. Mas a UTI comporta 10 leitos e temos espaço para mais 10. Os ventiladores serão usados também na emergência, nos leitos de reanimação.

Esses equipamentos são adquiridos pela SESAB, que os direciona para unidades municipais ou filantrópicas através de cessão de uso. Faz juz quem demonstra interesse e tem capacidade de articulação, como se diz popularmente: “quem corre atrás”.

Traremos essa semana um novo gerador no valor de 179 mil. O atual é insuficiente. Quando falta energia, é grande o risco de vida para os pacientes. Já recebemos quase um milhão em equipamentos.

Cada caixa daquelas traz um aparelho importantíssimo e que custa o valor de um carro zero.

Ao invés de comemorar, alguns criticam e atacam o governo Vane. Equiparemos o Hospital de Base para que ele se torne referência em emergência e atenção ao trauma (ortopedia e neurocirurgia). Com esses serviços devidamente habilitados, o Base será melhor remunerado.

Sintomático que recebamos críticas de quem passou por lá e deixou o hospital sucateado, com salários atrasados e 19 mil em caixa.

Regularizamos os salários dos servidores e estamos pagando mensalmente aos médicos. Só não pudemos ainda regularizar os atrasados dos médicos, mas vamos fazê-lo.

O hospital já apresenta melhoras, aumentou a quantidade de internamentos e cirurgias, temos mais leitos de UTI funcionando e novos equipamentos chegarão.

Os que nos criticam agora deixaram equipamentos do Cerdofi por dois anos no almoxarifado da Sesab sem retirá-los e fecharam aquela unidade, deixando os portadores de anemia falciforme desassistidos.

Trouxemos os equipamentos e eles já estão em uso pelos pacientes. Isso é que importa! Acima das vaidades e dos interesses menores, vamos reconstruir a saúde de Itabuna.

P.S.: As caixas que estão lá, estão cheias. As que chegaram vazias na gestão passada e que foram recebidas e pagas estão sendo objeto de inquérito da Polícia Federal. Não me compete responder sobre elas.

Renan Araujo é secretário de Saúde de Itabuna

JOSIAS CONTRA-ATACA APÓS ‘ALFINETADAS’ DE ISAAC ALBAGLI E JOSÉ CARLOS ARAÚJO

Josias responde à cutucada de Isaac Albagli.

Josias responde à cutucada de Isaac Albagli.

O deputado federal Josias Gomes (PT-BA) entrou em contato com o PIMENTA para responder à provocação do ex-presidente da Bahiapesca, hoje secretário de Desenvolvimento Urbano de Ilhéus, Isaac Albagli, que comentou seu artigo defendendo a candidatura do vice-governador Otto Alencar ao Senado Federal (relembre aqui).

Albagli desconfiou da defesa feita por Josias e enxergou desejo do petista de “fritar” a candidatura de Otto. O parlamentar petista contra-atacou. Segundo ele, a ideia do artigo surgiu após conversa com o próprio vice-governador, que lhe pediu apoio na empreitada. A conversa de Josias e Otto, segundo o petista, ocorreu quando ambos retornaram para Salvador depois de evento da Bahiagas, em Ilhéus, no último dia 24.

“Ele disse que queria meu apoio para o Senado e eu respondi: vou escrever um artigo de apoio. E ele concordou”, afirmou em contato por telefone com este blog.

Respondendo também ao deputado José Carlos Araújo, Josias disse que nunca atravessou samba nem colocou carro à frente dos bois. Araújo também fez críticas a Josias em artigo-resposta ao petista. Quanto a Isaac Albagli, Josias disse que o ex-presidente da Bahiapesca deixou claro, na resposta, “sua dificuldade de alinhamento político [com o PT e o governo]”. E fechou, alfinetando os dois aliados do governo de Wagner: “na política, até a raiva tem que ser combinada”.

 

UNIVERSO PARALELO

NOSSO MUNDO EM CONSTANTE TRANSFORMAÇÃO

mãos2É de espantar como certas pessoas, arquitetas de um Brasil que já se foi (e que, felizmente, não volta mais), se apegam a conceitos antigos. Querem o mundo estagnado, na permanente defesa do socialmente velho, sem perceber que o novo, para o bem ou para o mal, é inevitável. É saudável entender que o mundo é revolucionário, é processo contínuo de movimento e mudança, ambiente sempre em transformação, pouco importa nossa vontade. E, pior para essa gente, não é só o ambiente que sofre o impacto do novo, mas as pessoas também abrigam uma incrível luta de morte e vida: ao nascer, começamos a morrer – e sabemos o resultado desse embate, sem lhe saber a data.

________________

A leitura ajuda a compreender o Brasil

Os versados em filosofia já perceberam a pista: tateio a dialética marxista, talvez por influência de Para entender O capital (David Harvey, Boitempo Editorial/2013). Imagino que essas leituras nos ajudem a, além de entender o pensamento de Marx (muito citado e pouco lido), entender o Brasil. Vivemos, para desespero dos mais reacionários, tempos em que se unem indivíduos do mesmo sexo, empregadas domésticas têm direitos trabalhistas, índios, sem-terra e sem-teto protestam, pobres recebem Bolsa-Família, negros encontram abertas as portas da universidade. De pouco adianta reclamar, pois esses valores novos são irreversíveis.

_______________

Conquistas sociais que não têm volta

003 CotasQuem tiver tempo a perder e latim a gastar, que reclame do Bolsa-Família, por exemplo, mas o programa não tem volta, pouco importa quais forças políticas venham a dirigir o País. O grupo partidário que (em defesa da estagnação contra o movimento) atacou o BF já renunciou ao combate desde a última campanha, prometendo aumentar os valores distribuídos e ainda acrescê-los de um surpreendente 13º salário (ou seria 13ª bolsa?). Diga-se o mesmo das cotas para afrodescendentes: pesquisa em quatro universidades federais mostra que as cotas deram certo. Os argumentos contrários a elas não se confirmaram, eram só as velhas manifestações de preconceito.

COMENTE! »

ENTRE PARÊNTESES

A questão com o livro emprestado, aqui referido há poucos dias, não é apenas devolver, mas devolver bem cuidado. Já me aconteceu receber de volta livro que parecia ter vindo da guerra ou sobrevivido a incêndio: sujo, amassado, com páginas dobradas, riscado, capa escangalhada, num escandaloso desrespeito. Siga-se o exemplo de mestre Jorge Araújo – que se acaso toma emprestado livro de alguém o devolve no estado em que foi recebido. Livro deve ser tratado com delicadeza e carinho, de mãos limpas como queremos que tenham os políticos, e carinhosas como devem ser as de quem mapeia o corpo de pessoa muito amada.

VESTIDO RODADO E PINTINHAS NA BOCHECHA

005 São JoãoEm princípio, tudo que existe no corpo humano tem utilidade – eu não sei qual a serventia do meu dedo mindinho do pé, mas deixa pra lá. Os olhos possuem uma coisa chamada celha (ê), conhecida como cílio, que os protege da poeira e outras agressões – e a tal celha é guarnecida pela sobrancelha, que lhe fica acima. Em crônica de agradável sabor sobre os festejos juninos em Ilhéus, o autor me faz lembrar que havia, então, ao pé da fogueira, dentre outros atrativos, “damas, com vestido rodado, quadriculado, exibindo a feição maquiada, com pintinhas na bochecha, batons nos lábios, realce nas sombracelhas e cabelo dividido ao meio…” – ah, meu tempo!
_______________

Som nasal que se aboleta nas palavras

O texto merece elogios, mas necessita de um reparo nesse apêndice capilar que tão deliciosas lembranças nos evocam: para começar, não creio que o cronista quisesse dizer sombracelhas, que nunca ouvi, mas sombrancelhas, muito comum, mas igualmente equivocado. Seria um erro de digitação? Usa-se, com alguma insistência, sombrancelha em lugar de sobrancelha (suponho que viria de sobre a celha, com o som transformado). Mas sombracelha é novidade. Curioso é como esse “n” anasalador de sons invade as palavras e ali se aboleta, criando sérios entraves para quem fala ou escreve: indiossincrasia (por idiossincrasia), buginganga (bugiganga), mortandela (mortadela),  reinvidicar (reivindicar), intinerário (itinerário) – e por aí vai.

_______________

Cílios postiços custam os olhos da cara

007 Malu MaderAs mulheres, que já nascem criativas, logo se aperceberam de que os cílios eram um item de beleza, tanto que os projetam grandes, bem tratados, escovados, às vezes adquiridos em butiques, a preços que custam os olhos da cara (com perdão pelo mau trocadilho). E não desprezam as sobrancelhas, que são aparadas, depiladas, pintadas, redesenhadas, perfumadas e submetidas a demais truques capazes de melhorar o que a natureza já fez bem feito. A bela e doce Malu Mäder, matéria de sonhos masculinos, escolheu caminhar, se entendem, na contramão: em vez de investir na mudança, preferiu manter au naturel suas sobrancelhas. De minha parte, nada oponho, até aplaudo.

COMENTE! »

MADAME BREL TINHA O GELO DENTRO DO PEITO

Canção francesa das mais festejadas, todo mundo conhece Ne me quitte pas, aqui referida, pelo menos, duas vezes. Como já explicamos que o som desta coluna é montado sobre standards, vá lá a terceira: descubro, com atraso, um surpreendente registro de  Alcione – respeitável voz de sambista e, pelo que sei, não chegada a gorjeios em outra língua que não a camoniana. É mais uma cantora para este dramático tema masculino que, curiosamente, tem raras gravações de homens. Não precisa dizer que Ne me quitte pas foi feita (com todos os versos  em cinco sílabas) por Jacques Brel para sua mulher, quando se separaram, em 1959. Creio que aquela Suzanne Gabrielle, ao resistir a uma cantada desta categoria, provou ter dentro do peito uma pedra de gelo.
(O.C.)

A TÃO SONHADA COPA DO MUNDO

valéria santana artigoValéria Santana

Os Jogos Panamericanos de 2007 foram um fiasco em termos de investimentos, que ficaram centrados apenas nos equipamentos esportivos, e uma grande parte deles não gerou retorno para a cidade do Rio de Janeiro.

Tenho visto muitas manifestações, principalmente no Facebook, sobre os investimentos para a construção dos estádios que irão sediar os jogos da Copa do Mundo. Acredito que toda manifestação em prol de uma causa justa é valida. Mas vamos lá. Se o governo resolvesse não investir na melhoria dos estádios, o que os brasileiros estariam falando agora? Afinal, somos o País do Futebol, aqui a maioria gosta desse esporte, pratica e até mesmo deixa de fazer muita coisa para assistir aos jogos do seu time preferido.

A questão não é se fez ou deixou de fazer, se investiu nos estádios e deixou a educação e a saúde, por exemplo, de lado. (Afinal, todos nós sabemos que esses dois quesitos são uma “m….” por aqui). Mas, analisando a copa do mundo em outros lugares, vi que toda mobilização para a realização desse evento realmente beneficiou a população.

As avenidas, o transporte e a qualidade de vida da população mudaram, não só na época do evento, mas em longo prazo. Além da beleza dos estádios. Afinal, creio que é isso que se busca para o país quando se resolve candidatar-se a sede desse maravilhoso evento. A Alemanha, em 2006, e os Estados Unidos em 1994, são os melhores exemplos de sucesso.

O Brasil está recebendo mais de 183 bilhões de reais em investimentos para a copa. E isso inclui modernização dos aeroportos, telecomunicações, segurança, qualificação profissional, mobilidade urbana, energia e saúde. Já estamos bem perto da Copa das Confederações; alguns jogos para testes já estão sendo realizados, e, claro, que tudo isso é uma oportunidade de verificar a infraestrutura dos estádios e as condições dos municípios-sede.

Porém, o que me preocupa é que até agora só tenho visto em funcionamento para a copa de 2014 os estádios. Será que os outros investimentos ficarão para outra copa? Outro ponto a ser observado na construção desses estádios são as pessoas responsáveis pelos projetos. Ou eles não são daqui, ou não assistem aos telejornais.

Ficaram bonitos? Sim. Mas, aqui pra nós, com o dinheiro que se gastou poderia ter ficado melhor. Além disso, fizeram um estádio para pessoas educadas (eles esqueceram que somos brasileiros e que invadir estádio é a coisa mais normal por aqui). Um exemplo de falta de educação foram as caxirolas no último BA-VI. Eu estou achando que o sonho de sediar a copa pode se transformar em um belo pesadelo.

:: LEIA MAIS »

VALDERICO SOFREU MAL SÚBITO, DIZ ADVOGADO

Advogado do empresário e ex-prefeito de Ilhéus Valderico Reis, Luiz Coelho retificou informação sobre a condução coercitiva da Polícia Federal, ontem à noite, em Salvador. Ao contrário do amplamente noticiado, sustenta Coelho, não houve detenção e sim um problema de saúde do empresário.

Segundo Luiz Coelho, o empresário sofreu mal súbito quando participava da cerimônia de casamento do filho, Valderico Luiz Reis Júnior. “Devidamente medicado, ele passa bem e sob acompanhamento médico para futuras avaliações”, informa o o advogado.

Valderico foi prefeito de Ilhéus no período de janeiro de 2005 a julho de 2007, quando foi cassado pela Câmara de Vereadores, acusado da prática de corrupção. Confira íntegra da nota no “leia mais”.

:: LEIA MAIS »

LULA: “NÃO PRECISA ESTABELECER RELAÇÃO PROMÍSCUA PARA FAZER POLÍTICA”

LivroLulaDilmaDo Blog de Josias de Souza

Será lançado no próximo dia 13 o livro “10 anos de governos pós-neoliberais no Brasil: Lula e Dilma.” Em meio a duas dezenas de textos analíticos, a obra traz uma entrevista de Lula. Ocupa 20 das 384 páginas. Foi concedida ao educador argentino Pablo Gentili e ao sociólogo Emir Sader, organizador do livro, em 14 de fevereiro –nas pegadas das condenações do mensalão.

Em vários pontos da conversa, Lula fez algo muito parecido com uma autocrítica. A certa altura, disse que “o PT cometeu os mesmos desvios que criticava” nos outros partidos. Atribuiu o rebaixamento ético ao peso do dinheiro nas eleições. Disse que seu partido precisa voltar a acreditar nos “valores” que o inspiravam no passado, para “provar que é possível fazer política com seriedade.”

De repente, Lula saiu-se com essa: “Você pode fazer o jogo político, pode fazer aliança política, pode fazer coalizão política, mas não precisa estabelecer uma relação promíscua para fazer política. O PT precisa voltar urgentemente a ter isso como uma tarefa dele e como exercício prático da democracia.”

O Lula do livro destoa do Lula que, em nome dos arranjos de 2014, aconselhou Dilma Rousseff a devolver à Esplanada representantes dos esquemas partidários que haviam sido varridos na pseudofaxina de 2011. Esse Lula que dá aulas de balcão não orna com o Lula da entrevista: “Às vezes tenho a impressão que partido político é um negócio, quando, na verdade, deveria ser um item extremamente importante para a sociedade.”

Leia a íntegra no blog

PESCADOR DESAPARECE NO MAR DE ILHÉUS

O pescador Joelton Alves de Souza, de 42 anos, está desaparecido deste ontem, 4, por volta das 10h, após acidente numa embarcação próximo ao Porto Internacional do Malhado, em Ilhéus. Segundo um amigo, Joelton tentava jogar linha de pesca, quando caiu no mar.

As buscas foram suspensas ontem à tarde e retomadas nesta manhã de domingo, 5. Até o final da manhã, o corpo do homem não havia sido encontrado. As buscas são realizadas por equipes do Corpo de Bombeiros e da Marinha.

VALDERICO CAI NAS GARRAS DA PF EM SALVADOR

O casamento do empresário Valderico Reis Júnior, em Salvador, ganhou, ontem à noite, uns convidados, no minimo, indesejáveis para o pai do noivo, o empresário e ex-prefeito de Ilhéus, Valderico Reis. Momentos antes da solenidade, agentes da Polícia Federal chegaram ao local da cerimônia e “levaram” o ex-prefeito para prestar depoimento.

O susto do ex-prefeito não teve longa duração. Logo após ter sido levado, advogados de Valderico conseguiram ua liberação do ex-prefeito, que já está solto.

Leia a íntegra no Jornal Bahia Online



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia