WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom sao joao unime shopping jequitiba


maio 2013
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias


:: 10/maio/2013 . 19:02

NTR ENGENHARIA TENTA DESQUALIFICAR DENÚNCIA DO MPT E PROCURADORA REAGE

Trabalhadores escravizados no Ifba serão indenizados em R$ 30 mil.

Trabalhadores escravizados no Ifba serão indenizados em R$ 30 mil.

A NTR Engenharia assinou termo de ajustamento de conduta (TAC), mas tentou desqualificar o flagrante de trabalho escravo na obra de construção do ginásio poliesportivo do Ifba de Ilhéus, no final de abril (relembre aqui). Cinco operários foram encontrados em um barraco em condições análogas à de trabalho escravo, no canteiro da obra.

O engenheiro civil da NTR, Onias Bento da Silva Neto, considerou a proposta de acordo, por parte do Ministério Público do Trabalho, como uma demonstração de “que a provável prática de trabalho escravo na obra de Ilhéus foi um grande equívoco e que nunca existiu”. A declaração de Onias foi feita em nota pública assinada pelo reitor em exercício do Ifba, Anilson Cerqueira Gomes.

A procuradora do MPT da sede regional em Itabuna, Cláudia Soares, rebateu a tentativa do engenheiro da NTR.

– Nenhuma declaração da empresa pode desqualificar um auto de infração emitido pelos auditores-fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego, que têm a presunção legal de veracidade. Propor o TAC foi, em nosso entendimento, a forma mais rápida e eficiente de garantir o pagamento dos trabalhadores em tempo hábil, uma vez que a empresa já havia ingressado com pedido de pagamento em consignação judicial, o que demandaria muito mais temp0 – esclareceu a procuradora.

A NTR, que tem sede em Itabuna, venceu disputa pelos lotes de construção de ginásios poliesportivos dos campi do Ifba de Ilhéus, Jequié e Vitória da Conquista, terá de pagar R$ 70 mil a título de danos morais coletivos. A obra de Vitória da Conquista somente será retomada quando a empresa comprovar que as irregularidades foram sanadas.

Além dos R$ 70 mil de danos morais coletivos, a indenização aos trabalhadores foi fixada em, aproximadamente, R$ 30 mil, incluindo a multa rescisória, e deverá ser paga na próxima quinta, 16, na sede do MPT em Itabuna. No leia mais, confira a nota emitida pelo reitor do Ifba, Anilson Roberto Cerqueira Gomes.

:: LEIA MAIS »

PROFESSORES MANTÊM OPERAÇÃO TARTARUGA

Professores fizeram protestos ontem e hoje no Centro Administrativo.

Professores fizeram protestos ontem e hoje no Centro Administrativo.

Os professores da rede municipal de ensino em Itabuna decidiram manter a Operação Tartaruga, pelo menos, até a próxima quarta, 15, em protesto pela continuidade nas negociações com o governo. A presidente do Sindicato Municipal dos Professores (Simpi), Normagnolândia Guimarães, disse que entregará à Câmara, na próxima segunda, 13, parecer que comprovaria a capacidade do município em conceder reajuste de 15%, parcelado, à categoria.

Hoje pela manhã, os professores cantaram o Samba da Traição (Vou festejar, com Beth Carvalho) para o prefeito Claudevane Leite (PRB), enquanto o gestor prestava homenagem a mães servidoras públicas, no estacionamento do Centro Administrativo Firmino Alves. Os educadores rejeitam a contraproposta do município de concessão de reajuste de 5,57%.

Durante a Operação Tartaruga, os professores vão trabalhar apenas meio período em cada turno, liberando os alunos uma hora e meia antes (relembre aqui). A presidente do Simpi disse que a categoria realizará novas assembleias e protestos durante a próxima semana, além de uma parada na quinta, 16. A canção cantada pelos professores para o prefeito itabunense:

DINHEIRO NA CONTA

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) efetuou, hoje, o repasse relativo a março da Maternidade Ester Gomes (Mãe Pobre) e do Cemepi (antigo Ipepi) em Itabuna. A informação foi repassada ao deputado Augusto Castro por Hipólito Brito, do Fundo Estadual de Saúde.

Foram repassados R$ 177.649,02 para a Maternidade Ester Gomes e R$ 57.120,79 para o Cemepi. Os valores correspondem a março. Até a próxima semana, a Sesab deve repassar R$ 45.013,82 relativo ao atendimento ambulatorial prestado pelo Cemepi. Hoje, também, o governo baiano repassou R$ 212 mil devidos ao Hospital São Judas.

EMASA REINTEGRA DEMITIDOS EM 2009

Reunião selou acordo entre empresa e funcionários readmitidos.

Reunião selou acordo entre empresa e funcionários readmitidos.

Um acordo encerrou disputa judicial que se arrastava há quatro anos e envolvia sete funcionários e a direção da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa). Os sete trabalhadores foram demitidos pelo ex-presidente Alfredo Melo sob a justificativa de que, conforme comunicado da empresa, “tentaram contra o bem público e desrespeitaram superiores” em 27 de maio de 2009, durante uma paralisação.

Os trabalhadores recorreram à Justiça do Trabalho, mas numa reunião ocorrida nesta sexta, 10, na sede administrativa da Emasa, na Rua São Vicente de Paulo, centro, empresa e representantes dos funcionários assinaram acordo que pôs fim à disputa jurídica.

O acordo teve a intermediação da direção estadual do Sindicato dos Trabalhadores em Indústria e Empresas de Purificação e Distribuição de Água (Sindae) e foi assinado pelo presidente da Emasa, Ricardo Campos, e representantes dos trabalhadores.

A SEMENTE DA CORRUPÇÃO

Karoline VitalKaroline Vital | [email protected]

O “gosto” pelo benefício próprio é a semente das pequenas corrupções, que crescem proporcionalmente ao nível de poder alcançado.

Os praticantes da Lei de Gérson são tão fiéis ao que acreditam quanto homens-bomba fundamentalistas. A máxima de levar vantagem em tudo é defendida com unhas e dentes, passando por cima até da valorização de entes queridos. Os exemplos são sortidos. Mas citarei o que acontece nas portarias de casas de espetáculos. Não vou nem falar de gente que vai a shows caros de artistas famosos, mas de pessoas que se recusam a coçar o bolso para colaborar com eventos em que familiares e amigos participam ou organizam.

A mesquinhez dos gersonianos é sinistra. Com arrogância, empinam o nariz, inflam o peito e saem rebocando quem ou o que estiver impedindo sua entrada.

– Minha filha vai se apresentar!

– A senhora tem convite?

– Olhe o meu nome. Deve estar na lista! – a gersoniana responde arrogantemente, sem olhar nos olhos do funcionário.

Ao ser informada de que não existe lista, a criatura avarenta sai bufando, puxando o celular da bolsa a fim de mobilizar não sei quem de não sei de onde para ordenar sua entrada gratuita. Enquanto o ser de comportamento ético duvidoso contorce sua tromba de insatisfação, chega à bilheteria uma menina vestindo a camiseta de um dos grupos que vai se apresentar.

– Quero uma meia-entrada, por favor – disse, enquanto puxava a carteira estudantil.

Ela não precisava pagar pelo show que iria oferecer ao público. Mas sua consciência de que o evento de pequeno porte precisa do maior número de colaborações possíveis não deu espaço para a vaidade ou sovinice. A mocinha pegou seu tíquete, entregou ao porteiro e adentrou no espaço.

A discípula de Gérson continuava firme e forte em sua luta pela xepa. Depois de conseguir falar com a autoridade máxima que a salvaria da iminente bancarrota, passa pela portaria mais inchada que um baiacu.

– A pessoa que vai liberar minha entrada já está chegando… – fala ao porteiro com altivez e deboche.

No tempo que a aprendiz de Tio Patinhas esperava seu salvo-conduto, chega uma família vinda de um bairro periférico. Os três fizeram questão de se dirigir o quanto antes à bilheteria e ter o orgulho de pagar para ver a filha e neta subir ao palco. Com humildade no olhar e falar, entraram tranquilamente e, com calma, escolheram o lugar com melhor ângulo, entrando antes da seguidora da Lei de Gérson.

O ser pão-duro estava irredutível. Cansada de ficar em pé no mesmo lugar, esperando pelo convite, a mulher andava de um lado para o outro, demonstrando angústia e ódio. Finalmente, depois de o segundo sinal ter soado, chega a autoridade máxima capaz de liberar a entrada da velhaca. De baiacu de cara feia, a pavão imponente. E ela ainda fez questão de cochichar no ouvido de seu salvador os maus-tratos que recebera do porteiro, enquanto passava pela catraca. Por alguns segundos, pensei até que fosse mostrar língua para o rapaz. Mas, sua pose de dondoca permitiu apenas que desse de ombro.

E essa não foi a única cena patética da noite. Não é e nem será a única do mundo. Os defensores da Lei de Gérson estão pouco se lixando para os outros. Eles só pensam o quão espertos são pela vantagem que estão levando. Não ligam em colaborar com a organização do evento, em valorizar quem está se apresentando, ou quem fez aquilo que está sendo consumido… O “gosto” pelo benefício próprio é a semente das pequenas corrupções, que crescem proporcionalmente ao nível de poder alcançado.

Karoline Vital é jornalista.

SUCESSÃO NA ACI

luiz ribeiro buriti foto pimentaA Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (Acei) começa a viver o clima de sucessão. Eduardo Fontes não pode mais concorrer à presidência após dois mandatos consecutivos. O nome mais forte à sucessão em 2013 é o do empresário Luiz Ribeiro, dono das Lojas Buriti. Fontes trabalha para fazê-lo o seu sucessor na entidade.

O prazo para inscrição de chapas na Associação Comercial vai até o dia 3 de junho.

ITABUNA: “DESPERTA DÉBORA” MOBILIZA RELIGIOSOS

desperta déboraReligiosos de várias denominações participam de uma ação nacional do Projeto Desperta Débora, amanhã, 11, em Itabuna. Eronilda Carvalho diz que, a partir das 9 horas de amanhã, o movimento internacional de mulheres vai promover evento de incentivo para que pais e mães façam orações diárias pelas vidas de crianças e jovens, não importando se estes são filhos biológicos, adotivos ou espirituais.

A Parada Nacional de oração aos filhos será deflagrada em todo o país. Em Itabuna, a concentração dos participantes será no Jardim do Ó, a partir das 9h, seguindo pela Avenida do Cinquentenário. Haverá panfletagem na Avenida do Cinquentenário.

COMÉRCIO TERÁ HORÁRIO ESPECIAL AMANHÃ

Comércio terá horário especial na véspera do Dia das Mães.

Comércio terá horário especial na véspera do Dia das Mães.

Um acordo estabelecido durante a assinatura da convenção coletiva entre comerciários e segmento patronal permitirá que as lojas abram em horário especial neste sábado, 11, em Itabuna. Na véspera do Dia das Mães, o comércio ficará aberto até as 17 horas.

O Shopping Jequitibá funcionará até as 23h deste sábado. No Dia das Mães, algumas lojas terão horário especial de funcionamento devido à data especial. Restaurantes e lanchonetes da praça de alimentação funcionarão das 12h às 21h.

PIMENTA DO DIA

Comentário do leitor Sérgio Oliveira à nota do assalto a um ônibus da Rota que fazia a linha Itabuna-Salobrinho(Uesc), ontem.

Pouco antes desse horário do assalto, relatado no post, eu passei pelo Posto Policial (TOR), retornando da Uesc, de carro, após ter ministrado aulas, e pensei comigo mesmo: Por que o Posto Policial está fechado, em plena tarde, parecendo até mesmo estar desativado?

Se o referido Posto estivesse em atividade, talvez facilitasse a prisão dos assaltantes, ou mesmo teria inibido a ação dos mesmos!

A falta de Segurança Pública no nosso estado, definitivamente, passa por falta de inteligência – e de estratégia!

A “ousadia” dos bandidos passa pela ausência do estado!

SINAPRO NO SEMINÁRIO DE MARKETING

sinapro-baUm workshop de criação voltado a agências do mercado regional está sendo promovido, nesta sexta, 10, durante o 22º Seminário de Marketing e Propaganda do Sul da Bahia, na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

O workshop com os diretores de Bruno Lage (Propeg) e Rodrigo Batinga e Rodrigo Soares (ambos da Leiaute) é realizado pelo Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia), parceiro da Associação Comercial de Itabuna no seminário. A direção do Sinapro-Bahia diz que o evento do Clube de Criação visa “valorizar o mercado publicitário baiano”. O workshop termina nesta manhã.

À tarde, o Seminário de Marketing e Propaganda do Sul da Bahia terá palestras e painéis. Às 14 horas, Luiz Hosannah, MBA em psicologia das organizações, aborda o tema “Comportamento do Consumidor”, seguido pela mestre em língua portuguesa e comunicação corporativa Priscila Toledo, que falará de vícios de linguagem na comunicação corporativa com a abordagem.

A programação trará, ainda hoje, o painel O sul da Bahia que dá certo, com três cases de sucesso no sul da Bahia: O Mutirão do Diabético, realizado pelo Hospital de Olhos Beira Rio; o exemplo de cooperativismo com a Unicred-Itabuna e a mudança no varejo regional com o Shopping Jequitibá.

O advogado e especialista Ivo de Camargo falará dos aspectos legais de promoções comerciais e marketing promocional. Na sequência, Vivaldo Mendonça, da CAR, e o economista Davidson Magalhães, presidente da Bahiagás, abordam oportunidades de negócios no sul da Bahia. O evento vai até amanhã, 11. Clique no “leia mais” e confira a programação.

:: LEIA MAIS »

ESTUDANTES DAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS TERÃO BOLSA DE ATÉ R$ 900,00

O Ministério da Educação lançou, ontem, um programa de bolsa-permanência destinado a estudantes de universidades e institutos federais  com renda inferior a 1,5 salário mínimo e que estudem em cursos com carga de, pelo menos, cinco horas diárias.

As bolsas variam de R$ 400,00 a R$ 900,00 (esta voltada a indígenas e quilombolas) e serão sacadas por meio de cartão magnético em agências do Banco do Brasil e rede compartilhada.

À Agência Brasil, Speller informou que o cadastramento será online, com duração permanente e atualizado a cada mês pelas universidades. A iniciativa do Governo Federal integra o Programa Nacional de Bolsa Permanência.

A REALIDADE NUA E CRUA E AS LÁGRIMAS DA APRESENTADORA

Ontem à tarde, o Jornal Hoje (Rede Globo) exibiu reportagem em que mostrava o flagelo das drogas (crack à frente) e a destruição de famílias em Minas Gerais. Num dos momentos mais emocionantes, a filha localiza a mãe na rua, totalmente dependente do crack, magra e em desespero. Sandra Annenberg, apresentadora do jornalístico, disse ainda na bancada que havia chorado durante a edição da matéria. E novamente não conteve as lágrimas.

A reportagem de mais de cinco minutos também traz o drama de um homem vítima do crack e mulher dependente formada em química e matemática presa por 12 dias em uma favela em Belo Horizonte – e uma estatística: de cada cem pessoas desaparecidas, 18 são ‘tragadas’ pelas drogas.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia