WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba



bahiagas





julho 2013
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: 6/jul/2013 . 14:58

PORTO SUL: DONOS DE TERRAS DESAPROPRIADAS COBRAM “INDENIZAÇÃO JUSTA”

Produtores querem indenização com "valor justo" (Foto Avaz).

Produtores querem indenização com “valor justo” (Foto Avaz).

Agricultores familiares da área de mais de 1,7 mil hectares do Porto Sul, em Ilhéus, iniciaram uma campanha de coleta de assinaturas. A intenção não é barrar o projeto, mas obter apoio popular para exigir do governador Jaques Wagner indenizações justas pela área desapropriada, em Aritaguá, zona norte do município.

Pelos cálculos do idealizador, Marcelo Abrantes, são 228 imóveis na área afetada, a maioria de agricultores familiares. “Os agricultores familiares desapropriados são a favor do Porto Sul, querem indenizações justas pela norma ABNT, pois necessitam do valores justos, para recomeçarem em outros locais com dignidade e fazerem o que sabem para sobreviver”, reforça a petição que está disponível para assinaturas na internet (clique e conheça).

ACIDENTE COM ÔNIBUS DEIXOU 1 MORTO E 61 FERIDOS EM ITAMARAJU

Sem freio, ônibus arrastou carro, postes e passarela (Foto Itamaraju Notícias).

Sem freio, ônibus arrastou carro, postes e passarela (Foto Itamaraju Notícias).

Um acidente com ônibus desgovernado da Viação Itamaraju no final da tarde de ontem (5) no município do extremo-sul baiano deixou uma pessoa morta e 61 feridas. O número de feridos foi confirmado pelo secretário de Governo de Itamaraju, Luciano Porto, pela internet. Os feridos não correm risco de morte, segundo o secretário.

O acidente ocorreu no centro comercial e provocou a morte do motorista, Railton Oliveira Santos. Os feridos foram transferidos para hospitais em Itamaraju, Teixeira de Freitas, Porto Seguro e Eunápolis. O veículo perdeu freio e colidiu contra uma moto e um carro e parou após bater em uma passarela.

PT CONTRA PT – É O QUE SE ANUNCIA PARA O MOMENTO

walmir rosárioWalmir Rosário | wallaw1111@gmail.com

Enquanto todos os brasileiros demonstraram entender o recado, o Governo Federal fez de conta que nada daquilo era com ele e que passaria incólume ao recado das ruas.

Uma guerra fratricida sem precedentes é o que se vislumbra nos altos escalões do Partido dos Trabalhadores (PT). É a famosa luta do PT contra o PT. Mas não a que estamos acostumados a assistir, e sim a hegemonia de uma de suas correntes. Como fogo de monturo, ela foi deflagrada desde a posse de Dilma Rousseff à Presidência, porém vem se acirrando a cada dia, a cada protesto, a cada pescoço degolado.

Ficou mais evidente agora, depois dos protestos que assolam as ruas do país. De um lado, o bloco petista dos descontentes, que ainda não se conforma com essa maneira petista de governar. Afinal, não foi para isso que lutaram contra a ditadura. Saíram os militares, entraram os burgueses, como sempre acontece, o que tem causado grande descontentamento, embora não reclamem de forma clara, agem à sorrelfa. Sem falar na luta intestina pelos corredores e salas do Palácio do Planalto.

Esta última é a mais acirrada, pois age nas sombras em busca de um espaço no sol do poder. É o PT contra o PT. Disto ninguém tem dúvida. Afinal são mais de uma dezena de correntes e tendências com pensamentos filosóficos dos mais díspares. Embora algumas poucas não causem preocupações, tendo em vista a pequena capacidade de mobilização interna e externa, outra cresce se agiganta como uma verdadeira Hidra de Lerna. E já amedronta.

A luta interna pelo poder está sendo desnudada para a sociedade a cada protesto, a cada reivindicação vinda das ruas. E não se limita a encontrar soluções para a redução dos R$ 0,20 da tarifa dos transportes urbanos, pois algumas medidas – falhas e inconsistentes – foram tomadas, a exemplo da desoneração de impostos. A verdadeira briga, a de cachorros grandes, como se diz na gíria, está nas ações políticas.

E nessa luta renhida travada entre o PT contra o PT é que estão sendo colocadas as “cascas de bananas” para a presidenta Dilma Rousseff pisar. E ela tem escorregado em todas. Qualquer aluno do terceiro semestre dos cursos de Direito ou Ciências Políticas teriam interpretado de forma diferente as ações anunciadas pela presidenta, todas em flagrante desrespeito à Constituição Federal. Um vexame.

Quem teria aconselhado a presidenta Dilma a dirigir à Nação tamanhos impropérios? Com certeza não foram os técnicos da Presidência da República – incluindo, aí seus ministérios e órgãos de assessoria –, pois possuem quadros de competência comprovada. E esses erros crassos foram sendo repetidos à exaustão, como se o Brasil não vivesse sob a égide do estado democrático de direito, obrigando ministros ir a públicos para os desconcertantes a desmentidos institucionais, do tipo: “não foi bem isso que queria dizer”.

Dilma e Lula. PT contra o PT. Com todos os desmentidos e dissimulações, fica cada vez mais evidenciado e provado os desencontros. No núcleo duro do Palácio do Planalto as discordâncias estão cada vez mais expostas. O grupo fiel a Lula acredita que ainda deve obediência ao ex-presidente e mostra o desconforto do relacionamento com a presidenta, que possui métodos bastante diferentes de governar, distribuindo broncas a torto e a direito, o que não deixa de ser uma falta de respeito com o subordinado.

Se é incompetente, o remédio mais adequado é a exoneração, o que nunca acontece. Esse comportamento evidencia que, apesar da caneta e do diário oficial à disposição, a presidenta não pode agir como queria, ou seja: com os colaboradores de sua estrita confiança. Se essas dificuldades permeiam a relação interpartidária, avaliem em relação aos partidos da base aliada, com desejos e pensamentos dos mais diversos.

:: LEIA MAIS »

WAGNER ESPERA CONFIRMAR 3 NOVAS INDÚSTRIAS EM FIRMINO ALVES, ITAPETINGA E ITORORÓ

Em primeira mão

Wagner vai a São Paulo para fechar acordos.

Wagner vai a São Paulo para fechar acordos.

O governo baiano espera fechar, na próxima terça (9), acordos para a atração de três indústrias para o centro sul do Estado e minimizar os efeitos do fechamento de unidades da Vulcabras/Azaleia em Itapetinga, Firmino Alves e Itororó.

O governador Jaques Wagner, o secretário James Correa (Indústria, Comércio e Mineração e o deputado estadual Rosemberg Pinto viajam a São Paulo para definir detalhes da vinda das empresas. A previsão é de que os protocolos de intenções sejam assinados no dia 16, em Itororó, conforme apurou o PIMENTA.

As conversas estão avançadas com as empresas das áreas de calçados, confecções e insumos para indústria de celulose.

A indústria de calçados será instalada em Itororó e deve gerar cerca de 900 empregos. A de vestuário terá como destino Bandeira do Colônia, distrito de Itapetinga e tem previsão de abertura de 250 postos de trabalho. Firmino Alves receberá fábrica de insumos para indústria de celulose, com estimativa de 400 empregos.

Rosemberg confirma negociações avançadas.

Rosemberg: negociações avançadas.

Para atrair os novos investimentos, o governo baiano dará incentivos semelhantes aos oferecidos para atrair a Azaleia: isenção de 99,5% do ICMS e linha de financiamento da agência de fomento Desenbahia, além de da reutilização de galpões da fabricante de calçados.

O deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) confirmou ao blog as negociações e disse que estas ações resultam de intensa negociação do governo baiano e intervenção pessoal para abertura de novos postos de trabalho. Líder do PT na Assembleia Legislativa, o parlamentar ressaltou a sensibilidade de Wagner para confirmar a chegada das empresas. Atualizado às 13h30min.

PODE ISSO, DOUTOR?

Moradores do São Caetano, em Itabuna, queixam-se da falta de equipamentos e aparelhos básicos na unidade de saúde do bairro.

Por lá, até mesmo aparelho para aferir a pressão arterial está quebrado há mais de uma semana.

Um paciente hipertenso tentava medir a pressão desde a sexta-feira da semana passada (28). Desistiu. “É uma vergonha isso”.

A promessa é de chegada de novos aparelhos até o início da segunda quinzena deste mês.

PESQUISA REVELA QUE 70% DOS HOMENS SÓ VÃO AO MÉDICO APÓS PUXÃO DE ORELHA DA FAMÍLIA

Um levantamento do Centro de Referência em Saúde do Homem de São Paulo mostra que 70% das pessoas do sexo masculino que procuram um consultório médico tiveram a influência da mulher ou de filhos. O estudo também revela que mais da metade desses pacientes adiou a ida ao médico e já chegou com doenças em estágio avançado.

Entre as justificativas apresentadas pelos homens entrevistados estão a falta de tempo, o preconceito e a sensação de invulnerabilidade às doenças. Os pacientes relataram que só cederam aos apelos dos parentes quando a dor ou o incômodo passou a atrapalhar muito a rotina.

Segundo o médico urologista e coordenador do centro, Joaquim Claro, em muitos casos, a demora em buscar ajuda foi tão grande que o paciente precisou passar por uma intervenção cirúrgica. “O homem precisa manter cuidados mínimos realizando check ups de forma periódica, pelo menos uma vez ao ano. Isso porque, com o envelhecimento, os problemas começam a ser, se não mais frequentes, pelo menos mais preocupantes”, disse.

O médico destacou que exames de rotina e consultas precisam ser mais frequentes principalmente a partir dos 40 anos. Após essa idade, as patologias mais comuns são câncer de próstata, problemas nos rins e na bexiga que podem levar ao câncer, alterações hormonais, cálculos renais e crescimento benigno da próstata. Informações da Agência Brasil.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia