cidadelle

julho 2013
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


itao

MORADORES DE BAIRRO RESIDENCIAL FAZEM ABAIXO-ASSINADO CONTRA EMPRESA

Carros formam longa filas em área residencial (Foto Pimenta/Arquivo).

Carros formam longa filas em área residencial (Foto Pimenta/Arquivo).

Moradores das ruas 1 e 2 do Jardim Primavera, em Itabuna, estão pedindo a retirada de uma empresa de inspeção veicular no bairro. O abaixo-assinado foi proposto depois de, segundo eles, não mais suportarem os transtornos provocados pela VistoCar.

“O inferno começam às 7 da manhã. Vai carro de tudo que é lugar e de tudo que é tamanho”, denuncia um morador da localidade. “A fila de carro é interminável em frente às nossas portas, por cima de passeios”.

A VistoCar fatura de R$ 98,90 a R$ 190,00 com a vistoria veicular, revelou este blog há quase dez dias (reveja aqui). Como a área para vistoria é pequena, os carros ocupam ruas e calçadas, provocando transtorno aos moradores.

A região onde a empresa se instalou é residencial. “Por que a empresa não tem um estacionamento próprio, uma área para fazer essas vistorias?”, questiona. “Esse não é local adequado para esse tipo de negócio”, completa, cobrando a presença da fiscalização da prefeitura.

A praça tornou-se local para vistoria ou estacionamento dos veículos a serem vistoriados. “Virou banheiro ao ar livre. Fazem xixi nas árvores da praça”, diz um morador da Rua 2. Outra reclamação é que veículos de grande porte têm destruído a rede de esgoto e entupido bocas de lobo. “Com a chuva, o inferno é maior ainda”.

16 respostas para “MORADORES DE BAIRRO RESIDENCIAL FAZEM ABAIXO-ASSINADO CONTRA EMPRESA”

  • kiko99 disse:

    Estive em Itabuna em junho. Comprei um carro e trouxe aqui para o interior de São Paulo, onde moro. Fiquei estarrecido com os serviços dessa empresa. Não fornecem senhas. Não importa quantos carros tenham que atender, eles obrigam as pessoas a colocarem, literalmente, os carros na fila (um absurdo sem tamanho), fato que provoca tumulto para quem mora ou passa por ali.
    Itabuna parece que não tem governo municipal, não tem fiscalização… todo mundo faz o que quer e bem entende… a desorganização da cidade é terrível. Fico chocado em ver minha cidade natal dessa forma.
    Amigos meus que vão a Itabuna, voltam dizendo que nunca viram uma cidade tão desorganizada e sem poder público atuando.
    Quando vai surgir alguém que a governe?

  • CARLOS AUGUSTO disse:

    -ITABUNA CONTINUA SENDO UMA CIDADE PROVINCIANA E MEDIEVAL, AONDE EXISTE UMA LEI DE POSTURA MAIS QUE INFELIZMENTE NÃO HÁ INTERESSE POR PARTE DO GESTOR PÚBLICO DE COLOCA-LO EM PRATICA.
    -AQUI PODE TUDO, ABRIR BAR, OFICINAS MECÂNICAS EM VIA PÚBLICA, SERRARIAS E SERRALHARIAS EM MEIOS DE RESIDÊNCIAS, CAMELOS PODE SE ESTABELECER EM QUALQUER LUGAR, E POR AÍ VAI.
    -SE ESSA EMPRESA ESTÁ FUNCIONANDO NESTE LOCAL INADEQUADO, COM CERTEZA A PREFEITURA CONCEDEU O ALVARÁ.
    -SÓ RESTA AGORA OS MORADORES ENTRAR COM UMA AÇÃO NA JUSTIÇA, PARA CORRIGIR MAIS ESSA ABERRAÇÃO CRIADA PELA OMISSÃO E LENIÊNCIA DE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS CORRUPTOS DA PREFEITURA. COM CERTEZA VOCÊS IRÃO ENCONTRAR NO CÓDIGO DE POSTURA DO MUNICÍPIO ALGUM ARTIGO QUE PROÍBE ESTE TIPO DE COMERCIO EM ÁREA RESIDENCIAL.

  • J. Reis disse:

    Em Itabuna todos os espaços públicos são de domínio privado.

  • Manuela disse:

    Realmente está um transtorno para nós moradores, pois esse estabelecimento tirou a nossa paz e o nosso sossego e a nossa privacidade.

  • Manuela disse:

    Engraçado é que a rua que que dá acesso ao Complexo Policial o SETRAN nunca pode colocar um quebra mola porque as viaturas quando vem de uma diligencia passam voando e não podem ao menos diminuir a velocidade, e agora depois desse estabelecimento ficam estacionados filas de carros e caminhões dificultando o trânsito o que eles tem a nos dizer!!!!

  • CARLOS disse:

    Os moradores da área em que encontra-se instalada esta empresa, já sabem a quem pertence ? Quando souberem, irão perceber a maracutaia que ele é, e ficarão mais indignados ainda.Sugiro que não fiquem chateados com o LARANJA (o que emprestou o nome), para não aparecer o verdadeiro nome. Pelo menos é o que se comenta na cidade…

  • graunadocachoeira disse:

    Nossa, tá mais que na hora dessa empresa procurar outro rumo. Bairro residencial não comporta este tipo de empreendimento.Pista do aeroporto desativado é o melhor local.

  • alexba disse:

    Empresa desorganizada, tentei fazer essa vistoria por quatro vezes e não consegui, já desisti. Prefiro pagar multa a dar 1 real pra eles. Vergonha, por isso o povo se revoltou, não podemos aceitar isso. O poder público terceiriza pra qualquer um por interesse financeiro.
    Parabens ao site, como sempre, por ter coragem de fazer denúncias contra essa humilhação, tanto de moradores como de clientes que somos obrigados a ser, por falta de opção.

  • USUARIO disse:

    ENGRAÇADO, AGORA OS MORADORES CHAMAM ESSE ESPAÇO DE “PRAÇA” MAIS NENHUM MORADOR NUNCA SE PREOCUPOU EM CUIDAR. NA DENUNCIA DIZEM QUE CARROS FICAM NOS PASSEIOS, PORQUE NÃO TIRARAM UMA FOTO PARA COMPROVAR O QUE DIZEM? QUEM DISSE QUE OS CARROS Ñ PODEM FICAR EM FILA NA RUA COMO ASSIM FAZEM? AS GARAGENS SIM SÃO PROIBIDOS ESTACIONAR NA FRENTE MAIS OS DEMAIS LOCAIS MESMO QUE SEJAM A FRENTE DAS CASAS NÃO HÁ PROBLEMAS. O CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO NÃO PROIBI ESSE TIPO DE ESTACIONAMENTO. NUNCA VI UM MORADOR DA URBIS II ( QUE Ñ GOSTAM DE ASSIM SER CHAMADOS) NA RUA 2 TER CORAGEM DE CUIDAR DESSE ESPAÇO QUE SEMPRE FOI UM LUGAR DE MUITO MATO E SUJEIRA. FICAM PROCURANDO CHIFRE EM CABEÇA DE CAVALO DIZENDO QUE OS CARROS ENTOPEM AS BOCA DE LOBO. TOMA VERGONHA NA CARA E PROCURA O QUE FAZER. UM MONTE DE FALIDO SE ACHANDO QUE É RICO. KKKKKKKKKK
    AIAI, SÓ AQUI MESMO NO ” JARDIM PRIMAVERA” OU MELHOR URBIS II.

  • kiko99 disse:

    USUARIO,

    Infelizmente, pessoas como você estão se tornando frequentes em Itabuna. E estão destruindo a cidade.
    Quem sai de Itabuna e passa a morar em qualquer lugar organizado, não quer volta mais.

  • Carlos Brandão disse:

    Lei nº 1.331, de 08 de Janeiro de 1985.
    Ementa : Institui o Código de Posturas do Município de Itabuna e dá outras providências.

    O PREFEITO MUNICIPAL DE ITABUNA, faço saber que a Câmara de Vereadores aprova e eu sanciono a seguinte Lei:

    Art. 1º – Este Código contém as medidas de polícia administrativa a cargo do Município em matéria de proteção à saúde, ordem pública e proteção ao verde, prevenção de incêndio e combate ao fogo e dos estabelecimentos comerciais e industriais estatuindo as necessárias relações entre o poder Público Local e os munícipes.

    Art. 2º – Ao Prefeito e, em geral, aos servidores municipais incumbe velar pela observância dos preceitos deste Código.

    CAPÍTULO IV

    DO TRÂNSITO PÚBLICO

    Art. 150º – O trânsito de acordo com as leis vigentes é livre, e sua regulamentação tem por objetivo manter a ordem, a segurança e o bem estar dos transeuntes e da população em geral.

    Art. 151º – É proibido impedir ou prejudicar por qualquer meio, o livre trânsito de pedestres ou veículos nas ruas, praças, passeios, estradas e caminhos públicos, exceto para efeito de obras públicas ou quando exigências policiais o determinarem.
    Art. 229° – Fica expressamente proibido:

    I – jogar lixo nos terrenos baldios, logradouros, riachos, lagoas, rios e córregos;
    II – a localização de bancas de revistas, carros ambulantes de lanches, baianas de acarajé, carros de pipocas e outros similares, próximo a árvores e gramados para evitar danos físicos.

  • kiko99 disse:

    Boa lei…
    Quem respeita?
    Quem fiscaliza?
    Quem pune?
    Quem sabe que ela existe?

  • RUY OLIVEIRA disse:

    Muitos não respeitam o direito de ir e vir do cidadão porque não são punidos,no quadro de servidores municipais existem diversos fiscais,no entanto,os mesmos não realizam suas atividades,não são cobrados pelo secretário,prefeito,etc.A nossa cidade é “des-governada”,as calçadas são “fechadas”para os transeuntes,bares,oficinas,moto-táxi,borracharia,ambulantes e outros,podemos citar como exemplos:Bar katikero(pontalzinho)mesas na calçada,distak hotel(carros estacionados na calçada),praça do santo antônio(mesas de bares,espetinho,acarajé…),praça são caetano(ambulantes).Prefeito coloca esta turma prá trabalhar,vereadores fiscalizem,pois foram eleitos prá ser a voz da comunidade,saiam dos gabinetes e cobrem do executivo,com certeza o povo irá agradecer.

  • jlcg disse:

    USUARIO.

    SE ESTA BENDITA EMPRESA ESTIVESSE NA RUA ONDE VOCÊ MORA, QUERIA VER TÚ FALAR ESSAS BESTEIRAS TODAS.
    ESSA EMPRESA ESTA ATRAPALHANDO NÃO SÓ A VIDA DOS MORADORES DO JARDIM PRIMAVERA, MAS TAMBÉM O TRÂNSITO NA PRICIPAL RUA DO BAIRRO, ONDE VIATURAS PASSAM A TODO MOMENTO EM ALTA VELOCIDADE DEVIDO AS OCORRÊNCIAS.
    NÃO VAI DEMORRAR DE OCORRER UMA ACIDENTE GRAVE.

  • kiko99 disse:

    RUY OLIVEIRA,

    Alguns problemas:

    1. Quem está lá tem competência?
    2. Essa turma procura aprender com experiências bem sucedidas em outras cidades?
    3. Quem está lá quer resolver o problema ou também faz bagunça na cidade?
    4. O prefeito designou os cargos públicos para pessoas competentes e comprometidas com a cidade ou loteou a administração pública com incompetentes oriundos dos interesses partidários nojentos?

  • Múcio Melo disse:

    Gostaria de ler uma reportagem sobre o absurdo de uma empresa particular está fazendo vistoria em veículos, cobrando R$ 100,00 por um serviço de competência do DETRAN. Com certeza que, por traz disso há uma grande maracutaia, com certeza de propriedade de um(s) salafrário(s) da política.

Deixe seu comentário