WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










julho 2013
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias





itao



quinta da alegria


PROTESTO NO PARANAGUÁ

Protesto no Paranaguá foto Luiz FernandesO prefeito Jabes Ribeiro disse, ontem (22), que se sente constrangido em ir ao Palácio Paranaguá com os integrantes do Movimento “Reúne Ilhéus” acampados em frente à sede do governo. A ausência constante do gestor levou um cidadão a questioná-lo por meio de cartaz feito em papelão. A foto é de Luiz Fernandes Ferreira.

8 respostas para “PROTESTO NO PARANAGUÁ”

  • Zelão says:

    Zelão diz: – Na falta de argumentos lógicos, busca-se o culpado!

    “Será o povo que não acredita mais em seus governantes ou serão os governantes que não acreditavam mais, no povo?”

    No processo evolutivo das coisas, nada acontece de repente. Tudo segue um processo, determinado ou por vezes anárquico, mas sempre existe um processo evolutivo, que pode ser observado, acompanhado e auferido durante o seu curso.

    Diante da ebulição social e política por que passa a maioria das sociedades mundial, de modo geral, os governantes tem se revelado surpresos, diante das revindicações do povo e se perguntam: – “Quem estará por trás de tantas e tamanhas insatisfações? Que força ou poder político é capaz de aglutinar tantas bandeiras e discursos? Onde estavam aqueles que são os meus olhos e ouvidos, que não detectaram, desde o início, o nascimento de novo “corpo social” que só agora denominam de “gigantismo de insatisfação das massas”?

    Na busca de respostas que os ajude a salvar o próprio pescoço no julgamento público das ruas, os governantes, esquecem ou não querem fazer, a si mesmos, a pergunta: – Onde foram os meus erros? Como pude ser tão cego ou de ter fechado os olhos diante da realidade que estava bem clara à minha frente? Porque só agora percebo a existência de uma nova ordem social e política, quando pensava que as minhas verdades supriam todas as expectativas do povo?

    Para uns poucos a “nova premissa” requer a busca de novas e urgentes ações e respostas. Para a maioria; a desclassificação dos movimentos de massa, através dos discursos midiáticos é o bastante para fazer arrefecer o ímpeto dos clamores ou que o tempo se encarregará de fazer, tudo voltar ao estado anterior das coisas: – Como se fosse possível acreditar na “involução natural das coisas.”

  • antonio Cláudio says:

    E esse pessoal não tem nada pra fazer não? E quem está sustentando essa turma que se diz apartidaria ma que tanto apoio recebe da oposição jabista desse pessoal que ainda não se conformou com a derrota eleitoral?

  • Bruno Bardi says:

    O texto do Zelão revela e convence o ponto de vista do alinhamento conjuntural e de incertezas que todo o mundo vive hoje. Em suma, só incertezas. No Brasil, as nossas recentes manifestações, revela acima de tudo e para a grandeza do país, a liberdade aflorada de ação e razão do povo nas ruas, sem nada a temer. Manifestações, essas, que deixaram estudiosos e doutores do assunto político-social, pasmos. Eu, por minha vez fico feliz de ser brasileiro e desfrutar dessa utopia realizada, coisa que nunca imaginei viver. Afirmo também, já um lugar comum: A História não aceita repetição.

  • Professora SILVA says:

    Parabéns, Zelão, pelo comentário!Daqui para frente….tudo será diferente!Até a IGREJA CATÒLICA mudou e o PAPA não temeu as manifestações!

  • Por isso Ilhéus n sai do lugar e o q é pior, está descendo ladeira abaixo. A intolerancia de algumas lideranças só atrapalha a condução de algo q possa melhorar essa bagunça deixada pelos dois prefeitos anteriores. Temos q dar um tempo p q essa prefeito possa tomar pé da situação e fazer sua obrigação. Parece q aqueles q perderam a eleição n se conformam e veja, se fossem eles na condução da cidade com essa postura agressiva e inoportuna imagine o que fariam!!!!!

  • auditor says:

    gostaria que algum especialista no assunto me responda:

    como é possivel a atual situacao financeira da prefeitura de Ilheus, contratar sem licitacao, empresas de prestacao de servicos?

    sem duvida as manifestacoes que estao ai é contra este tipo de coisas, postos de saude abandonados, servicos publicos que nao funcionam, cobranca de multas-Pardais eletronicos , para onde vao os recursos? a TIP-taxa de Iluminacao Publica, em que a maior parte da cidade esta as escuras? sao quase RS400 mil arrecadados de nossas contas todo mes?para onde esta indo esses recursos?

    entram na conta da prefeitura milhoes todo mes, vindo de verbas carimbadas, para onde esta indo e de que forma sendo aplicados?

    Se forem ver bem, este gestor é muito competente, enganava a todos , mas nao consegue enganar os jovens, e estao exigindo isso agora!!

    Afinal, um gestor que esta sendo julgado no TJ e pode ser afastado a qualquer momento, nao merece muita confiança!!

  • Henrique says:

    Tanto Ilhéus quanto Itabuna fizeram más escolhas nas últimas eleições. Um, veterano na administração municipal, já deveria ter “know how” de como “arrumar a casa” em seis meses. O outro, neogovernante, está deixando a casa tão desarrumada, bagunçada mesmo, que nem parece que terá mais tempo para tomar pé. É evidente que ambos receberam verdadeiros abacaxis das gestões anteriores. Mas se não se tinham competência, compromisso, coragem, garra, para que se meterem naquilo que não iriam dar conta. Nem Ilhéus é condomínio de luxo em Salvador nem Itabuna é Centro de Recuperação num bairro da periferia.
    Ainda bem que o eleitor não é mais besta,apesar de toda herança do coronelismo regional, está se mobilizando, indo para as ruas e de OLHO nesses alcaides.

  • Diego says:

    Ele deve tá pensando que é professor da UESC ainda quando nunca aparecia pra dar aulas. Velhos hábitos são difíceis de mudar.

Deixe seu comentário








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia