Empresários buscam apoio político a favor da reabertura do aeroporto (toto Ascom/ACI)

Empresários buscam apoio político a favor da reabertura do aeroporto (toto Ascom/ACI)

Fechado há nove anos, o aeroporto Tertuliano Guedes de Pinho, de Itabuna, poderá ser reativado. Tudo começa com um sonho de empresários locais, mas é a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que dará a palavra final sobre o assunto.

Os empresários, liderados pela Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, têm defendido que o funcionamento do aeroporto pode impulsionar investimentos esperados pela cidade, como a instalação da Universidade Federal do Sul da Bahia. Com essa ideia, eles já conseguiram o apoio do governo local, da Câmara de Vereadores e da Associação dos Municípios do Sul e Extremo-Sul da Bahia (Amurc).

Até o final de agosto, o grupo aguarda a realização de levantamento topográfico pelo Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), o qual será utilizado em avaliação da Anac. A intenção é de que o terminal, com pista de 1.522 metros de extensão por 30 metros de largura,  volte a operar com aeronaves de pequeno e médio porte.