WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





outubro 2013
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: 4/out/2013 . 22:13

BANCÁRIOS REJEITAM PROPOSTA E GREVE CONTINUA

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) indicou a rejeição da proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban)  e a manutenção da greve, que completou 16 dias nesta sexta-feira (4). A nota informa que o Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT, vai orientar os sindicatos do país a rejeitar a proposta em assembleias.

De acordo com Carlos Cordeiro, presidente da Contraf e coordenador do Comando Nacional dos Bancários, os bancos podem fazer propostas mais vantajosas aos seus funcionários. “Até setores da economia muito menos lucrativos estão fazendo acordos com seus trabalhadores com reajustes salariais maiores. Os bancários estão fazendo a maior greve dos últimos 20 anos e os bancos têm condições de melhorar a proposta”.

Os bancários pedem índice de 11,93% (aumento real de 5%), piso salarial de R$ 2.860,21 e PLR de três salários base, mais parcela adicional fixa de R$ 5.553,15. Além disso, eles pedem a valorização dos vales refeição e alimentação (no valor de um salário mínimo, R$ 678,00) e melhores condições de trabalho, com o fim das metas individuais e abusivas. Informações da Agência Brasil.

OBRAS DA FIOL E DO PORTO SUL ATRASAM E GOVERNO AUTORIZA BAMIN A USAR “PLANO B”

Rota alternativa não põe fim a projeto em Ilhéus, segundo Bamin.

Rota alternativa não põe fim a projeto em Ilhéus, segundo Bamin.

ARATU E TUBARÃO PODEM SER DESTINO
DE MINÉRIO PRODUZIDO NA BAHIA

O que antes autoridades municipais e estaduais e a presidência da Bahia Mineração (Bamin) tratavam como boato acaba de ganhar forma. Uma portaria do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), da Bahia, publicada em 25 de setembro deste ano, autoriza a empresa cazaque a exportar minério de ferro por uma “rota alternativa” por três anos.

Com isso, a produção das minas de Caetité e Pindaí poderá ser escoada pela Ferrovia Centro-Atlântica. Por esta rota, dois seriam os terminais para exportação do minério de ferro: Tubarão, no Espírito Santo, e Aratu, na Baía de Todos os Santos. A portaria é a de número 5.961/2013.

O terminal de Tubarão fica a 1,4 mil quilômetros de distância das minas, o que encarece a operação. A rota é utilizada hoje para pesquisas laboratoriais e conhecimento do nível de concentração de ferro, conforme informou técnico da Casa Civil ao PIMENTA.

A exportação por Aratu é viável, mas necessitaria de investimentos por parte da Bamin em um nível próximo ao que está projetado para Ilhéus. O governo estadual é contrário, inicialmente, a esta saída, por entender que pode colocar em risco o projeto Porto Sul.

A portaria da licença de alteração do Inema também autoriza a Bamin a transportar o produto das minas para o terminal ferroviário em Licínio de Almeida por, pelo menos, três anos, “para posterior distribuição do minério via Ferrovia Centro-Atlântica (FCA).

Contatada, a presidência da Bahia Mineração respondeu há pouco que a FCA já vem sendo usada desde janeiro deste ano, por meio de autorização ambiental. A exportação por Aratu é tratada pela empresa como “possível, mas não há nada de concreto até este momento”.

VIVEIROS DIZ QUE “NENHUM PLANO
RELACIONADO A ILHÉUS FOI MODIFICADO”

A utilização do terminal de Aratu poderia suspender os investimentos na construção do Porto Sul, embora a presidência da empresa assegure ao PIMENTA que não houve modificação no projeto para Ilhéus.

– Nenhum plano relacionado a Ilhéus foi modificado. Estamos, apenas, usando alternativas disponíveis neste momento. Para isto, foi fundamental o desenvolvimento de um “novo conceito”, que introduziu o aproveitamento em separado do minério de alto teor que não precisa ser concentrado para poder ser comercializado. Portanto,  a empresa está confiante e otimista na execução dos projetos Fiol e Porto Sul – disse o presidente, Francisco Viveiros, por meio da assessoria de comunicação.

A direção da Bamin também respondeu a questionamento do PIMENTA se a busca de uma “rota alternativa” não tem a ver com as desconfianças quanto à construção da Ferrovia Oeste-Leste (Fiol) e do Porto Sul, por onde o minério da Mina Pedra de Ferro, no sudoeste baiano, deverá ser escoado e exportado, de acordo com o projeto original:

– A escala de produção nesta fase é muito menor que aquelas previstas para as fases que virão após a inauguração do nosso terminal marítimo em Ilhéus. Por esta razão, não dá para comparar uma coisa com a outra.

O blog manteve contato com o gabinete do secretário da Casa Civil, Rui Costa, hoje à tarde. Não houve retorno até o fechamento desta matéria.

DEBATE PETISTA EM ITABUNA

Os cinco candidatos à presidência do PT baiano participam de debate em Itabuna, neste sábado (5), na Câmara de Vereadores. O encontro com a militância sul-baiana está programado para as 15h, no Plenário Raymundo Lima.

Considerado favorito na disputa, Everaldo Anunciação faz um “esquenta” com as lideranças regionais em reunião programada para as 9h.

As eleições gerais do PT estão programadas para o dia 10 de novembro.

PREFEITO ANUNCIA INVESTIMENTOS EM HABITAÇÃO

Novos investimentos em habitação popular, dentro do projeto Minha Casa, Minha Vida, estão previstos para Itabuna. Entre eles, encontra-se um condomínio com 900 apartamentos no bairro de Ferradas, projeto orçado em R$ 54 milhões.

O assunto foi discutido nesta quinta-feira, 3, pelo prefeito Claudevane Leite (PRB), com o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Marcos Vinícius Nascimento. Na conversa, também foi abordada a possibilidade de Itabuna ser inserida no Programa Nacional de Habitação Rural, que viabiliza moradia para pequenos agricultores.

Outro tema tratado foi a retomada das obras do condomínio Itabuna Parque, no bairro São Roque. O projeto ficou paralisado devido à incapacidade financeira da construtora responsável. A informação da Prefeitura é de que a empreiteira será substituída.

GREVE: ITAÚ ACIONA A POLÍCIA CONTRA SINDICALISTAS EM ITABUNA

oooo

Polícia foi acionada para tentar impedir manifestação de sindicalistas no Itaú (Foto Pimenta).

A gerência do banco Itaú acionou a Polícia Militar, por volta do meio-dia desta sexta (4), para tentar impedir o protesto do Sindicato dos Bancários em frente à instituição, na Praça Manoel Leal, centro. A atitude gerou revolta entre os bancários. A viatura deixou a frente da agência cerca de trinta minutos depois, após diálogo entre o presidente do Sindicato dos Bancários de Itabuna, Jorge Barbosa, e o comandante da guarnição, Sargento Erasmo.

Barbosa afirmou que os sindicalistas não estavam impedindo o acesso à agência nem promovendo tumulto, o que foi confirmado pela guarnição, e a presença da viatura gerava constrangimento. Ao PIMENTA, o sargento confirmou que a gerência do Itaú havia acionado a polícia. O banco está funcionando de portas abertas graças a liminar obtida na Justiça do Trabalho em ação de interdito proibitório. Porém, apenas o gerente trabalha.

Os bancários estão em greve há 16 dias. A categoria reivindica dos bancos reajuste salarial de 11,93% e maior Participação nos Lucros e Resultados (PLR), mas os bancos oferecem apenas 6,1% de reajuste. A expectativa é de que os dois lados sentem-se à mesa na próxima semana.

Sindicalistas e sargento negociam após gerência de banco acionar polícia (Foto Pimenta).

Sindicalistas e sargento negociam após gerência de banco acionar polícia (Foto Pimenta).

APÓS 74 DIAS, SERVIDORES VOLTAM AO TRABALHO EM ILHÉUS SOB ESTADO DE GREVE

Os servidores municipais de Ilhéus retornam ao trabalho na próxima segunda-feira (7), após promoveram a greve mais longa do funcionalismo sul-baiano. Foram 74 dias de paralisação para cobrar do prefeito Jabes Ribeiro a reposição inflacionária de 5,84%.

O funcionalismo retorna ao trabalho sem conseguir a reposição, mas em estado de greve, conforme o comando sindical. A comunicação ao governo foi feita nesta sexta (4) eu audiência dos representantes dos cinco sindicatos municipais com o secretário Ricardo Machado (Administração) e o procurador-geral do Município, Otávio Augustus Carmo.

OLHA A TRUCULÊNCIA, BARBOSA!

Barbosa rejeita ideia de disputar presidência da Repúbica.

Barbosa recomenda afastamento de servidora casada com jornalista

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, achou de sugerir o afastamento da servidora Adriana Leineker Costa, cedida à Corte pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDF), desde 2000. Motivo: ela é esposa do jornalista Felipe Recondo, repórter do jornal O Estado de São Paulo.

Segundo matéria da Agência O Globo, Barbosa alega que haveria suposta incompatibilidade no fato da servidora ser casada com um repórter  que cobre o STF. Na verdade, porém, a bronca do presidente seria outra: em março, Recondo tentava uma entrevista com o ministro, quando este lhe mandou “chafurdar no lixo”.

A grosseria gerou reações duras contra presidente do Supremo, que acabou pedindo desculpas por meio de sua assessoria. Mas, ao que parece, ele continua cismado com o jornalista, a ponto de pedir a cabeça da mulher dele.

Detalhe: a servidora está lotada no gabinete do ministro Ricardo Lewandowski, com quem Barbosa vive em eterna “troca de gentilezas”. Lewandowski, é claro, já disse que não abre mão da funcionária.

LUISLINDA TUCANA

luislindaColuna Tempo Presente (A Tarde)

Depois de ter conversado com a senadora Lídice da Mata e admitir a possibilidade de disputar o Senado pelo PSB, a desembargadora aposentada Luislinda Valois fixou o prumo em direção oposta. Com honras e pompas, filiou-se ao PSDB ontem.

O ato foi em Brasília, sob as bênçãos do senador Aécio Neves, do deputado Jutahy Júnior e do pré-candidato do partido ao governo baiano, João Gualberto. Em suma, sinalizou à esquerda, mas dobrou à direita.

Ela vai tentar se eleger deputada federal.

MUDANÇA NO COMANDO DA PM EM ITABUNA

A exoneração do tenente-coronel Marcos Lemos e o nome do novo comandante do 15º Batalhão foram publicados na edição desta sexta-feira, 4, do Diário Oficial do Estado.

Sendo assim, quem vai assumir o comando da PM de Itabuna será o tenente-coronel Ubiraci Barbosa da Silva, que estava a frente da Polícia Rodoviária de Itabuna.

Para o lugar dele, foi nomeado o Capitão PM Manoilzo Bonfim Cordeiro das Neves, que respondia até então pela coordenadoria de Planejamento Operacional do 15º Batalhão. Quanto ao coronel Lemos, assumirá o comando do Batalhão de Mata Escura. Informações do Diário Bahia.

SUGESTÃO DA VEREADORA

baronesas

Segundo Carmem, o rio está “um gramado perfeito”

A  vereadora itabunense Maria do Carmo Ferreira, mais conhecida como Carmem do Posto Médico, do PR, fez o plenário dar uma sonora gargalhada na sessão desta quarta-feira, 2. Carmem, que normalmente concentra suas críticas na questão da saúde pública, demonstrou que tem outras preocupações. Como o esporte, por exemplo.

A vereadora sugeriu que o secretário de Esportes do município, Ewans Maxwell, considere a possibilidade de utilizar o Rio Cachoeira como local de jogos do Campeonato Interbairros de Futebol. E justificou o conselho: “o rio tá um gramado perfeito”.

A referência era ao “tapete” de baronesas que há muito cobre boa parte do espelho d’água do velho e poluído Cachoeira.

ÍNDIOS PROTESTAM EM BRASÍLIA

Marcelo Brandão | Agência Brasil

A ocupação indígena na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) foi um protesto contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215 e o Projeto de Lei Complementar (PLP) 227.

O ato desta quinta-feira (3), que durou cerca de uma hora, faz parte da Mobilização Nacional em Defesa da Constituição Federal, convocada pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), com o apoio de diversos movimentos sociais, com o objetivo de defender a Constituição, os direitos de povos indígenas e tradicionais e o meio ambiente.

A PEC 215, em tramitação desde 2000, propõe a retirada da atribuição exclusiva do Poder Executivo na homologação de terras indígenas. Já a PLP 227 prevê a exploração de terras indígenas em caso de relevante interesse público da União. “O Brasil está rasgando a Constituição [com os projetos], e nós viemos dar nosso recado de que isso não pode acontecer”, protestou o líder indígena Jurandir Xavante.

Leia mais

unisa






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia