Marques acha que partido pode estar sendo excluído do processo de escolha do candidato à sucessão (foto Pimenta)

Tempo Presente (A Tarde)

O jornalista Ernesto Marques, um dos quatro candidatos à presidência do PT, jogou lenha no processo de escolha do candidato a governador do partido.

Postou no Face que o modelo ou é o prenúncio de uma derrota, ou a vitória de um governista fora do PT, ou, o que é pior, a vitória de um petista sem o PT. 

Ele diz que anunciar o candidato às vésperas da eleição para a escolha do presidente é simplesmente excluir o partido.