queda-de-braço-g-20120713-1Está prestes a começar a queda de braço entre comerciários e comerciantes de Itabuna em torno da campanha salarial. A data-base dos trabalhadores é próxima ao período de funcionamento especial do comércio, por ocasião das festas de fim de ano, o que serve como moeda de troca e costuma aumentar a tensão das negociações.

O Sindicato dos Comerciários já apresentou sua pauta de reivindicações ao Sindicom (Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista), incluindo entre os principais itens um reajuste com base no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado, mais 10% de ganho real, piso inicial de R$ 730,00 e valor da hora extra 70% maior que a hora normal.

A pauta será discutida pelo patronato nesta quarta-feira, 16, a partir das 18 horas, no auditório do Sindicom. Após a apresentação de contraproposta, terão início as rodadas de negociações.