WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










outubro 2013
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: 28/out/2013 . 22:04

O NÓ EM BRASÍLIA

Logo após o debate sobre os problemas da lavoura nesta terça-feira, em Brasília (ver nota abaixo), a turma do Instituto Pensar Cacau entra em campo com a missão de distribuir 150 cópias do documentário O Nó – Ato Humano Deliberado na capital federal. O filme, dirigido por Dilson Araújo, conta a história da disseminação da vassoura-de-bruxa no Sul da Bahia e defende a tese de que a praga foi espalhada por mãos criminosas.

O Instituto pretende, após a audiência pública na Câmara dos Deputados, entregar os DVDs nos gabinetes de parlamentares, Comissão de Direitos Humanos, TV Câmara, Conselho Federal da OAB e Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Até hoje, segundo o Pensar Cacau, cerca de 3 mil cópias d’O Nó já foram distribuídas.

CÂMARA VAI DISCUTIR PERRENGUE DA CEPLAC

Juvenal aposta em programa para aumento de produção.

Maynart participa de audiência em Brasília

A dívida dos cacauicultores e os cortes orçamentários da Ceplac serão discutidos nesta terça-feira (29), em Brasília, durante audiência pública da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados. O evento, proposto pelos deputados Josias Gomes (PT), Félix Júnior (PDT) e Márcio Marinho (PRB), debaterá os problemas da cacauicultura brasileira.

As dificuldades dos cacauicultores são antigas e conhecidas, e se aprofundaram a partir do fracasso do Programa de Recuperação da Lavoura Cacaueira (PRLC), que levou o produtor a assumir dívidas para bancar medidas que se revelaram equivocadas.

Na Ceplac, a penúria também vem de algum tempo, mas se acentuou com os cortes orçamentários determinados pelo Governo Federal para 2013. Contudo, paradoxalmente, este é um ano em que o órgão tem se “reinventado”, com uma atuação mais focada na questão da sustentabilidade e na formatação de uma proposta que reconheça a importância ambiental e a possibilidade de gerar novas receitas com a cabruca (sistema agroflorestal em que remanescentes da Mata Atlântica servem de sombra para os cacaueiros).

Essa proatividade, no entanto, esbarra na falta de recursos. “Esse é um ano particularmente difícil para a Ceplac do ponto de vista do orçamento”, afirma o superintendente do órgão para a Bahia e o Espírito Santo, Juvenal Maynart, que participará da audiência pública desta terça. “É salutar que o Congresso Nacional chame para si o problema e discuta, junto com a comunidade da cacauicultura, formas de avançar nas soluções”, ele sugere.

DIEESE: 13º DEVE INJETAR R$ 143 BILHÕES NA ECONOMIA

Pouco mais de R$ 143 bilhões, decorrentes do pagamento do décimo terceiro salário, devem ser injetados na economia brasileira neste ano, indica estudo divulgado hoje (28) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O montante representa aproximadamente 3% do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país). O valor deste ano representa crescimento de 9,8% em relação ao de 2012.

Cerca de 82,3 milhões de trabalhadores serão beneficiados com o rendimento adicional de R$ 1.740, em média. O número dos que receberão o décimo terceiro aumentou 2,9% na comparação com os beneficiados no ano passado. A estimativa é que 2 milhões de pessoas a mais passem a receber o adicional de fim de ano.

Aproximadamente 70% dos recursos (R$ 100 bilhões) irão para trabalhadores da ativa, que representam 50,6 milhões de pessoas, ou 61,4% do total de beneficiários. O valor médio do abono para esse segmento é R$ 1.988,05. Contando apenas os trabalhadores domésticos com carteira de trabalho, o rendimento médio cai para R$ 856,77 – os domésticos somam 1,760 milhão, correspondendo a 2,2% do total de trabalhadores.

OS ACIDENTES DA AVENIDA PRINCESA ISABEL

Atropelamento ocorrido hoje na Princesa Isabel provocou escoriações e fraturas em um idoso (foto Plantão Itabuna)

Atropelamento ocorrido hoje na Princesa Isabel provocou escoriações e fraturas em um idoso (foto Plantão Itabuna)

A imprudência de motoristas é apontada como a principal causa do número excessivo de acidentes de trânsito na avenida Princesa Isabel, onde está situada a Prefeitura de Itabuna. Nessa via, ocorrências – principalmente atropelamentos e engavetamentos – são registradas pela Secretaria de Trânsito quase diariamente.

Nesta segunda-feira (28), a vítima foi um homem de 79 anos de idade, atropelado por uma moto. Crispim Gualberto Santana sofreu fraturas na perna e braço esquerdos, além de escoriações, e faleceu momentos depois no Hospital de Base.

Aliás, para muitos dos motoristas, motociclistas e também pedestres que trafegam pela Princesa Isabel, a faixa de segurança não passa de uma pintura sem nenhum sentido aplicada no asfalto. Talvez sirva para enfeitar…

VANE ESCULHAMBOU A ESCULHAMBAÇÃO

Calçada é tomada por distribuidora de bebidas bem no centro da cidade (Foto Cia da Notícia).

Calçada na Joaquim José Ribeiro é tomada por distribuidora de bebidas bem no centro de Itabuna (Foto Cia da Notícia).

Cia da Notícia

O prefeito de Itabuna, Vane Renascer, que prometeu na semana passada fechar a prefeitura e entregar as chaves a alguém, parece que resolveu esculhambar a cidade de vez. Se já não fazia nada para melhorar a vida dos itabunenses, agora abandonou Itabuna por definitivo.

Cada um faz o que quer e ocupa ruas, praças e passeios ao seu bel prazer, sem qualquer reação do poder público. Um dos exemplos pode ser verificado no centro da cidade, na rua Joaquim José Ribeiro (ex-Avenida Garcia), entre as ruas Quintino Bocaiúva e Almirante Barroso, em frente aos edifícios Cândido Portinari e Leonardo da Vinci.

Um dono de uma birosca resolveu fechar o passeio com um cercado de ferro cheio de pregos, no qual pendura bananas, vasilhames de água mineral, entre outras bugigangas. Os transeuntes têm que andar pelo meio da rua, pois o “dono” do passeio resolveu fazer um cercadinho para ele, tudo às vistas da Prefeitura.

Como não tem ninguém para mandar nos serviços públicos municipais, os pedestres têm que se arriscar entre os carros para seguir o caminho. A invasão do dono da birosca só não foi maior porque os vizinhos deram “um chega pra lá” no indivíduo, que pretendia também ocupar os passeios.

Leia a íntegra clicando aqui

A TODOS OS QUE FIZERAM AS PROVAS DO ENEM…

… ESPECIALMENTE AOS MEUS QUERIDOS ALUNOS E ALUNAS – E A QUEM MAIS SE INTERESSE POR EDUCAÇÃO E ASCENSÃO SOCIAL

professor júlio c gomesJúlio Cezar de Oliveira Gomes | advjuliogomes@ig.com.br

Ascensão social, sucesso econômico, qualificação pessoal e profissional não caem do céu. Exigem sacrifício, disciplina, aplicação.

Após ter acesso a um caderno de questões, sentei-me e fiz a prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias, questões nº 01 a nº 45, aplicadas no sábado, dia 26/08. Tendo um curso superior de História e outro de Direito, não sou uma pessoa mal formada em termos de escolaridade.

Das 45 questões de Humanas, errei 07 e acertei 38. Vale lembrar que as questões não são apenas de história, mas envolvem também geografia, atualidades e filosofia, sempre entrelaçadas com outros conceitos.

Sou sincero: não é uma prova fácil. Algumas questões são mais fáceis para quem está bem preparado, mas a prova é, de fato, um desafio, pois é preciso ter conhecimento amplo, raciocínio lógico e saber interpretar bem os textos para entender o que se pede.

Por isso, se você foi bem no exame do Enem, Parabéns!

Mas, se você não foi bem, não se desespere. Volte a estudar para o ano que vem, pois você terá mais um ano para se preparar.

Além disso, se você puder estudar ou colocar seu filho(a) em uma escola melhor – geralmente da rede particular – faça isso urgente! Se a escola não é boa, fica difícil para o aluno ser bom.

Nessas horas vemos a quantos anos luz de distância as escolas das Redes Pública estadual e municipal estão de um ensino-aprendizagem efetivo, de qualidade, capaz de cumprir a função social que deveriam desempenhar.

Muitos passarão no Enem. Muitos não passarão. O importante é não perder o foco, continuar estudando – pois é nessas horas que percebemos que estudar não é brincadeira, nem se confunde com um simples “ir à escola”.

Estudo exige dedicação, continuidade, rotina, disciplina, sacrifício. Por isso, o estudo, para uma criança, um adolescente ou mesmo para um adulto jovem, equipara-se ao trabalho.

Por isso, bola pra frente! Estude! Estabeleça horários de estudo, rotinas de estudo. Procure extrair o máximo de seus professores, e aproveitar ao máximo as aulas, tirando dúvidas, fazendo os exercícios, copiando os assuntos ou resumindo-os para melhor fixá-los.

Procure também se aproximar de coisas que tenham um conteúdo positivo, seja na internet, na TV por assinatura, nas músicas que escuta ou nos filmes que assiste. Você pode até gostar de Funk Proibidão ou de Black Style, mas tem de ter a clareza de que ali não há nada de bom, a não ser uma bunda balançando. E não é esse tipo de “saber” que lhe será cobrado no Enem. Procure se aproximar de coisas com mais conteúdo.

Procure também se relacionar com pessoas com mais conteúdo ou, pelo menos, que gostem de verdade de você. Ninguém é melhor do que ninguém, e todos nós somos filhos de Deus. Porém, há pessoas que te põem para frente, te ajudam, te incentivam; e outras que só te puxam para o que não presta, para o que não traz nada de bom, para trás. Cabe a você perceber isso e se colocar melhor.

Ascensão social, sucesso econômico, qualificação pessoal e profissional não caem do céu. Exigem sacrifício, disciplina, aplicação. Se você fez o Enem, está no caminho certo. Continue. Persevere. Os frutos virão.

É sempre bom lembrar que, na vida, colheremos amanhã aquilo que estamos plantando hoje.

Júlio Cezar de Oliveira Gomes é professor e advogado graduado pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

ILHÉUS E ITABUNA RECEBEM NOVOS JUÍZES

Fórum Ruy Barbosa, em Itabuna, terá dois novos juízes (Foto Pimenta).

Fórum Ruy Barbosa, em Itabuna, terá dois novos juízes (Foto Pimenta).

As juízas Leandra Leal Lopes e Mariana Ferreira Spina assumem nesta terça (29) vagas nas duas varas criminais da comarca de Itabuna. Elas foram aprovadas no concurso público para juiz substituto. O certame foi realizado no ano passado e as magistradas assumem após passar por curso de formação.

Mariana Ferreira Spina será substituta da 1ª Vara Criminal e Leandra Leal responderá pela 2ª Vara. Em toda a Bahia, 97 novos juízes assumem como substitutos amanhã.

Adriana Quinteiro Bastos Silva assumirá a Vara da Fazenda Pública em Ilhéus e Vitor Souza Cunha assumirá a 1ª Vara Criminal.

CONCURSOS PÚBLICOS OFERECEM 42,2 MIL VAGAS E ATÉ R$ 22,8 MIL DE SALÁRIO

concurso público1Concurseiros em todo o Brasil devem estar atentos a prazos de inscrição em certames pelo país. São mais de 42 mil ofertas de emprego em concursos públicos e remuneração de até R$ 22.854,46. O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF) é quem oferece o maior salário.

Das vagas disponíveis, 17.961 vagas são reservadas a quem possui nível médio, 2.550 para nível técnico e 7.560 para nível fundamental. Outras 12 mil vagas exigem nível superior, conforme a Folha Dirigida.

Na Bahia, concursos da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária e da Universidade Federal da Bahia (Ufba) oferecem vagas para níveis médio e superior. Para conferir todas as vagas disponíveis, clique em “leia mais”, abaixo.

:: LEIA MAIS »

HOMEM ARMADO ROUBA CARRO EM FRENTE À FTC

Imagem ilustrativa de modelo semelhante ao roubado em frente à FTC.

Imagem ilustrativa de modelo semelhante ao roubado em frente à FTC.

Um veículo VW Gol modelo 2011-12 (placas NZE-6054) foi roubado às 16h10min de ontem (27) em frente à FTC, na Praça José Bastos, em Itabuna. O motorista entrava no veículo, quando foi abordado por um homem armado, que abriu a porta do Gol e anunciou o assalto.

No momento em que o veículo foi roubado, possuía na traseira adesivo com a frase “Presente de Deus”. Informações do carro podem ser repassadas à polícia pelo telefone 190 ou ao proprietário, Júnior Nascimento, no (73) 8833.7409.

MORADORES COBRAM DA EMASA CONCLUSÃO DE SERVIÇO NO SANTO ANTÔNIO

Rua e garagens interditadas desde a última sexta-feira na Castro Alves (Foto Élio David).

Rua e garagens interditadas desde a última sexta-feira na Castro Alves (Foto Élio David).


Moradores da parte alta da Rua Castro Alves, no Santo Antônio, em Itabuna, cobram o retorno de equipe da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) para conclusão de serviço na rede de esgoto da via de acesso ao Hospital São Lucas. O trabalho da equipe começou e foi interrompido na sexta (25) com a promessa de conclusão no sábado passado, o que não ocorreu.

A rua está interditada desde a sexta, impedindo a passagem de veículos. Prejuízo também para os moradores que possuem carro e moram no trecho interditado. “Duas garagens estão impossibilitadas de uso desde da última sexta-feira devido à irresponsabilidade da Emasa. Uma das garagens está com carro retido”, afirma Élio David.

ABSTENÇÃO NO ENEM ATINGIU 29%. RESULTADO DE PROVAS SAI EM JANEIRO

Dos mais de 7,1 milhões de candidatos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cerca de 29% não compareceram às provas. Segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, 5,05 milhões de candidatos fizeram o exame. Os dados são do segundo dia de prova e ainda podem ser revisados para cima. O resultado final da prova será divulgado na primeira semana de janeiro.

As abstenções, segundo Mercadante, têm se mantido constantes desde 2009, quando a taxa chegou a 37,7%. No ano passado, o percentual dos alunos que não fizeram a prova foi 27,9% – dos 5,6 milhões inscritos, 4,17 milhões compareceram. Este ano, número de participantes é recorde, 20% a mais que o de 2012. O crescimento, desde 2009, está em 95%.

O MEC informou que 12 candidatos foram eliminados neste domingo (27) por terem usado celulares no local da prova. Eles postaram imagens da prova e do cartão de resposta nas redes sociais. Nos dois dias do Enem, 36 candidatos foram excluídos do exame por esse motivo. A pasta continuará monitorando as redes sociais por tempo indefinido.

LEI DE ACESSO PATINA NOS ESTADOS

Jorge-HageWilson Tosta | O Estado de S. Paulo

A menos de um mês de a Lei de Acesso à Informação completar dois anos, só 16 das 27 unidades da Federação e 13 das 26 capitais editaram decretos para regulamentá-la e apenas 933 prefeituras aderiram ao Brasil Transparente, programa lançado pela Controladoria-Geral da União (CGU) para ajudar a tirar a legislação do papel.

A lentidão no avanço em Estados e municípios está entre os motivos que levaram a CGU a discutir, com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom), uma campanha publicitária para popularizar a norma, que permite o acesso a informações e documentos oficiais. A dificuldade nas administrações estaduais e municipais – onde o ministro-chefe da CGU, Jorge Hage, reconhece que a nova lei patina – contrasta com a rápida adoção na esfera federal, que, até 14 de outubro, atendeu 124.394 pedidos.

“Ainda falta muito para que a Lei de Acesso seja usada predominantemente pelas camadas populares com vistas a cobrar informação para acesso aos serviços públicos”, diz Hage. “Como a moradora da periferia ou da cidade do interior querer saber por que não tinha médico no posto. Ela tem direito a usar a Lei de Acesso para pedir a relação dos médicos que deveriam estar ali e não estavam. A mesma coisa na agência do INSS, na escola pública, no posto policial…”

Há casos em que o governo estadual e a prefeitura da capital editaram decretos para regular a Lei de Acesso, como São Paulo e Rio de Janeiro. Também há Estados que fizeram sua parte, como Alagoas e Bahia, mas as capitais Maceió e Salvador não. Da mesma forma, a prefeitura de Rio Branco regulamentou a Lei de Acesso, mas não o governo do Acre.

Leia mais

VÍDEO MOSTRA MOMENTO DA QUEDA DE HELICÓPTERO

Imagens da queda do helicóptero neste domingo (27), no aeroporto de Ilhéus, gravadas por Sandra Bismara da janela de seu apartamento. Felizmente, os três ocupantes saíram ilesos, mas o susto foi grande. Confira:

A CÂMARA, O MP E AS CONTAS

Azevedo está tranquilo quanto à aprovação de suas contas (foto Pimenta)

Azevedo está tranquilo quanto à aprovação de suas contas (foto Pimenta)

É aguardada para as próximas semanas a apreciação das contas do ex-prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, referentes ao ano de 2011, no plenário da Câmara de Vereadores.

Ignorando os apelos por transparência, que partem de vários setores da sociedade civil itabunense, à frente a Associação Comercial (ACI), a votação será secreta. O projeto do vereador Júnior Brandão (PT), que estabelecia o voto aberto no legislativo municipal, parou no relator, Pastor Francisco (PRB), que recorreu a motivos pouco convincentes para postergar a análise da matéria.

No “escuro”, os vereadores poderão votar como quiserem, sem se preocupar com satisfações à opinião pública. E, pelo que se diz nos bastidores, o ex-prefeito – pré-candidato a deputado (estadual ou federal) – já tem assegurados os 14 votos necessários à aprovação. Há meses, ele mobiliza seus negociadores para convencer aqueles mais sensíveis a argumentos de natureza pecuniária.

Para o promotor Inocêncio Carvalho, os vereadores deveriam justificar seus votos, conselho que é rechaçado pelo primeiro secretário da Câmara, Antônio Cavalcanti, o qual se apressou a condenar a “ingerência” do MP e defender a independência entre os poderes. Cavalcanti, porém, já declinou seu voto, pois, segundo ele, não houve ato doloso de improbidade cometido pelo ex-prefeito.

Não será novidade a posição da Câmara de Itabuna. O TCM recomendou a rejeição de todas as contas de Azevedo analisadas até o momento e o legislativo municipal derrubou todos os pareceres. Ou seja, o que se verá em breve é tão somente mais do mesmo.

BAHIA EMPATA EM CASA, VITÓRIA VENCE FORA

O Bahia tinha tudo para derrotar o Atlético Paranaense neste domingo (27). Primeiro, porque jogou em casa; segundo, porque abriu o marcador e acrescentou a vantagem de contar com um jogador a mais em campo, depois que o adversário teve expulso um de seus principais jogadores, Hélder.

Ainda assim, o tricolor permitiu o empate e agora tem apenas quatro pontos a mais que a Ponte Preta, que encabeça a zona da degola, à frente de Vasco, Criciúma e do já “finado” Náutico.

Diferentemente do Bahia, o Vitória foi ao Maracanã, teve um jogador expulso aos 14 minutos do primeiro tempo e, mesmo em condições desfavoráveis, derrotou o Fluminense de virada, por 3 x 2. Com direito a mais uma atuação impecável de William Henrique, o novo xodó rubro-negro.

O Vitória tem 47 pontos e está a apenas cinco do G-4.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia