WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










janeiro 2014
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: 10/jan/2014 . 16:45

BANDIDOS ASSALTAM JOALHERIA NO CENTRO

Dois bandidos assaltaram a Chinaglia Joias, na Avenida Inácio Tosta Filho, centro de Itabuna, hoje à tarde. Eles invadiram a loja armados e levaram objetos.

Após o “rapa”, a dupla fugiu em uma moto Honda Fan 150, cor vermelha, placa JME-4911. Segundo testemunhas, os assaltantes seguiram em direção à Avenida Ilhéus.

SERVIDORES DA SAÚDE ESTÃO “ZERADOS”

dinheiroServidores da área da Saúde em Itabuna ainda não receberam o salário de dezembro. E, naturalmente, cobram o prefeito Claudevane Leite.

Ontem (9), os funcionários fizeram assembleia e, conforme a direção do sindicato da categoria, o Sindserv, existe a possibilidade de paralisação, caso o ca$calho não pingue na conta neste final de semana.

Que é que há, Vane?

Atualização às 16h20min – A Prefeitura de Itabuna, em nota, informou que o pagamento está sendo creditado na conta dos servidores nesta tarde. E, ainda, relaciona o atraso a “pendência” no repasse de verba por parte do Fundo Municipal de Saúde.

A PREOCUPAÇÃO DE WAGNER

marco wense1Marco Wense

O chefe do Executivo deixou escapar, nas entrelinhas, lá no cantinho do seu pensamento, que a presença feminina é importante no processo eleitoral.

Se dependesse exclusivamente da vontade do governador Jaques Wagner, em decisão unilateral, uma mulher já teria sido convidada para compor a chapa majoritária.

Wagner tem demonstrado certa preocupação com a possibilidade de uma composição governista 100% macho, sem o perfume da mulher e sua aguçada sensibilidade.

Uma majoritária só com marmanjos seria mais um obstáculo para o ainda desconhecido Rui Costa, que não escaparia da insinuação oposicionista de que é contra a mulher na política. Que é preconceituoso.

A participação feminina no formato da chapa elimina o disse-me-disse e os boatos de discriminação por parte de maldosos adversários adeptos da filosofia maquiavélica.

É bom lembrar que teremos duas fêmeas, como diria o saudoso jornalista Eduardo Anunciação, exercendo forte influência na sucessão presidencial: Dilma Rousseff (reeleição) e Marina Silva (vice de Eduardo Campos).

Na sua última entrevista de 2013, no jornal A Tarde, o chefe do Executivo deixou escapar, nas entrelinhas, lá no cantinho do seu pensamento, que a presença feminina é importante no processo eleitoral.

O governismo tem Rui Costa como candidato ao Palácio de Ondina, Otto Alencar postulando o senado da República e uma disputa entre Marcelo Nilo (PDT) e Mário Negromonte (PP) pela vaga de vice-governador.

No oposicionismo verdadeiro, formado pelo DEM, PMDB e o PSDB, sob o comando do prefeito ACM Neto, a importância da presença feminina é consenso entre as principais lideranças.

Nos bastidores, já se articula uma mulher para ser a companheira de chapa do ex-governador Paulo Souto, ficando a senatória para o peemedebista Geddel Vieira Lima.

:: LEIA MAIS »

POLÊMICA: PROJETO QUE AUTORIZA TRAVESTI A USAR BANHEIRO FEMININO ESTÁ PARADO NA CÂMARA DE SALVADOR

Alexandre Galvão | Bahia Notícias

Em tramitação na Câmara Municipal de Salvador (CMS) há mais de nove meses, o Projeto de Lei 264/2013, de autoria da vereadora Fabíola Mansur (PSB), que dispõe “sobre o uso comum do sanitário feminino por transexuais e outras mulheres sociais em espaços públicos e privados”, evitaria a polêmica nas instalações do Shopping Barra, em Salvador.

Nesta quinta-feira (9), veio a público um abaixo-assinado feito por 21 funcionárias do estabelecimento para impedir que outra funcionária – travesti – utilize o sanitário feminino. Contatada pelo Bahia Notícias, a socialista classificou a atitude como “equivocada” e saiu em defesa da transexual.

“Qual constrangimento foi criado por ela? Se foi pelo simples uso do banheiro, eu não vejo nenhum. Acho [o abaixo-assinado] lamentável”, esbravejou. Fabíola aproveitou a oportunidade para lembrar do Projeto de Lei 122/2006, que tramitou por longos oito anos no Congresso Nacional e previa, dentre outras coisas, a criminalização da homofobia. No entanto, o texto foi sepultado pelos senadores, com a ajuda, inclusive, de parlamentares baianos – João Durval (PDT), que votou a favor do fim da tramitação, e Walter Pinheiro (PT), que se ausentou do plenário da Câmara.

Leia mais

FRANÇA SUGERE PAGAR A QUEM USAR BIKE

Ideia é que trabalhadores troquem meio de transporte poluente por bicicleta (Ciclo Vivo).

Ideia é que trabalhadores troquem meio de transporte poluente por bicicleta (Ciclo Vivo).

Do Ciclo Vivo e El Pais

Os franceses poderão receber uma quantia em dinheiro se elegerem as bicicletas como principal meio de locomoção. A proposta é um incentivo ao uso do transporte alternativo no trajeto casa – trabalho.

Impensável no Brasil, a medida voltada aos trabalhadores da França pode oferecer 21 centavos de euro por cada quilômetro percorrido. O valor seria passado pelas empresas, que, em troca, receberiam isenções fiscais.

A ideia é que o governo invista 20 milhões de euros e poupe mais de cinco bilhões na área de saúde. A aposta é seguida do Plano Nacional da Bicicleta, que permite que os ciclistas circulem na contramão em determinadas vias e interpretem alguns semáforos vermelhos como amarelo.

Além disso, há projetos em desenvolvimento para financiar a construção de estacionamentos de bicicletas em zonas estratégicas, ou aumentando a segurança para evitar roubos. A única reclamação dos ciclistas é quanto à adesão das empresas, que, além de não ser obrigatória, será limitada pelo investimento do governo.

CUIDADO COM A LISTA DE MATERIAL ESCOLAR

lista de materiaisInício de ano é período de uma série de gastos extras, sendo a lista de material escolar um dos elementos que mais pesam no bolso do consumidor. Em Salvador, o Procon-BA realiza fiscalização nas escolas, a fim de coibir práticas abusivas, como a inclusão de itens de uso comum na relação de materiais.

Em novembro, os fiscais do Procon fizeram várias recomendações aos estabelecimentos de ensino, observando o que eles podem e o que não podem fazer para manter o devido respeito aos direitos do consumidor.

A operação é só na capital, mas a lista de recomendações vale para todos. Confira:

1. É proibida a solicitação de material para uso da escola. Todo material solicitado deve ser usado para fins de trabalho pedagógico do próprio aluno;

2. Material de higiene da escola não pode ser solicitado sob qualquer hipótese;

3. Aluno inadimplente não pode sofrer qualquer tipo de constrangimento, nem ser privado de assistir aulas normalmente, receber seu histórico escolar, fazer avaliações, nem reter documentação referentes a sua transferência;

4. Toda escola tem que apresentar aos pais o plano de execução dos trabalhos que serão utilizados durante todo o ano, discriminando os materiais solicitados que serão usados em cada unidade;

5. É proibida a indicação, pelo estabelecimento de ensino, de preferência por marca ou modelo de qualquer item do material escolar;

6. Toda instituição de ensino deve ter pronta para apresentar aos seus consumidores uma planilha de custos que justifique o percentual de reajuste da sua anuidade de um ano para o outro;

7. É proibida a solicitação, por parte do fornecedor, de certidão de quitação da escola anterior, para alunos novos;

8. Todas as informações relacionadas à escola devem constar no contrato assinado pelo consumidor;

9. O material didático pode ser entregue pelo aluno até 8 (oito) dias antes do início da unidade, na qual usará o respectivo material.

ANVISA DETERMINA APREENSÃO DE TINTA PARA TATUAGEM

Paula Laboissière | Agência Brasil

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (10) no Diário Oficial da União suspende a fabricação, a comercialização, a distribuição e o uso de todas as tintas para tatuagem da marca Supreme, fabricadas por Tseva Indústria e Comércio de Tintas Artísticas Ltda.

O texto também determina a apreensão e a inutilização dos produtos em todo o território nacional. De acordo com a publicação, foi constatada fabricação e comercialização irregular das tintas para tatuagem que, segundo a Anvisa, não têm registro ou autorização de funcionamento.

A resolução entra em vigor na data da publicação.

ORDEM PARA MATAR PEDREIRO VEIO DO PRESÍDIO. FILHA DE 5 ANOS TAMBÉM FOI ASSASSINADA

Do A Região Online

O titular da Delegacia de Homicídios de Itabuna, Marlos Macedo, afirmou que a ordem para assassinar o pedreiro Cristino Silva de Oliveira partiu de dentro do Conjunto Penal.Além do pedreiro, os bandidos assassinaram Larissa Nunes, de apenas 5 anos.

O delegado disse que os criminosos já foram identificados e que a polícia trabalha para prendê-los.De acordo com Marlos Macedo, os bandidos que fizeram os disparos são envolvidos com o tráfico de drogas.

Larissa e o pai foram assassinados na noite do último domingo, na Rua K, no bairro Monte Cristo. Segundo testemunhas, dois homens chegaram à residência de Cristiano em uma moto. Um deles já desceu atirando. O primeiro disparo foi feito quando a vítima ainda estava na porta da casa.

SERVIDOR DE ITABUNA É DESTAQUE NO CNJ AO CRIAR APLICATIVO QUE AGILIZA AUDIÊNCIAS

Atum utiliza software livre, está disponível na internet e atraiu a atenção de servidores de juizados especiais brasileiros (Reprodução Pimenta).

Atum utiliza software livre, está disponível na internet e atraiu a atenção de servidores de juizados especiais brasileiros (Reprodução Pimenta).

Calheira criou aplicativo gerador de atas que chamou atenção do CNJ (Foto Arquivo Pessoal).

Calheira criou aplicativo gerador de atas que chamou atenção do CNJ (Foto Arquivo Pessoal).

O técnico judiciário Bruno Calheira dos Santos, da 2ª Vara dos Juizados Especiais de Itabuna, criou um aplicativo que facilita a vida de servidores e agiliza as audiências de conciliação. O grande teste do aplicativo “Atum” foi a Semana Nacional de Conciliação, no início de dezembro passado.

Aprovação geral.

Utilizado em mais de 400 audiências em uma das três varas dos juizados, o aplicativo acabou chamando a atenção do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e tornou-se destaque nacional, com matérias da agência de notícias do  próprio CNJ, do Valor Econômico e d´O Dia.

O aplicativo traz espaços pré-definidos para preenchimento de dados, a exemplo de comarca, endereço, nome do juiz e do conciliador responsável pelas audiências, além de espaço para as partes e advogados.

A ferramenta possui modelo para todas as possibilidades de resultado de audiência, seja acordo, desistência das partes, ausência de acordo ou ausência das partes.

“ATUM” É INTUITIVO, DIZ CRIADOR

O “Atum” permite que o usuário apenas complemente o texto da ata com o acordo formalizado ou faça qualquer outro tipo de edição.

– O aplicativo é intuitivo, de simples utilização, e torna muito mais rápida a digitalização dos termos das audiências, procedimento que costuma ser demorado. Além disso, as atas saem padronizadas e, com a facilidade, o conciliador pode dedicar mais tempo à negociação com as partes, diante do tempo que economiza na confecção do documento – destaca o idealizador da ferramenta em entrevista à Agência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O aplicativo utiliza software livre e até dispensa treinamento devido à facilidade no uso. Além de tudo, é gratuito e pode ser acessado no link www.calheira.com/atum.

– A ideia é que a ferramenta ajude àqueles que trabalham com conciliação em qualquer parte do país, até mesmo para que esses usuários contribuam com a melhoria da ferramenta – diz ele, lembrando que o aplicativo foi acessado de várias partes do país, a exemplo do Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia