WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










março 2014
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

editorias






:: 26/mar/2014 . 23:45

CÂMARA APROVA COTA PARA NEGROS EM CONCURSO PÚBLICO FEDERAIS

cotas-negros-3A Câmara dos Deputados aprovou hoje (26) o projeto de lei que reserva 20% das vagas em concursos públicos da administração direta e indireta da União a candidatos negros. Foram 314 votos favoráveis, 36 contrários e seis abstenções.

De acordo com o projeto, a reserva vai durar dez anos e começará a valer após a aprovação do texto pelo Senado e a sanção presidencial. O projeto, apresentado pelo Executivo, segue agora para apreciação dos senadores.

Hoje pela manhã, o projeto tinha sido aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, depois de ter sido discutido durante toda a tarde de ontem (25) e parte da manhã de hoje.

Antes da votação em plenário do texto principal, os deputados rejeitaram duas emendas ao projeto, que estendiam a reserva de vagas aos cargos em comissão da esfera federal e subdividiam a cota, nos concursos públicos, entre os que estudaram em escola pública e privada. Informações da Agência Brasil.

IBAMA REVALIDA LICENÇA DO PORTO SUL

Rui: licença prévia revalidada.

Rui: licença prévia revalidada.

O Ibama revalidou a licença prévia para construção do Porto Sul na zona norte de Ilhéus, segundo o secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, que reafirma a importância da obra para o desenvolvimento do sul da Bahia. O Porto Sul mais as obras da ferrovia Oeste-Leste e o aeroporto internacional de Ilhéus são considerados as maiores obras na área de logística da história da Bahia.

Após a licença prévia do Porto Sul, o próximo passo é atender a 38 programas básicos para que o empreendimento obtenha a licença definitiva e possa iniciar as obras de construção dos terminais e do porto off-shore, num investimento estimado em, aproximadamente, R$ 2,5 bilhões.

BUFÊ É PAGO, NÃO PRESTA SERVIÇOS E É DENUNCIADO POR FORMANDOS EM ILHÉUS

Formandos dizem que empresa decorou apenas o teto do clube (Foto Facebook).

Formandos acusam bufê de decorar apenas o teto do clube; empresa nega (Foto Reprodução).

O Buffet Del Pomo, de Itabuna, está sendo acusado de receber R$ 22,5 mil e não fornecer serviços de bufê e ornamentação para o baile de formatura das turmas de Ciências Contábeis e de Administração, ambas da Faculdade de Ilhéus. A festa ocorreu no último sábado (22), no Clube Social de Ilhéus.

De acordo com os formandos, na sexta-feira (21), a dona do bufê, Lucimar Del Pomo, afirmou que precisaria de mais R$ 8 mil, a título de empréstimo, por que a conta da empresa estava bloqueada. “Nós não aceitamos, pois já havíamos pago tudo, antecipadamente”, disse ao PIMENTA a comissão de formatura.

CONSTRANGIMENTO

Com o problema alegado pelo bufê, os formandos tiveram de comprar salgados e bebidas e alugar mesas, além de providenciar, eles próprios, quase toda a ornamentação do clube. Segundo os formandos, a empresa decorou “apenas o teto do clube”.

Dos R$ 8 mil dos doces e salgados, o bufê havia pago somente R$ 3,5 mil à fornecedora. Os formandos tiveram de complementar com R$ 4,5 mil além do contrato de R$ 22,5 mil. Com todos os percalços, a festa de colação de grau, anterior ao baile, começou com uma hora e meia de atraso.

– Passamos pelo maior constrangimento de nossas vidas – disse a representação da comissão dos formandos. As duas turmas prestaram queixa na polícia, na última segunda-feira (24), e decidiram acionar a empresa judicialmente.

OUTRO LADO
A empresária Lucimar Del Pomo reconheceu ter havido problemas no fornecimento de bebidas, doces e salgados. “Informei a eles que tive a conta bloqueada por questão trabalhista e o fornecedor (da bebida) não aceitava cheque”, disse.

Ela afirma que decorou todo o clube e acusa os formandos de simularem estar ornamentando o espaço onde ocorreu o baile de formatura. “Como eles iriam fazer? São 400 capas de cadeira, arranjo, 50 ilhas. Minha equipe estava toda lá”, disse.

Segundo Lucimar, o pagamento aos garçons fora do contrato estava previsto, embora cite apenas “gratificação”. A empresária diz, ainda, ter cobrando abaixo do valor de mercado para realizar a festa. A comissão de formatura esclarece que a gratificação – à empresa – seria apenas se todos os serviços fossem prestados a contento.

Nota atualizada às 17h45min

GERALDO E A CARTA DE BABAU

Geraldo se disse surpreso com as acusações de Babau.

Geraldo se disse surpreso com as acusações de Babau.

Lideranças políticas estaduais tomaram como surpresa o conteúdo de uma carta do Cacique Babau. Nela, o líder dos tupinambás faz acusações ao governo e ao Exército e, por fim, culpa o deputado federal Geraldo Simões (PT-BA).

– Se alguma coisa acontecer com minha pessoa e meus irmãos, foi essa Polícia que está aqui na região, que o ministro mandou para a aldeia. Sendo que a ordem de matar partiu do deputado Geraldo Simões – escreveu Babau.

Dos poucos deputados que se levantaram contra a onda de invasões dos tupinambás a fazendas do sul da Bahia, Geraldo também se disse surpreso com a estratégia do cacique, principalmente por não ter a violência como sua característica.

O parlamentar petista considera “a radicalização extrema dos direitos indígenas” seria uma “forma provocadora de inviabilizá-los”. Internamente, a estratégia utilizada por Babau é vista como uma forma de tentar abrandar a postura do petista.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Para esclarecimento, não existe nenhuma suspeita de qualquer tipo de maquinário presente nas instalações da Fundação Hospitalar de Camacan que não seja próprio.

Inclusive, atualmente nas instalações do hospital não existe rede de ar comprimido e oxigênio, o que impossibilita o uso destes equipamentos.

A fundação já entrou em contato com a Policia Civil para que fosse feita uma vistoria no local, e disponibilizando imagens das câmeras de monitoramento no intuito de provar a não existência e a falta de fundamentos na acusação feita.

Fundação Hospitalar de Camacan.

MAIORIDADE PENAL É DISCUTIDA NA UESC

debate uescO avanço da maioridade penal no Brasil é tema de debate nesta quarta-feira (26), às 18h40min, no auditório do Juizado Modelo, na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Organizado pelo Núcleo Dina do Araguaia -UJS, centro acadêmico e Departamento de Direito, o evento terá a participação dos professores Helvécio Argôllo e Luiz Bezerra, além do ex-presidente da União dos Estudantes da Bahia Luciano Marques.

FAMILIARES DE ENGENHEIRO FAZEM PROTESTO EM ITABUNA

Morte de Wallace Machado ainda não foi esclarecida  (Reprodução Facebook).

Morte de Wallace Machado ainda não foi esclarecida (Reprodução Facebook).

Familiares e amigos do engenheiro de produção Wallace Machado dos Santos, de 32 anos, organizam manifestação para exigir justiça. O protesto será neste sábado (29), às 9 horas, saindo do Jardim do Ó, no centro de Itabuna.

O jovem foi encontrado morto à margem da BR-101, no trecho entre Itabuna e Itajuípe, no início deste mês, com tiros nas costas. A polícia não descarta que Wallace tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte).

Wallace desapareceu quando retornava de Jequié, onde trabalhava, para Itabuna. Até agora, a polícia não conseguiu pistas do autor dos tiros nem localizou a moto da vítima, uma Honda Bros.

CADÊ A GRAVAÇÃO?

gravação newtonPassado o furdunço da revelação bombástica do ex-prefeito Newton Lima, resta agora cobrar do ex-gestor que divulgue a gravação que, supostamente, incriminaria os vereadores James Kosta (PMN), Alzimário Belmonte,  o Gurita (PP), Nerival do PCdoB, Rafael Benevides (PP) e Ivo Evangelista (PRB).

Newton diz ter recebido James Kosta em sua residência para um dedinho de prosa, quando o vereador teria dado o “bote”: R$ 50 mil para cada um dos vereadores, a Turma do Cinquentinha. Até agora, a gravação é “lenda”.

Resta saber se Newton dizia a verdade ou apenas blefava na tentativa de ver as suas contas de 2011 aprovadas pela Câmara. No final, foram reprovadas por 13 a 5.

EX-SELEÇÃO, PERI COMEÇA A TRABALHAR NO RJ

Peri conquista emprego no Rio de Janeiro (Foto Pedro Ivo Almeida-UOL).

Peri conquista emprego no Rio de Janeiro (Foto Pedro Ivo Almeida-UOL).

Após se aproximar do fundo do poço e vagar pelas ruas de Portugal no final do último ano, Perivaldo Lúcio Dantas voltou a ter nome, sobrenome e dignidade neste início de 2014. Mais do que isso, o ex-mendigo e lateral da seleção brasileira, com passagens marcantes por Botafogo, Bahia, São Paulo e Palmeiras, agora tem até emprego e uma casa para morar na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro.

Em um recomeço ainda que tardio, aos 60 anos, o famoso “Peri da Pituba” agarra como pode a “chance da vida” no Sindicato dos Atletas de Futebol do Rio de Janeiro (Saferj). Lá, em um cenário que nem de longe lembra os últimos meses, exerce a função de auxiliar técnico de um projeto que mantém em treinamento jogadores sem clube e ainda colabora no setor administrativo.

Com o bom humor que cativa todos ao seu redor e espanta qualquer lembrança mais triste, Perivaldo celebra o renascimento e diz não ter mais problemas na vida. Ou quase nenhum. Seu grande desafio agora é na área da tecnologia, onde trava uma “guerra” com o computador sobre a mesa em seu mais novo local de trabalho.

Clique aqui e confira matéria do portal Uol na íntegra

MAIORIA DAS RECLAMAÇÕES NO SUS É CONTRA DEMORA NO ATENDIMENTO

Da Agência Brasil

Projeto que recebe denúncias da população sobre o atendimento na rede pública de saúde recebeu mais de 900 denúncias em 13 dias de lançamento. A demora para ser atendido, com 58% das reclamações, foi o item mais citado pelos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Em seguida veio a falta de leitos, com 26% das reclamações.

Chamado Caixa-Preta, o projeto da Associação Médica Brasileira (AMB), quer que o próprio usuário do SUS denuncie quando o sistema não funcionar como previsto em lei. “Nós pedimos que a população envie vídeos e fotos para que possamos fortalecer a denúncia. Faremos balanços mensais para ver se o gestor público está resolvendo o problema ou se a situação está se agravando. Caso necessário, acionaremos o Ministério Público”, disse o presidente da AMB, Florentino Cardoso.

Os estados que tiveram mais denúncias foram São Paulo (172) e Bahia (83). Alagoas e Acre, com uma denúncia cada, foram os que menos participaram da Caixa-Preta. “A população denunciou demora e falta de atendimento, que não consegue marcar consulta. Basicamente o que todo nós já sabíamo, mas agora é denunciado pelo próprio usuário”, disse Cardoso.

As denúncias podem ser feitas no site http://www.caixapretadasaude.org.br/.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia