am-fm1O Ministério das Comunicações recebeu 819 pedidos de migração de emissoras de rádio AM para a faixa FM em oito estados brasileiros, dentre eles a Bahia.

De acordo com dados levantados por este blog no MC, das 98 emissoras AMs na Bahia, apenas 58 solicitaram a migração, o que representa pouco mais de 60%.

A Bahia teve a adesão mais baixa dentre os estados onde foram realizadas sessões públicas para pedido de migração.

Proporcionalmente, a adesão maior ocorreu em Santa Catarina. Das 108 emissoras AMs, cem entraram com pedido de migração para a faixa FM.

A previsão é de que as primeiras emissoras migrem no início do segundo semestre. A prioridade será dada àquelas localizadas nas grandes cidades, onde a interferência no sinal é maior.

A migração, no entendimento de técnicos, pode melhorar a qualidade do sinal das emissoras, principalmente nas grandes cidades, e representar maiores ganhos econômico-financeiros no campo da publicidade. A mudança ainda permitirá que a emissora seja ouvida em aparelhos celulares sem o uso de internet.