WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










março 2014
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

editorias






:: 29/mar/2014 . 20:59

GEDDEL NEGA ROMPIMENTO COM O DEM

Por meio do Twitter, o ex-ministro Geddel Vieira Lima negou que tenha rompido com o DEM. A negativa se deu em resposta a pergunta do PIMENTA no microblog.

A pergunta: rompeu ou não rompeu com o DEM?

A resposta do peemedebista:

– Não!

Pelo Twitter, Geddel nega rompimento.

Pelo Twitter, Geddel nega rompimento.

Mais cedo, o site Chocolate com Política havia noticiado que Geddel estava rompendo com o DEM de ACM Neto e Paulo Souto e montaria chapa com o PSC, tendo Eliel Santana como candidato ao Senado e o próprio peemedebista na cabeça da chapa, candidato ao Palácio de Ondina.

Como em política nem sempre o não quer dizer não, aguardemos até a próxima semana. É o prazo anunciado pelo próprio ACM Neto para o fim da novela.

Pelo sim, pelo não (ops!), hoje Geddel disse que estava feliz ao reunir em torno de si representantes de oito partidos de oposição.

BAHIA BATE O SERRANO E ESTÁ NA FINAL

Bahia derrota o Serrano por 1 a 0 e está na final (Foto Arena Fonte Nova).

Bahia derrota o Serrano por 1 a 0 e está na final (Foto Arena Fonte Nova).

Com um gol de Fahel, o Bahia venceu o Serrano e está na final da Estadual 2014. O jogo foi encerrado há pouco, na Fonte Nova.

O Esquadrão chegaria à final mesmo se empatasse por qualquer placar. Na última quarta, a partida terminou 1 a 1.

Agora o Bahia aguarda o vencedor do confronto entre Vitória e Vitória da Conquista. O rubro-negro venceu o bode no primeiro jogo, por 2 a 1, em Conquista. Os dois times se enfrentam amanhã, às 16h, em Pituaçu, Salvador.

FEIRÃO ORIENTA SOBRE ACESSO AO CRÉDITO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Renata Smith | Agência Sebrae

Aproximar empresários e instituições financeiras e orientar sobre a gestão de negócios a partir de um atendimento personalizado são os objetivos do Feirão das Micro e Pequenas Empresas (MPE). O evento tem o Crédito como tema central e será realizado na próxima segunda-feira, 31, em um estande montado na Praça Otávio Mangabeira (Camacã), Centro, no município de Itabuna.

Para explicar aos participantes sobre as linhas de crédito específicas para cada empresa, estarão no local representantes de instituições como o Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica e Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia).

“Pesquisas demonstram que entre as principais dificuldades apresentadas pelas empresas encontra-se o acesso a crédito acompanhado de uma orientação e análise adequada dos investimentos, que podem ser feitos para ampliar os resultados dos negócios”, explica a gerente da Unidade Regional do Sebrae Ilhéus, Claudiana Figueiredo.

As empresas interessadas em negociar com as instituições financeiras devem fazer um credenciamento prévio até o dia do evento, das 9h às 16h, no Ponto de Atendimento do Sebrae (localizado na Avenida Francisco Ribeiro Júnior, Edifício Atlanta Center, Centro). Dúvidas e informações sobre o encontro podem ser esclarecidas com a técnica do Sebrae, Karla Nascimento, nos telefones (73) 3613-9734/ 9981-1688.

GEDDEL ROMPE COM O DEM E ANUNCIARÁ CHAPA COM PSC

Acabou a fase "paz e amor" - e paciência - de Geddel (Foto Max Haack).

Acabou a fase “paz e amor” – e paciência – de Geddel (Foto Max Haack).

O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) atingiu hoje (29) a sua cota de paciência com a indefinição por parte do DEM e do prefeito de Salvador, ACM Neto. Após esperar uma definição para a última quinta-feira (27), hoje o peemedebista se reuniu com Eliel Santana (PSC).

De acordo com o  bem-informado Chocolate com Política, Geddel será candidato ao governo, tendo Eliel como pré-candidato ao Senado. O peemedebista tentará formar chapa em que Lídice da Mata apareceria como sua vice. O namoro existe, se dará casamento… são outros quinhentos.

“Pessoa mais próxima a Geddel confidencia que descobriu o tamanho da liderança do cacique do DEM: é diretamente proporcional à sua própria estatura”, escreve o Chocolate com Política.

E continua: “Mais certo do que essa nova aliança é um apoio do PMDB a Rui Costa num hipotético segundo turno, se o adversário do petista for Paulo Souto”.

INTEGRANTE DO REÚNE ILHÉUS É ESFAQUEADO NA SAÍDA DE EVENTO COM PREFEITO

Igor foi atingido durante tumulto em frente à Câmara (Foto Reprodução/Ilhéus24h).

Igor foi atingido durante tumulto em frente à Câmara (Foto Reprodução/Ilhéus24h).

O estudante Igor do Carmo foi esfaqueado por um homem que acompanhava o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, ao final da manhã deste sábado (29), em frente à Câmara de Vereadores.

O golpe teria sido aplicado por Fábio Barreto durante confusão no momento em que o prefeito saía do plenário do legislativo, conforme o Ilhéus24h.

Igor foi atingido nas costas. O jovem foi encaminhado por uma guarnição da Polícia Militar para a Clínica Coci.

A equipe de segurança do prefeito é acusada de utilizar spray de pimenta durante o tumulto.

Apesar da acusação contra Fábio Barreto, até o momento ele não foi preso. O PIMENTA não conseguiu contato com a Secretaria de Comunicação.

PREFEITO DEU FUGA A ACUSADO, DIZ IGOR

A vítima do golpe de faca, Igor Carmo, concedeu entrevista ao site Defensor. Carmo diz que a própria equipe de segurança do prefeito Jabes Ribeiro causou o tumulto. Barreto aproximou-se do estudante e desferiu o golpe.

Ainda em vídeo do Defensor, Igor afirma que Fábio Barreto deixou o local no carro do prefeito ilheense (confira entrevista na íntegra).

APÓS OCUPAÇÃO, REITORA DA UESC AMPLIA SUBSÍDIO PARA REFEIÇÃO

Estudantes ocuparam reitoria por 30 horas e conseguiram ampliação de subsídios.

Estudantes ocuparam reitoria por 30 horas e conseguiram ampliação de subsídios.

Após ocupação de 30 horas, um grupo de estudantes obteve da reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, o compromisso de aumentar o número de refeições subsidiadas. A partir de 7 de abril, o Restaurante Universitário (RU) servirá um total de 1,3 mil refeições a R$ 1,00.

O RU também abrirá em três turnos, com a oferta de 200 cafés da manhã, 900 almoços e 200 jantares subsidiados por dia, de segunda a sexta.

Os estudantes ocuparam a reitoria da Uesc na última quinta (27) até o fechamento do acordo, no final da tarde de ontem (28).

A reitora Adélia Pinheiro também comprometeu-se a realizar estudos técnicos para reforma e ampliação da estrutura do restaurante. A instituição vai acelerar o cadastro biométrico dos estudantes que utilizam a estrutura do RU.

Por meio de nota, a reitora enfatizou o aumento de recursos para atender a reivindicações de alunos e, ainda, a necessidade de articulações com o governo baiano para execução de algumas das propostas acordadas com os estudantes.

Nota atualizada às 12h54min

MULHERES (BAIANAS) NO PODER

Durval Filho - diretor da Biblioteca Afrânio Peixoto - Foto Walmir Rosário (1)Durval Pereira da França Filho | dumaestro11@hotmail.com

 

Embora na história de cidades tradicionais como Canavieiras, Ilhéus e Itabuna não haja registro de mulheres assumindo o Executivo Municipal, por força do voto direto, a Bahia tem um histórico de lutas pela igualdade de direitos entre os gêneros.

 

No contexto das discriminações existentes entre os seres humanos, é possível que uma das mais antigas seja contra as mulheres. Desde priscas eras, porém, a luta pelos direitos da mulher tem sido uma constante, seja através de correntes filosóficas, seja por meio de segmentos religiosos, como o cristianismo primitivo, por exemplo.

Os movimentos em defesa dos direitos iguais para homens e mulheres, que começaram de forma tímida no final do século XIX, a partir das décadas de 1960/1970 ganharam forças capazes de impactar as sociedades ocidentais. Essas forças foram se tornando mais efetivas, tanto no campo da cultura como no campo do direito, principalmente com relação aos direitos políticos (votar e ser votado), direito à autonomia, direitos trabalhistas etc.

Na constituinte da República (1890-1891), um projeto favorável ao voto feminino foi derrotado pelos positivistas que consideravam a atividade política desonrosa para a mulher. Contudo, a História do Brasil está repleta de ações de mulheres que se destacaram pela resistência a toda e qualquer forma de opressão.

Para efeito das nossas considerações, colocamos em evidência mulheres baianas, a começar com Maria Felipa de Oliveira, escrava da ilha de Itaparica, no Recôncavo Baiano, mulher guerreira, em todas as acepções do termo, que liderou os baianos em lutas decisivas pela independência, em 1823.

De igual maneira, a abadessa Joana Angélica de Jesus (1761-1822) e Maria Quitéria de Jesus Medeiros (1792-1853): a primeira, de Salvador, tornou-se a protomártir da independência; a segunda, de Feira de Santana, foi a primeira mulher brasileira a integrar uma unidade militar no país. Embora muitas mulheres baianas tenham lutado pela independência do Brasil, essas três entraram para a história como símbolos da luta que culminou no Dois de Julho.

Trinta anos depois, em 1852, foi criado o Jornal das Senhoras, divulgador das primeiras bandeiras em defesa dos interesses femininos. E nesse universo, merece realce o nome de Ana Justina Ferreira Nery (1814-1880), de Cachoeira, patronesse das enfermeiras do Brasil, função na qual atuou de forma marcante na Guerra do Paraguai (1864-1870).

Em 1887, foi graduada a primeira médica do Brasil, a gaúcha de Rio Grande, Rita Lobato Velho Lopes (1866-1954), pela antiga Faculdade de Medicina da Bahia. E em 1891, a Ordem dos Advogados do Brasil, a contragosto, admitiu o registro de Myrtes Gomes de Campos (1875-1965), fluminense de Macaé, o que fez dela a primeira mulher brasileira a exercer a profissão de advogada.

Mas somente em 1922, cem anos depois da luta de Maria Felipa, foi criada a Federação Brasileira para o Progresso Feminino, pela bióloga paulista Bertha Lutz (1894-1976), o que inspirou Amélia Augusta do Sacramento Rodrigues (1861-1926), de Santo Amaro da Purificação, escritora, professora e poeta, a organizar as mulheres na Bahia.

Nessa época, em Canavieiras, as jovens professoras Isbela Freire e Anadília Costa já formavam fileira em defesa do voto feminino, antiga reivindicação que se tornou vitoriosa em 1932, quando o Código Eleitoral garantiu o direito de a mulher votar e ser votada. E em 1935, a advogada Maria Luiza Bittencourt, de Salvador, foi eleita primeira deputada baiana para a Assembleia Constituinte.

Raimunda Maria Vargens Cidreira (1920-1985) foi a primeira mulher a ocupar um lugar na Câmara Municipal de Canavieiras (1951-1955), fato só repetido 35 anos depois, quando Denyse dos Santos Reis Carvalho foi eleita para a legislatura de 1989 a 1992. Outras vieram a seguir.

Em Belmonte, Dejanira Rezende de Souza foi a única prefeita eleita (1959-1963) naquele município até o momento.

Namir Oliveira Mangabeira e Silva, em Itabuna, foi também a única mulher a ocupar (interinamente) a chefia do Executivo Municipal (05.09.1966-03.10.1966). Maria Rita de Almeida Fontes foi a primeira mulher a ocupar uma cadeira no Legislativo de Itabuna, embora de forma indireta, no governo de Ubaldino Brandão (1948-1951), sendo sua atuação no período de 1950-1951, porque o titular da cadeira fora nomeado para administrar o então distrito de Buerarema. Algumas outras vieram depois.

Leia na íntegra clicando em :: LEIA MAIS »

OPORTUNIDADE PARA REPOSITOR

Empresa multinacional instalada na região tem dez vagas para preenchimento imediato na função de repositor. Os candidatos devem ser do sexo masculino e possuir ensino médio completo, além de experiência mínima de um ano. O empregador oferece, como benefícios, plano de saúde, tickets alimentação e refeição, além de Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

Interessados devem procurar a PRIMORE – Consultoria em Gestão de Pessoas, situada na Rua Rui Barbosa, 345, sala 102, Centro, em Itabuna. Ou enviar e-mail para: renatasantos@primoreconsultoria.com.br.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia