Servidores votam paralisação com indicativo de greve.

Servidores votam paralisação com indicativo de greve.

Os servidores municipais de Itabuna farão paralisação de 24 horas nesta quarta (30), além de um protesto em frente à prefeitura, às 9h. Eles protestam contra a proposta de reajuste salarial da prefeitura: 6% em abril mais 2% em outubro para quem recebe abaixo de R$ 1.000,00. A paralisação foi definida em assembleia ontem à noite.

A presidente do Sindicato dos Funcionários e Servidores Municipais (Sindserv), Wilmaci Oliveira, diz que o funcionalismo também cobra implantação do tíquete alimentação e do Plano de Cargos, Carreira e Salários.

– Os trabalhadores já sofrem com precárias condições de trabalho e com o assédio moral. A prefeitura comete um grande erro ao se recusar a debater benefícios como tíquete alimentação e PCCS e com esta proposta salarial indecente , recusada de forma veemente pela categoria – afirmou a dirigente sindical.

Wilmaci diz esperar que a manifestação de amanhã “abra os olhos do governo”. “Os servidores não aceitam mais serem massacrados. Se o governos mantiver esta postura intransigente, entraremos greve”.