A decisão do Posto Makro, localizado na rodovia Ilhéus-Itabuna, de vender a gasolina comum a R$ 2,89 o litro, contra uma média de R$ 3,05 nos demais postos, está provocando reações nos concorrentes, que praticamente cartelizaram o setor.

O Blog do Thame apurou que representantes de pelo menos três postos procuraram pessoas ligadas ao Posto Makro, ´sugerindo´ que o preço da gasolina seja reajustado e fazendo ameaças veladas (ou nem tão veladas assim), além que  um preço de 15 centavos a menos (em média) por poderia quebrar os concorrentes.

Por enquanto, a decisão do Makro é enfrentar o cartel e manter o preço da gasolina em R$ 2,89. Bom para o consumidor.

Confira matérias sobre a “Guerra da Gasolina”:

Concorrência faz preço da gasolina cair R$ 0,18 em Itabuna

Guerra da Gasolina: Combustível cai a R$ 2,79 o litro