Corrida presidencial: Campos, Dilma e Aécio.

Corrida presidencial: Campos, Dilma e Aécio.

Levantamento do Instituto Datafolha – feito nos dias 15 e 16 de julho – levou preocupações para a campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Se lidera com boa margem no primeiro turno, o mesmo não se pode dizer caso a peleja eleitoral vá para o segundo turno, quando empata, tecnicamente, com o tucano Aécio Neves.

No primeiro turno, Dilma aparece com 36%, enquanto Aécio tem os mesmos 20% da pesquisa anterior. Eduardo Campos (PSB) oscila para 9% para 8% e o Pastor Everaldo (PSC), de 4% para 3%. José Maria (PSTU), Eduardo Jorge (PV), Luciana Genro (PSOL), Eymael (PSDC) e Rui Pimenta (PCO) têm 1% cada um.

SEGUNDO TURNO

Juntos, todos os adversários têm a soma das intenções de voto de Dilma (36%), mas aumentou a probabilidade de segundo turno na disputa, no qual Dilma teria 44% das intenções de voto contra 40% de Aécio (antes, em 1º e 2 de julho, era 46% a 39%). Contra Campos, dá 38% a 45% (era 48% a 35% no início do mês).

A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais. Foram entrevistados 5.337 eleitores em 233 municípios brasileiros, segundo o Datafolha.