Rui Costa se reúne com representantes da Faeb e da Fecomércio (foto Divulgação)

Rui Costa se reúne com representantes da Faeb e da Fecomércio (foto Divulgação)

O candidato petista ao governo baiano, Rui Costa (PT), defendeu a execução de projetos que ampliem a desconcentração do desenvolvimento do Estado. A defesa foi feita em um encontro promovido em Salvador, nesta quinta-feira (31), pela Federação do Comércio (Fecomércio) e Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Faeb).

Referindo-se a projetos iniciados pelo governo Wagner, o petista afirmou que pretende “manter o conceito que deu grandes passos à frente no desenvolvimento do Estado”. Segundo ele, esse modelo tem os “polos regionais como elementos dinamizadores da economia”.

Ao público formado por empresários, o candidato falou em fortalecer as cadeias produtivas, como a dos setores químico e petroquímico, petróleo e gás, alimentos, papel e celulose, e do turismo.

O candidato disse ainda que trabalhará pela atração de novos recursos para o Nordeste. “Serei um articulador firme na criação do Fundo de Investimento do Nordeste, que terá recursos e políticas específicas, com taxas e valores diferenciados para quem investir na região, e eu falo da Bahia”, sinalizou.