Atletas buscam mais medalhas para o Brasil nos Estados Unidos.

Atletas buscam mais medalhas para o Brasil nos Estados Unidos.

O professor de Educação Física e técnico itabunense João Rosário acompanha mais um desafio das atletas joinvilenses Nicole Zaniz e Flávia Ferreira, atuais campeã e vice de kettlebell lifting na América Latina. Amanhã (23), elas participam do campeonato de Kettlebell USA Nationals, em Nova Iorque.

A competição reúne os melhores atletas das Américas e é classificatório para o mundial da modalidade, que será no dia 20 de novembro em Hamburg, Alemanha. O kettlebell Sport (também conhecido como Girevoy Sport), foi originalmente praticada e eleito como o treinamento físico principal dos militares russos na década de 70, e desde então vem ganhando projeção nos Estados Unidos e América Latina.

O esporte consiste em movimentar o kettlebell – um peso no formato de uma bola de ferro com alça – executando alguns movimentos específicos, o que, segundo especialistas, melhora o condicionamento físico geral com ganho expressivo de força, potência e resistência.

As atletas joinvilenses competirão na modalidade long cycle até 58 kg, onde o kettlebell é levado da altura do joelho até o peito e do peito até acima da cabeça. Nicole utilizará um kettlebell de 12 kg na modalidade iniciante e Flávia de 16 kg, no amador. Quem fizer mais repetições no tempo de 10 minutos vence a competição.

O campeonato USA Nationals é realizado pela American Kettlebell Alliance (AKA) e é o principal evento das Américas apoiado pela União Internacional de Kettlebell Lifting (IUKL).

MEDALHAS

A estreia das atletas de Joinville em competições foi em sete de julho no torneio Latino Americano na Argentina e elas contaram com o apoio da Federação Brasileira de Kettebell Lifting- F.B.K.L, que esteve representada no evento pelo seu presidente, João Rosário – que também é técnico das atletas Nicole Zaniz e Flávia Ferreira- e da vice-presidente Mônica Pimenta.

Já na estreia elas conquistaram medalhas. Nicole Zaniz foi a primeira colocada na prova jerk, com 87 repetições com um kettlebell de 16 kg e Flávia Ferreira conquistou a segunda colocação na categoria long cycle executando 111 repetições com um kettlebell de 16kg.

João Rosário, técnico das atletas, foi o pioneiro no treino com kettlebell em Santa Catarina no ano de 2009 e explica que com o fortalecimento da Federação Brasileira de Kettlebell Lifting, fundada em fevereiro deste ano, vai ser possível organizar campeonatos de kettlebell no Brasil, fortalecendo assim o esporte e apoiando os times e atletas que estão se formando no país.