WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










outubro 2014
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: 7/out/2014 . 17:37

CÂMERA FLAGRA ASSALTO A LOJA EM ILHÉUS

Assaltante vestia blusa vermelha e estava de boné.

Assaltante vestia blusa rosa e estava de boné.

Um homem aparentando ter mais de 30 anos invadiu uma loja de telefonia celular em Ilhéus, hoje. Armado, ordenou que fossem colocados aparelhos celulares e objetos que estavam na vitrina da loja.

O assaltante ainda não foi preso. Durante todo o tempo, ele ficou com a cabeça baixa e usou boné para impedir que fosse identificado pelo circuito de câmeras.

Abaixo, confira sequência de dois vídeos. No primeiro, o ladrão entra na loja, tira a arma da mochila e dá ordem aos funcionários da loja. Já no segundo, ele pega o dinheiro, coloca a mochila nas costas e vai embora.


ABSTENÇÃO NA BAHIA FOI A 23,19% EM 2014

eleições 2014O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) divulgou hoje que aumentou de 21,56% para 23,19% o índice de abstenção nas eleições no comparativo de 2010 e 2014.

Quem não votou no domingo (6) terá 60 dias para se justificar. Dos mais de 10,1 milhões de eleitores baianos, 2.369.558 deixaram de comparecer às urnas.

O eleitor que faltou no último domingo e não justificou poderá, mesmo assim, votar no dia 26, quando será escolhido o novo presidente do país.

ATÉ QUINTA, MARINA ANUNCIA QUEM APOIARÁ NA DISPUTA PRESIDENCIAL

Marina: apoio na quinta.

Marina: apoio decidido até a próxima quinta.

Numa nota, a candidata derrotada à presidência da República Marina Silva (PSB) divulgou nota em que anuncia para a próxima quinta (9) a sua decisão quanto a quem apoiar neste segundo turno, se Aécio Neves (PSDB) ou Dilma Rousseff (PT).

Para hoje, Marina tem reunião agendada com o governador eleito de Pernambuco, Paulo Câmara, e com o prefeito de Recife, Geraldo Júlio. Os dois políticos, do PSB, são “crias” de Eduardo Campos.

A nota de Marina, enviada pela assessoria da ex-candidata aos veículos, informa que “as opiniões individuais de cada partido, dirigentes e lideranças políticas das agremiações neste momento de construção devem ser respeitadas mas não refletem em nenhuma hipótese a opinião da ex-candidata”.

Os partidos e seus membros terão reuniões até amanhã. A nota informa o anúncio do apoio (ou neutralidade) para o dia 9. “Na quinta-feira, dia 9, Marina Silva e as demais lideranças dos partidos aliados participarão de encontro para construir um posicionamento comum da Coligação sobre a continuidade da disputa pela Presidência da República”.

APÓS ELEIÇÃO, RUI COSTA REAFIRMA COMPROMISSO COM SUL DA BAHIA

Rui reafirma compromissos com o sul da Bahia.

Rui reafirma compromissos com o sul da Bahia.

Rui Costa, governador eleito da Bahia, reafirmou compromissos com o sul da Bahia. Segundo ele, a região terá ciclo de desenvolvimento com a execução de projetos como o Porto Sul e a Ferrovia Oeste-Leste.

Até o final do ano, devem começar as obras do Hospital Regional da Costa do Cacau, na Rodovia Ilhéus-Itabuna, e a duplicação da rodovia que liga os dois maiores municípios sul-baianos. A nova pista será construída à margem direita do Rio Cachoeira.

– Vamos consolidar o que Wagner realizou e agilizar essas obras que são fundamentais para que o Sul da Bahia possa viver um novo ciclo de desenvolvimento.

REELEIÇÃO DE DILMA

Hoje, Rui participa de reunião com a presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff, em Brasília. Para ele, é fundamental a reeleição de Dilma Rousseff, principalmente após a sua eleição a governador da Bahia.

– Se olharmos para historia da Bahia nas ultimas décadas, confirmamos que ela foi a presidente que mais fez, não só nos programas sociais, mas para infraestrutura e mobilidade. Vamos entrar em campo pedindo o voto pra Dilma no segundo turno para que ela possa nos ajudar a construir uma Bahia moderna e com oportunidades para os baianos – disse.

MOBILIDADE, SAÚDE E EDUCAÇÃO

Dentre os projetos para a Bahia, estão sistema de Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), interligando Salvador a Lauro de Freitas. Rui novamente assegurou que o metrô da capital baiana terá 41 quilômetros, “chegando até a cidade de Lauro de Freitas e ao bairro de Cajazeiras”.

Rui ainda se comprometeu a melhorar serviços públicos, principalmente na saúde (promessa de sete novos hospitais regionais) e na educação. Rui diz ser indispensável a participação das famílias para melhorar a qualidade da educação básica.

FORÇA-TAREFA POR DILMA

Da Coluna Tempo Presente, d´A Tarde

O deputado federal Nelson Pelegrino e o estadual Rosemberg Pinto estão articulando uma reunião com os candidatos a deputado eleitos e não eleitos, para estruturar uma força tarefa em favor de Dilma no segundo turno. O encontro será depois de amanhã.

A ideia é fazer cada um concentrar esforços onde teve mais votos, priorizando os municípios em que Dilma teve menos de 60%. O problema é estimular os derrotados.

SEGUNDO SUPLENTE

Davidson Magalhães (PCdoB) saiu das urnas na condição de segundo suplente do chapão governista.

Pelo volume de campanha em toda a Bahia – principalmente em Itabuna e Salvador, acreditava-se que ele obtivesse em torno de 90 mil a 100 mil votos.

Ficou longe disso (65 mil, 171 votos), mas perto de sentar na cadeira de deputado federal ou retornar ao comando da Bahiagás.

Abaixo, confira uma entrevista concedida por ele ao Pimenta.

BEM NA FITA

Anízio obteve votação expressiva para os seus candidatos.

Anízio: votação expressiva para os seus candidatos.

Tonho de Anízio, ex-prefeito de Itacaré, saiu fortalecido, destas eleições, para o seu projeto de retorno ao comando do município da Costa do Cacau em 2016. Não foi candidato, claro, mas deu votação considerada expressiva a quem ele apoiou.

O deputado federal Ronaldo Carletto (PP) obteve 1.614 votos no município, sagrando-se como o mais votado. Anízio apoiou dois nomes para deputado estadual, ambos do PSD: Ângela Sousa, com 1.448 votos, e Robério Oliveira, 532.

Ele agradeceu a votação aos seus candidatos e disse que os resultados obtidos reforçam o compromisso com a cidade e “dão forças para um futuro bem melhor para Itacaré”.

Anízio ainda cita os resultados das campanhas majoritárias. Dilma Rousseff  obteve 64,62% dos votos válidos, enquanto Rui Costa, eleito governador, alcançou 58,75%. Já o senador eleito, Otto Alencar, obteve 60,53%.

Ainda sem partido, a tendência é que Anízio filie-se ao PSD.

DAVIDSON: “PRECISAMOS REPACTUAR NOSSA ATUAÇÃO POLÍTICA NA REGIÃO”

davidson - pimentaO comunista Davidson Magalhães não conseguiu se eleger deputado federal, mas avalia que os mais de 65 mil votos obtidos no dia 5 de outubro o credenciam a atuar como liderança no campo da esquerda no Sul da Bahia.

Nesta entrevista concedida ao PIMENTA, o ex-presidente da Bahiagás demonstra otimismo com a possibilidade de assumir uma cadeira na Câmara Federal, após a composição do governo Rui. Por enquanto, afirma que a prioridade é eleger Dilma Rousseff no segundo turno.

Sobre as sinalizações das urnas para Itabuna, onde Rui Costa perdeu, Davidson defende a reorganização das forças de esquerda em nome do “projeto maior”. Numa referência ao deputado federal petista Geraldo Simões, que não se reelegeu, o comunista diz que alguns líderes regionais precisam “calçar as sandálias da humildade”.

Leia abaixo os principais trechos:

PIMENTA – Como você analisa seu desempenho nas eleições?
Davidson Magalhães – Eu considero uma vitória, principalmente no contexto em que ocorreu esse processo eleitoral. Foi uma eleição bastante disputada, na qual houve uma queda de votos muito grande, e mais uma vez a região confirmou uma característica de pulverização de votos. Nós tivemos aqui muitos candidatos de fora sendo votados e isso reduziu muito a possibilidade de uma eleição concentrada. Terminou saindo do sul da Bahia, de novo, um único deputado federal eleito, o que é mais um prejuízo político para a região. Foi reduzido o número de deputados estaduais e não se ampliou o número de federais.

PIMENTA – Chegou-se a se ensaiar na cidade um movimento em defesa do voto regional…
DM – É um prejuízo porque ficam vários segmentos aqui fazendo o discurso do voto para fortalecer a região e na “hora H” esses mesmos segmentos, por interesses menos nobres, terminam contribuindo com a pulverização dos votos. Seguimos como uma região que tem uma pulverização de votos muito acentuada, o que termina por debilitar nossa representatividade política.

PIMENTA – Essa debilidade pode chegar ao ponto de comprometer projetos estruturantes sinalizados para o Sul da Bahia?
DM – Nossas duas principais cidades (Ilhéus e Itabuna) poderiam ter contribuído mais para o fortalecimento desse projeto regional, mas acabaram ficando extremamente prejudicadas. Nós poderíamos ter um desempenho melhor, o que teria como resultante uma maior consistência política, mas isso é algo que precisará ser superado. Como ganhamos o Governo do Estado, ele, que é o responsável por esses grandes investimentos, juntamente com o Governo Federal, deverá tratar desse problema. Inclusive, o sul da Bahia foi uma das regiões onde o governador eleito Rui Costa teve o menor desempenho, e isso exigirá uma atenção especial para permitir a retomada política da região.

PIMENTA – Como você vê essa vitória de Rui Costa no primeiro turno?
DM – Foi um demonstração definitiva do esgotamento do carlismo, que apostava suas penúltimas fichas no Paulo Souto e num desgaste do governo. Fizeram uma avaliação equivocada e mais uma vez perderam a eleição. Já são três eleições seguidas perdidas pelo carlismo e dessa vez o ACM Neto expôs sua condição de líder político e perdeu inclusive em Salvador. Ou seja, nós derrotamos a principal liderança da oposição e fizemos o senador, o que também demonstra um esgotamento do Geddel (Vieira Lima). A lição que nós tiramos é de que há uma avaliação positiva do governo Wagner e de um projeto em curso que está mudando a Bahia.

PIMENTA – Wagner sempre demonstrou acreditar na vitória de Rui…
DM – O governador sempre insistiu nisso nas reuniões com os partidos: vamos ganhar no primeiro turno. E a argumentação dele era muito sólida: “se comparar o que eles fizeram em 30 anos e o que fizemos em oito, nós damos um banho”. O povo soube ver e entender isso quando tivemos a oportunidade de expor os dados na campanha eleitoral. A diferença entre os dois governos de Paulo Souto e os dois de Wagner é abissal.

PIMENTA – Mas o Sul da Bahia e particularmente Itabuna indicaram não pensar da mesma forma.
DM – Em nossa região, é preciso “cair a ficha” para o que está acontecendo. Experimentaremos um desenvolvimento que tende a ser ampliado com a continuidade desse projeto político com Rui Costa. Isso vai permitir à região dar uma virada substancial a partir da implantação do Complexo Multimodal do Porto Sul.

PIMENTA – Já é possível apresentar um panorama de como ficará o tamanho das bases do governo e da oposição na Assembleia?

DM – As assembleias legislativas têm jogado um papel político muito pequeno na história brasileira, por isso eu acho que Rui não terá problema no relacionamento com o legislativo. Ficamos com a maioria da composição da Câmara Federal e acho que ganharemos a eleição presidencial, o que não põe em risco o projeto.

PIMENTA – Qual o tamanho do PCdoB após essas eleições?
DM – Nosso partido ampliou bastante o espaço político que ocupa na região. Em 2010, quando Wenceslau Júnior disputou o mandato de deputado estadual, teve 31.800 votos, e nós saímos agora com mais de 65 mil votos. É um saldo significativo, que indica uma acumulação de força política nesse período. A possibilidade inclusive de assumir o mandato é importante, já que essa lacuna que ficou na representação do sul Precisará ser preenchida. Nos governos estaduais, tradicionalmente, vários deputados são chamados para assumir cargos, tanto no governo federal quanto no estadual, e isso pode abrir um espaço de atuação política nossa na região. :: LEIA MAIS »

JOVEM É ASSASSINADO NA MANGABINHA

Alexandre foi assassinado a tiros e pauladas na Mangabinha (Foto Bahia Hoje).

Alexandre foi assassinado a tiros e pauladas na Mangabinha (Fotos Bahia Hoje).

Um jovem foi assassinado a tiros e pauladas, hoje pela manhã, na Mangabinha, em Itabuna. Alexandre Souza de Oliveira, de 20 anos, morava no Bairro Pontalzinho. O crime ocorreu por volta das 8h30min, na região das “Casinhas”.

Alexandre havia deixado o Hospital de Base de Itabuna há pouco tempo e sofria de problemas mentais, segundo uma das tias. Recentemente, tentou contra a própria vida ao ingerir “chumbinho”.

Ele teria saído logo cedo de casa para ir ao hospital trocar curativo, segundo informou uma tia da vítima ao Bahia Hoje. De acordo com informações policiais, Alexandre era usuário de drogas.

UFSB ABRE CONCURSO PARA PROFESSOR. REMUNERAÇÃO CHEGA A R$ 8,3 MIL

UFSB abre novo concurso para professor (Foto Gabriel Oliveira).

UFSB abre novo concurso para professor (Foto Gabriel Oliveira).

A Universidade Federal do Sul da Bahia abriu ontem (6) período de inscrição em concurso público para contratar 23 professores adjuntos.

A universidade exige dedicação exclusiva e oferece remuneração de R$ 8.344,64 (salário básico de R$ 3.804,29 mais R$ 4.540,35 como retribuição por titulação de doutorado.

Os professores aprovados em concurso serão distribuídos entre os campi de Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas. As inscrições serão encerradas em 10 de novembro.

O interessado deve efetuar inscrição pela internet. A taxa foi fixada em R$ 300,00.

61,44%: DILMA VEM À BAHIA AGRADECER VOTAÇÃO

Dilma, ao lado de Rui Cota, retorna à Bahia nesta quinta-feira. (Foto Vaner Casaes/BAPress).

Dilma, ao lado de Rui, retorna à Bahia nesta quinta-feira. (Foto Vaner Casaes/BAPress-Arquivo).

A presidente da República e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), estará em Salvador nesta quinta (9) para uma caminhada até a Igreja do Bonfim. Ela fará a atividade ao lado do governador eleito da Bahia, Rui Costa (PT), do senador eleito Otto Alencar, além do governador Jaques Wagner e de parlamentares. A petista enfrenta o tucano Aécio Neves neste segundo turno.

De acordo com a programação, a caminhada terá concentração às 9h, no Largo de Roma. “Ela vai agradecer ao povo baiano e ao Senhor do Bonfim a grande votação que teve neste estado”, diz o presidente do PT da Bahia, Everaldo Anunciação, coordenador da campanha de Dilma na Bahia.
Dilma venceu em praticamente todos os municípios da Bahia, onde obteve 61,44% dos votos. Ela foi derrotada apenas em Buerarema. A justificativa é a disputa por terras que envolvem indígenas e produtores rurais. Desde o ano passado, o município vive sob tensão. Mortes de produtores rurais e atos de vandalismo marcaram os últimos 18 meses na cidade.

GREVE DOS BANCÁRIOS CHEGA AO FIM NA REGIÃO DE ITABUNA

Greve afetou mais de 10 mil agências bancárias.

Greve afetou mais de 10 mil agências bancárias.

Os bancários da área de abrangência do sindicato da categoria em Itabuna voltam ao trabalho nesta terça-feira (7), após aprovação das propostas da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) em assembleia realizada na sede da entidade, ontem. Além de Itabuna, o funcionamento volta ao normal, também, em Buerarema, Camacan, Coaraci, Ibicaraí, Itajuípe, Itapitanga, Itapé, Itororó e Pau Brasil.

O fim do movimento, que começou dia 30, foi decidido por 38 votos a 24. De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Financeiro (Contraf), a greve foi encerrada na maioria dos estados. Porém, a greve continua em agências do Banco do Nordeste do Brasil.

A proposta reajusta os salários e demais verbas em 8,5% (aumento real de 2,02%), o piso salarial em 9% (2,49% acima da inflação) e o vale-refeição em 12,2%. Os sindicatos comemoram o que chamam de avanços “não econômicos”, a exemplo de mecanismos de combate às metas abusivas e do assédio moral.

SERASA: ATIVIDADE COMERCIAL VOLTA A CRESCER EM SETEMBRO

Panorâmica do comércio de Itabuna.

Panorâmica do comércio de Itabuna.

A atividade do comércio voltou a crescer (0,9%) em setembro depois de recuo em agosto, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio. Na comparação com setembro de 2013, a alta foi 5,2%. Com os resultados, o movimento dos consumidores no comércio acumulou, no período de janeiro a setembro de 2014, alta de 4,1% em relação ao mesmo período do ano passado.

A alta da atividade no comércio, em setembro, foi concentrada em dois segmentos: 0,9% no ramo de tecidos, vestuário, calçados e acessórios; e expansão de 0,8% nas lojas de móveis, eletroeletrônicos e equipamentos de informática. Já os demais setores acusaram queda em suas movimentações: recuo de 0,7% em supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas; queda de 2,1% em combustíveis e lubrificantes; recuo de 1,3% em veículos, motos e peças; e queda de 1% nas lojas de material de construção.

No período acumulado de janeiro a setembro deste ano, a atividade varejista cresceu 4,1%, liderada pelo setor de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (expansão de 4,3%) e combustíveis e lubrificantes, com alta de 2,2%. O segmento de móveis, eletroeletrônicos e equipamentos de informática expandiu 1,2% e o de veículos, motos e peças acumulou crescimento de 0,8%, no mesmo período. O setor de tecidos, vestuário, calçados e acessórios subiu 0,7%, de janeiro a setembro. As vendas de lojas de material de construção retraíram 3,1%.

Segundo os economistas da Serasa Experian, medidas de estímulo ao crédito anunciadas pelo governo, no final de agosto, e o período sazonal propício a inflação estão entre os fatores que impulsionaram o movimento dos consumidores nas lojas em setembro deste ano.

BANCÁRIOS DE BH, SP, RIO E BRASÍLIA VOLTAM AO TRABALHO

Os bancários de alguns dos maiores sindicatos do país decidiram encerrar a greve iniciada no dia 30 de setembro. Assembleias feitas hoje (6) em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte votaram pelo fim da paralisação após aceitarem a nova proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), feita na última sexta-feira (3).

A proposta prevê reajuste de 8,5%, sendo 2,02% de aumento real (acima da inflação) e  vale-refeição em 12,2%. Após o recebimento dessa proposta, o Comando Nacional dos Bancários divulgou orientação à categoria para que encerrasse a greve.

A proposta da Fenaban também tratava das pressões sobre os bancários na cobrança das metas, consideradas excessivas pela categoria. De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), os bancos devem incluir na Convenção Coletiva o compromisso de que “o monitoramento de resultados ocorra com equilíbrio, respeito e de forma positiva para prevenir conflitos nas relações de trabalho”. Além disso, a cobrança de metas por SMS ou qualquer outro tipo de aparelho ou plataforma digital será proibida.

Nas cidades de Porto Alegre e de Curitiba, sindicatos também representativos, além dos estados da Paraíba e Roraima, a greve continua apenas para os funcionários do Banco do Brasil. Em Florianópolis e nos estados da Bahia, do Piauí, do Amapá e de Roraima a paralisação continua na Caixa.  De acordo com a Contraf, existem pontos específicos, como plano de cargos e salários e plano de saúde, que ainda carecem de acordo.

:: LEIA MAIS »






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia